Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Suspeito de estuprar e engravidar neta de 12 anos e de violentar outras crianças é preso

De acordo com a Polícia Civil, o homem, de 58 anos, foi capturado na terça (20), em Primavera, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Os crimes ocorreram no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife.

Por G1 PE

Sede da Polícia Civil de Pernambuco fica no Centro do Recife — Foto: Reprodução/Google Street View

Sede da Polícia Civil de Pernambuco fica no Centro do Recife — Foto: Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil informou, na terça (20), que prendeu o suspeito de estuprar e engravidar a neta de 12 anos. O Homem também é apontado como responsável por violência sexual contra outras duas crianças, de 5 e 6 anos, que não tinham parentesco com ele.

Os crimes ocorreram no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. O homem, que não teve o nome divulgado, era procurado por estupro de vulnerável, quando a vítima tem menos de 14 anos, e violência doméstica/familiar. A pena prevista é de até 15 anos de prisão.

Por meio de nota, a corporação disse que o homem, de 58 anos, foi capturado no município de Primavera, na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

No comunicado, a polícia disse que vai repassar os detalhes da ação, na manhã desta quarta-feira (21), durante entrevista coletiva, na sede da corporação, na área central da capital.

A Polícia Civil abriu dois inquéritos contra o suspeito. O primeiro deles tem data de 7 de julho e está com a Delegacia de Polícia da Mulher do Cabo.

Nesse caso, a polícia identificou que o avô foi o responsável pela gestação da garota. “Segundo noticiado pela mãe, a vítima, uma criança, foi abusada por um homem, parente da vítima”, afirmou a corporação, no comunicado.

O segundo inquérito foi aberto no dia 12 de julho, também pela Delegacia da Mulher do Cabo. É outro caso de estupro de vulnerável por violência doméstica e familiar.

A diferença, segundo a polícia, é que o mesmo homem que engravidou a neta não tem relação de parentesco com as crianças violentadas.

As famílias das meninas e do suspeito “mantêm convívio doméstico e familiar”, de acordo com a nota da corporação.

A polícia disse que, no segundo caso, as mães das vítimas procuraram a delegacias para fizeram a denúncia, após o surgimento das informações sobre a violência contra a adolescente de 12 anos.

Dados

De acordo com dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), entre janeiro e maio de 2021, foram registrados 952 casos de estupros no estado.

No mesmo período de 2020, ocorreram 1.016 notificações. Isso significa uma queda de 6,3%, de acordo com as estatísticas oficiais.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.