Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

Sport segue na cola do Vasco pelo G-4, e Claudinei vibra com primeira vitória fora: “Continuamos vivos”

Após quatro meses de jejum como visitante, Sport vence Brusque por 1 a 0 e assume a 5ª posição da Série B, com 49 pontos, sendo três atrás do Vasco – primeiro clube dentro da zona de acesso

Por Camila Alves — Recife

globo esporte

Foram seis derrotas seguidas como visitante nesta Série B do Brasileiro, que faziam do Sport uma das equipes com pior desempenho neste cenário. A sequência de frustrações, contudo, chegou ao fim. Após quatro meses de seca fora de casa, o Rubro-negro venceu o Brusque por 1 a 0 e agora segue na cola do Vasco por uma vaga no G-4.

Os três pontos, aliás, são os primeiros do técnico Claudinei Oliveira como visitante pelo Sport. Ele havia comandado outras cinco partidas longe do Recife e terminou derrotado em todas – antes de encontrar o Brusque, em Santa Catarina. A única vitória havia sido sobre a Chapecoense, mas com Gilmar Dal Pozzo.

“Primeira vitória minha jogando fora de casa. Primeiros pontos fora de casa e logo três que é importante. Agora continuamos vivos na briga”, diz Claudinei Oliveira.

Vasco, G-4 e rivais…

O Sport saltou duas posições após a vitória sobre o Brusque e assume a 5ª colocação da tabela, sendo agora o primeiro clube postulante ao G-4. Está colado no Vasco e separado pelos mesmos três pontos que distanciavam os times no início da rodada: 52 e 49.

O Sport ainda passou perto de reduzir essa distância para zero, igualando a pontuação com o rival, mas o Vasco venceu o Operário-PR nos minutos finais e sustentou a diferença.

Na sequência da classificação, o Rubro-negro ainda mantém as atenções para quatro rivais: Sampaio Corrêa (48 pontos), Ituano (47), Londrina (46) e Criciúma (46). Todos alocados até a 9ª posição, e somente o Ituano ainda joga nesta rodada – contra o campeão Cruzeiro, na quarta-feira.

…”Teríamos que ganhar do jeito que fosse”

Ao mesmo tempo em que acompanha os adversários, o Sport atenta para o próprio desempenho dentro de campo. A equipe enfrentou dificuldades no primeiro tempo da partida contra o Brusque, que conseguiu ter superioridade numérica no meio de campo e passou perto de abrir o placar – com um gol anulado por impedimento.

“A gente sabia, pela super utilização do campo nessa época, que o gramado não estaria bom. Seria um jogo mais pegado e foi como se apresentou. Teríamos que ganhar do jeito que fosse.”

VAR intervém e árbitro expulsa um de cada lado em Brusque x Sport após revisão

As trocas no segundo tempo foram capazes de reequilibrar as investidas e terminaram agradando o técnico Claudinei Oliveira. A assistência saiu dos pés de Javier Parraguez e o gol de Wanderson – ambos acionados no segundo tempo.

– Acho que tem sido um fato recorrente, sempre os jogadores que entram têm dado uma resposta positiva – sintetizou.

Agora, o Sport volta ao Recife para se preparar para outro confronto decisivo, contra o Cruzeiro – campeão da Série B. Duelo acontece às 16h do domingo, na Ilha do Retiro.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.