Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Primeira cirurgia para diabetes com uso de robôs no mundo é feita no Paraná

Lucas Soares 

Olhar Digital

No Paraná, aconteceu a primeira cirurgia para diabetes com o uso de robôs no mundo. A operação metabólica é feita para pacientes com o Tipo 2 da doença que não estão tendo resultados com o tratamento clínico.

O procedimento aconteceu no começo desse mês, em um hospital de Curitiba. A vantagem é que o uso do equipamento robótico ajuda na visualização tridimensional e permite que a cirurgia ocorra de forma mais eficiente. O resultado foi bem-sucedido e o paciente já deixou a unidade hospitalar sem precisar usar insulina.

“O objetivo maior da cirurgia do diabetes é estimular o pâncreas a produzir insulina. Ele também tinha uma obesidade característica da Síndrome Metabólica, com acúmulo de gordura visceral. A luta contra o diabetes é desigual. Ele estava se cuidando com dieta, comprimidos e insulina sem resultado. A cirurgia metabólica é uma excelente ferramenta para ajudar a salvar essas pessoas”, explica o Dr. Alcides Branco, responsável pela cirurgia.

Cirurgia para diabetes com robôs
Imagem: Divulgação

Cirurgia para diabetes com robôs

O paciente, Edmilson Dalla Vecchia Ribas, de 61 anos, passou por exames que comprovaram as condições ideais para o procedimento, com o pâncreas cansado, mas ainda funcionando. “Eu estava com os melhores medicamentos e insulinas existentes mas não conseguia abaixar a glicemia glicada. Toda hora eu estava aplicando a [insulina] rápida para baixar a glicose. Não era vida. Até que chegou o momento em que meu endocrinologista disse ‘daqui alguns anos isso vai te cobrar’. Eu tive medo de perder o pé, ficar cego, perder o rim…”, disse o paciente.

Ribas explica que a doença foi silenciosa e ele descobriu apenas em 2005, após sofrer um acidente. Durante o período, ele realizou os melhores tratamento sspara diabetes, mas não obteve o resultado esperado, o que o levou a passar pela cirurgia com robôs. “Eu me sinto muito bem, perdi cinco quilos, mas o mais importante é deixar de tomar insulina. Já tenho uma vida normal, estou caminhando, dirigindo e com qualidade de vida”, explicou após sair do hospital.

operação metabólica passou a ser adotada em 2017, ela permite que o paciente controle a doença e não precise mais fazer tratamento. O procedimento é semelhante a uma bariátrica, mas não visa a perda de peso. O caso do Paraná foi o primeiro do mundo com essa cirurgia feita com a ajuda de robôs em pessoas com diabetes.

Via Jornale

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.