Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Dirigente do Náutico vê Série B incerta no pós-pandemia: “Preparação está comprometida”

Ítalo Rodrigues prevê dificuldades financeiras para clubes e ressalta incerteza pela diferença com que a Covid-19 afeta estados; Brasil tem 89 mil infectados e 13.158 mil mortos

Por GloboEsporte.com — Recife

Os clubes brasileiros vivem um cenário de incerteza em meio à pandemia, que paralisou o futebol nacional há dois meses e não tem previsão de fim. A situação faz com que o executivo de futebol do Náutico, Ítalo Rodrigues, veja a Série B como uma incógnita.

Diferente do que ocorre costumeiramente, quando alguns clubes são alçados ao posto de favoritos, como aconteceu com o Cruzeiro, rebaixado pela primeira vez ao fim do ano passado, em 2020, o fator econômico pesará para todos os 20 clubes, acredita o dirigente.

“A Série B será muito difícil. A preparação de todo mundo está comprometida, porque todos os clubes estão passando por dificuldade. A gente precisa entender desse cenário para poder falar de como será. A situação está difícil para todos.”

Na avaliação de Ítalo Rodrigues, o fato de a pandemia causada pela Covid-19 ocorrer de forma heterogênea nos estados do Brasil também pode influenciar no desempenho das equipes em disputa.

– Existem vários estados em situação diferente. A questão da malha aérea pode prejudicar questão de logística de um ou de outro. Sem a gente poder fechar o que a pandemia trouxe, é difícil falar sobre como ficará.

Atualmente, segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem 189 mil infectados com a Covid-19. O país registra 13.158 mil óbitos provocados pela doença.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.