Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Bala atinge janela de apartamento no 5º andar em Boa Viagem: ‘a gente acha que está no lugar mais seguro que existe’, diz moradora

Jornalista Roberta Almeida, que mora em um prédio em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, prestou queixa e recebeu peritos do Instituto de Criminalística (IC), nesta terça (23).

Por g1 pe

Janela do quarto onde jornalista trabalhava foi atingida por uma bala perdida no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Janela do quarto onde jornalista trabalhava foi atingida por uma bala perdida no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Uma moradora de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, levou um susto quando estava trabalhando em casa. Uma bala atingiu a janela do apartamento, no quinto andar do prédio, e, por pouco, não bateu na cama dela. “A gente acha que está no lugar mais seguro que existe”, afirmou a jornalista Roberta Almeida.

Roberta contou que o fato aconteceu no fim da tarde de sexta (19). Nesta terça (23), ela prestou queixa na delegacia do bairro. Horas depois, peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no apartamento para coletar provas e recolher o projétil.

A jornalista, que trabalha em home office, disse que costuma usar o computador no quarto. Foi justamente esse cômodo que teve uma das janelas quebradas pela bala.

“Eu não ouvi barulho de tiro. Só ouvi quando a janela quebrou. Pensei que poderiam ter jogado alguma coisa”, afirmou.

Bala foi encontrada atrás da cama de de jornalista, que estava trabalhando quando janela do quarto de apartamento no quinto andar foi atingida por tiro  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Bala foi encontrada atrás da cama de de jornalista, que estava trabalhando quando janela do quarto de apartamento no quinto andar foi atingida por tiro — Foto: Reprodução/WhatsApp

Em seguida, Roberta descobriu que havia um projétil atrás da cama, ao lado de estilhaços de vidro da janela. “Depois, descobri que a bala bateu na grade. O pior é que tenho duas filhas que costuram ficar na minha cama, esperando que eu termine de trabalhar”, comentou.

Segundo a jornalista, a filha mais velha, de 15 anos, estava na sala do apartamento e também ouviu o barulho da janela quebrando. A mais nova, de 6 anos, tinha isso para a escola.

A jornalista disse que não tem ideia de como um tiro atingiu a janela do quarto dela. “Moro no quinto andar e na frente do meu prédio existe um edifício mais baixo. Estou querendo saber o que aconteceu até agora”, afirmou.

Roberta conversou com os peritos do IC e eles disseram que não seria possível dizer o calibre da bala. “Eles vão levar para o laboratório. Hoje, tiraram medidas da janela do quarto também”, acrescentou.

g1 entrou em contato com a Polícia Civil para saber detalhes da investigação, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pane em avião no aeroporto do Recife provoca cancelamento de voo para Fernando de Noronha

Problema ocorreu nesta terça (23), de acordo com a Aena, que administra o terminal. Segundo um dos passageiros, piloto relatou que houve uma pane quando aeronave estava na cabeceira da pista.

Por Ana Clara Marinho, g1/PE

O voo 2737 da Azul Linhas Aéreas, que partiria nesta terça (23) do Recife para Fernando de Noronha, teve que ser cancelado. O avião apresentou problemas técnicos pouco antes da decolagem. Segundo a Aena, responsável pela administração do terminal, a pane ocorreu na cabeceira da pista.

A Aena não informou qual foi o problema registrado no avião. A empresa que administra o Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre/Guararapes, também disse que a pane não atrapalhou os outros pousos e decolagens.

g1 entrou em contato com a Azul para saber qual foi o problema e quando os passageiros vão realizar a viagem para Noronha, mas não obteve resposta até a última atualização desta matéria.

O conselheiro distrital Ailton Araújo Júnior, que estava na aeronave, informou que a avião estava lotado, com cerca de 100 pessoas. A partida foi cancelada minutos antes da decolagem, segundo ele.

“Nós estávamos prontos para decolar, na cabeceira da pista, quando o piloto informou que foi identificada uma pane eletrônica. Ele disse que só iniciaria a viagem com segurança. Nós ainda aguardamos, mas o voo foi cancelado”, contou Ailton Júnior.

O conselheiro disse, ainda, que muitos passageiros ficaram apreensivos com o problema no avião. Ailton Júnior, que não fez a viagem de retorno para a ilha, afirmou que a empresa não informou quando será possível realizar o novo embarque.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pai e filho são baleados na cabeça dentro de carro no Grande Recife

Vítimas têm 40 anos e 10 anos, respectivamente, segundo a Polícia Civil, que investiga o caso. Homem e criança foram socorridos para o Hospital da Restauração, na capital pernambucana.

Por g1 PE

Um homem de 40 anos e uma criança de 10 anos foram baleados dentro de um carro no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, na madrugada desta terça-feira (23). As duas vítimas foram atingidas na cabeça, de acordo com a Polícia Civil, que investiga essa dupla tentativa de homicídio .

Segundo relatos de testemunhas do crime, o homem e a criança estavam dentro de um carro no bairro de Ponte dos Carvalhos quando os criminosos chegaram, atiraram nas duas vítimas e fugiram, em seguida. Os dois baleados foram socorridos para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central da capital pernambucana.

De acordo com a unidade de saúde, o homem foi identificado como Geremias Manoel dos Santos e a criança foi identificada como Andrei Marlon Silva dos Santos. Os dois pacientes chegaram ao hospital por volta de 0h30.

Marcos dos tiros disparados contra homem e criança que estavam dentro de um carro no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Marcos dos tiros disparados contra homem e criança que estavam dentro de um carro no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

O Hospital da Restauração informou que Geremias foi levado para a Unidade de Trauma, onde permanece internado em estado grave e é monitorado por neurologistas. Ainda segundo a unidade de saúde, a criança foi baleada na boca e no olho e está internada na Sala Vermelha, com quadro de saúde estável.

Após ser avaliada pela equipe de neurologia, deve receber atendimento oftalmológico na Fundação Altino Ventura (FAV), unidade de saúde que é referência no tratamento de problemas de visão em Pernambuco.

O carro onde as duas vítimas estavam foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, para passar por uma perícia. No veículo, as marcas do tiros estavam no vidro das portas do motorista e do passageiro.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado por uma equipe de Força-Tarefa de Homicídios Metropolitana Sul e que “as investigações foram iniciadas e seguem até elucidação do crime”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Surto de lesões na pele que causam coceira: Paulista é terceira cidade do Grande Recife a notificar casos

No município, um adolescente de 17 anos e dois homens de 26 anos apresentaram sintomas na primeira quinzena de novembro. Na capital e em Camaragibe, houve 179 registros. Causa é desconhecida.

Por g1 PE

O município de Paulista é o terceiro da Região Metropolitana do Recife a registrar casos de pessoas com lesões na pele que provocam coceira, com três notificações. Até então, esse problema havia sido notificado no Recife, com 117 casos, e em Camaragibe, com 62 ocorrências. As prefeituras investigam essas ocorrências, que chegam a 182 nas três cidades.

Em 19 de novembro, o governo do estado emitiu uma nota técnica, recomendando a notificação emergencial de casos suspeitos. A prefeitura do Recife expediu um alerta epidemiológico, em 17 de novembro.

(ATUALIZAÇÃO: esta reportagem foi atualizada às 19h03, com a informação repassada pela prefeitura do Recife sobre o aumento do número de casos em investigação)

Primeiros casos foram registrados em moradores do Recife — Foto: Arquivo pessoal

Primeiros casos foram registrados em moradores do Recife — Foto: Arquivo pessoal

Desde então, trata o casos como surto de lesões cutâneas. De acordo com a prefeitura, , essa denominação foi adotada “por causa do número de registros em série, em um determinado espaço de tempo”.

Nesta segunda (22), a prefeitura de Paulista confirmou que registrou três casos na cidade. Todos eles são de homens, sendo um adolescente de 17 anos e dois adultos de 26 anos, que foram atendidos na Prontoclínica Torres Galvão.

Eles apresentaram sintomas na primeira quinzena de novembro. Os pacientes não apresentaram outros sinais além das lesões na pele e da coceira, de acordo com a gestão municipal.

As notificações, realizadas na sexta-feira (19), foram feitas junto ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs).

No domingo (21), outros dois casos foram repassados pela Prontoclínica Torres Galvão e “estão sendo triados para a notificação ao CIEVS-PE”, declarou a prefeitura, por meio de nota divulgada nesta segunda-feira (22).

Paulista também informou que “os pacientes estão sendo monitorados, ficando sob observação da equipe de saúde do município”.

Procuradas pelo g1, as prefeituras de Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Olinda, Abreu e Lima, Itamaracá, Itapissuma, Igarassu e São Lourenço da Mata informaram não ter registrado casos do tipo em moradores.

Casos no Recife e em Camaragibe

Subiu de 88 para 117 no Recife e de 60 para 62 em Camaragibe, na Região Metropolitana, o total de notificações de pessoas com “lesões cutâneas a esclarecer”. As duas cidades, que realizam investigação para identificar as possíveis causas do problema, atualizaram os números nesta segunda-feira (22).

Em ambos os municípios, os pacientes relataram ter muita coceira e “caroços” vermelhos na pele. A orientação para as pessoas que apresentem sintomas é procurar uma unidade de saúde.

Na capital pernambucana, os primeiros casos foram identificados em cinco crianças no Córrego da Fortuna e no Sítio dos Macacos, na Zona Norte do Recife. A cidade notificou moradores que relataram sintomas desde o dia 1º de outubro.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Recife explicou que esperava o aumento de notificações após o alerta epidemiológico emitido no dia 17 de novembro para que as unidades de saúde das redes pública e privada notifiquem, imediatamente, o Cievs, ao atender um caso suspeito.

Sete pessoas da mesma casa tiveram os sintomas no bairro da Guabiraba, na Zona Norte do Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Sete pessoas da mesma casa tiveram os sintomas no bairro da Guabiraba, na Zona Norte do Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Já em Camaragibe, as notificações aconteceram após atendimentos realizados no Hospital Aristeu Chaves, principal emergência da cidade. Até esta segunda-feira (22), os pacientes atendidos em postos de saúde ainda tinham sido contabilizados, de acordo com a prefeitura.

No município, os primeiros casos de manchas vermelhas e coceira apareceram em 3 de novembro no bairro de Ostracil.

A prefeitura informou que a Vigilância em Saúde da cidade coletou água da rede de abastecimento nas residências para fazer análises, além de realizar um estudo caso a caso dos pacientes e de fazer pesquisas para identificar “possíveis insetos ou artrópodes que estejam causando as intercorrências”.

Bairros com registros de casos

Recife: Guabiraba, Dois Irmãos, Várzea, Boa Viagem, Córrego do Jenipapo, Bomba do Hemetério, Encruzilhada, Torre, Graças, Morro da Conceição, Brejo da Guabiraba, Passarinho, Linha do Tiro, Boa Vista, Sítio dos Pintos e Imbiribeira.

Camaragibe: Alberto Maia, Aldeia, Alto Santo Antônio, Areeiro, Bairro dos Estados, Bairro Novo, Céu Azul, Estação Nova, Jardim Primavera, Nazaré/Inabi, Santa Mônica, Santana, Tabatinga, Timbi e Vale das Pedreiras.

Paulista: g1solicitou à prefeitura a relação de bairros onde moram as pessoas afetadas, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Orientação do estado

Na sexta-feira (19), o Núcleo de Vigilância e Resposta às Emergências em Saúde Pública da Secretaria Estadual de Saúde emitiu uma nota técnica sobre o surto. A orientação é que todos os serviços e profissionais de saúde notifiquem, em até 24 horas, o Cievs, ao identificarem casos de pessoas com lesão cutânea e coceira, com ou sem sintoma de diarreia e febre, a partir de 1º de outubro.

Essa recomendação vale para os serviços de saúde da Primeira Regional, composta pelas cidades de Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Chã Grande, Chã de Alegria, Glória de Goitá, Fernando de Noronha, Igarassu, Ipojuca, Itamaracá, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Pombos, Recife, São Lourenço da Mata e Vitória de Santo Antão.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Criança de 3 anos com ‘ossos de vidro’ luta na Justiça para conseguir cirurgia de urgência indicada por médico

Diagnosticado com osteogênese imperfeita, Cauê quebrou o fêmur e a família recorreu ao Judiciário. Mesmo assim, plano de saúde não autorizou o procedimento.

Por Giuliano Roque, TV Globo

Uma criança de 3 anos que tem uma síndrome rara luta na Justiça de Pernambuco pelo direito de se submeter a uma cirurgia de urgência indicada pelo seu médico. Diagnosticado com osteogênese imperfeita, conhecida como doença dos “ossos de vidro”, Cauê quebrou o fêmur e a família recorreu ao Judiciário. Mesmo com decisão judicial, o plano de saúde não autorizou o procedimento.

Por causa da doença, os ossos de Cauê são mais frágeis e quebram com facilidade. O garoto sofreu mais de 20 fraturas, em três anos de vida.

O ortopedista Epitácio Leite Rolim Filho, que acompanha o menino desde que ele nasceu, indicou que ele precisa de uma cirurgia urgente para implantar uma prótese dentro do fêmur. Mesmo com a indicação da urgência, o procedimento foi negado pela Hapvida.

Cauê quebrou o fêmur e a família recorreu ao Judiciário para que o plano de saúde autorize procedimento de urgência — Foto: Reprodução/TV Globo

Cauê quebrou o fêmur e a família recorreu ao Judiciário para que o plano de saúde autorize procedimento de urgência — Foto: Reprodução/TV Globo

A mãe de Cauê contratou advogados e entrou na Justiça. No sábado (27) o juiz Djalma Andrelino Nogueira Júnior, do plantão judicial, acatou um pedido de tutela provisória, determinando que o plano da Hapvida disponibilizasse um profissional para realizar a cirurgia de urgência no hospital do próprio grupo hospitalar, no Recife.

O magistrado também fixou uma multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento. Mesmo assim, cirurgia não foi realizada.

“Fomos até o hospital com a mãe e a criança e ele [o médico] se negou novamente, mesmo com a decisão judicial em mãos, insistiu que a criança deveria ser tratada apenas com gesso. E ele não pode se negar, é uma decisão judicial”, observou a advogada da família, Andressa Gouveia.

Advogada disse que vai solicitar que a multa seja elevada para R$ 50 mil para que o plano cumpra a decisão — Foto: Reprodução/TV Globo

Advogada disse que vai solicitar que a multa seja elevada para R$ 50 mil para que o plano cumpra a decisão — Foto: Reprodução/TV Globo

A advogada disse que vai solicitar que a multa seja elevada para R$ 50 mil para que o plano entenda a necessidade da criança e cumpra a decisão.

“Exigimos inclusive força policial quando o oficial de Justiça for intimar novamente o plano de saúde. Esse problema é mais corriqueiro do que se imagina e, muitas vezes, as pessoas não têm acesso à Justiça para obrigar o plano de saúde a cumprir o que deveria”, observou a advogada.

O processo está na 15ª Vara Cível da Capital. A família também registrou uma queixa contra o hospital da rede, na Delegacia de Santo Amaro, no Recife.

"É desumano o que eles estão fazendo com Cauê", afirmou a mãe do menino, Raiane Mendes — Foto: Reprodução/TV Globo

“É desumano o que eles estão fazendo com Cauê”, afirmou a mãe do menino, Raiane Mendes — Foto: Reprodução/TV Globo

“Ele está há sete dias sentado no bebê conforto. É desumano o que eles estão fazendo com Cauê. Cauê não aguenta essa dor acordado, ele precisa apenas da cirurgia. Isso é uma total violação ao direito humano dele”, afirmou a mãe do menino, Raiane Mendes.

Com ossos frágeis e que quebram com facilidade, Cauê já teve 23 fraturas pelo corpo. Esta última, mais grave, ocorreu no dia 13 de novembro e foi a que trouxe mais sofrimento para o menino e para os pais.

“Foi superior, entre a bacia e a perna, descolou total e desalinhou o osso dele. O médico dele disse que só com cirurgia para resolver essa”, afirmou Raiane.

O ortopedista Epitácio Leite Rolim Filho acompanha o caso de Cauê desde que ele nasceu — Foto: Reprodução/TV Globo

O ortopedista Epitácio Leite Rolim Filho acompanha o caso de Cauê desde que ele nasceu — Foto: Reprodução/TV Globo

Tratamento

O tratamento de urgência que foi indicado com a haste telescopada, segundo o médico, é exatamente para que não ocorra uma consolidação viciosa, quando o osso cicatriza em uma posição anatômica incorreta.

“Em uma ou duas semanas, já pode ocorrer e dificultar ainda mais o tratamento”, observou o médico Epitácio Rolim Filho.

O ortopedista alertou que a situação também pode facilitar novas fraturas. “Até porque o tratamento sem cirurgia, com o gesso, vai deixar Cauê muito tempo imobilizado. E isso aumenta ainda mais a fragilidade óssea, predispondo ainda mais a fraturas de repetição. É preciso aproveitar a fratura que ocorreu para tratar a criança definitivamente e evitar novas intervenções”.

Resposta

Por meio de nota, o hospital Hapvida explicou que “já está liberado em sistema qualquer procedimento cirúrgico para o paciente”.

Ainda segundo a empresa, “há uma divergência de conduta de técnica cirúrgica entre um médico do plano e um médico externo”.

Por isso, afirmou o hospital, antes de fazer o procedimento, o médico da família foi chamado para integrar uma junta médica, para “definir qual o melhor procedimento”.

“A preocupação do hospital é ser assertivo na escolha do procedimento que trará o melhor resultado e o bem-estar da criança”, afirmou a nota.

g1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Bebê nasce dentro de carro da Polícia Militar na frente de maternidade em Camaragibe

De acordo com a PM, o parto aconteceu nesta segunda (22) e contou com o auxílio de policiais do 20º Batalhão.

Por g1 PE

Criança nasceu dentro do carro da Polícia Militar ao chegar em frente à emergência obstétrica  — Foto: DIvulgação/PMPE

Criança nasceu dentro do carro da Polícia Militar ao chegar em frente à emergência obstétrica — Foto: DIvulgação/PMPE

Uma mulher deu à luz uma menina dentro de uma viatura da Polícia Militar (PM) no município de Camaragibe, no Grande Recife, nesta segunda (22). De acordo com a corporação, o parto contou com o auxílio de policiais do 20º Batalhão e aconteceu na frente de uma maternidade.

Por nota, a PM disse que os policiais realizavam rondas quando foram chamados para ajudar uma mulher que estava em trabalho de parto no Loteamento São João e São Paulo.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram a grávida em uma escadaria sendo auxiliada por algumas mulheres.

Segundo a polícia, os policiais usaram a viatura para socorrer a mulher em trabalho de parto, mas a criança nasceu dentro do carro, ao chegar em frente à emergência obstétrica da Maternidade Amiga da Família. Após o nascimento, mãe e filha ficaram sob os cuidados da equipe médica.

De acordo com a Prefeitura de Camaragibe, a mãe e o bebê estão bem. Elas continuam internadas, em observação, seguindo protocolo da unidade. Elas devem passar, ao menos, 48 horas na maternidade.

Outro caso

Em junho deste ano um soldado da PM ajudou a esposa em parto dentro de viatura no Recife. Wilson Silva contou que tinha concluído uma ocorrência a 15 quilômetros da casa da sogra quando recebeu um telefonema da esposa Bárbara da Cunha, 24, afirmando que estava sentindo contrações.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Com mais 170 casos da Covid-19 e nove óbitos, Pernambuco totaliza 637.566 infectados e 20.175 mortes

Entre março de 2020 e este domingo (21), estado contabilizou 54.874 quadros graves e 582.692 formas leves da doença.

Por g1 PE

Pernambuco totalizou 637.566 casos da Covid-19 e 20.175 mortes devido à infecção após confirmar, neste domingo (21), mais 170 infectados pelo novo coronavírus e nove óbitos devido à doença. Os números da pandemia no estado começaram a ser contabilizados em março de 2020.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que os novos registros incluem 15 (8,8%) diagnósticos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 155 (91,1%) casos leves da Covid-19. Ao todo, Pernambuco contabilizou 54.874 quadros graves e 582.692 formas leves da doença.

Mortes

As nove mortes confirmadas laboratorialmente aconteceram entre o dia 15 de março de 2021 e o sábado (20). As vítimas foram sete mulheres e dois homens, com idades entre 51 e 94 anos, nas seguintes faixas etárias: 50 a 59 (1), 60 a 69 (2), 70 a 79 (1) e 80 ou mais (5).

Os pacientes que faleceram moravam nas cidades do Cabo de Santo Agostinho (1), Moreno (1), Olinda (1), Recife (3), Santa Cruz do Capibaribe (1), Santa Maria da Boa Vista (1) e São Lourenço da Mata (1).

Entre eles, seis tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (4), câncer (1), hipertensão (1), histórico de tabagismo (1), histórico de AVC (1) e doença de Alzheimer (1). A SES explicou que um paciente pode ter mais de uma comorbidade e que os demais casos seguem em investigação.

Vacinados

Desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, em janeiro de 2021, até este domingo (21), Pernambuco aplicou 13.091.855 doses de vacinas contra a Covid- 19 na sua população. Com relação às primeiras doses, foram 7.116.608 aplicações no estado.

Ao todo, 5.454.034 pessoas completaram seus esquemas vacinais em Pernambuco, sendo 5.280.961 vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e 173.073 contempladas com vacina aplicada em dose única. Quanto às doses de reforço, houve 521.213 aplicações.

Informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal. Nele, é possível conferir as coberturas vacinais por grupo e por municípios, doses aplicadas x distribuídas por cidade e o perfil dos vacinados (por sexo e por raça/cor).

Ocupação de leitos

Neste domingo (21), a taxa global de ocupação de leitos para Covid-19 na rede pública estadual ficou em 46%, de um total de 1.418 vagas disponíveis. Nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos ficou em 49%. Havia 765 unidades abertas. Nas enfermarias, eram 653 leitos e 43% deles estavam ocupados.

Na rede particular, a taxa global de ocupação ficou em 35%, de um total de 256 vagas abertas. Eram 142 unidades nas UTIs e 42% delas estavam com pacientes de Covid. Nas enfermarias, havia 114 vagas com taxa de ocupação de 26%.

Testes

Desde março de 2020 até este domingo (21), o estado realizou 2.669.656 testes para detectar a Covid-19.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Policiais penais realizam passeata para cobrar reajuste salarial e plano de cargos e carreiras

Categoria se reuniu na Praça do Derby, no Centro do Recife, nesta segunda (22), e seguiu para a sede do governo de Pernambuco, na mesma região.

Por g1 pe

Policiais penais fizeram passeata no Centro do Recife, nesta segunda (22) — Foto: Reprodução/WhatsApp

Policiais penais fizeram passeata no Centro do Recife, nesta segunda (22) — Foto: Reprodução/WhatsApp

Policiais penais realizaram uma passeata, nesta segunda (22), no Centro do Recife. A categoria cobrou ao governo de Pernambuco reajuste salarial e mudanças no plano de cargos e carreiras.

A Polícia Penal foi instituída em Pernambuco em 2020, após a aprovação de uma lei pela Assembleia Legislativa (Alepe). Assim, a categoria ficou responsável por realizar a segurança nos presídios e penitenciárias, que era feita por policiais militares.

Os policiais penais se reuniram às 15h30 desta segunda, na Praça do Derby, na área central da cidade. De lá, eles seguem em passeata, pela Avenida Conde da Boa Vista, até o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo, na mesma região.

Segundo o Sindicato dos Policiais Penais, a mobilização foi marcada por causa do “desrespeito com a categoria pelo não cumprimento do acordo coletivo assinado”.

Ainda segundo a categoria, esse acordo prevê a criação do Departamento da Polícia Penal, além de negociação de reajuste salarial, novos enquadramentos por tempo de serviço e alteração do plano de cargos.

Policiais penais realizaram ato público, nesta segunda (22), no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Policiais penais realizaram ato público, nesta segunda (22), no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Os policiais apontam que atuam com “baixo efetivo e poucas condições de trabalho.” Além disso, afirmam que, “nos últimos quatro anos, têm perdas de ganhos salariais e com congelamento de salários”.

No ato, os policiais dizem que pretendem reabrir negociação com o governo. Para isso, a direção do sindicato solicitou um encontro no palácio.

A entidade afirmou que, caso não seja reaberta a negociação, pretende marcar uma assembleia-geral para deliberar por operação padrão ou até paralisação”.

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) informou, por volta das 17h, que não havia sido acionada para atuar no protesto.

Por meio de nota, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) informou que “entende a manifestação dos policiais penais como um ato democrático”. A pasta também disse que os “pleitos da categoria serão tratados oportunamente pelo governo”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Idoso de 85 anos é atingido por facadas no rosto e no ombro em assalto dentro de casa e leva 50 pontos

De acordo com a Polícia Civil, vítima teve residência invadida pelo criminoso, que deu golpes com uma faca peixeira. Caso, em Camaragibe, no Grande Recife, foi registrado como tentativa de latrocínio.

Por g1 PE

 Idoso foi esfaqueado no pescoço, no rosto e perto do peito durante assalto em Camaragibe — Foto: Reprodução/WhatsApp

Idoso foi esfaqueado no pescoço, no rosto e perto do peito durante assalto em Camaragibe — Foto: Reprodução/WhatsApp

Um homem de 85 anos foi esfaqueado durante um assalto na casa em que mora, em Aldeia de Baixo, em Camaragibe, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o idoso teve a residência invadida, sofreu ferimentos de faca peixeira no rosto e no ombro e levou 50 pontos.

O caso foi registrado como tentativa de latrocínio, que é roubo seguido de morte. O crime é investigado pela 10ª Delegacia de Homicídios de São Lourenço da Mata.

Os familiares do idoso disseram que ele estava sozinho em casa, quando um homem invadiu o imóvel, na madrugada do sábado (20).

A vítima foi socorrida na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Caxangá, no Recife, e depois levada para um hospital particular. Após o atendimento, o idoso recebeu alta.

“O meu pai acordou, viu um vulto e foi esfaqueado no pescoço, no rosto e perto do peito. Levou cerca de 50 pontos”, contou a filha do idoso, uma autônoma de 43 que preferiu não ser identificada.

O homem, após esfaquear o idoso, foi embora e levou um relógio. “Ele também tentou levar a carteira, mas caiu no chão quando ele estava fugindo. A gente não sabe como ele conseguiu entrar e sair pelo mesmo local. Era uma janela muito pequena”, disse a autônoma.

O crime aconteceu por volta das 5h30. Segundo a filha do idoso, o homem que invadiu o imóvel já tinha trabalhado para a vítima como ajudante de pedreiro.

“Ele foi ganhando a confiança dele e quando precisava meu pai ajudava. Nesse tempo trabalhando, ele viu como funcionava tudo e como poderia entrar na casa. Os vizinhos tinham visto ele rondando por lá durante a semana, mas ninguém imaginava”, observou.

Até a última atualização desta reportagem, ninguém tinha sido preso por envolvimento no crime contra o idoso.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Primeiro dia do Enem 2021 em PE tem local de prova sem energia elétrica e atraso de mais de duas horas na versão digital

Em Escada, na Zona da Mata, 554 candidatos não fizeram a prova porque faculdade ficou sem luz. No campus Petrolina do Instituto Federal Sertão Pernambucano, dois laboratórios de informática tiveram problemas, atrasando o início da prova para 40 estudantes.

Por Danilo César, TV Globo

Tenente-coronel Darlan Bartolomeu falou sobre a atuação da PM em Pernambuco neste primeiro dia de provas do Enem 2021 — Foto: Reprodução/TV Globo

Tenente-coronel Darlan Bartolomeu falou sobre a atuação da PM em Pernambuco neste primeiro dia de provas do Enem 2021 — Foto: Reprodução/TV Globo

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 em Pernambuco, neste domingo (21), teve registro de problemas em diferentes regiões do estado. Em Escada, na Zona da Mata, 554 candidatos não fizeram o teste porque a Faculdade de Escada (Faesc) ficou sem energia elétrica, de acordo com a Polícia Militar (PM).

“Em Escada, houve falta de energia elétrica em toda a cidade. A energia foi restabelecida, mas em um dos quatro locais não voltou. A tentativa agora é de suspender a prova para que esses alunos façam a prova no próximo mês de janeiro”, afirmou o tenente-coronel Darlan Bartolomeu, coordenador da Diretoria de Planejamento Operacional da PM.

Por meio de nota, a Neoenergia Pernambuco afirmou que restabeleceu, às 16h27, o fornecimento de energia para o município de Escada. O problema teve início às 13h12 e foi provocado por uma queimada sob uma linha de transmissão perto da cidade, segundo a companhia.

Queimada em vegetação sob linha de transmissão provocou falta de energia em Escada, segundo a Neoenergia — Foto: Reprodução/WhatsApp

Queimada em vegetação sob linha de transmissão provocou falta de energia em Escada, segundo a Neoenergia — Foto: Reprodução/WhatsApp

g1 entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC) e com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para saber se a prova vai ser reaplicada para esses candidatos, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

No campus Petrolina do Instituto Federal Sertão Pernambucano, dois laboratórios de informática apresentaram problemas. Com isso, houve atraso no início da prova do Enem Digital para 40 candidatos: eles deveriam ter iniciado o teste às 13h30, mas puderam começar a responder às questões apenas às 16h30.

“A gente está dando toda a segurança, inclusive reforçando o policiamento nesse local que vai estender o horário em Petrolina por causa do Enem Digital, tanto para quem está trabalhando quanto para quem está fazendo a prova”, disse o tenente-coronel.

g1 entrou em contato com o Instituto Federal Sertão Pernambucano para questionar que tipo de problema aconteceu nos dois laboratórios de informática e atrasou o início da prova digital para os 40 candidatos, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

Atuação da polícia

A PM registrou quatro ocorrências de perturbação de sossego: um em Águas Compridas, no Recife; um no Centro de Jaboatão Velho; um em Camaragibe e um em Rio Doce, em Olinda.

“Na verdade, isso se relacionou com o Enem por causa da proximidade de locais de prova, mas é som alto de final de tarde do domingo. Ano passado, teve cumprimento de quatro mandados de prisão. Neste ano, está tudo tranquilo””, contou Darlan Bartolomeu.

Em Pernambuco, 2.183 policiais militares atuaram no esquema de segurança neste domingo (21). Às 4h30, equipes da PM e dos Correios iniciaram a distribuição dos cadernos de provas do Enem 2021 no estado, trabalho encerrado por volta das 10h30, inclusive em Fernando de Noronha.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.