Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

120 mulheres foram agredidas por dia em 2022 em Pernambuco, diz SDS

Foram 43.553 denúncias de violência contra a mulher em 2022 – um crescimento de 5,7%. 72 mulheres foram vítimas de feminicídio, segundo balanço divulgado pelo governo.

Por g1 PE

Pernambuco fechou o ano de 2022 com um aumento de 5,7% nos episódios de violência doméstica contra a mulher, segundo o balanço da Secretaria de Defesa Social (SDS). Foram 43.553 denúncias desse tipo; o que equivale a quase 120 agressões por dia.

Em 2021, foram 41.203 denúncias de violência doméstica registradas no estado.

As forças de segurança registraram uma redução nos casos de feminicídio ocorridos no estado. Em 2022, 72 mulheres foram assassinadas por causa da condição de gênero; ou seis a cada mês. O número é inferior às 87 mulheres vítimas de feminicídio no estado em 2021.

Apenas no mês de dezembro de 2022, foram 3.877 denúncias de violência doméstica e oito vítimas de feminicídio.

Homicídios

O estado registrou 3.418 homicídios (crimes violentos letais intencionais – CVLI) ao longo do ano, número que equivale a mais de nove assassinatos por dia. Percentualmente, o ano passado teve 1,42% mais homicídios do que em 2021.

O resultado foi puxado principalmente pelos aumentos nos crimes no interior do estado. No Agreste, foram 841 assassinatos; número 9,07% superior aos 771 casos ocorridos no ano anterior. Já no Sertão, foram 433 homicídios; ou 4,58% a mais do que as 414 mortes ocorridas em 2021.

No Recife, foram registrados 540 assassinatos entre janeiro e dezembro de 2022. Nas demais cidades da Região Metropolitana, foram 954 homicídios.

Só em dezembro, foram registrados 305 assassinatos; número ligeiramente superior aos 299 homicídios ocorridos no mesmo mês de 2021.

Roubos

O número de roubos e assaltos recuou entre 2021 e 2022. No ano passado, foram 50.686 crimes violentos ao patrimônio (CVP); quase 139 casos diariamente. Ainda assim, foram 2,53% casos a menos em comparação com o ano anterior, quando o estado teve 52.006 casos de roubos e assaltos.

Apesar da redução na média do estado, os casos de CVP tiveram aumento no Recife. Só na Capital, foram 19.065 roubos em 2022. Um ano antes, eram 18.672. Outra região em que os casos de assalto tiveram crescimento foi no Agreste. Foram 9.629 CVPs no ano passado, frente a 9.195 em 2021.

Em dezembro do ano passado, foram 3.872 de crimes ao patrimônio em Pernambuco. O número é inferior aos 4.178 ocorridos em dezembro de 2021.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vídeo mostra guardas municipais jogando spray de pimenta e PM usando cassetete em ação contra som alto

Caso aconteceu em Nossa senhora do Ó, em Ipojuca, no Grande Recife. Polícia Civil registrou caso como lesão corporal contra homem de 25 anos.

Por Ricardo Novelino, g1 PE

Guardas municpais de Ipojuca agridem pessoas com spray de pimenta e cassetete

Guardas municipais de Ipojuca, no Grande Recife, e policiais militares foram flagrados agredindo pessoas em Nossa Senhora do Ó. Vídeos mostram dois agentes da prefeitura jogando spray de pimenta e um PM usando um cassetete. A prefeitura disse que tudo aconteceu durante uma ação contra som alto.

A Polícia Civil registrou o caso como lesão corporalA PM disse que, “mesmo sem denúncia formal”, vai apurar os fatos. A prefeitura de Ipojuca declarou que a conduta dos guardas será investigada.

Nas imagens, é possível observar a ação realizada na madrugada desta segunda (16), segundo a prefeitura. O boletim de ocorrência foi registrado pela Delegacia de Porto de Galinhas, também em Ipojuca.

Nos primeiros instantes do vídeo, um dos guardas aparece jogando spray de pimenta num rapaz que está de boné, camisa de mangas longas e short cor de rosa.

Em seguida, outro guarda solta jatos de spray contra uma mulher de roupa branca, que está ao lado do rapaz de boné.

O rapaz e a mulher viram os rostos ao serem atingidos pelo spray. Um PM, que está de máscara do tipo ninja, surge nas imagens com um cassete em riste.

O policial militar tenta atingir o rapaz de boné. A vítima da agressão corre até uma barraca de venda de alimentos.

No fim, com a imagem mais aproximada, aparece um dos guardas disparando mais jatos de spray de pimenta.

Nas redes sociais, foi informado que uma das vítimas seria um adolescente. No boletim de ocorrência registrado pela delegacia de Porto de Galinhas consta a informação de lesão corporal contra um homem de 25 anos. O nome dessa pessoa não foi divulgado.

O que dizem as autoridades

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que abriu um inquérito para apurar a denúncia de agressão praticada pela Guarda Municipal de Ipojuca. A corporação não citou a participação de policiais militares.

De acordo com a prefeitura de Ipojuca, a ação fez parte da Operação Tranquilidade, que é acionada para apurar denúncias de som alto.

Ainda segundo a administração municipal, no local em que ocorreu a operação foram feitas queixas para o serviço telefônico 153, que atende problemas de perturbação de sossego.

Uma equipe de guardas e PMs esteve no local e solicitou que o volume do som de um carro, no meio de uma festa de rua, fosse reduzido.

A prefeitura explicou que, como o pedido para reduzir o barulho não foi atendido, as equipes voltaram, de madrugada, por volta das 4h desta segunda, para desligar os equipamentos.

Sobre as agressões registradas em vídeo, o município informou que vai apurar as condutas dos guardas. Os servidores vão passar por procedimento administrativo na corregedoria.

A PM informou, também por meio de nota, que o comando do 18ºBPM “tomou ciência do vídeo e vai apurar o ocorrido e identificar o histórico dos fatos”.

Ainda segundo a corporação, pessoas que se sentirem lesadas por comportamento inadequado de policiais devem procurar a Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS).

Outra opção é procurar a própria unidade a que pertence o efetivo, no caso o 18º Batalhão, “para efetuar a queixa e agilizar os procedimentos cabíveis”.

Outro caso

Homem é agredido em abordagem da Guarda Municipal de Ipojuca, no Grande Recife

Em novembro do ano passado, vídeos mostraram uma ação da Guarda Municipal de Ipojuca, que usou a força para prender um suspeito de agredir uma mulher e estava com uma faca.

Nas imagens, é possível observar o momento em que a equipe imobiliza o homem, que estava deitado, e segura o rosto dele contra o asfalto

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pacientes enfrentam longas filas no Hospital Barão de Lucena e vão embora sem marcar exames; ‘Chega estou me tremendo’, diz aposentada

Mulheres esperaram por horas dentro da unidade de saúde, na Zona Oeste do Recife, que promete que todos serão atendidos.

Por Maristela Niz, TV Globo

O sofrimento de pacientes que tentam agendar atendimento em Hospital do Recife

Dezenas de pacientes tiveram que enfrentar uma longa fila para agendar consultas ou exames no Hospital Barão de Lucena, que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. Parte dessas pessoas voltou para casa sem conseguir marcar o atendimento .

A aposentada Josefa Maria Cristóvão, que estava há três horas na fila para marcar uma ultrassonografia da mama, não suportou a espera. “Tem muita gente. Muita. Eu não vou conseguir. Eu não estou aguentando nem mais estar em pé”, disse à TV Globo.

“Eu já tenho câncer na família. Estou pensando em ir embora porque não estou aguentando ficar. Chega estou me tremendo”, afirmou a aposentada.

Depois de duas horas na fila, a empregada doméstica Genicleide Ferreira saiu sem agendar a consulta. “Não tem como conseguir ficha aqui, não. A gente fica na fila e, quando chega aí, encerrou. Não tem para o médico da gente. Aí, a gente perde a vez da gente, perde o tempo, perde tudo”, declarou.

A professora Maria Rita Braziliano Siqueira, que tem diabetes, teve que sair da fila por uma ultrassonografia mamária para se alimentar. “É um absurdo. É muita gente. A gente está lá perto do laboratório. Já chegando aqui na frente, de tanta gente que tem”, contou.

Marinalva da Conceição, que é dona de casa, chegou às 4h, em busca de uma consulta com um mastologista; e pegou a ficha número 78. “Quando a gente liga, aí diz assim: ‘está sem previsão’. Quando atende. Às vezes, a gente liga umas 20 vezes para poderem atender”, se queixou.

A empregada doméstica Maria de Fátima Oliveira tenta se submeter a uma ultrassonografia da mama desde agosto do ano passado.

“Diz que não tem. Que no final do mês você ligue. Você liga, todo dia ligando. Até que eu consegui hoje, né? E já marquei. Vou fazer agora, no dia 9, a ultrassom”, explicou.

Hospital promete agendamento

A direção do Hospital Barão de Lucena disse que todos os pacientes que estiveram no ambulatório nesta, segunda-feira (16), vão ser atendidos e terão os exames e consultas agendadas o mais rápido possível.

A unidade de saúde disse também que pacientes que não realizam acompanhamento no hospital precisam fazer a primeira consulta na rede municipal de saúde, que faz o encaminhamento para hospitais de referência.

De acordo com o Barão de Lucena, apenas pacientes acompanhados por especialistas do hospital devem fazer as marcações de retorno, na própria unidade.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Coqueiro cai na cabeça de uma mulher na praia de Boa Viagem

Banhista teve escoriações leves. Segundo testemunha, árvore estava em trecho do calçadão onde a prefeitura do Recife realiza obras.

Por Paulo Veras, g1 PE

Coqueiro cai na cabeça de banhista na praia de Boa Viagem

Um coqueiro caiu na cabeça de uma banhista na praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, no domingo (15). Um vídeo mostra o momento em que a mulher está recebendo cuidados por parte de outras pessoas que estavam passando pelo local. Segundo testemunhas, a árvore teria caído após uma forte ventania.

De acordo com Denner Dias, que presenciou o acidente, era por volta do meio-dia quando o coqueiro caiu sobre a mulher de cerca de 28 anos. A árvore estava na área do calçadão fechada por tapumes para as obras de reforma dos quiosques na orla, próximo à avenida Ernesto de Paula Santos.

“Estava um lindo sol. E, de uma hora pra outra, começou a chover e ventar muito. Com mais ou menos uns 20 minutos de chuva e vento, aconteceu um barulho muito alto. Quando vi, foi o coqueiro que partiu no meio, atingindo uma banhista que estava mais próximo”, afirmou Denner.

Segundo ele, a mulher teve um arranhão no ombro e foi ajudada por outros banhistas que passavam pelo local. Denner também afirmou que uma equipe do Corpo de Bombeiros avaliou os ferimentos. A banhista não precisou ser levada para uma unidade de saúde, por apresentar ferimentos leves.

Coqueiro cai na cabeça de banhista na praia de Boa Viagem, no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Coqueiro cai na cabeça de banhista na praia de Boa Viagem, no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

A prefeitura do Recife informou que a mulher sofreu escoriações leves e sem gravidade. Ela não precisou de atendimento especializado, segundo o município. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também não foi acionado para o atendimento.

Segundo a prefeitura, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) realiza serviços de limpeza e desfrutificação três vezes por semana nos coqueiros das praias de Boa Viagem e do Pina.

Ainda de acordo com o município, a árvore em questão estava saudável antes do acidente. Ela foi retirada da orla pela Emlurb na noite do domingo (15).

A prefeitura também anunciou que vai refazer o tapume destruído com a queda do coqueiro.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Dois homens rendem motociclista e roubam moto em rua de Paulista

Assalto aconteceu na Rua Vila do Sol, no bairro de Pau Amarelo. Dupla de ladrões fugiu do local e vítima saiu caminhando na mesma rua, deixando um capacete para trás.

Por g1 PE

Dois homens rendem motociclista e roubam moto em rua de Paulista, no Grande Recife

O roubo de uma moto no município de Paulista, no Grande Recife, foi flagrado por uma câmera de segurança. O assalto aconteceu na noite do sábado (14), por volta das 22h, na Rua Vila do Sol, no bairro de Pau Amarelo.

As imagens, enviadas para o WhatsApp da TV Globo, mostram um homem com um capacete e um celular acenando, em uma esquina, para quem conduzia uma moto que entrava na rua. Também é possível ver, outro homem com capacete se escondendo entre uma árvore e o muro de uma casa no outro lado dessa esquina.

Dois homens roubam moto no bairro de Pau Amarelo, em Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Dois homens roubam moto no bairro de Pau Amarelo, em Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Quando a moto se aproxima, o homem que estava escondido sai correndo com arma em punho e rende o motociclista. Em seguida, os dois assaltantes fogem na moto e a vítima sai caminhando na direção contrária à dupla de ladrões, deixando um dos capacetes que trazia caído no meio da rua.

g1 entrou em contato com a Polícia Civil, para saber sobre a investigação desse caso, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

O que diz a PM

Por meio de nota, a Polícia Militar (PM) disse que não registrou esse caso, mas encaminhou essa denúncia ao comandante do 17º Batalhão para que patrulhamento na região seja intensificado.

“Sempre lembramos que o registro das ocorrências através do 190 é importante para que os PMs tentem localizar os suspeitos ainda no momento da ação criminosa. Alertamos da importância de ligar para o 190, no momento da ocorrência ou prestar uma queixa, posteriormente, na Delegacia de Polícia Civil, a fim de que possamos identificar e adotar as medidas necessárias para o devido patrulhamento e prevenção do crime”, afirmou.

No texto, a PM também falou como é feito o esquema de segurança no bairro. “Guarnições táticas e motopatrulhamento realizam rondas e abordagens na região, com o reforço do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati). Além disso, operações específicas suplementam o policiamento ordinário da área”, declarou.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vídeos mostram tromba d´água em praias do Litoral Sul: ‘Parecia um furacão’, diz diarista

Imagens do fenômeno climático foram feitas, neste domingo (15), em Toquinho, em Ipojuca, e em Barra de Sirinhaém, em Sirinhaém.

Por Ricardo Novelino e Júlia Montenegro, g1 PE

Fenômeno climático é observado em praia no Grande Recife

Um fenômeno climático chamou a atenção de quem estava em praias do Litoral Sul de Pernambuco, neste domingo (15). Uma tromba d’água foi registrada no início da manhã. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) explicou que se trata de “um tipo de tornado que se forma sobre uma superfície líquida”.

“Parecia um furacão”, afirmou a diarista Émmyle Almeida, que enviou um vídeo para o WhatsApp da TV Globo e tomou um susto com o vento forte em forma de funil sobre o mar .

Émmyle trabalha em uma casa na Praia de Toquinho, em Ipojuca. Ela gravou as imagens às 10h40, depois de ser surpreendida pelo fenômeno, enquanto estava em uma ligação telefônica.

“Estava conversando com uma tia. O tempo fechou. Ficou uma faixa preta, de um canto a outro. Depois, começou. Estava com um pé na frente e outro atrás para correr”, declarou.

A diarista afirmou que o susto foi muito grande, mas não houve danos. “Demorou uns cinco minutos e depois ficou uma coisa que parecia uma fumaça em cima da água”, contou.

Ela fez registros de dois ângulos diferentes. “Primeiro, no começo, fiz de onde eu estava. Na casa, não apareceu muito. Quando vi que o negócio era real, saí para o deck e registrei tudo de perto”, acrescentou.

Émmyle disse, ainda, que o fenômeno aconteceu depois de um dia muito quente e abafado. “Choveu de madrugada e depois parou. “Estava muito mormaço hoje”, declarou.

O fenômeno também foi registrado por um homem que estava na Praia de Barra de Sirinhaém, em Sirinhaém.

Entenda os fenômenos

Tromba d'água foi registrada no Litoral Sul de Pernambuco — Foto: Emily Almeida/ WhatsApp

Tromba d’água foi registrada no Litoral Sul de Pernambuco — Foto: Emily Almeida/ WhatsApp

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), há uma diferença entre tromba d’água e tornado. Enquanto o primeiro fenômeno climático ocorre na superfície da água, o segundo é registrado na superfície terrestre.

No Litoral de Pernambuco, disse a Apac, trombas d’água “não são muito comuns”. A agência informou que houve registro em março de 2015, na Praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

As trombas d’água se formam a partir da base de nuvens de tempestades, “a exemplo de cumulonimbus”, por causa da existência de bastante instabilidade, altas temperaturas e ventos fortes.

“Pode gerar ventos de até 80 quilômetros por hora, na água. Ao se aproximar do continente, se a instabilidade se mantiver, junto com os demais fatores meteorológicos, pode se transformar em um tornado”, disse a Apac.

A orientação da agência é “manter distância desse tipo de fenômeno”, pois eles podem causar acidentes em virtude da velocidade dos ventos.

Também por nota, a agência explicou que, nos tornados, a velocidade dos ventos pode chegar a 200 quilômetros por hora. “Isso se dá devido ao aquecimento da superfície”, informou.

Ainda segundo o comunicado, “o mar se aquece muito menos que a superfície da terra. Então, as correntes de ar quente são bem mais intensas na formação do tornado”.

A Apac também disse que choveu 44 milímetros, entre 15h de sábado (14) até 15h de domingo, no acumulado da estação de Ipojuca.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Após exigir retorno dos concursados que atuavam fora do governo, Raquel Lyra libera 294 servidores para outros órgãos públicos

No início de janeiro, ela revogou a cessão de todos os funcionários concursados que estavam atuando fora do governo.

Por g1 PE

O governo Raquel Lyra (PSDB) publicou no Diário Oficial deste sábado (14) atos que autorizam a cessão de centenas de servidores concursados do governo que estavam atuando em outros órgãos públicos.

A medida foi publicada 11 dias depois de um decreto em que ela demitiu todos os funcionários comissionados, dispensou os com função gratificadas e revogou todos os “empréstimos” de trabalhadores.

Ao todo, de acordo com o governo de Pernambuco, continuarão cedidos a outros órgãos 294 servidores, até 31 de dezembro deste ano.

No Recife, a primeira medida do governo atingiu os secretários municipais de Educação, Fred Amancio, e as secretárias de Finanças e Turismo, Maíra Fischer e Pâmela Alves, respectivamente.

No Diário Oficial deste sábado, os nomes deles constam na lista de servidores autorizados a ficar na administração municipal.

O estado também tinha exigido a volta do procurador do estado André de Albuquerque Garcia, que foi nomeado Secretário da Justiça do Espírito Santo. O nome de André Garcia não está na lista divulgada neste sábado.

Centenas de funcionários do Tribunal de Contas do Estado (TCE) também tinham sido sido afetados pela medida inicial, mas, agora, poderão ficar no órgão.

De acordo com o governo estadual, todos esses servidores se apresentaram ao governo, em seus órgãos de origem, “seguindo determinação do decreto inicial”.

Após a apresentação, órgãos como Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), Ministério da Casa Civil e prefeituras do interior solicitaram oficialmente ao governo as suas cessões, “cumprindo os trâmites administrativos normais”.

Nomes de trabalhadores do estado e que estavam emprestados para esses órgãos públicos também estão na lista deste sábado.

“Os casos foram avaliados criteriosamente pela Secretaria da Casa Civil e as cessões foram concedidas”, afirmou.

A gestão de Raquel Lyra também disse que tinha revogado todas as cessões porque, no período da transição entre o governo dela e o do ex-governador Paulo Câmara (PSB), “identificou-se um descontrole nas cessões internas e externas, que prejudica diretamente a organização da gestão”.

Foi feito, por tanto, um “recenseamento”, para identificar onde cada um dos servidores atua. “No caso desses 294, a apresentação nos órgãos de origem ocorreu, os órgãos de outros poderes e entes da federação solicitaram a cessão e tal medida foi concedida”, afirmou o governo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vídeos mostram garrafas ‘voando’ durante briga que provocou destruição em casa de shows em Jaboatão

Tumulto aconteceu no Lounge Music PE, no bairro de Piedade, na madrugada deste domingo (15).

Por g1 PE

Confusão tem garrafas e mesas arremessadas em casa de shows em Jaboatão

Um show terminou em confusão em uma casa de shows em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, na madrugada deste domingo (15). Vídeos registraram a briga generalizada, que teve garrafas e mesas sendo arremessadas. O Lounge Music PE ficou destruído depois dos atos de vandalismo.

De acordo com testemunhas, a confusão começou quando um homem, que estava na parte de cima da casa de shows, onde ficava a área de open bar, jogou uma mesa na plateia. Depois disso, pessoas que estavam no térreo começaram a arremessar garrafas de cerveja, baldes e copos.

Houve tumulto e o show precisou ser interrompido, por volta das 4h. Luminárias foram danificadas e, no vídeo, algumas placas de revestimento do teto também caem. O chão ficou repleto de objetos quebrados pelos vândalos.

Confusão generalizada na Lounge Music, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Reprodução/WhatsApp

Confusão generalizada na Lounge Music, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Reprodução/WhatsApp

A atração principal da noite era o artista Chefin, um dos principais nomes do hip hop nacional. Entretanto, ele já tinha saído do palco quando começou a briga. Não há informações sobre feridos na confusão.

Uma pessoa que estava no local, que não quis ser identificada, disse que os seguranças da casa de show abriram as portas de emergência para que as pessoas pudessem sair. Entretanto, algumas delas tentaram fechar ar portas para impedir a saída.

O que diz a casa de shows

Por meio de nota, a Lounge Music lamentou o episódio ocorrido durante o show de MC Chefinho. “Uma confusão generalizada tomou conta do ambiente, após bebida cair da parte de cima do camarote open bar.”

Ainda segundo o comunicado, a segurança “agiu rapidamente, abrindo as portas de emergência da casa, para que os clientes pudessem deixar o ambiente, sem danos a integridade física. Em poucos minutos, a casa foi esvaziada”.

O estabelecimento afirmou que “defende a política de transparência” e que “agiu da melhor forma possível para que ao final tudo ficasse bem”.

A casa de show disse também que, como não houve feridos, não prestou queixa na delegacia. “A casa ainda deixa claro que o show foi de uma produtora e estava apenas alugada para o evento que seguia tranquilamente até acontecer o fato”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Banhistas fazem força-tarefa e devolvem ao mar tartaruga que estava encalhada em praia

Segundo testemunhas, animal tinha cerca de 50 quilos e estava presa na areia. Caso aconteceu neste domingo (15), em Catuama, em Goiana.

Por g1 PE

Tartaruga encalhada na areia é resgatada por banhistas, em Goiana

Banhistas fizeram uma força-tarefa para salvar uma tartaruga-marinha que estava encalhada na Praia de Catuama, em Goiana, no Litoral Norte de Pernambuco. Por volta das 5h30 deste domingo (15), eles encontraram o animal preso entre as pedras e tiveram que escavar a areia para devolvê-lo ao mar.

Imagens feitas pelo jornalista Salatiel Cícero, um dos envolvidos no resgate, mostram a tartaruga presa na areia e, depois, já no mar, com a ajuda dos voluntários.

Tartaruga sendo resgatada na Praia de Catuama, em Goiana, no Grande Recife — Foto: Salatiel Cícero/WhatsApp

Tartaruga sendo resgatada na Praia de Catuama, em Goiana, no Grande Recife — Foto: Salatiel Cícero/WhatsApp

As testemunhas disseram que a tartaruga-marinha tem cerca de um metro de comprimento e pesa aproximadamente 50 quilos. Dois homens, que estavam caminhando na praia, encontraram o animal e fizeram o resgate.

Em cerca de 15 minutos, eles conseguiram colocar a tartaruga de volta no mar. Entretanto, o animal, muito debilitado, não conseguia sair de perto da praia.

g1 entrou em contato com a prefeitura de Goiana, que informou que enviou uma equipe ao local, para fazer o socorro da tartaruga e encaminhá-la ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), na Guabiraba, Zona Norte do Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem é assassinado a tiros em rua de Olinda e mulher que passava pelo local fica ferida

Crime aconteceu na Rua do Farol, no início da madrugada deste domingo (15).

Por g1 PE

Um homem foi assassinado a tiros em Olinda, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na madrugada deste domingo (15), em via pública. Uma mulher que estava nas proximidades do local do homicídio ficou ferida e está em situação “estável” em um hospital da Região Metropolitana.

O crime aconteceu, segundo a polícia, à 0h30, na Rua do Farol, em Bairro Novo. Em Olinda, estão sendo realizadas prévias de carnaval. Por determinação da prefeitura, os ensaios devem ser encerrados até as 19h.

Por meio de nota, a polícia informou que o caso foi registrado pela Força Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Norte, como homicídio consumado e tentativa de assassinato.

O homem assassinado tinha 42 nos. O nome dele não foi informado. A mulher ferida, também não identificada, tem 21 anos. A corporação não disse em qual unidade hospitalar ela foi atendida.

“Um inquérito policial foi instaurado e outras informações poderão ser fornecidas após a conclusão”, disse a nota.

Estatísticas

Entre janeiro e novembro de 2022, 3.114 pessoas foram assassinadas em Pernambuco. O número é 1,4% maior do que o registrado no mesmo período de 2021, quando houve 3.070 homicídios.

Os dados de dezembro de 2022 nem a totalização do ano foram divulgados. O governo também não informou quantas pessoas foram assassinadas nos primeiros dias de 2023.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.