Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

‘Estamos no meio de um furacão’, diz infectologista sobre perigo de visitas no Dia das Mães devido à Covid-19

Para Demétrius Montenegro, médico do Hospital Oswaldo Cruz, as visitas no domingo (8) podem ocorrer apenas se forem controladas e as pessoas mais velhas estiverem vacinadas contra a doença.

Por G1 PE e TV Globo

“Independente da vacina, estamos no meio de um furacão. Um número de casos elevado, um número de óbitos elevado. Não é porque as coisas estão funcionando, mais ou menos, que a pandemia está melhor que no ano passado. Muito pelo contrário. É fundamental o distanciamento social, a utilização de máscaras e a higienização das mãos”.

O alerta é do infectologista Demétrius Montenegro, do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, unidade de saúde localizada no Centro do Recife que é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas. Segundo o médico, as visitas no Dia das Mães, no domingo (8), podem ocorrer somente se forem controladas e se as pessoas mais velhas estiverem vacinadas contra a Covid-19.

Demétrius afirmou que, diferentemente de 2020, é possível visitar as mães com segurança em 2021. No entanto, como as vacinas disponíveis atualmente protegem principalmente contra casos graves da Covid-19, torna-se ainda mais necessária a adoção de medidas de prevenção da transmissão do novo coronavírus, de acordo com o infectologista.

“Esse Dia das Mães vai ser um pouco mais especial que no ano passado. A situação era mais crítica porque não existia vacina para as pessoas dessa faixa etária. E, neste ano, uma boa parte dessas pessoas acima de 60 anos já foi vacinada, pelo menos com a primeira dose”, declarou, em entrevista ao Bom Dia Pernambuco desta quinta-feira (5).

Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Pernambuco registrou, na quarta-feira (5), 2.143 casos da Covid-19 e 54 mortes provocadas pela doença. A ocupação de leitos de UTIs públicas dedicadas a pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) era de 97%, enquanto 81% das enfermarias estavam ocupadas. Nunca houve tantos doentes internados ao mesmo tempo no estado.

Demétrius Montenegro é chefe do setor de infectologia do Hospital Oswaldo Cruz, no Centro do Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Demétrius Montenegro é chefe do setor de infectologia do Hospital Oswaldo Cruz, no Centro do Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

“Como a gente vê nos números, a transmissão do vírus ainda está muito elevada, veja que a média de novos casos por dia ainda está acima de 2 mil casos, isso dos que fizeram os exames, fora as pessoas que têm formas muito leves ou até assintomáticas e não sabem que estão com o vírus”, afirmou Demétrius.

O infectologista disse, ainda, que é preciso tomar cuidado principalmente no momento das refeições coletivas. Além disso, nas famílias grandes, as visitas devem ser escalonadas para evitar aglomeração de pessoas nas casas.

“Na hora das refeições é que está o momento de maior perigo, que é quando as pessoas vão tirar as ‘armaduras de proteção’. Na hora da refeição, procurar manter-se afastado principalmente das pessoas mais idosas, apesar de elas já terem sido vacinadas. Mas a gente precisa, ainda, protegê-las, até que um número expressivo da população mais jovem também esteja vacinado, para que essa velocidade de transmissão do vírus não seja tão elevada quando está sendo no momento”, contou.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ator e produtor cultural Jefferson Nascimento morre de Covid ao 42 anos no Recife

Óbito ocorreu nesta quarta (5), no Hospital Universitário Oswaldo Cruz, na área central da cidade. Entre personagens mais conhecidos estavam ‘Matheus’, no carnaval da cidade, e a drag ‘Elvira Terremoto’.

Por G1 PE

Morre de Covid o ator pernambucano Jefferson Nascimento

O ator, transformista e produtor cultural Jefferson Nascimento, de 42 anos, morreu, nesta quarta (5), de Covid-19. Segundo o marido dele, Antônio Márcio, o óbito ocorreu no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), na área central do Recife 

A família do ator informou que o enterro ocorrerá na quinta-feira (6), no Cemitério do Barro, na Zona Oeste da capital Pernambucana, às 15h. Até a noite desta quarta, o corpo ainda estava no necrotério do hospital.

De acordo com o marido de Jefferson, ele foi internado no dia 26 de abril, na Policlínica da Campina do Barreto, na Zona Norte do Recife. Os sintomas eram de sinusite e gripe.

Com o agravamento do quadro clínico, ele teve que ser transferido para o Oswaldo Cruz, uma das referências no tratamento de Covid, na cidade.

Jefferson e Antônio estavam casados há 18 anos. O ator ficou conhecido por interpretar vários personagens.

Um era o “Matheus”, de “Matheus e Catirina”, no carnaval do Recife. O outro era “Elvira Terremoto”, uma drag queen.

“Com esse personagem, ele ganhou o prêmio de melhor ator no Festival Janeiro de Grandes Espetáculos, de 2020, com a peça ‘Deusas da Noite’”, disse Márcio.

Covid em Pernambuco

2.143 casos confirmados de covid e 54 mortes nas últimas 24 horas

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (5), mais 2.143 casos da Covid-19 e 54 mortes provocadas pela doença. Com isso, o estado passou a ter 414.929 infectados pelo novo coronavírus e 14.333 óbitos, números contabilizados desde o início da pandemia, em março de 2020

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Com mais 2.143 casos e 54 mortes, Pernambuco tem 414.929 infectados e 14.333 óbitos pela Covid-19

Das novas confirmações da doença, 141 foram pessoas com quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.002 com sintomas leve.

Por G1 PE

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (5), mais 2.143 casos da Covid-19 e 54 mortes provocadas pela doença. Com isso, o estado passou a ter 414.929 infectados pelo novo coronavírus e 14.333 óbitos, números contabilizados desde o início da pandemia, em março de 2020

Das confirmações contabilizadas pela Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta, 141 (6,5%) foram de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 2.002 (93,5%) foram de pessoas com quadros leves da doença.

Considerando essa divisão, o estado totalizou 40.983 pacientes graves e 373.946 leves.

As 54 mortes que tiveram Covid-19 como causa confirmada nesta quarta-feira ocorreram entre os dias 8 de novembro de 2021 e a terça-feira (4).

Os casos do novo coronavírus estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim desta quarta registraou um total de 352.555 pacientes recuperados da doença.

Destes, 23.959 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 328.596 eram casos leves.

Mortes

O boletim desta quarta registrou, ainda, 35 mortes de homens e 19 de mulheres.

Essas pessoas moravam em Agrestina (1), Altinho (1), Araripina (2), Arcoverde (1), Bezerros (1), Bodocó (1), Buíque (2), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (3), Carpina (2), Caruaru (1), Chã de Alegria (1), Garanhuns (1), Gravatá (1), Igarassu (1), Ipojuca (1), Ipubi (2), Itaquitinga (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Olinda (3), Ouricuri (1), Parnamirim (1), Paulista (3), Petrolina (2), Recife (13), Santa Cruz (1), Santa Filomena (1), Sertânia (2) e Vitória de Santo Antão (1).

Os pacientes tinham idades entre 32 e 93 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 40 a 49 (4), 50 a 59 (14), 60 a 69 (12), 70 a 79 (15), 80 ou mais (7).

Do total, 40 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (24), diabetes (15), hipertensão (9), obesidade (5), câncer (5), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença renal (3), histórico de AVC (3), doença respiratória (2), doença de Alzheimer (1), histórico de etilismo (1), imunossupressão (1) e doença neurológica (1).

Um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Testes

Desde março de 2020, Pernambuco realizou 1.679 testes para detectar a Covid-19.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, até agora, 28.716 casos foram confirmados e 49.873 descartados.

As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

Nesta quarta, o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (LacenPE) atingiu a marca de mais de 500 mil exames de biologia molecular (RT-PCR) para detecção da Covid-19 processados no órgão desde o início da pandemia.

O teste é considerado padrão ouro para confirmar ou descartar um caso do novo coronavírus, por identificar o agente da doença na fase aguda, ou seja, quando há maior risco.

Vacinação

Desde 18 de janeiro de 2021, Pernambuco aplicou 2.134.313 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.424.532 foram primeiras doses.

Ao todo, receberam a primeira dose em 241.397 trabalhadores de saúde; 25.073 povos indígenas aldeados; 37.103 em comunidades quilombolas; 6.192 idosos em Instituições de Longa Permanência; 518.542 idosos de 60 a 69 anos; 389.589 idosos de 70 a 79 anos; 102.508 idosos de 80 a 84 anos; 88.785 idosos a partir de 85 anos.

Também foram contemplados 994 pessoas com deficiência institucionalizadas; 6.142 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 7.993 pessoas com comorbidades; 49 pessoas com deficiência permanente; além de 165 gestantes e puérperas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 201.029 trabalhadores de saúde; 24.716 povos indígenas aldeados; 47 em comunidades quilombolas; 4.744 idosos institucionalizados; 134.589 idosos de 60 a 69 anos; 263.074 idosos de 70 a 79 anos.

Também foram imunizados 42.650 idosos de 80 a 84 anos; 38.155 idosos a partir de 85 anos, além de 777 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 709.781 pessoas que já finalizaram o esquema.

Leitos

Nesta quarta, a taxa global de ocupação de leitos para Covid era de 90% na rede pública do estado. Havia doentes em 97% das UTIs e em 81% das enfermarias.

Na rede privada, a taxa global de ocupação de leitos era de 81%. Havia doentes em 91% das UTIs e em 62% das enfermarias.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Prefeito e vice-prefeita de Águas Belas têm mandatos cassados por abuso de poder político e econômico nas Eleições 2020

Juiz da 64ª Zona Eleitoral, Rômulo Macedo Bastos, assinou a sentença na quarta-feira (5). Luiz Aroldo, do PT, e Enaile de Codinho, do PSD, foram eleitos com 36,99% dos votos.

Por G1 Caruaru

O prefeito e a vice-prefeita de Águas Belas, no Agreste, tiveram os mandatos cassados por “abuso de poder político e econômico nas Eleições 2020”. O juiz da 64ª Zona Eleitoral, Rômulo Macedo Bastos, assinou a sentença na quarta-feira (5). Luiz Aroldo, do PT, e Enaile de Codinho, do PSD, foram eleitos com 36,99% dos votos.

O juiz determinou a cassação, mas o prefeito de Águas Belas disse em nota que “já estão sendo adotadas as medidas judicias cabíveis contra a decisão”. Em seguida, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) irá decidir se mantém a decisão do juiz ou não.

Caso a decisão de Rômulo Macedo Bastos seja mantida, o prefeito poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral. Durante todos os trâmites, o prefeito e a vice continuam no cargo. Caso os gestores percam em todas as instâncias, eles deixam a prefeitura e o Presidente da Câmara de Vereadores assume até que sejam realizadas novas eleições diretas.

Por meio de nota, o Partido dos Trabalhadores disse que “recebeu com surpresa, nesta quarta-feira (5), a notícia da cassação do diploma do prefeito do município de Águas Belas (PE), Luiz Aroldo, e de sua vice, Eniale de Codinho (PSD), cujos mandatos foram legitimamente conquistados nas urnas nas eleições de 2020”.

Na nota, o PT disse que Luiz Aroldo está sendo “vítima de injustiça”. “O PT-PE acredita na inocência do companheiro e promete se empenhar na utilização de todos os mecanismos jurídicos, políticos e sociais na defesa dos mandatos do prefeito e de sua vice”, destacou.

Esta matéria está em atualização

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Governo de PE autoriza ampliação de horário de funcionamento do comércio para o Dia das Mães

Segundo portaria publicada nesta terça (4), estabelecimentos de shoppings, bairros e do Centro do Recife poderão funcionar das 8h às 20h, na sexta (7) e sábado (8), e das 8h às 18h, no domingo (9).

Por G1 PE

O horário de funcionamento de lojas de bairros, do Centro do Recife e de shoppings em Pernambuco será ampliado a partir de sexta-feira (7) por causa do Dia das Mães. A determinação, válida até o domingo (9), foi publicada no Diário Oficial do Estado, nesta terça-feira (4), em edição extra .

Por causa da pandemia, o horário do comércio passou por várias mudanças. A última delas está em vigor desde 26 de abril.

De acordo com a nova determinação do estado, na sexta (7) e sábado (8), os estabelecimentos poderão funcionar das 8h às 20h. No domingo (9), eles têm autorização para abrir das 8h às 18h.

A capacidade estabelecida pelo governo de Pernambuco para os três dias é de um cliente a cada dez metros quadrados em áreas de circulação e um cliente a cada cinco metros quadrados em área interna de cada loja.

A portaria foi publicada pelas Secretaria Estaduais de Saúde (SES-PE) e de Desenvolvimento Econômico.

No documento, o governo explica que a decisão foi tomada “em razão da possibilidade de fluxo de compras intenso relativo à comemoração do Dia das Mães”.

Nos outros dias, o comércio em geral, inclusive shoppings centers e galerias comerciais, pode funcionar das 10h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira.

Nos fins de semana e feriados, esse estabelecimentos têm duas opções de horário: das 9h às 17h ou das 10h às 18h.

Já comércio de bairro, como os estabelecimentos varejistas de pequeno porte situados em áreas residenciais, fora de shoppings centers e galerias comerciais, podem abrir das 8h às 18h, das 9h às 19h ou das 10h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

Covid em Pernambuco

Mais 2.333 casos da Covid-19 e 73 óbitos provocados pela infecção foram confirmados em Pernambuco nesta terça-feira (4).

Com isso, o estado passou a totalizar 412.786 infectados pelo novo coronavírus e 14.279 mortes devido à doença, números contabilizados desde o início da pandemia, em março de 2020.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pessoas que perderam emprego na pandemia começam a receber cartões para andar de ônibus de graça

Anúncio da entrega do VEM Social foi feito pelo governador Paulo Câmara, em pronunciamento, nesta terça (4). Ele também informou repasse de verbas para assistência social nos municípios.

Por G1 PE

Uma nova fase de um programa de assistência para quem perdeu o emprego durante a pandemia teve início em Pernambuco. Nesta terça (4), o governo anunciou que começaram a ser entregues os Cartões Vem Social, destinados a pessoas que pretendem andar de ônibus de graça, no Grande Recife.

O anúncio da distribuição dos cartões foi feito, por meio de pronunciamento, pelo governador Paulo Câmara (PSB). O chefe do Executivo estadual também informou, nesta terça, o repasse de recursos para assistência social nos municípios.

De acordo com o governo, os cartões que liberam as viagens de ônibus estão sendo entregues pelos Correios nas residências de quem se cadastrou. Até agora, 6,7 mil pessoas se inscreveram no programa.

“Cada cartão é carregado com 20 passagens por mês e vai facilitar o deslocamento dos trabalhadores em busca de recolocação profissional”, informou o estado, por meio de nota.

Essa quantidade é calculada tomando como referência o Anel A. O passageiro, no entanto, poderá utilizar qualquer um dos anéis do sistema de transporte.

Podem receber o benefício trabalhadores que perderam o emprego entre 20 de março de 2020 e 22 de março de 2021.

Também estão aptos a se cadastrar pessoas que ganhavam até dois salários mínimos e que tiveram vínculo empregatício por pelo menos seis meses antes da dispensa.

Para ter direito, é preciso, ainda, ser residente em um dos 14 municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR). A iniciativa deverá contemplar até 20 mil pessoas por mês. O cadastramento ainda está aberto e pode ser feito pelo site do VEM Social.

Assistência

No pronunciamento, Câmara também afirmou que serão repassados R$ 8 milhões para as ações do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) em todos os municípios do estado.

“O sistema possui o objetivo de garantir proteção social a indivíduos e famílias, no enfrentamento de vulnerabilidades, com a prestação de serviços, programas e projetos”, disse o governo.

De acordo com o governador, os recursos serão repassados pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, em duas parcelas. A primeira delas sai em maio e a segunda, em junho.

Pernambuco conta, atualmente, com 329 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), além de 187 unidades dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) em todo o estado.

Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, somados os programas de proteção e atendimento, em estimativa calculada até a metade do ano passado, esses serviços haviam contemplado cerca de 570 mil famílias.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Assembleia Legislativa pede ao TCU auditoria em obra em BR de Noronha por causa de aumento de custos

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Alepe, deputado Waldemar Borges (PSB) questiona valores do serviço na BR-363, que passou de R$ 9,9 milhões para R$ 24,7 milhões.

Por Ana Clara Marinho

O deputado Waldemar Borges (PSB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), protocolou, nesta terça (4), uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU). O parlamentar solicitou uma investigação sobre os custos da obra de manutenção da BR-363, em Fernando de Noronha.

O serviço é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Iniciada em 2017, a obra está sendo feita na rodovia da ilha, que tem 7,5 quilômetros de extensão.

A manutenção, inicialmente orçada em R$ 9,9 milhões, teve prorrogação de prazo e valor reajustado para R$ 24,7 milhões.

“O serviço foi contratado por aproximadamente R$ 10 milhões para ser executado em dois anos. Ele já vai consumindo mais de R$ 15 milhões e encontra-se no quarto ano de execução, não tendo prazo previsto para ser encerrado, embora já tenha definido novo valor para o contrato, que consumirá quase R$ 25 milhões. Isso tudo vinculado a uma rodovia que tem 7,5 quilômetros de extensão”, detalhou o deputado, no documento.

Waldemar Borges indicou, ainda, a má qualidade dos serviços prestados, alvo de reclamações constantes dos moradores da Ilha.

Em função desses fatos, o parlamentar solicitou ao TCU uma auditoria específica nos serviços de manutenção e conservação na rodovia federal.

“A auditoria vai apurar a eventual existência de descumprimentos de obrigações contratuais e infrações legais, especialmente no tocante a possíveis prejuízos ao erário, em face do elevado alongamento do prazo de execução e da elevação dos valores contratuais”, justificou Borges.

A assessoria de imprensa do TCU informou que o documento “passará pelos trâmites protocolares e será encaminhado para a área técnica responsável pelo tema, para manifestação”.

Não há prazo previsto para conclusão da análise. Após pronunciamento da unidade técnica, o assunto vai ser encaminhado ao ministro relator para que seja levado para a deliberação do tribunal.

G1 fez contato com a assessoria de imprensa do Dnit para saber qual análise a direção do órgão faz sobre o pedido de auditoria, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem que estuprou funcionária dentro de posto de saúde e outras 13 mulheres é preso

Delegada afirma que exames de DNA comprovaram que ele abusou de ao menos 14 vítimas. Homem teve prisão preventiva decretada após ser detido por outro crime.

Por G1 PE e TV Globo

O homem que estuprou e assaltou uma mulher dentro do posto de saúde em que ela trabalhava, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e outras 13 mulheres foi preso, segundo a Polícia Civil. A autoria dos crimes foi comprovada através de exames de DNA.

Os detalhes da investigação foram divulgadas nesta terça-feira (4). Titular da Delegacia Criança e do Adolescente (DPCA) de Paulista, Mariana Vilas Boas explicou que os crimes eram praticados sempre da mesma forma.

“Esse agressor tinha uma maneira muito peculiar de executar o crime. Todos os crimes foram da mesma forma: ele empregava arma branca, ameaçava as vítimas, subtraía os pertences das vítimas e, em seguida, praticava o estupro”, explicou a delegada.

O primeiro dos crimes foi registrado em agosto de 2020 na DPCA de Paulista e, cerca de duas semanas depois, outro com as mesmas características chegou à delegacia. Outros dois estupros foram registrados pela Delegacia de Paulista com o mesmo modo de agir e as investigações foram unificadas.

“O que chamou a atenção da polícia é que, em todo crime de estupro cometido por ele, ele conduzia uma motocicleta. Essa motocicleta era roubada. Há indícios de que ele participava de uma associação criminosa para roubar motos e, em seguida, revendê-las”, detalhou Mariana Villas Boas.

Delegadas Mariana Vilas Boas e Larissa Azedo em coletiva de imprensa realizada no Recife, nesta terça-feira (4) — Foto: Paulo Abreu/PCPE/Divulgação

Delegadas Mariana Vilas Boas e Larissa Azedo em coletiva de imprensa realizada no Recife, nesta terça-feira (4) — Foto: Paulo Abreu/PCPE/Divulgação

Além dos casos em Paulista, o estupro de uma agende de saúde em Jaboatão dos Guararapes, em janeiro de 2021, também foi comprovado que ele foi o autor tanto desse crime, como de outros 13 estupros, segundo a delegada da Mulher de Paulista Larissa Azedo.

“Ele primeiramente observava a vítima e abordava anunciando um assalto primeiramente. […] Com os registros, trocando informações sobre os crimes com outras delegacias, nós verificamos o modo de agir dele. Foram feitas várias diligências, algumas sigilosas, e verificamos que era o mesmo agressor”, afirmou Larissa Azedo.

O homem foi preso após uma tentativa de homicídio em Paulista, em que ele foi agredido pela população, no dia 27 de abril. “A gente vinha observando a forma de agir e cada novo registro. […] Tomamos conhecimento da prisão e tomamos conhecimento da correlação. Representamos pela prisão preventiva, que foi confirmada pelo juiz da audiência da custódia”, explicou Larissa Azevedo.

As delegadas pediram para que as possíveis vítimas desse criminoso procurem uma delegacia para denunciar o caso. Segundo elas, ele foi apontado como suspeito de tentativas de estupro também e outros casos que ainda estão em investigação.

No dia 9 de abril, a Polícia Civil havia divulgado um retrato falado do criminoso. “A gente acredita que tenham mais vítimas. A gente sabe que é muito doloroso para vítima ir até a delegacia, mas a única forma que temos de responsabilizar esse criminoso”, disse Larissa Azedo.

Polícia Civil divulgou retrato falado de homem que estuprou funcionária de posto de saúde em Jaboatão — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Polícia Civil divulgou retrato falado de homem que estuprou funcionária de posto de saúde em Jaboatão — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Incêndio atinge depósito de material reciclável no Recife

Fogo destruiu estabelecimento na Rua José Bezerra Cavalcante, no bairro da Mustardinha, segundo Corpo de Bombeiros.

Por G1 PE

Um incêndio destruiu um depósito de materiais recicláveis no bairro da Mustardinha, na Zona Oeste do Recife, na manhã desta terça-feira (4), segundo o Corpo de Bombeiros. O fogo começou por volta das 5h, mesmo com chuva, e não houve registro de feridos.

O estabelecimento fica na esquina das ruas Dom Expedito Lopes e José Bezerra Cavalcante. Não havia informações no local sobre como o fogo teria começado.

O serralheiro Carlos Alexandre da Silva mora e trabalha perto do depósito destruído pelas chamas. “Eu cheguei por volta de umas 5h na oficina, que é pertinho. Já estava com muito fogo e a fumaça ia bem alto”, contou o serralheiro.

O Corpo de Bombeiros enviou duas equipes ao local. Por volta das 6h45, era possível ver uma ambulância da corporação, mas não foi necessário socorrer ninguém. Ainda havia fogo no depósito.

A Defesa Civil do Recife afirmou que aguardava avaliação dos Bombeiros para saber se haverá necessidade de ir ao local verificar danos estruturais.

Incêndio atingiu depósito de material reciclável no bairro da Mustardinha, no Recife, nesta terça-feira (4) — Foto: Reprodução/WhatsApp

Incêndio atingiu depósito de material reciclável no bairro da Mustardinha, no Recife, nesta terça-feira (4) — Foto: Reprodução/WhatsApp

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Único estado com alta em mortes confirmadas, PE registra maior número de doentes em UTIs desde início da pandemia

No sábado (1º) e domingo (2), estado chegou a essa tendência de alta nos óbitos.Pernambuco atingiu 80 mortes confirmadas por dia na média móvel usada para analisar os dados da Covid, em intervalos de duas semanas.

Por Monica Silveira e Arline Lins, TV Globo

Estado tem maior número de internados em UTIs para Covid, desde o início da pandemia

A rede pública de saúde de Pernambuco registrou, no sábado (1º) e domingo (2), o maior número de doentes em leitos de UTI para Covid-19, desde o início da pandemia, em março de 2020. No fim de semana, o estado era o único no país a ter tendência de alta na média móvel de confirmações de mortes, apesar de não ser a unidade da federação com o maior número de óbitos no Brasil.

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) e da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-PE).

Alto índice de internação em leitos de UTI na rede pública foi motivado pelo número de pessoas que desenvolveram SRAG — Foto: Reprodução/TV Globo

Alto índice de internação em leitos de UTI na rede pública foi motivado pelo número de pessoas que desenvolveram SRAG — Foto: Reprodução/TV Globo

O estado chegou a essa tendência de alta nos óbitos ao atingir 80 mortes confirmadas por dia. Esse dado consta na média móvel usada para analisar os dados da Covid-19 em intervalos de duas semanas.

Isso diz respeito a mortes por Covid-19 que podem ter acontecido antes, mas foram confirmadas em abril.

Já o alto índice de internação em leitos de UTI na rede pública foi motivado pelo número de pessoas que desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

No sábado (1º), houve um recorde de internados em UTIs de toda a pandemia, com 1.596 doentes nesses leitos.

No último sábado houve um recorde de internados em UTIs de toda a pandemia, com 1.596 doentes nesses leitos — Foto: Reprodução/TV Globo

No último sábado houve um recorde de internados em UTIs de toda a pandemia, com 1.596 doentes nesses leitos — Foto: Reprodução/TV Globo

A enfermeira Thaíse Melo afirmou que os profissionais de saúde estão exaustos e que estão tratando pacientes jovens, que não tinham comorbidades e estão fora do perfil que era considerado de risco.

“Lidamos com famílias e com a aflição de pacientes. Nós, profissionais, estamos deixando as nossas famílias para cuidar do próximo e estamos cansados, precisamos de ajuda. Por favor, entendam que a pandemia não acabou”, desabafou.

'Estamos cansados e precisamos de ajuda. Por favor, entendam que a pandemia não acabou', pediu a enfermeira Thaíse Melo — Foto: Reprodução/TV Globo

‘Estamos cansados e precisamos de ajuda. Por favor, entendam que a pandemia não acabou’, pediu a enfermeira Thaíse Melo — Foto: Reprodução/TV Globo

Em abril deste ano, 1.241 morreram de Covid-19 em Pernambuco. No mesmo mês do ano passado, faleceram 1.101 pessoas. Isso significa 13% a menos que no mês que acaba de terminar.

O índice chama a atenção das autoridades de saúde, já que, no ano passado, ainda não era obrigatório o uso de máscaras, como agora.

Além disso, os profissionais de saúde não conheciam os recursos para tratar os pacientes de Covid-19 disponíveis hoje e também não havia vacina.

O epidemiologista Rafael Moreira, da Fiocruz-PE, alertou que prognóstico para maio não é bom — Foto: Reproduçãio/TV Globo

O epidemiologista Rafael Moreira, da Fiocruz-PE, alertou que prognóstico para maio não é bom — Foto: Reproduçãio/TV Globo

Para o epidemiologista Rafael Moreira, do Instituto Aggeu Magalhães da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-PE), a facilidade de contaminação das variantes, o ‘rejuvenescimento’ da pandemia e a falta de vacinação em massa estão entre as causas desse cenário.

“Nesse sentido, temos o aumento da taxa de UTI com índices alarmantes, de 90%, chegando perto do colapso do sistema. Tudo isso associado à falta de vacinação em massa, formando um quadro ainda mais tenebroso em relação a pandemia”, afirmou.

O prognóstico para maio, de acordo com o epidemiologista, não é bom. “Se não houver novamente medida de redução da circulação de pessoas nas ruas, testagem e na vacinação em massa, a gente vai continuar observando uma alta taxa de ocupação de UTI e um maior número de pessoas infectadas e consequentemente de óbitos”, destacou.

O médico infectologista Bruno Ishigami alertou para os altos índices de morte por Covid-19 em Pernambuco — Foto: Reprodução/TV Globo

O médico infectologista Bruno Ishigami alertou para os altos índices de morte por Covid-19 em Pernambuco — Foto: Reprodução/TV Globo

O médico infectologista Bruno Ishigami alertou para os altos índices de mortes. “Quando a gente olha para curvas de casos, a gente está no maior patamar de casos novos por dia desde o início da pandemia aqui no estado. E gente já está batendo recordes de internamentos nas UTIs, o que repercute consequentemente em óbitos”, disse.

De acordo com Ishigami, o encontro de pessoas em datas comemorativas, como o Dia das Mães, no próximo fim de semana, preocupa.

“A gente viu esse movimento se repetir em outros feriados e em outras datas comemorativas em que as famílias se aglomeram, mesmo que seja um núcleo familiar pequeno. Mas você coloca em risco muita gente. Tem que lembrar que essas pessoas vão se relacionar com outras pessoas nos próximos dias”, observou.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.