Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Cinco remanescentes e novo técnico: o que mudou no Náutico da final de 2019 para a atual

Dos atletas que disputaram aquela decisão ou eram opção para o então técnico Márcio Goiano, permanecem do grupo Hereda, Camutanga, Luiz Henrique, Matheus Carvalho e Lucas Paraíba

Por Rômulo Alcoforado — Recife

Globo Esporte

Após passar uma temporada em branco, o Náutico voltou à final do Pernambucano em 2021. O adversário é o mesmo que o derrotou em 2019, sua última participação nesta fase da competição: o Sport. Mas muita coisa mudou no Timbu desde então. O treinador é diferente e há apenas cinco remanescentes no grupo. Apenas um deles foi titular na última partida de dois anos atrás e segue no time principal até hoje. O lateral-direito Hereda.

Além dele, outros dois jogadores tinham papel importante naquele grupo. Um deles é o zagueiro Camutanga, titular absoluto atualmente. Em 2019, ele começou jogando a partida de ida, mas foi banco na volta, na Ilha do Retiro, quando foi preterido por Sueliton.

O homem responsável por essa decisão foi o treinador Márcio Goiano. Depois dele, o Timbu teve Gilmar Dal Pozzo, Gilson Kleina e, só então, o atual técnico, Hélio dos Anjos.

Além de Camutanga, o volante Luiz Henrique era titular em 2019. Jogou 90 minutos os dois jogos. Ele foi negociado pelo Timbu ao futebol português em 2020 e voltou ao clube nesta temporada. O jogador está à disposição de Hélio e pode ser usado na decisão, mas hoje é reserva.

Além deles, há o meia-atacante Matheus Carvalho. Ele foi um dos destaques do Náutico na campanha de título da Série C de 2019, mas, no início daquela temporada, não tinha muito espaço com Márcio Goiano. Tanto que foi relacionado para os dois jogos contra o Sport, mas não entrou em campo.

Após ter lesão grave no início do ano passado, o jogador só se recuperou em 2021 e ainda não atingiu o mesmo ritmo do final de 2019. Por isso, hoje é um reserva pouco usado no time. Na partida do último domingo, por exemplo, Matheus foi acionado já nos acréscimos do segundo tempo.

O último dos remanescentes é o meio-campista Lucas Paraíba. Em 2019, subindo aos profissionais, ele era visto como uma promessa do clube, mas ainda não recebia muitas chances.

Dois anos depois, o meia não estourou como se previa – e hoje é peça apenas de composição de grupo. Não entrou em campo em nenhum dos 10 jogos do Timbu neste ano.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Imprensa francesa coloca joia do Sport no radar do Olympique; clube prega cautela sobre futuro

No profissional desde a última temporada, Gustavo tem 18 anos e está com contrato renovado na Ilha do Retiro até 2026; interesse foi divulgado pelo jornal francês La Provence

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Revelado pelo Sport, o meia Gustavo está na mira do Olympique de Marselha – que tenta a contratação do volante Gerson, do Flamengo. Pelo menos é isso o que garante o jornal francês La Provence. De vínculo renovado até 2026 no Leão, ele estaria sendo acompanhado visando a abertura da janela de transferências – em 1º de julho.

Os representantes de Gustavo são da G7 Football Investments – em parceria com a DRG Sports – e afirmam que o meia está entre os sul-americanos monitorados pelo clube francês, segundo informado por um membro da equipe. Os agentes são os mesmos de Gerson e têm uma conversa decisiva com o Olympique na quinta-feira, referente à situação do volante do Flamengo.

No caso de Gustavo, o meia renovou com o Sport neste mês, pouco após entrar no radar do Monaco e do Ajax – segundo o site inglês Goal.

A publicação afirmava que o Leão estaria disposto a aceitar € 2 milhões de euros pelo atleta – cerca de R$ 13,6 milhões na época. Mas a multa rescisória aumentou com a renovação de contrato, segundo o diretor de futebol Chico Guerra. Responsável pelas tratativas, o dirigente prega cautela sobre a situação do meia.

– Não houve contato direto com o Sport. Houve uma manifestação pública de que estão monitorando o jogador. A gente sempre conversa com os agentes dele, temos uma linha direta. Foi um dos jogadores que a gente renovou para ter um vínculo prolongado, estamos tendo cuidado. Houve um reajuste salarial e na multa também. É muito acima disso. Estamos pensando no desenvolvimento dele, com foco aqui dentro. Porque, naturalmente, esse caminho de saída vai acontecer.

Com passagem pela seleção brasileira sub-20, Gustavo tem 18 anos e subiu ao profissional no ano passado. Na reta final da Série A, terminou sendo o substituto direto de Thiago Neves no meio de campo – uma vez que Lucas Mugni e Jonatan Gómez deixaram o clube. Ele tem 17 partidas no time principal.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Emprestado pelo Corinthians, Madson entra em lista de atletas mais utilizados no Santa Cruz

Com 15 jogos, atacante é o contratado com mais minutos em campo nesta temporada; no elenco, Jordan, William Alves, Chiquinho, Léo Gaúcho e Pipico encabeçam o ranking

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Uma presença frequente nas escalações do Santa Cruz é a do atacante Madson. Emprestado pelo Corinthians, o jogador foi uma das contratações do Tricolor para a temporada e se firmou na equipe atuando pelos lados do campo. Tanto que faz parte da lista de atletas mais utilizados pelo clube.

Com 15 jogos em sequência, Madson só não atuou mais que Jordan, William Alves, Chiquinho, Léo Gaúcho e Pipico – todos remanescentes da temporada passada. A quantidade de jogos poderia ser ainda maior, já que pouco depois da sua chegada ao Arruda ele sofreu uma lesão muscular e foi vetado de alguns jogos sob comando do técnico João Brigatti.

– Para o jogador sempre é bom ter uma sequência. Temos que trabalhar ao máximo para ser uma solução e é isso que eu venho fazendo. Estou muito feliz e vou trabalhar mais para conseguir ainda mais junto à equipe – disse o atacante.

Como atleta profissional, o ano em que Madson mais entrou em campo foi 2018, quando jogou a Série C pelo Joinville. Na ocasião, disputou 33 jogos entre Campeonato Catarinense, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Utilizado por todos os três treinadores que passaram pelo Arruda nesta temporada, Madson deve ganhar ainda mais concorrência no setor. Depois de contratar Bustamante e França para a reta final do Pernambucano, a diretoria do Santa acertou com Frank, destaque do Afogados no Estadual.

Jogadores mais utilizados pelo Santa Cruz nesta temporada:

  1. William Alves – 20 jogos
  2. Jordan – 19 jogos
  3. Chiquinho – 19 jogos
  4. Pipico – 18 jogos
  5. Léo Gaúcho – 17 jogos
  6. Caetano e Madson – 15 jogos
  7. Marcel – 13 jogos
  8. Karl e Elicarlos* – 12 jogos

*Deixou o clube

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Após Paulinho Moccelin, Sport anuncia contratação do lateral-direito Hayner

Jogador estava trabalhando no CT do Rubro-negro e chega por empréstimo do Azuriz-PR para disputar o Brasileiro

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Depois de confirmar a chegada de Paulinho Moccelin à Ilha, o Sport oficializou a contratação de mais um reforço: o lateral-direito Hayner. Emprestado pelo Azuriz-PR até o fim da temporada, ele já estava treinando no CT do clube. A diretoria esperava apenas os trâmites burocráticos da transferência para anunciá-lo, o que aconteceu na manhã desta terça-feira.

– Ele está aqui, está treinando. É só uma questão dessa burocracia que existe nas federações. Quando contrata um jogador que é oriundo de outra federação, paga a taxa deles, a da Federação Pernambucana depois. Tem essas questões, afirmou o presidente Milton Bivar.

Contratado após a chegada do técnico Umberto Louzer, o lateral-direito realizou avaliações físicas e médicas nos últimos dias. Sem poder atuar no Pernambucano, em que o Sport disputa a final no próximo domingo, ele aproveita o tempo à disposição para manter a forma e adaptar-se ao estilo do novo treinador.

Sport e Náutico ficam no empate no primeiro jogo da final do Pernambucano

Uma vantagem para Hayner neste momento é que ele estava em atividade pelo Azuriz-PR após o término do empréstimo ao Cuiabá. Ele voltou ao clube paranaense no início do ano e disputou sete partidas, sendo a última delas há duas semanas – no dia 3 de maio, contra o Athletico, pelo Estadual.

Na Ilha do Retiro, o lateral-direito chega para a posição que tem Patric como titular atualmente. As outras opções do Sport na vaga são atletas recém-formados na base, caso de Ewerthon e Elias – que não têm sido utilizados.

O Rubro-negro disputa a final do Pernambucano no domingo, contra o Náutico, e depois volta a campo no fim de semana seguinte – dia 30 de maio – contra o Internacional. A partida será válida pela estreia do time na Série A do Brasileiro.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Conselho do Sport recebe pedido de expulsão após caso de homofobia contra Gil

Romero Albuquerque protocoliza representação contra Flávio Koury após comentários homofóbicos em relação ao rubro-negro; processo começa com formação de Comissão de Ética

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Ataque sofrido por Gil reforça a urgência do combate à homofobia no futebol

O Conselho Deliberativo do Sport recebeu o ofício – protocolizado por Romero Albuquerque – que pede a expulsão do conselheiro Flávio Koury por conta das declarações homofóbicas contra Gilberto Nogueira. Agora, o órgão se prepara para formar a Comissão Ética que julgará o pedido, explica o presidente do Conselho, Pedro Leonardo Lacerda.

– Recebemos a representação do conselheiro Romero. O estatuto e regimento interno dizem que uma nova presidência tem até a terceira sessão ordinária para montar a Comissão de Ética da gestão, mas não vou esperar até julho, vou antecipar. Na reunião de junho colocaremos na pauta a formação da comissão.

As reuniões ordinárias acontecem na segunda terça-feira de cada mês. Ou seja, a próxima será no dia 8 de junho. Além do Conselho Deliberativo, o caso está em análise no Ministério Público.

Passo 1: Como se forma a comissão julgadora

O Conselho de Ética será formado por cinco conselheiros, em que três são indicados pelo presidente e os outros dois são definidos pelo plenário. Pedro Leonardo Lacerda afirma ainda não ter os nomes que indicará para a composição. A ideia do mandatário é de priorizar a escolha por conselheiros que sejam advogados.

– Vou conversar com a mesa, compartilhar para ver os melhores nomes. Vou perguntar quantos se dispõe a participar. Nos escolhidos pelo plenário, não posso impor, mas vou ponderar de que tenham formação jurídica.

Caso o plenário tenha mais de dois nomes à disposição para compor a mesa, a tendência é de que o presidente abra uma eleição interna nominal para definir os escolhidos.

Passo 2: Defesa e contagem dos prazos

Após a formação da Comissão de Ética, a denúncia será encaminhada para o respectivo presidente apreciar a denúncia e decidir esse processamento. O Conselho tem 30 dias para analisar o caso e pode pedir uma prorrogação por mais 30 dias caso, caso julgue necessário. A ampliação do prazo, no entanto, depende do aval do presidente do Deliberativo.

Em relação a Flávio Koury, ele terá um prazo de 15 dias para apresentar a defesa formal à Comissão Ética. O tempo começa a contar a partir do momento em que Koury receber a intimação e ocorre de forma simultânea ao prazo de análise, segundo Pedro Leonardo Lacerda.

– O conselheiro tem 15 dias para juntar a defesa escrita. Se não fizer, o presidente da Comissão nomeia um conselheiro para fazer papel de advogado dativo e garantir uma defesa.

Gol do Sport! Everaldo tabela com Neílton, chuta forte e abre o placar, aos 45 do 1º Tempo

  • Passo 3: Votação final

Após o término do prazo, a Comissão de Ética conclui a avaliação e remete o parecer para o presidente do Conselho Deliberativo.

– Eu convoco uma reunião para a apreciação do parecer da comissão de ética. O plenário do Conselho vai definir pela punição ou não. Importante dizer que estamos tendo todo o respeito ao estatuto e regimento. A gente precisa respeitar a legislação aplicável.

Entenda o caso

Torcedor do Sport e febre nas redes sociais após o Big Brother Brasil, Gilberto visitou a Ilha do Retiro na semana passada e dançou o “tchaki tchaki” criado durante o reality. A performance, no entanto, incomodou os conselheiros Flávio Koury e Renan Valeriano, que fizeram ataques de conteúdo homofóbico em relação ao pernambucano.

Gilberto tem recebido apoio do Sport e de torcedores, chegando a receber homenagens do clube – com a criação de camisas personalizadas que são vendidas e terão a verba doada para uma ONG de pautas LGBTQIA+. Além de que os atletas fizeram a dança de Gil durante a comemoração do gol na final do Pernambucano.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Período sem competição vira oportunidade para recuperação de laterais no Santa Cruz

Sob cuidados médicos, Alan Cardoso e Leonan têm duas semanas para ficarem à disposição para a estreia coral na Série C, contra o Manaus

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Enquanto a diretoria do Santa Cruz segue no mercado para reforçar o elenco visando o início da Série C do Campeonato Brasileiro, alguns atletas têm o tempo como grande aliado para ficar à disposição do técnico Bolívar. É o caso dos laterais-esquerdos Alan Cardoso e Leonan, que se recuperam de lesões musculares.

Depois de sair com dores na derrota para o Sete de Setembro, no último dia 25 de abril, Alan Cardoso foi diagnosticado com uma lesão grau dois na coxa direita. Liberado para a transição física, ele vive a expectativa de treinar com o restante do grupo.

– Alan foi liberado pelo DM após o protocolo exigido numa lesão desse tipo. Foram completados os 21 dias exigidos e ele já está na transição – revelou o médico Wilton Bezerra.

Desde a lesão, Eduardo assumiu a posição e foi o titular na reta final do Campeonato Pernambucano. Isso porque Leonan, remanescente do plantel da temporada passada, ainda não estreou nas competições de 2021 devido a sucessivos problemas musculares.

– Leonan vem numa transição mais longa, por ter uma lesão mais importante. E não podemos liberar o atleta sem estar 100%. Esperamos que, em breve, ele possa participar do trabalho com todos os atletas.

Sem contar com a dupla e não convencido do rendimento de Eduardo, o técnico Bolívar solicitou a chegada de outro atleta para o setor. Por isso, a diretoria coral acertou com Julinho, de 34 anos, que disputou o Campeonato Paulista pelo São Bento e enfrentou na Série C do ano passado, quando estava no Ituano.

O primeiro desafio coral na Série C está marcado para o dia 30, às 18h, diante do Manaus na Arena da Amazônia. Até lá, o elenco será submetido a uma espécie de intertemporada em Aldeia, com base no Centro de Treinamento Ninho das Cobras.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Finalista pelo Sport, Maidana vê boa fase da defesa determinante para a confiança do time

Decisivo na semifinal do Pernambucano, zagueiro está há seis partidas sem ser vazado e destaca a importância do bom momento do time rubro-negro para os desafios da temporada

Por Redação do ge — Recife

Globo Esporte

Gol do Sport! Iago Maidana cobra o pênalti e faz, aos 36 do 2ºT

Finalista no Pernambucano, o Sport vive um momento positivo na temporada depois de estrear com eliminações precoces nos campeonatos de 2021. Agora, muito além da condição de conquistar o título estadual, o Leão está há sete partidas sem perder e há cinco sem sofrer gols. Números que são vistos como determinantes para a confiança da equipe. É o que acredita o zagueiro Iago Maidana.

“É muito importante para ganhar confiança, principalmente antes de iniciar o Brasileiro. Bom para que a gente veja que temos condições, potencial, confiança, qualidade técnica. Isso a gente vem mostrando. Espero permanecer assim. Meu principal objetivo é não tomar gol, então fico muito contente com essa sequência.”

A sequência do zagueiro, inclusive, é ainda melhor do que a do Rubro-negro: são seis partidas sem ser vazado. Desde o empate por 0 a 0 com o Afogados, em abril, Maidana também enfrentou Vitória-PE, Sete de Setembro, Retrô, Náutico e Salgueiro sem sofrer gols – todos pelo Pernambucano.

A diferença existe porque o atleta estava fora da última partida em que o Sport foi vazado. Na ocasião, o empate por 2 a 2 com o Treze, pela Copa do Nordeste, o auxiliar César Lucena usou uma equipe alternativa porque o clube havia sido eliminado na rodada anterior.

Cabral Neto comenta sobre a final entre Sport x Náutico

Agora, o Sport tem só mais duas partidas antes da estreia na Série A do Brasileiro. Justamente as finais do Pernambucano, contra o Náutico, às 16h do domingo e depois no dia 23 de maio. O cenário faz com que os confrontos tenham um peso além do título, diz Maidana.

“Jogo importantíssimo para nós. Vamos disputar uma Série A e um clássico, novamente um divisor de águas. Foi assim no último e a gente conseguiu se impor para cima do Náutico. E agora é decisão. Falei no grupo que a gente precisa deixar um legado. Para isso, a gente precisa levantar títulos e essa é uma grande oportunidade para isso acontecer.”

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Jean Carlos nega pressão por tabu, lembra golaço e vê Náutico pronto para final contra o Sport

Meia foi sucinto quando questionado sobre a escrita do Timbu não vencer o rival numa decisão desde 1968 e quer coroar a boa campanha alvirrubra no Estadual com o título

Por Rômulo Alcoforado — Recife

Globo Esporte

O tema acaba sendo recorrente no Náutico, às vésperas de uma final contra o Sport: o tabu de não ganhar uma decisão contra o rival desde 1968. Para o meia Jean Carlos, no entanto, a escrita não tem qualquer peso para o momento atual, em que Timbu e Leão voltam a se enfrentar numa disputa pelo título Pernambucano. As partidas acontecem às 16h do domingo e no dia 23 de maio.

Seco, o meia até pareceu demonstrar algum incômodo com o assunto, que tem sido muito falado na imprensa e em redes sociais nesta semana.

“Acredito que eu seja o terceiro a responder sobre isso nesta semana e não, a gente não está preocupado com nenhum tabu”, afirmou.

Na opinião do meia, o time tem o que é necessário para ser campeão, mas precisa se entregar ao máximo para levar a taça para casa.

– Estamos preparados para esse momento. Nossa expectativa é a melhor possível, estamos fazendo um grande campeonato. A gente vai dar a vida para poder coroar essa campanha com uma conquista.

Como forma de motivação, Jean Carlos lembra do jogo entre as duas equipes em 15 de fevereiro de 2020, pela Copa do Nordeste.

Naquela ocasião, nos Aflitos lotado, o camisa 10 alvirrubro marcou o segundo gol do Náutico e selou a vitória por 2 a 0. Foi um golaço de fora da área, no dia de seu aniversário.

“Como esquecer? Jogo importante, clássico, meu aniversário no dia, jogo em casa, casa cheia. Foi um dos gols mais bonitos que fiz aqui no Náutico e na minha carreira.”

Autor de dois gols no Pernambucano, Jean não se pressiona para voltar a marcar na final. Nem supervaloriza seu papel na equipe. O meia avalia que é mais uma engrenagem num mecanismo que vem funcionando bem.

– A gente que é meia-atacante quer sempre marcar gols, mas, se você olhar, nosso ataque é o melhor da competição. Temos Kieza como artilheiro, Erick e Vinícius são os vice-artilheiros da competição. Fico feliz por eles. Se eu puder ajudar com passes e com gols, fico feliz da mesma forma. O importante é a gente estar vencendo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

“Acho que vem mais por aí… Eu avisei”: Íbis zoa Corinthians em goleada sofrida na Sul-Americana

Conhecido como pior time do mundo, clube pernambucano provoca Timão nas redes sociais durante e após a derrota paulista para o Peñarol

Por Redação do ge

Globo Esporte

“Acho que vem mais por aí”. “Eu avisei”. Irreverente nas redes sociais, como de hábito, o Íbis provocou o Corinthians durante (e após) a goleada sofrida diante do Peñarol, na última quinta-feira, pela Copa Sul-Americana.

Íbis provoca Corinthians durante e após a goleada sofrida pelo time paulista na Sul-Americana — Foto: Reprodução

Íbis provoca Corinthians durante e após a goleada sofrida pelo time paulista na Sul-Americana — Foto: Reprodução

Após o time paulista sofrer o segundo gol dos uruguaios, a conta do pior time do mundo brincou:

– Acho que vem mais por aí.

Após o time uruguaio marcar o quarto, que fechou a goleada, o Íbis voltou a brincar com um “eu avisei”.

A derrota deu fim às chances de classificação chances do Timão às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Apenas o líder do Grupo E se classifica, e o Timão não pode mais alcançar o rival uruguaio.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Kieza se aproxima da sétima artilharia do Náutico no Pernambucano neste século

Kuki, três vezes, Geraldo, Elton e Ronaldo Alves foram goleadores máximos desde 2001; o atual camisa 9 do Timbu está a quatro gols dos concorrentes, com apenas duas partidas a disputar

Por Rômulo Alcoforado — Recife

Globo Esporte

Erick fala sobre parceria com Kieza no Náutico

O atacante do Náutico Kieza está disparado na liderança da artilharia do Campeonato Pernambucano de 2021.Com nove gols, tem quatro a mais do que os principais concorrentes (e companheiros), Erick e Vinícius, cinco do jogador rival mais próximo, Mikael, do Sport. Assim, o K-9 caminha para ser o sétimo goleador alvirrubro da competição neste século.

Desde 2001, o Náutico conseguiu seis artilharias. Três deles foram com Kuki, premiado em 2001, 2003 e 2005. Depois, o meia Geraldo ganhou a honraria em 2008, o atacante Elton em 2013 e o zagueiro Ronaldo Alves (que está no atual elenco), em 2016.

Com isso, o Náutico é o segundo time do estado que mais teve artilheiros do Pernambucano no Século 21. Fica atrás apenas do Santa Cruz, com nove. O Sport é o pior dos grandes nesse recorte: só teve quatro goleadores, dois deles empatados com jogadores tricolores e alvirrubros.

Do interior, apenas três equipes fizeram artilheiros: o Afogados (com Caxito, em 2018), o Porto (Paulista, em 2011) e o extinto Itacuruba (Kelson, em 2004).

Não arregue, não: quadro traz Kieza e Erick respondendo enquetes

Confira abaixo a lista completa dos artilheiros do Pernambucano neste século:

  • 2001 – Kuki (Náutico) e Rodrigo Gral (Sport) – 14 gols
  • 2002 – Júnior Amorim (Santa Cruz) – 12 gols
  • 2003 – Kuki (Náutico) – 16 gols
  • 2004 – Kelson (Itacuruba)- 14 gols
  • 2005 – Kuki (Náutico) – 17 gols
  • 2006 – Carlinhos Bala (Santa Cruz) – 20 gols
  • 2007 – Marcelo Ramos (Santa Cruz) – 15 gols
  • 2008 – Geraldo (Náutico) – 13 gols
  • 2009 – Marcelo Ramos (Santa Cruz) – 18 gols
  • 2010 – Ciro (Sport) – 13 gols
  • 2011 – Paulista (Porto) – 15 gols
  • 2012 – Dênis Marques (Santa Cruz) – 15 gols
  • 2013 – Elton (Náutico) – 17 gols
  • 2014 – Léo Gamalho (Santa Cruz) -12 gols
  • 2015 – Betinho (Santa Cruz) e Élber (Sport) – 5 gols*
  • 2016 – Ronaldo Alves (Náutico) – 6 gols*
  • 2017 – Everton Santos (Santa Cruz) – 6 gols*
  • 2018 – Caxito (Afogados) – 8 gols
  • 2019 – Hernane Brocador (Sport) – 9 gols
  • 2020 – Pipico (Santa Cruz) – 6 gols

*Em 2015, 2016 e 2017 a FPF considerou os jogos apenas do Hexagonal do Título, semifinais e finais para a soma da artilharia.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.