Vítima de estupro reconhece criminoso trabalhando como cobrador de ônibus no Grande Recife, diz polícia

Por G1 PE

Caso foi registrado na Delegacia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife (Foto: Reprodução/Google Street View)

Caso foi registrado na Delegacia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife (Foto: Reprodução/Google Street View)

Um homem de 21 anos foi preso pela Polícia Civil por estuprar uma mulher de 20 anos e assaltar a loja em que ela trabalha, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O criminoso foi reconhecido pela vítima na segunda (9), quando percebeu que o homem que a estuprou era cobrador de um ônibus que circulava perto de onde ela trabalha.

A prisão do homem, ainda na segunda (9), foi consequência da investigação do roubo a um estabelecimento comercial, ocorrido no dia 30 de abril. Nessa data, o criminoso esteve pela manhã na loja e roubou R$ 100, segundo a polícia. À tarde, ele foi até o local com “o único intuito de estuprar a vítima”, também de acordo com a corporação.

Um segurança da galeria onde fica o estabelecimento estranhou o fato de a porta da loja estar fechada à tarde, turno em que ainda havia movimento no local, e bateu na porta chamando pela funcionária. Na ocasião, o criminoso abriu a porta e foi embora.

Em seguida, a mulher relatou que o responsável por violentá-la sexualmente era o mesmo homem que havia roubado a loja horas antes. Um boletim de ocorrência foi registrado pela funcionária da loja e pelo segurança na Delegacia de Piedade.

Na segunda (9), enquanto trabalhava, a vítima do estupro se deu conta de que o cobrador de um ônibus de transporte complementar olhou fixamente para ela quando o coletivo passou próximo à loja em que atua. Nesse momento, segundo a polícia, ela reconheceu o homem como o agressor.

Depois de anotar os dados do ônibus, a vítima chamou o pai e um segurança e esperaram o ônibus passar novamente pela área. Assim que o coletivo chegou ao local esperado, os dois homens seguraram o cobrador e chamaram os policiais da Delegacia de Piedade.

O cobrador foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. O inquérito policial foi concluído e remetido ao Ministério Público de Pernambuco.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com