Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Vendendo desenhos, jovem russo viaja por 20 países para realizar sonho de conhecer a Antártida

Por Paulo Mario Martins, TV Globo

Eduard chegou no Brasil em outubro e espera conhecer a Antártica em fevereiro de 2019 — Foto: Arquivo pessoal

Sabe aquela história do morador da cidade pequena que sonha conhecer a cidade grande? É mais ou menos esse o caso do artista russo Eduard Kolupaiko, de 23 anos. Mas com uma pequena diferença. Ele mora em Belogorsk, uma cidadezinha de 72 mil habitantes na Rússia. E a “cidade grande” que ele sonha conhecer é, na verdade, um continente: a Antártica.

E por que esse sonho? Numa mensagem de texto, pelo celular, ele explicou: “Sempre achei interessante estar no meio da neve, do gelo. Tenho curiosidade em tocar e sentir com as próprias mãos toda a atmosfera do desconhecido. A vida lá é completamente diferente. É como outro planeta”.

Para pisar no continente gelado, ele já teria, de início, uma dificuldade e tanto: mais ou menos 17 mil quilômetros separam a Rússia da Antártica. Mas avião tá aí pra isso mesmo, né? O problema é dinheiro pra bancar uma viagem dessa. Eduard vive dos desenhos que faz e vende pelas ruas, não tem grana suficiente.

Desenho feito por Eduard — Foto: Arquivo pessoal

Desenho feito por Eduard — Foto: Arquivo pessoal

Na verdade, ele estava só com o equivalente a dez dólares no bolso quando, em maio do ano passado, decidiu que iria atrás da realização desse sonho. E foi. Saiu andando e pedindo caronas. O orçamento acabou no quinto dia (sim, Eduard é um cara bem econômico).

Mas ele tinha outra moeda: os desenhos. Começou a vender a arte dele. E também a fazer “bicos” como garçom, faxineiro… Assim, foi conseguindo dinheiro pra comprar passagens para trechos mais longos da viagem.

O jovem desenhista começou a jornada com apenas 10 dólares no bolso — Foto: Arquivo pessoal

O jovem desenhista começou a jornada com apenas 10 dólares no bolso — Foto: Arquivo pessoal

Já passou por mais de 20 países. Gastou cinco pares de tênis. Subiu o Kilimanjaro, o monte mais alto da África. Conheceu o Azerbaijão, a Turquia, o Egito… Fez um monte de amigos pelo caminho. No início deste mês, chegou à África do Sul. Lá, conheceu um brasileiro, o jornalista Vinícius de Assis, que deu uma ideia pra ele: vir para o Brasil, seguir até a fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina e alcançar a Antártica pelo Ushuaia.

Eduard desembarcou em São Paulo na semana passada. De carona em carona, já está em Curitiba (ou estava, na última vez que deu notícia).

Pegando caronas e vendendo desenhos, é assim que o Eduard segue viagem para realizar o sonho de conhecer a Antártida  — Foto: Arquivo pessoal

Pegando caronas e vendendo desenhos, é assim que o Eduard segue viagem para realizar o sonho de conhecer a Antártida — Foto: Arquivo pessoal

Pelas contas dele, só vai chegar à Antártica em fevereiro (quando a viagem vai estar perto de completar dois anos). Até lá, vai colecionar muitas histórias, novos amigos, obstáculos e descobertas.

“Eu não quero mais beber álcool e falar sobre coisas banais que as pessoas costumavam discutir no dia a dia. Eu não quero ser rico ou famoso na minha vida. Eu quero apenas viver e tentar ser útil para o mundo”, escreveu Eduard .

Cinco tênis depois de ter começado essa aventura, o jovem russo já descobriu que correr atrás desse sonho valeu a pena antes mesmo de pisar no gelo antártico. A viagem ao continente gelado virou uma grande jornada por dentro dele mesmo.

Paulo Mario Martins — Foto: Arte G1

Paulo Mario Martins — Foto: Arte G1

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com