Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

Vacinação contra Covid completa dois anos em PE e 42% da população ainda não tomou primeira dose de reforço

Técnica em enfermagem Perpétua Barbosa, que trabalha no Hospital Oswaldo Cruz, no Recife, recebeu a primeira dose da campanha, em 18 de janeiro de 2021.

Por Lílian Oliveira, TV Globo

Campanha de vacinação contra a Covid completa dois anos em Pernambuco

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Pernambuco completa dois anos nesta quarta (18)Mesmo 24 meses após a abertura da campanha, 42% do público elegível ainda não tomou a terceira dose, ou primeiro reforço.

Até a segunda (17), a cobertura da terceira dose estava em 57,8%. Participaram dessa fase 4.447. 608 pessoas dos públicos elegíveis.

Para a quarta dose, ou segundo reforço, o número ficou em 45,7%. Foram aos postos de saúde nessa etapa 1.284.231 pessoas.

Em dois anos, a cobertura total no estado, somando todas as doses, ficou em 84,6%, totalizando mais de 22,4 milhões de doses aplicadas.

Desde a abertura da campanha, receberam a primeira dose 8.548.759 pessoas, ou 89,9% dos grupos habilitados. A cobertura da segunda dose está em 82,6% dos elegíveis.

Tomaram a segunda dose 7.861.821 pessoas. A dose única, da Janssen, foi aplicada em 185.131 pessoas, ou 1,95% do público elegível.

Desde o início da pandemia, em Pernambuco, em março de 2020, foram confirmados no estado 1.136.456 casos da doença. Neste período, aconteceram 22.618 mortes.

Primeira vacinada

primeira dose de vacina aplicada no estado foi na técnica em enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, que há 32 anos trabalha na área da saúde, no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no bairro de Santo Amaro, região central do Recife.

“Foi uma satisfação, porque eu não tinha conhecimento de que ia ser a primeira vacinada, veio o convite pela manhã e eu fiquei feliz”, disse.

O Huoc, que é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, foi a primeira unidade de saúde a receber um caso suspeito de Covid, em 2020. Por lá, já passaram surtos da Influenza A H1N1 e H3N2, a epidemia de cólera, surtos de sarampo e de difteria e da dengue, zika e chikungunya.

Perpétua Barbosa, que estava presente durante muitos desses surtos, foi vacinada com uma dose de CoronaVac no mesmo dia em que chegaram ao estado as primeiras doses ao estado.

Dois anos depois, Perpétua, que na época morava no Ibura, Zona Sul do Recife, atualmente mora em Camaragibe, no Grande Recife. A maior parte da carreira como funcionária da saúde foi passada em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Lembrando de tudo o que passou, sendo profissional de saúde em meio a uma pandemia, ela considera uma “satisfação” ter sido a primeira pessoa do estado, e uma das primeiras do Brasil, a ser vacinada.

“Muita apreensão, muita preocupação, um cuidado imenso. E muita tristeza diante das perdas”, afirmou.

Números

Em janeiro de 2021, quando a vacina contra Covid era aplicada apenas em grupos prioritários, como idosos e profissionais de saúde, Pernambuco registrava mais de 5 mil casos diários da doença. Já o boletim desta quarta (18) aponta 1.083 novos casos.

A vacina, que começou sendo aplicada em pessoas a partir de 80 anos, hoje está disponível para jovens, adultos, crianças e até bebês. Desde o início da campanha, o estado já recebeu mais de 25 milhões de doses de vacinas.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, 304 mil crianças podem tomar as duas doses da vacina, desde que o intervalo de 28 dias entre elas seja respeitado.

Em nota, o governo reforça a preocupação com a baixa procura nos pontos de vacinação das cidades pernambucanos. Fato que, segundo a gestão, mantém a população vulnerável à infecção.

Na capital pernambucana, para agendar a vacinação é preciso realizar o cadastramento no site ou aplicativo do Conecta Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.