Tricampeão pelo Sport, Ronaldo explica pênalti em final: “Treino assim”

Do G1 Globo Esporte

Quando o volante Ronaldo deixou o centro do campo no último domingo para se dirigir até a marca do pênalti na decisão contra o Náutico, a maioria dos torcedores do Sport na Ilha do Retiro pensou a mesma coisa: “Lá vem bomba”. E o goleiro Bruno também. Mas quando o árbitro autorizou veio uma batida leve na bola, deixando o goleiro do Náutico parado no meio do gol sem reação – um contraste ao forte chute característico do jogador. A Ilha do Retiro suspirou aliviada antes de soltar o grito de gol.

+ Guto Ferreira abre bastidores da campanha do Sport e projeta Série B; veja vídeo

– Eu treino assim. Treinei assim a semana toda. Tive uma disputa por pênaltis na Arábia e bati do mesmo jeito. O goleiro achou que eu ia bater no meio. Por se tratar de um jogador com chute potente, os goleiros sempre esperam que a gente vai bater forte, mas treino de uma maneira totalmente diferente.

Cria da base do Sport, Ronaldo chegou no último domingo ao seu terceiro título com a camisa rubro-negra. Em 2014, estava no grupo que venceu a final contra o próprio Náutico. E em 2017 fez parte da conquista contra o Salgueiro, tendo sido titular inclusive no primeiro jogo da final.

+ Mãos cheias! Magrão conquista 10º título pelo Sport e vira maior vencedor do clube

– É uma história vitoriosa. É como se fosse o primeiro título. Estou muito feliz de vestir essa camisa, de ter voltado depois de um tempo fora (Ponte Preta, futebol árabe e Criciúma, por empréstimo). Estou sendo vitorioso mais uma vez. O grupo plantou isso. Estou feliz com a confiança do professor.

Ronaldo foi titular absoluto do Sport durante toda a campanha do Campeonato Pernambucano. Ele só ficou de fora de uma partida, mas por suspensão.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.