Talibã faz 1º atentado com mortos no Afeganistão após ter novo líder

Seis pessoas – três policiais e três civis – morreram nesta quinta-feira em um atentado suicida dos talibãs contra a polícia afegã ao sul de Cabul, o primeiro grande ataque no país após o anúncio da morte do líder do grupo insurgente, o mulá Omar.

Um caminhão-bomba avançou contra um posto da polícia em Pul-e Alam, capital provincial, 100 km ao sul de Cabul, anunciou o governo da província de Logar.

O atentado foi reivindicado pelos talibãs.

“A explosão foi tão forte que três edifícios próximos sofreram fortes danos”, disse Mohammad Qari Wara, subchefe da polícia provincial.

Três pessoas ficaram feridas no ataque.

Este foi o primeiro atentado suicida desde a designação de Akhtar Mansour para o comando do grupo talibã.

A ação mostra que o desejo de confronto dos talibãs não foi abalado pelas divisões internas do movimento após a nomeação de Mansur.

O anúncio da semana passada sobre a morte do mulá Omar e a rápida eleição do mulá Akhtar Mansour como seu sucessor evidenciara as divisões dos talibãs.

Uma ala dos talibãs, liderada pela família do mulá Omar, não reconhece a liderança de Mansour.

As divisões provocaram o adiamento das negociações de paz previstas com o governo.

Da France Presse

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

[email protected]
[email protected]