Sem aval da CBF, Santa Cruz libera Bileu sem volante estrear; Júlio Sheik se aposenta

Por Lucas Liausu, Recife

Última contratação do Santa Cruz para a Série B do Campeonato Brasileiro, o volante Bileu deixou o Arruda sem sequer jogar com a camisa coral neste ano. Ele chegou depois de já ter sido inscrito por outros três clubes na temporada e o regulamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proíbe uma quarta transferência. Outro que deixa o clube é o atacante Júlio Sheik, que resolveu anunciar aposentadoria também nesta quarta-feira.

Os tricolores sabiam da regra de Bileu, mas a interpretaram de uma maneira diferente e resolveram apostar. No entanto, sem um aval da CBF, o Santa Cruz voltou atrás e liberou o atleta.

– Nós não tivemos uma resposta e decidimos finalizar esse processo. A nossa interpretação é que ele poderia jogar, mas não vamos arriscar – comentou Henrique Rodrigues, um dos empresários do jogador.

Após ter treinador no Santa Cruz por cerca de um mês, Bileu foi liberado e voltou para a sua casa. Neste momento, aguarda o fim da temporada para definir o seu futuro em 2018.

Entenda o caso

Bileu começou o ano de 2017 registrado pela Tombense, de Minas Gerais, mas não fez nenhuma partida na equipe. Ainda em janeiro, foi emprestado para o Botafogo-SP, onde disputou o Campeonato Paulista. Na sequência defendeu o Cuiabá na Série C do Campeonato Brasileiro.

A interpretação do Santa Cruz era de que os registros no Tombense e no Botafogo-SP não contariam, já que ele não disputou nenhum campeonato nacional pelas equipes. O clube fez uma consulta ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que, segundo a diretoria, “lavou as mãos” e afirmou que não daria ao aval. As conversas com a CBF não evoluíram e o clube sequer foi respondido.

Adeus de Júlio Sheik

Outro jogador que deixa o Santa Cruz nesta semana é o atacante Julio Sheik. Ele treinou normalmente com o grupo nesta quarta-feira, mas se despediu de alguns companheiros assim que a atividade chegou ao fim. Aos 37 anos, ele não só deixa o Tricolor, como também decidiu encerrar a sua carreira.

A decisão foi comunicada a todos os companheiros por uma mensagem no grupo de WhatsApp de jogadores e membros da comissão técnica do clube.

Veja a mensagem completa:

“Rapaziada, quero desejar a todos vcs que me receberam tão bem esses meses a maior sorte do mundo, desejo que vcs consigam tudo que desejam, ou no mínimo o que precisam pra serem tão felizes na carreira o quanto eu fui. Posso vos garantir que não existiria melhor grupo pra brindar o fim da minha carreira, agradeço a todos vcs cada brincadeira, e cada gota de suor derramada nesses meses, que Deus abençoe vcs nessa reta final, pois isso é o mínimo que esse grupo trabalhador e guerreiro merece, abraço!!! Fiquem com Deus!!!!

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.