Santa Cruz muda na escalação e na postura para enfrentar o Salgueiro

“Mudança”. Essa foi a principal palavra dita no Arruda após a dolorosa derrota por 3×0 em cima do rival Sport na última rodada do Campeonato Pernambucano.

Perder em clássicos nunca é o esperado, ainda mais da forma com que o placar foi construido pelo time rubro negro, em apenas 30 minutos de jogo.

Para esquecer o resultado negativo o time encara o Salgueiro neste domingo (9) às 16h no estádio do Arruda, pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano.

Outro objetivo a ser alcançado é o resgate dos bons resultados, coisa que não acontece desde a primeira rodada quando o time bateu o Central em casa por 4×2. E para voltar a vencer o time traça o G-4 como meta principal além dos três pontos diante do Carcará.

“Podemos voltar a vencer já no domingo, três dias após o clássico. Isso ajuda a esquecer a derrota. Ela serviu de aprendizado porque nunca é bom perder em um clássico. Agora vamos buscar a vitória e ficar entre os quatro primeiros no Estadual”, disse Léo Gamalho.

No banco de reservas, o técnico Vica, que saiu bastante chateado após o revés diante do sport, trata o confronto contra o Salgueiro como uma decisão devido ao mau momento do time, e para voltar a vencer na competição.

“Esse jogo passou a ter uma importância ainda maior por tudo o que aconteceu no último jogo. Estamos tratando com muita importância por tudo que essa derrota gerou”, afirmou.

Para o jogo, Vica não poderá contar com Cassiano, que além de estar machucado e sem condições de jogo, tomou o terceiro cartão amarelo. Na vaga dele, Vica já confirmou Caça-Rato e também disse que irá promover mais mudanças em relação ao time que foi para o clássico das multidões.

“Já fiz a convocação para enfrentar o Salgueiro. Foram os mesmos jogadores e mais o Leandro Souza e o Raniel. Pode ser que aconteça mais mudanças na equipe”, comentou.

 Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

O motivo das outras mudanças pode ser o desgaste físico da equipe, ou até mesmo questões técnicas, já que ninguém vem jogando um bom futebol nos últimos jogos.

“O desgaste físico pode provocar mais mudanças ou até mesmo por opção tática e técnica”, afirmou. Sobre a postura do Salgueiro ele disse o seguinte. “Eu acho que o Salgueiro vai vir fechado, com uma marcação sólida, assim como foi lá em Salgueiro. Eles nos conhece muito bem e sabem o nosso estilo de jogo, temos que criar situações de gols para vencer a partida”, encerrou Vica.

O adversário

Nas últimas duas partidas contra times da capital o Salgueiro não decepcionou e conquistou quatro pontos em dois jogos. Agora, a ideia é voltar a imprimir dificuldade ao time grande, novamente fora de casa.

Na última rodada o time bateu o Náutico em plena Arena Pernambuco, por 2×0. Agora para surpreender o Santa no Arruda, o técnico Cícero Monteiro resolveu repetir a escalação do último jogo para sair com mais uma vitória do Recife.

Quem segue fora da equipe é o goleiro Mondragon, que só deve retornar contra o Sport no Cornélio de Barros na próxima rodada.

Ficha de jogo

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Oziel, Renan Fonseca, Everton Sena e Patrick; Sandro Manoel (Memo), Luciano Sorriso, Carlos Alberto, Raul (Renatinho); Caça-Rato e Léo Gamalho. Técnico Vica

Salgueiro: Luciano, Marcos Tamandaré, Ranieri, Ricardo Braz e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Vitor Caicó e Anderson Paraíba; Kanu e Fabrício Ceará. Técnico: Cícero Monteiro

Campeonato Pernambucano (6° rodada)

Local: Arruda

Horário: 16h

Árbitro: Wlademir de Souza Lins

 

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com