Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Santa Cruz entra com mandado de garantia para jogar clássico no Arruda

Clube entende que o regulamento do Pernambucano garante o direito de decidir o local da partida contra o Náutico; Estádio, no entanto, aparece com laudo reprovado na FPF

Por Elton de Castro — Recife

Globo Esporte

A semifinal do Campeonato Pernambucano foi parar no Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco. Isso porque o Santa Cruz, líder da primeira fase, não aceita jogar a partida desta quarta-feira, contra o Náutico, na Arena de Pernambuco, como marcado pela Federação Pernambucana de Futebol. O Estádio do Tricolor, no entanto, aparece com laudo reprovado na FPF.

De acordo com o presidente do clube, Constantino Júnior, o Tricolor se baseia no regulamento da competição, que dá a vantagem do mando de campo à equipe de melhor campanha.

– O Santa Cruz entrou com mandado de garantia para que o jogo seja feito no Arruda. Não vamos aceitar jogar na Arena de Pernambuco. Acredito que o Tribunal irá nos garantir o direito que conquistamos. Vamos fazer com que o regulamento seja cumprido e que o jogo seja no Arruda.

No site da FPF no entanto, o estádio do Arruda aparece como reprovado para realização de jogos. Isso porque o laudo de prevenção e combate a incêndio está vencido, enquanto o de condições sanitárias e higiene, além de segurança estão reprovados. Apenas o de engenharia está aprovado.

Santa Cruz tem estádio com laudos reprovados — Foto: Reprodução site da FPF

Santa Cruz tem estádio com laudos reprovados — Foto: Reprodução site da FPF

Ciente da ação do Tricolor, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro de Carvalho, disse que a entidade apenas cumpriu com o protocolo acertado junto ao Governo de Pernambuco, para que o futebol retornasse no estado.

– A gente marcou o jogo de acordo com o que acertamos com o Governo. Fechamos um protocolo em que as partidas seriam na Arena de Pernambuco e estamos cumprindo com o que acertamos. O regulamento da competição foi alterado por um motivo de força maior, um estado de saúde pública. Quando a gente for notificado, pois ainda não fomos, vamos explicar os motivos. Acredito que a decisão do Tribunal será manter o jogo no Arruda, mas aí cabe a eles decidirem.

De acordo com o Artigo 13 do regulamento da competição, a equipe que tiver o maior número de pontos na primeira etapa da disputa tem assegurado o mando de campo até a quinta fase. Vale lembrar que, para que o futebol retornasse em Pernambuco, o Governo do Estado realizou uma série de exigências às autoridades desportivas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com