Roberto critica falta de atitude do Náutico em derrota contra o Central

Por GloboEsporte.com, Recife

Poucos minutos depois de ser derrotado pelo Central, em Caruaru, o técnico Roberto Fernandes já tinha na ponta da língua a resposta para o que aconteceu no Estádio Luiz Lacerda. O Timbu viu o adversário fazer 3 a 0 e criou muito pouco durante os 90 minutos. Para o treinador, ficou claro que faltou uma atitude diferente dos seus jogadores.

– O perfil da nossa equipe pode não ser um primor, no que diz respeito ao talento, mas não pode faltar garra, raça e aplicação. Independente da sequência de jogo. Se fosse a sequência, que a gente tivesse ganho o primeiro tempo e morrido no segundo. A equipe oscilou muito para baixo.

Roberto Fernandes fez questão de deixar claro que não está colocando em xeque a vontade dos jogadores que entraram em campo.

– Vontade é muito subjetivo. É pessoal. Eu sei da minha. Sei que como equipe faltou atitude, postura em campo, mas se essa falta de postura foi por estar cansado ou porque faltou vontade, aí cada um que pode responder.

Apesar da derrota em Caruaru, o jogo contra o Central deve ficar na memória do treinador durante a disputa do Campeonato Pernambucano.

– Agora é resumir esse jogo colocando o rabo entre as pernas, lambendo as feridas e trabalhando muito. O jogo não é para se esquecer de forma alguma. É para aprender muito.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.