Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

Recife suspende novamente vacinação contra Covid para crianças de 3 e 4 anos por falta de doses de Coronavac

Prefeitura disse que cobrou duas vezes ao Ministério da Saúde que mandasse mais unidades, mas não teve retorno.

Por g1 PE

A prefeitura do Recife anunciou, nesta terça (29), uma nova suspensão da vacinação contra a Covid-19 para crianças de 3 e 4 anos. A medida, que entra em vigor na quarta (30), foi tomada por causa da falta de doses da Coronavac, único imunizante recomendado para essa faixa etária.

A determinação foi divulgada seis dias depois de a prefeitura retomar o procedimento de imunização das crianças de 3 e 4 anos em cinco pontos de vacinação.

No dia 23 deste mês, o município recebeu um lote com 1,3 mil doses de Coronavac, mas essa quantidade não foi suficiente para manter a imunização.

Por meio de nota, a prefeitura informou que a determinação foi necessária “após o Ministério da Saúde não enviar novas remessas de Coronavac”.

“A gestão municipal cobrou por duas vezes, através de ofícios enviados ao órgão federal, o envio das doses, mas não obteve retorno”, disse a prefeitura, no comunicado.

Essa é a segunda vez que o Recife precisa paralisar a aplicação da primeira e segunda doses contra covid-19 das crianças com 3 e 4 anos.

No começo de novembro, com a falta de estoque de Coronavac na Secretaria de Saúde municipal e sem previsão para normalização da distribuição por parte do Ministério de Saúde, a gestão também precisou suspender a vacinação dos meninos e meninas nessas faixas etárias.

A medida foi seguida por outros municípios da Região Metropolitana. Um levantamento da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) mostrou que dezenas de cidades enfrentaram o mesmo problema.

Segundo a prefeitura, no Recife, 11.769 crianças entre 3 e 4 anos receberam a primeira dose do imunizante, o equivalente a 27,27% do total.

A segunda dose foi aplicada apenas em 3.741 meninos e meninas, cerca de 8,66% do público-alvo.

Pernambuco totaliza, desde o início da pandemia, em março de 2020, 1.083.184 casos confirmados da doença, sendo 60.202 graves e 1.022.982 leves.

Eles estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha. No mesmo período, o estado somou 22.470 mortes pela Covid-19.

O que diz o ministério

Por meio de nota, o Ministério da Saúde disse que distribui vacinas contra a Covid-19 a todos os estados de forma proporcional e igualitária.

“Até o momento, já foram disponibilizadas duas milhões de doses a todos os estados e Distrito Federal para a vacinação de crianças de 3 a 4 anos de idade”, informou.

Ainda de acordo com a pasta, para Pernambuco, foram entregues 40 mil doses na segunda remessa, distribuída a partir de 18 de novembro.

“Cabe aos estados o planejamento e gerência da distribuição entre os municípios”, afirmou o comunicado.

O que diz o estado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse, em nota, que as 40 mil doses enviadas ao estado representam menos de metade das doses solicitadas para atender a demanda do estado.

Em Pernambuco, existem 149.786 crianças com 3 anos e 154.355 crianças com 4 anos de idade, de acordo com a SES.

A pasta também disse que alertou recentemente aos municípios para manter o estoque organizado e garantir a correta administração das doses “uma vez que o recebimento de imunizantes da Coronavac para este grupo vem sofrendo descontinuidade na entrega de remessas pelo governo federal desde o primeiro semestre deste ano”.

A SES também afirmou que aguarda a entrega de novas doses dos imunizantes pelo Ministério da Saúde para reabastecer as cidades que esgotaram seus estoques.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.