Quarto suspeito de matar professor na Caxangá é preso

Assalto ao restaurante Galettus da Caxangá, terminou na morte de professor / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Assalto ao restaurante Galettus da Caxangá, terminou na morte de professor

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

O quarto suspeito de estar envolvido na morte do professor José Renato de Souza, no restaurante Galetus, no último dia 9, se apresentou à polícia na tarde desta quinta-feira (27). Severino Martins Canhas de 24 anos, mais conhecido como Silva, chegou ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, acompanhado de familiares.

Segundo a polícia, o suspeito passou os últimos dias escondido na casa de uma tia, no bairro do Ibura, na Zona Sul da capital. Ele estava foragido desde o dia do crime.

Severino negou envolvimento no crime, mas, como havia mandado de prisão expedido contra ele, após prestar depoimento, foi encaminhado para o Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel), no Grande Recife.

Dentre os envolvidos no caso, dois adolescentes se encontram na Funase, já Marcelo Henrique dos Santos Silva, 23 anos, está no Cotel.

Entenda o caso

Um assalto ao restaurante Galetus no dia 9 de agosto acabou em tragédia. Segundo a polícia, por volta das 17h30, quatro homens chegaram em duas motos se passando por clientes. Após alguns minutos, anunciaram a investida.

O professor José Renato de Souza estava com a esposa no estabelecimento e pediu os documentos aos assaltantes no momento da abordagem. A apuração do DHPP indicou que o professor foi assassinado após ter sido confundido com um policial. A investigação apontou, ainda, que a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo, dois deles fatais.

A vítima foi atingida por dois tiros e ainda conseguiu correr alguns metros pela lateral do restaurante, mas morreu no local. Os assaltantes fugiram em duas motos.

A apuração do DHPP indicou que o professor foi assassinado após ter sido confundido com um policial. A investigação apontou, ainda, que a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo, dois deles fatais.

Do JC Online

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

[email protected]
[email protected]