Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Partida contra Cruzeiro deve pôr fim a “rodízio” no Náutico e indicar time “ideal” de Roberto Fernandes

Por desgaste físico, técnico alvirrubro precisou modificar escalações nas primeiras rodadas da Série B; para jogo contra a Raposa elenco terá semana livre de treinos e atletas recuperados

Por Rafael Cabral — Recife

globo esporte

As finais do Campeonato Pernambucano “invadindo” o calendário da Série B impuseram ao Náutico uma forte maratona. Em um intervalo de 16 dias, o time alvirrubro disputou seis partidas. Este cenário fez com que o técnico Roberto Fernandes estabelecesse uma estratégia de poupar os jogadores mais desgastados, com o intuito de evitar lesões.

No entanto, entre a última partida da equipe contra o Vila Nova e o próximo jogo, diante do Cruzeiro, no domingo, serão nove dias. Tempo suficiente para Roberto Fernandes fortalecer o modelo de jogo e levar a campo sua escalação “ideal”, com os atletas descansados. O treinador alvirrubro comemorou a primeira semana livre desde que voltou ao clube.

– O Náutico vem numa sequência muito grande. Esses dias que vamos ter até o jogo contra o Cruzeiro vão ser importantes para recuperar e, claro, poder trabalhar. Não adianta recuperar sem treinar e não adianta treinar sem recuperar. Agora a gente tem um tempo para encaixar melhor o jogo – comemorou.

Contra o Vila, os poupados foram Rhaldney, que nem viajou e Ralph, Luís Phelipe e Niltinho, que entraram apenas no segundo tempo. O zagueiro Carlão e o meia Eduardo Teixeira, com desgaste físico, também não foram utilizados. Agora, todos estão aptos para a próxima rodada.

Cabral Neto fala de expectativa por Náutico x Cruzeiro: “Será difícil”

Portanto, as dúvidas que existem sobre quem são os onze titulares de Roberto Fernandes devem ser diluídas no próximo domingo. Na defesa, não há tanto mistério e Lucas Perri, Hereda, Camutanga, Bruno Bispo e Júnior Tavares devem ser mantidos.

No meio, porém, há disputa entre Ralph e Djavan, e no ataque Niltinho, Eduardo Teixeira, Victor Ferraz e Pedro Victor disputam a preferência do treinador, para atuar junto a Jean Carlos, Luís Phelipe e Léo Passos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.