Parentes de autor de atentado frustrado em Paris são presos

Carro que bateu em van da polícia na avenida Champs Elysees, em Paris (Foto: Reuters/Charles Platiau)

Carro que bateu em van da polícia na avenida Champs Elysees, em Paris (Foto: Reuters/Charles Platiau)

A polícia francesa anunciou a detenção de quatro integrantes da família do homem que morreu na segunda-feira (19) após uma tentativa de atentado na Avenida Champs-Élysées, em Paris, segundo a France Presse. Ele jogou o carro que dirigia contra uma van da polícia.

O pai, a ex-esposa, o irmão e a cunhada de Adam Dzaziri foram detidos na segunda-feira após operações em sua residência na região de Paris, de acordo com uma fonte judicial da France Presse.

Dzaziri, de 31 anos, era muçulmano nasceu em Argenteuil, na região de Paris. Ele já era conhecido dos serviços de segurança, segundo a mídia francesa.

Na tarde de segunda-feira, ele jogou o carro que dirigia contra uma van da polícia francesa. Ele morreu no local. Fontes da France Presse afirmaram que ele transportava pistolas, um fuzil do tipo Kalashnikov e botijões de gás. A CNN afirma que a quantidade era suficiente para explodir o carro.

A zona do incidente, que foi cercada pela polícia, fica próxima ao Palácio do Eliseu, sede da Presidência francesa, que se preparava para receber o rei Abdullah II da Jordânia.

Em abril, um policial foi assassinado na tradicional avenida por um atirador, que foi morto pelas forças de segurança. O Estado Islâmico reivindicou a ação.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.