Operação Raposa busca grupo especializado em tráfico de drogas em Caruaru e São Caetano

Por G1 Caruaru

Presos durante a Operação Raposa serão levados para a Delegacia de Polícia Federal de Caruaru — Foto: Ana Rebeca Passos/TV Asa Branca

Presos durante a Operação Raposa serão levados para a Delegacia de Polícia Federal de Caruaru — Foto: Ana Rebeca Passos/TV Asa Branca

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira (21) a Operação Raposa, que visa prender um grupo especializado em tráfico de drogas em Caruaru e São Caetano, no Agreste de Pernambuco. A ação é da Polícia Federal e contou com o apoio da Polícia Militar.

Durante a operação serão cumpridos 13 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão em Caruaru, São Caetano, Bezerros e Limoeiro, expedidos pela Vara Única da Comarca de São Caetano. Também serãodo cumpridos mandados de prisão preventiva nas Penitenciárias Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, e Desembargador Ênio Pessoa, em Limoeiro, segundo a PF.

Também de acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início em julho de 2018. Durante a apuração do crime, “além de diversas apreensões de entorpecentes, alguns dos principais integrantes do grupo criminoso foram presos e encaminhamos a penitenciárias estaduais localizadas nos municípios de Caruaru e Limoeiro”.

“Ainda assim, os criminosos foram flagrados gerenciando o tráfico de drogas a partir dos estabelecimentos prisionais, por meio de ordens repassadas aos demais membros do grupo por telefones celulares e durante visitas regulares […]. O que demonstra que algumas mulheres estão tomando a frente no controle das atividades criminosas quando seus maridos são presos em ações policiais”, destacou a PF.

Os presos serão levados para a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru, onde serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. As penas variam de cinco a 20 anos de prisão.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.