Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Ney cobra equilíbrio do Sport e usa clássico como referência contra Bahia

Diante do Bahia, nesta quarta-feira, na final da Copa do Nordeste, o Sport não tem escolha: precisa fazer gol. Com o 1 a 1 em casa, o Leão precisa vencer fora – ou ao menos empatar a partir de 2 a 2. Mesmo o 1 a 1, que leva aos pênaltis, exige que o time marque. O técnico Ney Franco acredita que a melhor forma de fazer isso não é procurando o gol desesperadamente – mas com equilíbrio. O jogo contra o Santa Cruz, na semifinal, é o espelho.

– Temos 90 minutos para definir o título. A nossa estratégia é procurar o gol, mas sem deixar a defesa exposta. Passamos por essa experiencia com o Santa. A gente teve uma postura no segundo jogo de muito equilíbrio, com força ofensiva e defensiva. Não podemos ter cobertor curto. Cobrir a cabeça e deixar os pés descobertos ou cobrir os pés e deixar a cabeça descoberta.

Aquele duelo contra o Santa, em que tirou a vantagem do rival na casa do adversário e venceu por 2 a 0, serve como referência também no aspecto emocional.

– A gente já passou por uma experiência contra o Santa Cruz, que tinha uma carga emocional até maior do que esta partida, porque foi um confronto aqui da cidade. A experiência que passamos, vencendo o santa, deu uma amadurecida na nossa equipe – disse.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.