Natal confirma o registro de dois casos de raiva em morcegos

16rrrrrrr3242v2tv2-tb2b53b3b-5bybA Secretaria de Saúde de Natal, no Rio Grande do Norte, confirmou dois casos positivos de raiva em morcegos na capital potiguar. Os registros foram feitos nos bairros de Ponta Negra e Neópolis, ambos na Zona Sul da cidade. Além desses dois, a secretaria municipal está monitorando possíveis novos registros da doença. Ainda de acordo com os especilistas, o risco de transmissão da raiva de morcegos para humanos existe devido à proximidade desses animais com áreas residenciais.

O último óbito por raiva registrado no Rio Grande do Norte foi em 2010, cujo transmissor foi um morcego. Na época, o agricultor foi mordido pelo animal e, por desconhecimento do risco de transmissão da raiva, não procurou atendimento médico. A Secretaria Municipal de Saúde alerta que morcegos têm hábitos noturnos e que, quando encontrados em horários e locais não habituais, como caídos no chão durante o dia, podem estar contaminados pelo vírus.

A principal via de transmissão da raiva é o contato com a saliva contaminada de um animal doente, mais também pode ser transmitida através de lesão na pele. Em cães e gatos, a raiva se caracteriza por alterações sutis no comportamento, deixando o animal mais agressivo, com anorexia e desatenção.

 

 

NE10

Foto: divulgação

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.