Morre quinta vítima do atentado com caminhão em Estocolmo

Uma mulher que estava internada após ficar ferida no atentado com um caminhão em Estocolmo (Suécia), no dia 7 de abril, morreu nesta sexta-feira (28), subindo para cinco o número de mortos no ataque, de acordo com informações divulgadas pela polícia sueca.

A mulher, de aproximadamente 60 anos, e que as autoridades não divulgaram mais dados, se junta a outros quatro mortos por conta do atentado: uma belga, dois suecos e um britânico, além de 14 pessoas que ficaram feridas.

O autor confesso, o uzbeque Rakhmat Akilov, foi capturado na mesma noite do ataque em um subúrbio da capital, e dias depois, ele aceitou a acusação de assassinato com motivação terrorista, pela qual a Justiça decretou sua prisão preventiva por um mês.

Akilov, de 39 anos, teria chegado na Suécia em 2014, tinha apresentado uma solicitação de asilo, rejeitado pelas autoridades em junho.

De acordo com a imprensa sueca, Akilov afirmou durante o interrogatório que agiu por ordem direta do EI na Síria.

O uzbeque é suspeito de ter conduzido o caminhão que em 7 de abril percorreu quase 600 metros da principal rua de pedestres de Estocolmo, atropelando as pessoas até se chocar contra a fachada de uma loja de departamentos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.