Maylson encaminha acerto para permanecer no Náutico e prega recomeço

Enquanto renegocia o contrato com o Náutico, Maylson vai ficando no time titular. Contra o Ceará, neste sábado, na Arena de Pernambuco, deve receber a segunda chance consecutiva de iniciar jogando sob a batuta do técnico Waldemar Lemos. O volante disse que está encaminhando sua permanência no clube e que faltam só alguns detalhes para que o martelo seja batido.

– A vontade é ficar. A gente, em todo momento, tem que focar no nosso trabalho e amenizar os problemas extracampo. Todo mundo sabe que minha vontade é ficar, mas falta resolver alguns detalhes. Eu devo ficar, só faltam alguns detalhes e aí eu espero corresponder ainda mais dentro de campo.

Maylson passou por alguns problemas nesta temporada. Primeiro, o desentendimento com o auxiliar técnico de Dado Cavalcanti, Wilton Bezerra, que culminou no seu afastamento do clube. Depois, foi reintegrado por Milton Cruz, que já deixou o comando da equipe. Com Waldemar Lemos, terceiro técnico do Náutico na temporada, o jogador prega um recomeço na tentativa de, enfim, ganhar sequência.

– É um recomeço. Essa é a palavra certa. O ambiente está meio tumultuado e todo mundo sabe. Até pelo que aconteceu com o pessoal da comissão de Dado, Milton já chegou e saiu, mas tenho cabeça boa e eu sei como posso ajudar. Eu confio no meu trabalho e sei do meu potencial para atingir os meus objetivos e os do clube.

Maylson elogiou o trabalho desenvolvido pelo técnico Waldemar Lemos neste início de terceira passagem do comandante pelo clube.

– A cobrança dele e a transparência que ele tem conosco. Ele trabalha muito e todo mundo já percebeu isso. Estamos no caminho certo e nos juntamos a Waldemar nesse modo de trabalhar e eu creio que pode dar certo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.