Liderança indígena é baleada em Maracanaú, no Ceará

Por Ranniery Melo, G1 CE

Cacique Madalena Pitaguary foi baleada na nuca após ser surpreendida por homem armado, no Ceará. — Foto: Arquivo Pessoal/Aldeia Pitaguary

Cacique Madalena Pitaguary foi baleada na nuca após ser surpreendida por homem armado, no Ceará. — Foto: Arquivo Pessoal/Aldeia Pitaguary

A Cacique Madalena Pitaguary (55), liderança indígena, foi baleada na noite desta quarta-feira (12), quando voltava para casa, na Terra Indígena Pitaguary, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

O tiro penetrou a nuca, mas não chegou a fraturar o crânio. Cacique  foi levada consciente a unidade hospitalar e não corre risco de morrer.

Segundo membros da comunidade, o caso aconteceu por volta das 20h30. Ela caminhava ao lado da irmã, do neto e de uma vizinha, quando foi surpreendida por um homem armado. Madalena travou luta corporal com o homem e a arma acabou disparando. O suspeito fugiu.

A polícia esteve no local e recolheu o depoimento de Cacique Madalena. Nesta quinta-feira (13), ela segue para delegacia na região onde vai registrar formalmente a ocorrência.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com