Investigação da Fifa pede sanções contra Blatter e Platini

Da Folhapress

Blatter (foto) e Platini já estão suspensos provisoriamente por 90 dias desde outubro.

O Comitê de Ética da Fifa sugeriu que os cartolas Joseph Blatter e Michel Platini sejam punidos pelo pagamento suspeito de US$ 2 milhões que o ex-jogador francês recebeu dos cofres da entidade em 2011.

A Fifa anunciou neste sábado (21) que os relatórios finais das investigações contra ambos foram concluídos com a recomendação de sanções contra eles – o teor do documento não foi revelado, mas uma das punições possíveis é bani-los das atividades do futebol por um período exato de anos.

Blatter e Platini já estão suspensos provisoriamente por 90 dias desde outubro. A expectativa é que o chefe do Comitê de Ética, o alemão Hans-Joachim Eckert, dê seu parecer final sobre o caso nas próximas semanas antes de expirar o prazo do afastamento deles.

Platini aguarda o resultado desta investigação para levar adiante o desejo de disputar a eleição para a presidência da Fifa, marcada para 26 de fevereiro. A viabilidade de sua candidatura depende da conclusão desse processo interno.
Blatter, por sua vez, não gostaria de deixar a Fifa pelas portas dos fundos. Ele se despediria do cargo oficialmente no Congresso de fevereiro, convocado por ele após o escândalo de corrupção que levou à prisão de sete cartolas no dia 27 de maio, dois dias antes de o suíço ser reeleito para mais um mandato de quatro anos.

Uma eventual decisão do Comitê de Ética de banir Blatter o tira de qualquer possibilidade de conduzir o Congresso de fevereiro, que reúne as 209 federações filiadas à Fifa.

Ambos negam irregularidades no pagamento de US$ 2 milhões. Segundo Platini, o dinheiro é fruto de serviços prestados à Fifa entre 1999 e 2002, mesma versão apresentada por Blatter.

O problema é que essa transação jamais teria sido registrada no balanço financeiro da Fifa, nem mesmo haveria um contrato assinado com Platini em relação a isso.

O valor foi repassado ao cartola francês meses antes da reeleição de Blatter, em maio de 2011, ao cargo de presidente da Fifa – na ocasião, ele foi apoiado pelo ex-jogador francês.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com