Instagram remove função que permitia ver o que os amigos curtiram

Por G1

A atualização mais recente do Instagram removeu a aba “Seguindo”, que ficava entre as notificações de atividade na rede social.

Nesta parte, era possível ver o que as pessoas que o usuário segue estavam fazendo: as fotos que curtiram, os comentários que escreveram e quem começaram a seguir. A partir de agora, quando o usuário clica no ícone de coração vê apenas notificações de atividade do próprio perfil, como quem curtiu e comentou em suas fotos, por exemplo.

Segundo o diretor de produto do Instagram, Vishal Shah, que confirmou a exclusão ao portal Buzzfeed News, a mudança aconteceu para simplificar a plataforma e retirar uma funcionalidade que muitas pessoas não sabiam que existia.

De acordo com o Instagram, a mudança será gradual e deve chegar a todo os usuários no decorrer dos próximos dias.

“As pessoas muitas vezes não sabiam que a atividade deles era mostrada dessa maneira. Então tínhamos uma função que não servia para o que ela havia sido desenhada, mas também causava espanto quando elas descobriam que isso existia”, disse Shah.

Alguns usuários ficaram aliviados com o fim da “janela indiscreta” na plataforma e falaram sobre isso no Twitter.

Dora Figueiredo@dorafigueiredo

O Instagram tirou a aba seguindo que era basicamente usada para stalkear o que os outros curtiam, achei ótimo, faz mais de 1 ano que não entro nessa aba, só serve pra alimentar ciúmes e vigiar a vida alheia3,4814:03 PM – Oct 8, 2019Twitter Ads info and privacy413 people are talking about this

Geruza @GeDavila

😕

O Instagram tirar a barra “ seguindo” é maravilhoso!
Chega de romantizar relações possessivas, passar o dia catando o que outro curte não é normal 85:12 PM – Oct 8, 2019 · Gravataí, BrasilTwitter Ads info and privacySee Geruza ‘s other Tweets

Sem número de curtidas

Essa não é a primeira mudança que a plataforma sofre este ano, ao menos no Brasil. Em julho, a rede social anunciou que começaria um teste para remover a contagem de curtidas em fotos no país.

De acordo com a empresa, a intenção é que “os seguidores se concentrem mais nas fotos e vídeos que são compartilhados, do que na quantidade de curtidas que recebem”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.