Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

Inmet emite alerta laranja de perigo de chuvas para 23 estados; cinco estão com alerta vermelho

Sinalização é feita quando há risco de chuva acima de 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia.

Por g1

O alerta é emitido quando há previsão de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia. — Foto: Reprodução/INMET

O alerta é emitido quando há previsão de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia. — Foto: Reprodução/INMET

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê acumulados de chuva significativos em grande parte do país até a próxima segunda-feira, dia 5 de dezembro. Por isso emitiu alertas para 23 dos 27 estados do país, sinalizando para o perigo de chuvas intensas.

Seguindo uma escala de risco, houve a atribuição dos seguintes alertas:

  • Alerta vermelho (chuvas, riscos de grandes alagamentos, transbordamentos de rios e de deslizamentos de encostas) – cinco estados;
  • Alerta laranja (corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas) – dezoito estados.

Estados em alerta vermelho

Os estados com alerta vermelho são Paraná, Maranhão, Rio Grande do Sul, Tocantins e Santa Catarina, estão sob alerta vermelho, com a possibilidade de chuva superior a 60 mm/h ou acima de 100 mm/dia.

O maior risco se concentra am áreas onde há rios, que podem transbordar, e encostas, que estão sob risco de desabamento.

Estados em alerta laranja

Dezoito estados estão sob alerta laranja. São eles: Amazonas, Maranhão, Minas Gerais, Alagoas, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rondônia, Roraima, Sergipe, Ceará, Goiás, Paraíba, Piauí, Tocantins.

O alerta laranja é o segundo na escala de atenção, sendo o amarelo o primeiro, que representa apenas o risco em potencial. O laranja é emitido quando há previsão de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia. Cada milímetro de chuva corresponde a um litro despejado em uma área de 1 metro quadrado.

Previsão de chuva acumulada entre os dias 29 de novembro e 5 de dezembro. — Foto: Reprodução/INMET

Previsão de chuva acumulada entre os dias 29 de novembro e 5 de dezembro. — Foto: Reprodução/INMET

Previsão por região 29/11 a 5/12

Para o Norte do país estão previstos acumulados de chuva acima de 20 mm em grande parte da região, com destaque para áreas central e leste do Amazonas, central e sul do Pará e do Tocantins e norte de Roraima, onde podem ocorrer acumulados superiores a 80 mm.

No Nordeste, os maiores acumulados de chuva se concentrarão em áreas do centro-sul da Bahia, além de áreas do MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) com volumes que podem ultrapassar os 80 mm. Já na parte central do Ceará, do Rio Grande do Norte e da Paraíba, não está descartado, ao longo da semana, a ocorrência de pancadas de chuvas isoladas principalmente devido ao calor e a alta umidade.

No Centro-Oeste, há previsão de acumulados de chuva significativos em grande parte do Mato Grosso, divisa com Goiás, Distrito Federal, com acumulados que podem ultrapassar 70 mm. Já em grande parte do Mato Grosso do Sul e sudoeste de Mato Grosso, podem ocorrer pancadas de chuva decorrentes de instabilidades causadas por uma massa de ar quente e úmida no meio da semana. Nas demais áreas, são previstos acumulados de chuva entre 20 e 50 mm.

No Sudeste, um canal de umidade pode favorecer grandes acumulados de chuva no início da semana, maiores do que 50 mm. Em áreas do sudeste de São Paulo, sul e nordeste de Minas Gerais e do Espírito Santo os acumulados poderão ultrapassar os 80 mm. Já no oeste de São Paulo e centro-oeste de Minas Gerais, os acumulados poderão ficar entre 30 e 70 mm.

Assim como nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, as áreas de instabilidade associadas ao canal de umidade poderão ocasionar grandes acumulados de chuva no leste e sul da Região Sul, com volumes que podem ultrapassar os 80 mm no sudoeste do Rio Grande do Sul, e leste do Paraná e Santa Catarina. Nas demais áreas, há previsão de volumes de chuva entre 20 e 50 mm.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.