Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Fragmentos que podem pertencer ao voo MH370 são encontrados em praia

Do G1, em São Paulo

Destroços que podem pertencer ao voo MH370, da Malásia Airlines, desaparecido há mais de dois anos com 239 pessoas a bordo, foram encontrados perto das ilhas Maurício na quinta-feira (31). O fragmento foi descoberto na praia da ilha Rodrigues por dois hóspedes do hotel Mourouk Ebony Hotel e foi recolhido pela polícia para análise.

Em setembro, a França confirmou que os fragmentos de uma asa de avião encontrados na ilha francesa de Reunião procediam “com certeza” do voo MH370. O pedaço de 2 metros de comprimento encontrado, conhecido como “flaperon”, foi encontrado no dia 29 de julho em uma praia de Saint André de La Reunion. Nas proximidades também foram achados os restos de uma mala e garrafas com inscrições em indonésio e chinês.

Relembre o caso
O voo MH370 da Malaysia Airlines, um Boeing 777-200, decolou de Kuala Lumpur na madrugada do dia 8 de março de 2014 com 239 pessoas a bordo e deveria chegar a Pequim seis horas mais tarde. Quarenta minutos após a decolagem, o avião desapareceu subitamente das telas do radar.

As autoridades malaias asseguram que o aparelho mudou de rumo em uma “ação deliberada” para atravessar a Península de Malaca em direção contrária a seu trajeto inicial sem motivo aparente.

Segundo o grupo de especialistas que estuda o caso, o avião voou em direção ao sul do Índico com todas as pessoas a bordo inconscientes pela falta de oxigênio até ficar sem combustível e cair ao mar.

Desde então não se encontrou nem sequer um pequeno pedaço da fuselagem da aeronave que confirme o acidente. Segundo as investigações, o avião teria caído em algum lugar das águas do sul do Oceano Índico.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com