Em outra função e novamente decisivo, Léo Costa ganha moral com Eutrópio

Globo Esporte

Depois de exatos três meses, Léo Costa voltou a marcar um gol pelo Santa Cruz. Antes de fazer o primeiro da vitória de 2 a 1 sobre o Sport, no último sábado, ele tinha marcado pela última vez no empate de 1 a 1 contra o Náutico, no dia 29 de janeiro, pelo Campeonato Pernambucano. Mais do que isso, o meia voltou a desempenhar um bom futebol na visão do técnico Vinícius Eutrópio – que creditou o sucesso à mudança de posicionamento do jogador.

No último sábado, Léo Costa atuou ao lado de outros dois meias, no esquema de 4-2-3-1. Com ele, no meio de campo, estavam Pereira e Thomás. Léo ficou no lado direito de campo, com a opção de flutuar pela área central. Além do gol que abriu o placar, ele distribuiu bons passes e obrigou Magrão a fazer uma boa defesa em um chute de fora da área.

O meio de campo mais povoado era a principal aposta do técnico Vinícius Eutrópio para o clássico contra o Sport. Na visão do treinador, funcionou. No segundo tempo, desgastado porque voltou a ser titular depois de mais de um mês (a última partida que ele começou de frente foi a vitória de 1 a 0 sobre o Campinense-PB, no dia 22 de março), foi substituído por Wellington Cézar.

– Léo foi nosso principal jogador nos primeiros cinco, seis jogos. As lesões diminuíram o poder dele e tivemos essa tranquilidade de colocarmos no momento certo. Colocamos em um local interessante para ele desempenhar o melhor futebol – disse Eutrópio.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.