Dado Cavalcanti ganha força para assumir o Santa Cruz

Futuro presidente Alírio Moraes quer evitar estremecimento com o Náutico devido a Dado Cavalcanti / Foto: Ricardo Labastier/JC Imagem

Futuro presidente Alírio Moraes quer evitar estremecimento com o Náutico devido a Dado Cavalcanti

Foto: Ricardo Labastier/JC Imagem

A concorrência está aberta pelo técnico Dado Cavalcanti. O futuro presidente do Santa Cruz, Alírio Moraes, é cauteloso sobre o assunto, mas fontes do clube garantem que os entendimentos com o treinador estão bem adiantados. Por isso, existe a possibilidade de a contratação ser confirmada nesta segunda-feira (1/12), enquanto o Náutico enta a permanência do mesmo. Neste domingo (30/11), o candidato único ao cargo mais alto do tricolor, preferiu não entrar em detalhes sobre o caso. Mesmo assim, o ainda técnico alvirrubro, deve mesmo assumir o lugar de Oliveira Canindé, que se despediu com uma vitória por 3×2 diante do Atlético-GO, sábado passado, em Goiânia, na última rodada da Série B.

“Tenho um relacionamento muito bom o Náutico. Não quero que ocorra nenhum tipo de estremecimento. Dado é um profissional correto e ainda tem compromisso com o Náutico”, disse Alírio Moraes, que na sexta-feira será aclamado como novo presidente do clube.

Outros nomes também foram especulados, como Marcelo Chamusca, ex-Fortaleza, e Doriva, campeão paulista com o Ituano.

HONRA

Enquanto a diretoria trata do futuro, os jogadores do Santa Cruz destacaram que o time atuou com honra para vencer o Atlético-GO. Sem almejar nada na Série B, a motivação encontrada pelos jogadores foi mostrar respeito pela camisa tricolor. Como enfatizou o atacante Léo Gamalho, autor de dois gols e terminou a temporada como artilheiro do time, com 32 gols, dos quais 13 na Segundona. “A gente mostrou que tem hombridade, que tem honra. Quando eu colocar minha cabeça no travesseiro vou estar tranquilo porque sei que fiz o máximo. Quando eu sair do Santa Cruz quero que digam que passou por aqui um cara honrado, que lutou, um homem que sempre deu o seu melhor”, afirmou o atacante, que dificilmente vai permanecer no Arruda.

Outro assunto bastante comentado pelos atletas foi uma possível mala-branca de algum clube para motivá-los na briga por uma vitória no jogo contra o Atlético. O atacante Keno deixou claro que não houve nada disso. “Não teve nada de mala-branca, a gente não recebeu proposta de ninguém. Nós fomos para o jogo só pensando nos três pontos”, disse.

Os jogadores entraram de férias. A diretoria deve divulgar todo o planejamento para 2015 ainda esta semana. O ponto principal é pagar os dois meses de salários atrasados. Em seguida, com o técnico contratado, definir quem vai permanecer e quem será liberado. Além disso, será preciso também remontar parte do elenco.

 

Do JC Online

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.