Corpo carbonizado é de advogada, afirma OAB

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Caruaru não têm dúvidas de que o corpo carbonizado de uma mulher encontrado a semana passada no município de Água Preta, na Zona da Mata Sul, é da advogada Severina Natalícia da Silva, 44 anos, desaparecida no dia 5 de dezembro, em Bezerros, no Agreste do Estado. O presidente da entidade no município, Almério Abílio, e o delegado responsável pela investigação, Bruno Vital, vão dar detalhes sobre o caso em entrevistas coletivas marcadas para esta segunda-feira.

De acordo com a diretora da OAB, Maria Helena dos Santos, a confirmação foi feita através da comparação da arcada dentária da vítima e da realização de exame de DNA, cujo laudo também será apresentado nesta segunda. Foram localizados ainda objetos pessoais da advogada no veículo encontrado carbonizado em Água Preta. O corpo da advogada continua no Instituto de Medicina Legal do Recife.

Depois do desaparecimento da advogada, uma comitiva formada por representantes da OAB e familiares pediu ao então secretário de Defesa Social (SDS), Wilson Damázio, prioridade no caso. O delegado da Divisão de Homicídios de Caruaru, Bruno Vidal, foi designado para apurar o desaparecimento. “Encontramos um corpo e encaminhamos para comparação com a arcada dentária da advogada. No momento, não podemos adiantar mais informações”, resumiu Bruno Vital. O caso corre em segredo de Justiça.

 

 

Do JC Online

(Foto: Reprodução/TV Globo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.