Começa travessia de cabo que ligará o Brasil ao continente Africano  

Do Olhar Digital

A Angola Cables, operadora de telecomunicações globais, iniciou nesta semana a instalação do cabo submarino de fibra óptica SACS (South Atlantic Cable Sytem), o primeiro cabo submarino de fibra óptica que irá ligar o Brasil ao continente Africano e o primeiro a cruzar o oceano pelo Atlântico Sul.

O cabo conectará Luanda, na Angola, até Fortaleza, no Ceará e todo o seu processo de instalação deve levar entre quatro e cinco meses.

Construído pela unidade japonesa da NEC, o cabo terá capacidade de pelo menos 40 Tbps e 6 mil quilômetros de extensão, sendo que a troca de informações entre os dois continentes será feita em até 63 milissegundos.

Além do SACS, a empresa também está finalizando a instalação do Monet, cabo que ligará Miami, nos Estados Unidos a Santos, passando também por Fortaleza e que conta com a parceria do Google, Algar e Antel. A previsão é de que ele comece a operar no último trimestre de 2017.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

[email protected]
[email protected]