Claudinei cita psicológico dos jogadores e comemora empate: “Dos males, o menor”

Por Daniel Gomes, Recife

Globo Esporte

 

Tudo se encaminhava para a quinta derrota seguida do Sport. Mas, aos 46 minutos do segundo tempo, o Leão conseguiu o empate com a Chapecoense por 1 a 1. A derrota seria um resultado pior, lógico, e, apesar do time ter chegado ao sétimo jogo seguido sem vencer, o técnico Claudinei Oliveira exaltou o ponto conquistado neste domingo.

– Tivemos volume, 69% de posse de bola, se não me engano. Foram 18 finalizações, mas só quatro no alvo. Temos de transformar volume em resultado. A Chapecoense se defende muito bem, mas, dos males o menor. Empatamos o jogo, ganhamos uma posição e não fomos ultrapassados pela Chape.

Segundo o treinador, além da fase ruim, outro fator que deixa a vida do Sport ainda mais complicada é sair atrás no placar. Contra a Chapecoense foi assim e nas derrotas para Fluminense e Flamengo também.

– Estamos saindo perdendo em todos os jogos e é complicado. Eles fizeram o gol na primeira chegada deles em um lance evitável, eu acho. Teve uma carga nas costas de Deivid. Na fase que a gente atravessa, é difícil manter o equilíbrio e é normal que a equipe se desorganize, tome decisões erradas. A torcida começa a pegar no pé de alguns jogadores, que tentam lidar com essa cobrança. No primeiro tempo, tivemos volume e duas cabeçadas que passaram perto. O jogador quer fazer a coisa acontecer rápido, de qualquer jeito.

Mas o que pesa mesmo é o fator psicológico na visão de Claudinei. Ele ressaltou a busca pelo equilíbrio, mas também elogiou a entrega que os jogadores mostraram em campo para buscar o empate no fim do jogo.

– Eu nunca tinha passado por uma série de quatro derrotas. Mas a urgência de querer fazer logo não é boa. A gente tem de jogar. Vamos perder jogando ou vamos ganhar jogando. Em alguns momentos, temos de ter essa tranquilidade, mas em outros o cansaço também pesa. Não pode dizer que a equipe não buscou. Quando a gente empata desse jeito, é menos ruim de quando não conseguimos o empate.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.