Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Cosmonauta russo e astronauta americano vão passar um ano na ISS

Foto: AFP

Dois veteranos do espaço, o astronauta russo Scott Kelly e o cosmonauta russo Mikhail Kornienko, apresentaram nesta quinta-feira, em Paris, a missão científica que os levará em março à Estação Espacial Internacional (ISS) durante um ano para estudar os efeitos de uma permanência prolongada no espaço.

A missão de Kelly e Kornienko, feita em conjunto pela Rússia e os Estados Unidos, apesar das tensões diplomáticas, será a permanência mais longa de um ser humano na ISS desde a chegada do primeiro astronauta no ano 2000. No entanto, o recorde absoluto continua sendo do russo Valeri Poliakov, que passou mais de 14 meses seguidos na estação espacial Mir, em 1995.

“Gosto de desafios”, disse Scott Kelly, de 50 anos, durante coletiva de imprensa na sede da Unesco, em Paris, ao lado de Kornienko, de 54 anos. Ao final da missão, se tudo correr bem, Kelly se tornará o americano com mais tempo no espaço. O astronauta americano, que já ficou seis meses seguidos no espaço, considerou “interessante” passar “o dobro do tempo”.

As missões de longa duração representam “um desafio” em nível médico, pois podem provocar atrofia muscular, perda de massa óssea e problemas de visão, assim como um impacto no sistema imunológico e consequências no corpo devido às radiações, afirmou.

“Se chegar o dia em que serão necessários três anos para viajar a Marte, será preciso entender o que vai acontecer com o nosso corpo”, afirmou. Os americanos planejam fazer uma primeira viagem ao planeta vermelho por volta de 2030, graças à nova base espacial Orion, que está em fase de teste.

Mikhail Kornienko, por sua vez, pensa que a viagem a Marte poderia, inclusive, ocorrer antes. “Sou otimista”, disse o cosmonauta russo, que defendeu “unir” esforços. “Não deve ser um país só. Temos que chegar juntos”, acrescentou. [Da AFP]

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sistema de compartilhamento de carros elétricos é lançado no Recife

(Foto: Mayra Cavalcanti)

Recife agora conta com o primeiro sistema de compartilhamento de carros elétricos (car sharing) do Brasil. A cerimônia de lançamento aconteceu na manhã desta segunda, na sede do Porto Digital, no Centro do Recife.

A partir desta tarde, os 20 participantes previamente cadastrados no sistema poderão utilizar os automóveis. Até março, o projeto passa por uma fase de teste, em que serão inseridos, aos poucos, novos usuários escolhidos pelo Porto Digital. Somente daqui a três meses o público em geral poderá fazer uso dos carros elétricos.

(Foto: Mayra Cavalcanti)

A coordenadora do Porto Mídia, Mariana Valença, é uma das usuárias escolhidas pelo Porto Digital para participar desta primeira fase. Para Mariana, o transporte será útil para levá-la do local onde estaciona o seu carro até o Porto Digital. “Todos os dias tenho que andar uns 10 a 15 minutos, mas a partir de agora vou fazer esse percurso com o carro compartilhado. Já o dirigi e achei bem confortável”, declarou.

Serão três carros compartilhados, todos produzidos por uma empresa chinesa, 100% elétricos. Os veículos são automáticos, apenas com os pedais de acelerador e freio, não têm marchas e atingem uma velocidade máxima de 60 km/h. A autonomia da sua bateria é de, aproximadamente, 120 quilômetros sem uma nova recarga.

Estacionamento da rua do Lima, em Santo Amaro (Foto: Mayra Cavalcanti)

Neste primeiro momento serão apenas três estações, sendo uma na sede do Porto Digital, outra em frente ao Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (C.E.S.A.R), ambas no Centro do Recife e, a última, em frente ao número 421 da rua do Lima, em Santo Amaro.

Quando for aberto ao público, as estações contarão com postes de alimentação, para que os usuários façam a recarga do veículo caso necessário. Até lá, as estações só contam com uma placa para “veículo compartilhado autorizado”. A partir da março, outras três estações serão adicionadas, sendo elas na Prefeitura do Recife, na Casa da Cultura e na Praça do Derby.

De acordo com Francisco Saboya, presidente do Porto Digital, a intenção é que o projeto siga a mesma trajetória das bicicletas compartilhadas do Porto Leve. “No começo nós só contávamos com 100 bicicletas. Hoje, com a expansão do projeto, temos 700 bikes espalhadas pela cidade. Nesta fase de testes do sistema de compartilhamento de carros nós pretendemos aperfeiçoar o sistema. Especialistas estimam que, cada veículo compartilhado nas ruas traz a redução de seis a nove automóveis individuais”, explica.

(Foto: Mayra Cavalcanti)

O sistema custará aos usuários um valor fixo, por mês, de R$ 30. No entanto, a pessoa terá que pagar cada vez que utilizar os carros. Quem quer andar sozinho, são R$ 20 por corrida. Se o usuário oferecer carona a outros cadastrados no sistema, o valor cai para R$ 10. Se outra pessoa aceitar a carona, os usuários pagarão apenas R$ 5 por corrida cada um.

A gerente de projetos do Porto Digital, Cidinha Gouveia, ressalta que esta é uma maneira de incentivar a carona. “Queremos inserir na sociedade essa prática de dar carona, por isso as pessoas que de fato compartilham o carro com outras são ‘premiadas’ com a redução do valor”, comentou.

O usuário precisará baixar o aplicativo do Porto Leve para 'alugar' um carro (Foto: Mayra Cavalcanti)

Para utilizar, também é preciso que o usuário baixe o aplicativo do Porto Leve no celular. É através dele que será feito o ‘aluguel’ e o destravamento do carro. Quando aberto ao público, as pessoas que desejarem usar o sistema precisarão fazer um pré-cadastro presencial no Porto Digital, apresentando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), um comprovante de residência e cartão de crédito.

Além do anúncio do lançamento do sistema, durante a cerimônia de apresentação do projeto, Ângelo Leite, presidente da Serttel, empresa responsável pela tecnologia utilizada no sistema de compartilhamento de carros afirmou que, se for bem sucedido, em breve o sistema será ampliado. Segundo ele, para trazer estes três veículos que serão utilizados agora, foi assinado um convênio entre o Governo, a empresa chinesa e o Porto Digital.

“Em primeiro momento temos que desenvolver, junto ao governo, políticas para facilitar a vinda deste carro para o Brasil, com a redução de taxas. Em seguida, fazer uma produção local, em que possamos trazer partes importantes do carro importadas, mas também tenhamos produção local do que é possível de ser nacionalizado”, disse.

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Hackers roubam 1ª versão do roteiro do novo filme de James Bond

Daniel Craig e o elenco de 'Spectre': Andrew Scott, Dave Bautista, Monica Belucci, Lea Seydoux e Christoph Waltz (Foto: Stefan Wermuth/Reuters)

Daniel Craig e o elenco de ‘Spectre’: Andrew Scott, Dave Bautista, Monica Belucci, Lea Seydoux e Christoph Waltz (Foto: Stefan Wermuth/Reuters)

A primeira versão do roteiro do novo filme de James Bond, “Spectre”, que estreará no final do próximo ano, foi roubada por hackers, informou neste domingo (14) a produtora do longa, Eon Productions.

Os produtores indicaram que o roubo aconteceu em um ataque cibernético à Sony no último mês de novembro e temem que o roteiro do novo filme do agente 007 seja divulgado na internet.

“A Eon Productions se inteirou esta manhã que uma primeira versão do roteiro do novo filme de Bond, ‘Spectre’, está entre o material roubado e tornado público ilegalmente por hackers que se infiltraram no sistema informático do Sony Pictures Entertainment (distribuidora)”, afirma um comunicado dos produtores.

“A Eon Productions teme que terceiras partes que receberam o roteiro roubado queiram publicá-lo”, acrescenta a nota.

A filmagem de “Spectre” começou na semana passada em Londres depois da divulgação do nome do novo filme.

A produção, que estreará em 23 de outubro de 2015, será o quarta protagonizada pelo ator britânico Daniel Craig, após “Cassino Royale”, “Quantoum of Solace” e “Operação Skyfall”, enquanto uma das “bond girls” será a atriz italiana Monica Bellucci, e o papel de vilão estará a cargo do ator austríaco Christoph Waltz.

 

Da EFE

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Computador da Apple vendido por Jobs nos anos 70 é leiloado por US$ 365.000

(Foto: AFP)

Um dos primeiros computadores da Apple vendidos pelo cofundador da marca, Steve Jobs, ainda na garagem de seus pais na década de 70, foi leiloado por 365 mil dólares nesta quinta-feira em Nova York.

Segundo a casa de leilão Christie’s, este Apple-1 foi o último exemplar vendido diretamente pelo dono da empresa, falecido em 2011, da garagem da casa de seus pais na Califórnia, na época em que a companhia dava seus primeiros passos.

O computador, produzido em 1976, foi adquirido por 365 mil dólares por um comprador cuja identidade não foi revelada. A Christie’s havia estimado um valor entre 400 e 600 mil dólares para a máquina. O Apple-1, o primeiro computador pessoal pré-montado vendido da história, é considerado pioneiro na revolução da computação pessoal.

Em outubro, outro exemplar, montado manualmente em 1976 por Steve Wozniak, o sócio de Steve Jobs, havia sido vendido por 905 mil dólares em um leilão organizado pela empresa Bonhams. [Da AFP]

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Carro Elétrico do do sistema de compartilhamento é testado no Recife

(Foto: Mayra Cavalcanti/NE10)

*Com colaboração de Elvis Lima, do NE10

O sistema de compartilhamento de carros elétricos (car sharing) só terá início na segunda-feira (15), mas o blog MundoBit teve acesso ao veículo nesta quinta e pôde testá-lo, dando uma volta pelo Centro do Recife.

Quem nos acompanhou na nossa “corrida”, que durou cerca de 20 minutos, foi o diretor de Tecnologia da Serttel, Alberto Van Drunen. A empresa é responsável pela tecnologia utilizada no sistema de compartilhamento.

Saímos do Porto Digital, já recebendo as primeiras instruções. O carro elétrico é da empresa chinesa Zhidou e funciona como um veículo automático comum, com os pedais de acelerador e freio. Os atos de destravar e ligar o veículo serão feitos através do aplicativo do Porto Leve no celular.

(Foto: Elvis de Lima/NE10)

Ao ligá-lo, é preciso apertar os botões, que ficam no painel e indicam se a pessoa vai dirigir para a frente, dar ré ou ficar neutro (ponto morto). Quando estávamos saindo do Porto Digital, vimos um grupo de deficientes visuais que tentavam atravessar a rua e Alberto deu o alerta: “os carros elétricos são um pouco perigosos para estas pessoas porque são silenciosos. Então temos que ter consciência e cuidado”, explicou.

E o silêncio do veículo também pode causar estranhamento para o condutor. O carro não treme e não faz barulho (nem o da seta). O automóvel é pequeno, lento e bastante confortável. O fato de ser automático dificulta um pouco para quem está acostumado a passar as marchas, mas a velocidade em que ele anda permite que a pessoa logo se adapte.

É ideal para o que se propõe: andar de uma estação para a outra, em lugares onde a velocidade não passa dos 40/60km. Até porque este é o limite a que ele consegue chegar, de 60 km/h.

Apesar de estarem desligados durante o nosso “test drive”, o veículo possui ar condicionado, assim como som. A direção não é hidráulica, mas leve. É importante lembrar que o carro comporta apenas duas pessoas e uma pequena mala. O espaço interno é suficiente.

Danos ao veículo – A gerente de projetos do Porto Digital, Cidinha Gouveia, esclarece que, caso haja algum acidente ou aconteça algum problema com o carro, o motorista (e usuário) será responsabilizado.

“Tudo depende de como o acidente aconteceu. O carro tem seguro, mas na hora do credenciamento, o usuário assinará um contrato que diz que ele estará responsável pelo automóvel enquanto durar sua corrida”, acrescenta.

Dentro do veículo haverá um cartão com telefones úteis, para que a pessoa entre em contato caso haja algum imprevisto.

Sistema de compartilhamento começa na segunda, em versão de teste

A partir da próxima segunda (15), o sistema de compartilhamento de carros elétricos passam a funcionar em uma versão de teste, ou seja, para apenas 20 pessoas pré-selecionadas para Porto Digital.

Este é o primeiro sistema do tipo no País, mas só será aberto ao público em março de 2015. A tecnologia utilizada será fornecida pela empresa pernambucana Serttel, incubada no Porto Digital e contratada pelo Parque Tecnológico para o desenvolvimento da solução.

Em primeiro momento, serão três estações, localizadas no Porto Digital e no C.E.S.A.R (ambas no Centro do Recife) e na Rua do Lima (Santo Amaro). As estações serão monitoradas a distância e cada veículo contará com um chip que vai se comunicar com o sistema de controle, informando quando o carro for retirado.

Quando for aberto ao público, serão adicionadas outras três estações, que serão na Prefeitura do Recife, na Casa da Cultura e na Praça do Derby. Os carros são 100% elétricos e têm autonomia para rodar até 100 km (com uma carga de bateria). Os carros são carregados em tomadas comuns.

(Foto: Mayra Cavalcanti/NE10)

Para utilizar o sistema, a pessoa precisará fazer um cadastro prévio presencial, com o objetivo de comprovar a idade acima de 18 anos, com cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), comprovante de residência e cartão de crédito. Além disso, o usuário também terá que assinar um contrato, concordando com os termos de uso.

O único plano de utilização será o mensal, no valor de R$ 30, além de uma taxa extra para cada corrida. Caso o usuário queira andar sozinho, sem oferecer carona, a taxa extra custará R$ 20. Mas, ao oferecer carona, através do aplicativo, que só captará pessoas cadastradas no sistema, o valor cai para R$ 10.

De acordo com Cidinha Gouveia, o projeto procura estimular a carona, além de diminuir a poluição causada pelos carros movidos a combustível. “A partir do momento que a pessoa passa a pagar menos ao oferecer carona, isso acaba sendo um estímulo para que ela compartilhe o carro”, destacou.

A corrida terá a duração de 30 minutos. Ao ultrapassar o tempo, o usuário terá que pagar uma taxa extra de R$ 0,75 por minuto. Se ele extrapolar o horário de funcionamento do sistema, que é das 8h às 18h, também será cobrada uma multa, cujo valor ainda não foi divulgado.

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Empresa sueca testa no Brasil o carro capaz de dirigir sozinho

17oooo43tv8htg54bn

Um fabricante sueco trouxe para o Brasil o carro do futuro, que não precisa de motorista.

Tem muita tecnologia para garantir mais segurança no trânsito. Câmeras, sensores, radares e outros equipamentos extremamente potentes. E tudo isso é ligado a um sofisticado sistema de computador de bordo.

O carro passa pela curva e o motorista está em uma conversa animada, com as mãos longe do volante. E ele não é maluco. Pelo contrário, participa de um projeto que pretende eliminar as causas mais comuns de acidentes de trânsito.

“Cerca de 95% dos acidentes ocorrem por falha humana. Eliminando 95% das causas, você reduz drasticamente a possibilidade de que um acidente ocorra”, explica o diretor de Assuntos Governamentais da Volvo Cars, Jorge Mussi.

Jorge Mussi explica que a sueca Volvo colocou no mesmo carro os dispositivos mais modernos de segurança: câmera que reconhece a silhueta de veículos e pedestres, laser que mede a distância do carro da frente 250 vezes por segundo, cinco radares – na frente e nos para-lamas, para identificar a posição de qualquer objeto que se aproxime.

E tudo isso, conectado a um sistema de computador – que ainda vai ser miniaturizado – mas que já processa as informações e controla acelerador, freio e direção sozinho.

Jorge é uma das únicas seis pessoas no mundo que estão autorizadas a dirigir o carro. Ou, melhor dizendo, autorizadas a não dirigir o carro. “Basta eu apertar um botão no volante. A partir de agora, o carro faz tudo sozinho. Ele fica constantemente monitorando o que está acontecendo no trânsito. Nesse caso a gente tem um carro a frente e ele está observando esse carro. Em 2017, 100 carros destes estarão nas ruas de Gotemburgo, na Suécia, com motoristas reais, enfrentando condições reais de trânsito”, explica.

Vai demorar mais do que isso até o carro que dirige sozinho chegar às lojas e ao Brasil. Até a gente ter o mesmo espanto – e a mesma segurança – que o Jorge sentiu. “Na primeira vez, para mim foi a sensação de ficção cientifica realizada. A gente só via isso em filme. O futuro chegou, finalmente”, comemora.

O inverso também ocorre. Quando o motorista pega no volante, o computador de bordo passa imediatamente o controle do carro ao motorista.

 

 

Do Bom Dia Brasil

Foto: Reprodução TV Globo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Operadoras vão cortar acesso à internet quando franquia do cliente acabar

Da Agência Brasil

Adotada inicialmente pela Vivo, bloqueio também será feito pela Oi e Claro.  / Foto: AFPAdotada inicialmente pela Vivo, bloqueio também será feito pela Oi e Claro.Foto: AFP

A partir desta terça-feira (9), os clientes da operadora Oi que usarem todo o pacote de internet móvel que foi contratado terão o serviço de navegação suspenso. A mudança vai valer para clientes dos planos pré-pago e de controle da operadora. Quem quiser continuar com acesso à internet, deverá recontratar o pacote de dados ou contratar um pacote adicional avulso. Outras operadoras também vão adotar a mudança no sistema ainda este ano.

A mudança na cobrança da internet após o fim da franquia foi adotada inicialmente pela operadora Vivo, em novembro. Antes, quando o cliente atingia o limite da franquia, tinha a velocidade reduzida, mas não suspensa. Segundo a Oi, o fim da velocidade reduzida, aliada ao novo modelo de cobrança por pacotes adicionais, é uma tendência mundial por garantir uma melhor experiência de navegação aos usuários de internet móvel.

A partir do dia 28 de dezembro, os clientes da Claro dos planos pré-pago e controle também terão a internet bloqueada após atingirem o limite de dados do plano contratado. Para continuar navegando, os usuários poderão adquirir pacotes adicionais  de franquia. A Claro informou que os clientes já estão sendo informados sobre as novas medidas e avalia que a mudança visa a permitir que os clientes utilizem seus pacotes de internet sempre em alta velocidade, sem ter a velocidade de navegação reduzida após o consumo de sua franquia.

A Vivo, que começou a mudança pelos estados do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais, vai ampliar a estratégia a partir do dia 30 de dezembro para os usuários pré-pagos e controle do Acre, do Amapá, do Amazonas, do Distrito Federal, de Goiás, do Maranhão, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, do Pará, de Rondônia, de Roraima e do Tocantins. A empresa diz que já avisou aos clientes sobre o ajuste nos planos, que deverá ser implementado nos próximos meses para os clientes de planos pré-pagos e controle de outros estados, bem como para os usuários pós-pagos.

A TIM vai adotar o bloqueio do acesso à internet após o consumo da franquia somente para os clientes que aderirem à oferta Controle Whatsapp, que garante envio ilimitado de mensagens por meio do aplicativo. A operadora diz que segue avaliando as diferentes possibilidades e não prevê qualquer ajuste em seus planos atuais. “Os clientes necessitam de franquias cada vez maiores e de uma experiência de internet de alta qualidade e – nesse contexto – o modelo de redução de velocidade após o consumo dos pacotes pode criar uma percepção negativa do serviço”, diz a operadora.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as regras do setor permitem às empresas adotar várias modalidades de franquias e de cobranças, mas o Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações  determina que qualquer alteração em planos de serviços e ofertas deve ser comunicada ao usuário, pela prestadora, com antecedência mínima de 30 dias.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Empresa de Israel desenvolve menor bíblia do mundo

Bíblia de menos de meio centímetro é vista em pingente em Israel (Foto: Amir Cohen/Reuters)

Bíblia de menos de meio centímetro é vista em pingente em Israel (Foto: Amir Cohen/Reuters)

Uma edição do Novo Testamento desenvolvida em tamanho nano foi nomeada pelo Guinness Book, o livro dos recordes, como a menor bíblia do mundo, informou a companhia israelense que desenvolveu o item nesta terça-feira (9).

A empresa Jerusalem nano Bible disse ter desenvolvido um chip com tamanho menor que cinco milímetros que contém a versão original em grego do Novo Testamento.

O pequeno chip quadrado, que tem 4,76 milímetros em casa lado, pode ser colocado dentro de relógios ou pingentes e tem aplicações “infinitas” na indústria das joias, informou a companhia, segundo o jornal “Jerusalém Post”.

O produto foi validado por um especialista que determinou que o texto em grego contido no chip, apresentado a ele com um microscópio, de fato continha os 27 livros do Novo Testamento.

Nos planos futuros da companhia está desenvolver também uma versão nano do Velho Testamento.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

YouTube avisa se música usada em vídeo é protegida por direito autoral

YouTube passa a avisar de música usada em vídeo infringe direitos autorais. (Foto: Divulgação/Youtube)

YouTube passa a avisar de música usada em vídeo infringe direitos autorais. (Foto: Divulgação/Youtube)

 

O YouTube criou um recurso para avisar produtores de conteúdo o que pode acontecer se utilizarem músicas protegidas por direitos autorais em vídeos publicados na plataforma do Google. A novidade foi anunciada nesta segunda-feira (8).

Chamada de “Content ID”, a ferramenta atua no ato do upload do vídeo. Caso possua trilha sonora, a música utilizada é identificada a partir de uma pesquisa na livraria de áudios do YouTube. A partir daí são mostradas informações se é possível utilizar aquele título em todo o mundo, se é possível exibir anúncios no vídeo e, principalmente, se os proprietários dos direitos autorais da obra podem entrar com recursos para inviabilizar sua utilização no vídeo.

“Até agora não havia como saber o que poderia acontecer se você usasse uma faixa específica até que você subisse o vídeo”, afirmou Tim Grow, diretor do YouTube, em post do blog direcionado a publicadores de conteúdo.

O YouTube informa ainda que se o desejo do produtor de conteúdo é ganhar dinheiro com seu vídeo, é possível baixar sons e outros efeitos sonos da livraria da própria plataforma. Essas faixas não têm restrições e são gratuitas, diz o site.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Golpistas usam internet para tirar dinheiro de mulheres apaixonadas

Um alerta às mulheres que procuram um parceiro na internet. Por trás de promessas de amor e declarações apaixonadas, pode estar um golpista querendo dinheiro fácil.

Mulheres bem-sucedidas, profissionais respeitadas, inteligentes, e com mais uma coisa em comum: caíram no golpe do estrangeiro apaixonado.

“Eu vi uma foto de um homem que deixou uma mensagem em português. E eu achei interessante. Se identificou sendo de Londres. Ele me achou uma pessoa muito bonita. Ele também era bonito, atraente. Começamos a nos relacionar como se estivéssemos namorando mesmo”, conta uma das vítimas.

Essas duas psicólogas, vítimas do golpe, não querem se identificar. Têm vergonha de terem sido enganadas. Mas os golpistas são envolventes.

Nós vamos chamá-las, nesta reportagem, de Ana e Marina – dois nomes fictícios.

“Chegava aquela hora, eu já ligava o computador e ele já estava me esperando, dizendo: ‘Minha querida, meu anjo, que saudade de você, você é a mulher da minha vida, não vejo a hora de te conhecer pessoalmente’”, relata Ana.

“O perfil dessas pessoas que acabam se envolvendo pela internet já vem desse perfil de pessoas que desejam e que têm essa vontade de ter esses relacionamentos onde nada é imperfeito”, afirma a psicóloga Andrea Jotta.

“Ele colocava a filha dele também para falar comigo pelo telefone. Alguma criança que ele dizia que era filha”, lembra Ana.

Marina: Conversei duas vezes com a menina. Ela perguntou se ia ser minha filha.
Fantástico: Isso te tocou, né?
Marina: Isso me tocou. Possibilidade de ter uma filha, me tocou, sim. Ele soube envolver.

Por trás do tal inglês apaixonado, está uma quadrilha especializada em extorquir dinheiro de mulheres. Para se comunicar em português, eles usam a ferramenta de tradução da própria internet.  Depois que percebem que a vítima está envolvida, inventam uma história qualquer para pedir um adiantamento e prometem vir ao Brasil e devolver o dinheiro.

“Ele me contou que ele tinha uma herança para receber do pai dele, mas a condição é que ele fosse casado.  Ele me pediu em casamento e aí começou a processo”, explica Marina.

Ana: Aí, eu fiz…
Fantástico: Você fez a primeira remessa?
Ana: Fiz a primeira remessa de US$ 1 mil que ele havia me pedido. Eu mandei mais uma remessa de 4 mil e poucos dólares para ele e para filha dele. Aí, no dia seguinte, ele falou: ‘Olha, eu preciso de mais dinheiro’. Então, acabei mandando mais uma remessa de US$ 3,8 mil. Eu sei que, no total, foram US$ 11,4 mil.

Fantástico: Quanto você transferiu no total?
Marina: Em torno de R$ 102 mil.

“Algumas de certa forma acabam pagando ou entregando por medo ou receio de que aquele ser do outro lado, de repente, desapareça. Existe uma lacuna aí nesse emocional que não quer acreditar que aquilo vai deixar de existir”, comenta a psicóloga Andrea Jotta.

No interior de São Paulo, Luiza – que também usa nome fictício – foi procurada por um golpista, mas desconfiou.

“Eu percebi na rede social que ele buscava mulheres maduras e não jovenzinhas. Então, eu já liguei os fatos”, explica Luiza.

Ela pediu ajuda a um especialista em segurança na internet.

Os dois prepararam uma armadilha para o golpista: ele teria que dar o endereço de um e-mail para ser rastreado, mas o falso pretendente não caiu e perguntou se ela queria levá-lo à polícia.

Fantástico: Quantos casos desse tipo você já teve em mãos? De mulheres que sofrem esse tipo de extorsão?
Wanderson Castilho (perito em segurança digital): Já tive mais de 200 casos. Eles têm muito conhecimento tecnológico e têm muito conhecimento também sobre a relação humana. E aí ele consegue criar esse elo sentimental. Deixa a vítima cega e eles pedem tudo o que eles querem.

“Manda flores, manda presentes. Qual mulher que não gosta de ganhar flores ou presentes?”, argumenta Luiza.

Fantástico: De onde são essas quadrilhas?
Wanderson Castilho: Existem várias quadrilhas espalhadas pelo mundo, mas as mais focadas estão na África. Nigéria especificamente. Esse e-mail aqui partiu dos suspeitos para uma vítima. Se dizia ser de Londres. O que a gente vai fazer agora é rastrear este e-mail. O e-mail dizia sair de Londres. Na verdade está saindo da Nigéria, Lagos. Aqui é a localização da onde saiu esse e-mail verdadeiramente.
Fantástico: Adianta procurar a polícia num caso desses?
Wanderson Castilho: Desconheço qualquer autoridade que conseguiu fazer um tipo de prisão disso aqui.

Para não cair no golpe, é preciso estar atenta a algumas dicas:
– Identifique de onde partiu o convite de amizade, se ele conhece alguém na sua rede social.
– Desconfie de quem não quer aparecer na câmera nem falar ao telefone.
– Guarde todas as mensagens e releia com atenção o histórico em busca de alguma mentira ou contradição.

Fantástico: Quer dizer, afetou sua vida afetiva, emocional, tudo…
Ana: Uhum
Fantástico: Financeira…
Ana: Financeira, emocional…
Fantástico: Profissional, tudo…
Ana: Profissional. Todos os meses eu pago essa dívida, porque os juros bancários são muito altos.

“Eu não acreditava que um ser humano chegar a esse ponto, de te envolver a esse ponto, de mexer com os seus sonhos. Então, eu fiquei muito mal”, diz Marina.

 

Do Fantástico

Foto: Reprodução

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.