Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Panela inteligente ensina quem não sabe cozinhar

Panela inteligente ensina quem não sabe cozinhar (Foto: BBC)

Panela inteligente ensina quem não sabe cozinhar (Foto: BBC)

Se você é daqueles que recorrem a comida congelada ou a restaurantes por não ser bom na cozinha, esta pode ser a sua chance. (Clique aqui para assistir ao vídeo)

Um empreendedor do Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, está buscando financiamento para uma panela inteligente, que contém três sensores e um chip de computador que se comunicam com um aplicativo para telefones através de dispositivo bluetooth.

A panela, chamada “Smartypan” mede quantidades dos ingredientes e ajuda o cozinheiro a acertar na mão.

O criador da panela, Rahul Baxi, tenta recursos para levar a ideia adiante através de um site de financiamento coletivo.

Panela inteligente ensina quem não sabe cozinhar (Foto: BBC)
Panela inteligente ensina quem não sabe cozinhar (Foto: BBC)
Da BBC

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Emissão global de gás carbônico atinge recorde em 2013

Número é 2,3% maior que o do ano anterior, e o crescimento foi influenciado principalmente pelos três principais poluidores do mundo: China, EUA e Índia / Foto: ReproduçãoNúmero é 2,3% maior que o do ano anterior, e o crescimento foi influenciado principalmente pelos três principais poluidores do mundo: China, EUA e ÍndiaFoto: Reprodução

 

O ano de 2013 registrou mais um recorde global na emissão de gás carbônico. Segundo números apresentados por cientistas neste domingo (21), as emissões subiram para 39,8 bilhões de toneladas de dióxido de carbono pela queima de carvão, petróleo e gás. Esse número é 2,3% maior que o do ano anterior, e o crescimento foi influenciado principalmente pelos três principais poluidores do mundo: China, EUA e Índia.

Glen Peters, cientista norueguês da equipe internacional do Projeto Carbono Global, que acompanha e calcula as emissões globais todo ano, alertou que o mundo “está na direção errada”. Os resultados foram publicados em três artigos nos jornais Nature Geoscience e Nature Climate Change.

Para esse ano, a equipe de cientistas projetou um aumento nas emissões de dióxido de carbono em 2,5%. A estimativa é que essa tendência continuará nos próximos anos, e que em 30 anos essas emissões serão responsáveis por aumentar a temperatura média do mundo em cerca de 1,1 grau. Em 2009, líderes mundiais alertaram que esse nível é perigoso e prometeram não chegar a esse ponto. “O tempo está ficando curto. Quanto mais nós não fazemos nada, mais provavelmente nós iremos atingir essa barreira em 2040 e alguma coisa”, alertou Pierre Friedlingstein, um dos principais autores dos estudos.

Na terça-feira, mais de 100 líderes mundiais se reunirão na Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) para discutir como reverter essa tendência de aumento nas emissões. Em números absolutos, o crescimento foi de 778 mil toneladas de emissão de dióxido de carbono em 2013. Mais da metade disso, ou 415 mil toneladas, veio da China, onde o crescimento de 2012 para 2013 foi de 4,2%. Os chineses alcançaram uma emissão total de 10,998 milhões.

Nos EUA, onde as emissões de carbono haviam recuado em quatro dos últimos cinco anos, desta vez foi registrado um aumento de 2 9% nas emissões, para 5,769 milhões de toneladas. Na Índia, o crescimento foi maior, de 5,1%, para 2,653 milhões de toneladas.

Um número próximo a 20 países cortaram suas emissões de gás carbônico no ano passado, dos cerca de 200 que fazem parte do levantamento. As principais reduções foram registradas na Europa sendo que a maior queda foi na Espanha.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sonda da Nasa chega a Marte após 10 meses de viagem

Concepção artística mostra a sonda Marven já na órbita do planeta Marte (Foto: Divulgação/Nasa)

Concepção artística mostra a sonda Maven já na órbita do planeta Marte (Foto: Divulgação/Nasa)

A sonda americana Maven chegou esta noite à órbita de Marte, após uma longa viagem de dez meses, de acordo com a agência espacial americana, a Nasa. A missão tem o objetivo de descobrir o que levou o planeta a perder grande parte de sua atmosfera no passado.

A Maven (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) partiu da Terra em novembro do ano passado e viajou 711 milhões de quilômetros, ao custo de US$ 671 milhões, entrou na órbita de Marte aproximadamente às 23h25 deste domingo (21), no horário de Brasília.

Uma vez na órbita provisória, começará um período de cinco semanas para a calibragem dos instrumentos da Maven. Em seguida, a sonda entrará em uma órbita elíptica definitiva de quatro horas e meia, que lhe permitirá realizar observações de todas as latitudes e camadas da atmosfera superior de Marte, com altitude variável de 150 km a 6.000 km.

A Missão Maven tratará de responder de onde veio toda a água que havia em Marte em um passado distante, assim como o dióxido de carbono (CO2). São questões importantes para se compreender a história do planeta, de seu clima e da possibilidade de vida.

Maven conta com oito instrumentos, entre eles um espectrômetro de massas para determinar as estruturas moleculares dos gases atmosféricos, e um sensor SWEA (Solar Wind Electron Analyzer), que analisará o vento solar. A sonda de 2,45 toneladas foi lançada em novembro de 2013 de Cabo Cañaveral, Flórida.

Sonda Maven, que fará missão em Marte, é lançada de Cabo Canaveral, na Flórida (Foto: Michael Berrigan/Reuters)
Sonda Maven decolou em 18 de novembro de 2013 de Cabo Canaveral, na Flórida (Foto: Michael Berrigan/Reuters)
Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Lançamento do iPhone 6 foi marcado por filas, histeria e protestos

Fila para comprar iPhone deu voltas em Hong Kong. (Fotos: AFP).

O novo iPhone 6 começou a ser vendido nesta sexta (19) em diversos países do mundo. Por causa do fuso-horário, consumidores em cidades da Ásia e Oceania foram os primeiros a receber o aparelho. Todo o espetáculo que envolve o lançamento do smartphone se repetiu: longas filas, histeria e protestos.

Um grupo em Hong Kong colocou um gigantesco cartaz na fachada de um prédio para protestar contra a situação degradante dos funcionários que trabalham montando iPhones no Sudeste Asiático. Chamando o aparelho de “iSlave” (iEscravo), os manifestantes alertavam contra o desrespeito aos direitos humanos em fábricas onde o produto é montado. Outros protestos estão organizados para acontecerem ao longo de toda esta sexta, como Los Angeles, São Francisco e Estocolmo.

O recorde de espera foi da Austrália, primeiro país a receber o aparelho. Jovens em Sidney ficaram 10 dias na fila para comprar o produto. E o primeiro comprador do país deixou o celular cair no chão durante uma entrevista para a TV. O público na fila reagiu com um urro de espanto seguido de gargalhadas.

 

O iPhone 6 ainda não tem prazo para chegar ao Brasil, mas a Apple anunciou que o aparelho chegará a 115 países até o final do ano.

Filas gigantes em Paris.

Comprados posando como "herói" por ser o primeiro da Alemanha a ter um iPhone 6.

Em Singapura até uma mulher grávida aguardou horas para comprar o aparelho (ao menos estava sentada). :)

Usuária japonesa fez "orelha de coelhos" de iPhones.

Mais filas para comprar iPhone no Japão.

Um dos primeiros usuários do iPhone em Tóquio.

Fila para comprar iPhone deu voltas em Hong Kong. (Fotos: AFP).

Protestos em Hong Kong.

Manifestante comparou montadores de iPhones a escravos.

A fila dando voltas em Hong Kong.

"iSlave 6" diz o cartaz em Hong Kong.

Filas de consumidores em Paris.

 

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Telefónica fecha compra da GVT

Telefónica e a Portugal Telecom foram multadas em 79 milhões de euros  (Foto: Reuters)

Telefónica compra a brasileira GVT (Foto: Reuters)

O grupo francês Vivendi anunciou nesta sexta-feira (19) que o conselho da empresa autorizou a venda da filial brasileira GVT para a espanhola Telefónica.

No fechamento da operação, o grupo espanhol controlará 92,5% da empresa resultante da integração da Telefónica Brasil com a GVT, enquanto cerca de 7,5% ficará nas mãos da Vivendi.

Ambas companhias negociavam com exclusividade desde o dia 29 de agosto a compra e venda da GVT, empresa pela qual também se interessou a Telecom Italia.

Para controlar a GVT, a Telefónica vai desembolsar 4,66 bilhões de euros para a Vivendi, que, além disso, receberá 12% do capital social da sociedade resultante da integração da Telefônica Brasil e da GVT.

Segundo informa Vivendi em uma nota, dessa quantia em dinheiro será preciso descontar dívida bancária no valor de 450 milhões de euros.

A companhia lembra que a operação está submissa à aprovação por parte das autoridades de competência e estima que será concluída definitivamente no final do primeiro semestre de 2015.

Em paralelo, a Vivendi aceitou a oferta da Telefónica para comprar 1,11 bilhão de ações ordinárias que tem da Telecom Italia e que representam atualmente uma participação de 8,3% do capital com direito a voto da companhia italiana, equivalente a 5,7% de seu capital social.

Em troca, a Vivendi entregará à espanhola 4,5% da sociedade resultante da integração da Telefónica Brasil e da GVT.

O pagamento com dinheiro se financiará por meio de uma ampliação de capital da Telefónica Brasil, na qual a Telefônica participará mediante outra ampliação.

Recentemente, o presidente da Telefônica, Cessar Alierta, confirmou o interesse de sua companhia em sair de Telecom Italia, um objetivo que alcançou com a operação brasileira, embora seu fechamento se diferirá três anos, uma vez que em julho Telefónica emitiu bônus a três anos obrigatoriamente passíveis de troca por ações da Telecom Italia no valor de 750 milhões de euros.

Em comunicado, a Telefónica ressaltou hoje que a integração com a GVT gerará sinergias de, pelo menos, 4,7 bilhões de euros.

A nova Telefônica Brasil consolidará sua liderança como operador integrado de comunicações do país, líder no segmento móvel e de banda larga, com cobertura nacional e um perfil de cliente de alto valor.

A GVT conta com uma importante rede de nova geração com mais de 10,4 milhões de lares em 21 estados brasileiros e mais de 2,5 milhões de clientes de banda larga.

 

 

Da EFE

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple não irá mais acessar iPhones e iPads sem autorização do usuário

Novo iOS será lançado nesta quarta-feira (17) (Foto: Divulgação/Apple)

iOS 8 foi lançado na quarta-feira (17) (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple anunciou na quarta-feira (17) que o iOS 8, nova versão do seu sistema operacional móvel, impede a empresa de acessar iPhones e iPads que estejam protegidos por senha. A medida é uma resposta às acusações contra a Apple de violação de privacidade e colaboração com o governo norte-americano e a Agência de Segurança Nacional (NSA).

Em comunicado, a empresa indicou que, “ao contrário de seus concorrentes”, renunciou à possibilidade de acessar diretamente os aparelhos dos usuários sem precisar de senha, algo que podia ser feito até então. Para impedir-se o acesso aos dispositivos e às contas dos usuários sem dispor das correspondentes senhas pessoais, a Apple modificou seu sistema de encriptação.

“Desta maneira, não é tecnicamente possível para nós dar resposta às ordens do governo para extrair dados de aparelhos que funcionem com o sistema operacional iOS 8”, explicou a empresa.

Esta melhora na segurança protege da própria companhia – e, portanto, do governo – toda informação que possa ser armazenada nos dispositivos ou contas da Apple, tais como fotografias, e-mails, contatos, históricos de ligações, mensagens e conteúdos multimídia.

A nova medida inscreve-se em um esforço da empresa para responder às vozes que lhe acusam de ter colaborado, junto com outras gigantes tecnológicas, com o governo americano e a Agência de Segurança Nacional (NSA) quando lhe pediram dados de usuários.

Por outro lado, e no marco desse esforço para tomar distância das acusações de colaboração com o governo dos EUA, a Apple informou hoje que só facilitou dados à Administração de “menos de 0,00385%” dos usuários de seus dispositivos.

 

 

Da EFE

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

iOS 8 chega esta quinta com foco em praticidade

Foto: Divulgação.

O novo iOS 8 chegou na tarde desta quarta (17) para usuários de iPhones, iPads e iPods Touch em todo o mundo. Sem uma grande mudança de visual, a maior mudança diz respeito às funções. A empresa pensou em uma maior praticidade e mais integração com o sistema OS X, dos computadores Mac.

O novo iOS chega para iPhone 4S, iPhone 5, iPhone 5C, iPhone 5S, iPAd 2, iPad (3ª geração), iPad (4ª geração), iPad Air, iPad mini, iPad mini com tela Retina e iPod touch (5ª geração). Nem todas as funcionalidades estarão disponíveis para todos os aparelhos.

Os novos iPhones 6 e iPhone 6 Plus já chegam com esse novo sistema.

O iOS 8 foi apresentado durante o lançamento do iPhone 6. (Divulgação).

Entre as principais mudanças do iOS 8 está o “continuidade”, que permite responder ligações do iPhone por um computador Mac (essa função não estará disponível para o iPhone 4S e para iPads inferiores aos de quarta geração).

Já as mensagens trazem melhorias que o aproximam do WhatsApp. Será possível criar grupos, enviar mensagens de áudio e até compartilhar localização. Nas fotos e vídeos, a Apple adicionou novas funcionalidades na edição, evitando o uso de aplicativos de terceiros.

Também será possível fazer vídeos em time-lapse ou acelerar ou diminuir velocidade de gravação.

Já o aplicativo Saúde reúne todas as informações úteis sobre atividades físicas do usuário. Também será possível liberar esses dados para médicos atualizarem informações dos pacientes. O recurso ainda permite organizar o uso de medicamentos e controlar taxas do corpo. O Saúde agrega aplicativos como MyFitnessPal, RunKeeper e Strava instalados no aparelho.

O iOS 8 pode ser atualizado indo ao menu Ajustes > Geral > Atualização de Software ou através do programa iTunes.

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Robô gigante YuMi trabalha em colaboração com humanos

Foto: Divulgação.

A empresa suíça ABB apresentou o novo robô YuMi, desenvolvido para atender as necessidades da indústria de eletrônicos e de automóveis. Ele é um gigante amigável de dois braços formatado para trabalhar em parceria com humanos.

YuMi é a abreviação para ‘you and me’ (você e eu) e foi feito para trabalho colaborativo, o que não é comum em se tratando de robôs gigantes de fábricas. Os dois braços macios e acolchoados do robô, combinados a uma tecnologia de sensoriamento de força, garantem a segurança dos colegas de trabalho humanos, segundo a ABB.

Capaz de manusear tudo, desde as peças delicadas e precisas de um relógio de pulso mecânico até componentes usados em celulares, tablets e PCs, YuMi age com grande precisão. “YuMi mudará muitos conceitos da humanidade sobre processos de fabricação e industriais”, disse Pekka Tiitinen, responsável da divisão de Discrete Automation and Motion, por e-mail.

YuMi será lançado comercialmente em 13 de abril de 2015, na Hannover Messe na Alemanha, a maior feira de tecnologia industrial do mundo.

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Estúdio do Jogo Minecraft é comprado pela Microsoft por US$ 2,5 bilhões

Foto: Divulgação.

Após diversas negociações, a Microsoft comprou o estúdio sueco Mojang, criador do famoso jogo Minecraft. O valor anunciado da compra foi de US$ 2,5 bilhões.

A Mojang faturou US$ 300 milhões no último ano fiscal e é comercializado em praticamente todas as plataformas existentes por cerca de US$ 16. O game se tornou um febre mundial com uma proposta muito simples, mas inovadora.

O jogo não tem disputas ou objetivos tradicionais como passar de fase. Nele, usuários se unem para construir terrenos e estruturas a partir de blocos. É possível fazer desde uma cabana sozinho até reinos inteiros com a participação de diversas pessoas.

Markus Persson, criador de Minecraft, irá sair da empresa que ajudou a fundar após a transação ser concluída.

MundoBit

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple tem recorde de pré-venda para novos iPhones

 / Foto: STR / AFP

Foto: STR / AFP

A Apple anunciou nesta segunda-feira que registrou mais de quatro milhões de pré-vendas para o novo iPhone 6 e para o iPhone 6 Plus nas primeiras 24 horas, dobrando o recorde anterior.

A demanda pelos novos smartphones excedeu o estoque inicial. A companhia informou que “uma quantia significativa” de celulares será entregue para clientes na próxima sexta-feira e ao longo do mês de setembro, porém muitos dos aparelhos das pré-vendas só serão entregues em outubro.

A Apple também informou que um estoque adicional estará disponível para clientes nas lojas físicas da empresa na sexta-feira às 9h (de Brasília).

“Os clientes devem chegar cedo ou pedir na loja online da Apple para pegar os celulares nas lojas ou receber uma data de entrega estimada”, acrescentou a companhia.

Os modelos disponíveis na sexta-feira são das operadoras americanas T-Mobile, Sprint, Verizon e AT&T, de acordo com a Apple.

Às 11h27, as ações da empresa subiam a 0,53%.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com