Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Cientistas criam bateria que recarrega em três minutos e dura 20 anos

Novidade deve chegar ao mercado em dois anos. (Foto: Divulgação).

Cientistas da Nanyang Technological University (NTU), de Singapura, criaram uma bateria que demora apenas três minutos para ser recarregada. A novidade abre novas possibilidades para um dos principais calos na indústria de smartphones e outros dispositivos, que é a autonomia de uso.

Os pesquisadores Cheng Xiaodong, Deng Jiyang e Tang Yuxin conseguiram recuperar 70% da carga total da bateria em meros dois minutos. Segundo eles, a bateria teria uma vida útil de 20 anos, bem superior às atuais, que são de dois a três anos.

A super-bateria funciona com nanotubos de dióxido de titânio, que têm um diâmetro milhares de vezes menor do que um fio de cabelo. Além disso, ele é abundante na natureza. A recarga se torna mais rápida por causa das reações químicas aceleraddas pelo dióxido.

As baterias atuais usam um polo negativo revestido de grafite.

A bateria criada pelos cientistas do NTU também irão ajudar a dominuir a quantidade de substâncias tóxicas geradas pelas baterias usadas, uma vez que são mais duráveis.

A expectativa é que essa nova bateria esteja pronta para chegar ao mercado em dois anos. Além dos smartphones e outros dispositivos móveis, os cientistas esperam que ela seja usada em carros elétricos.

size_590_NTU_Assoc_Prof_Chen_Xiaodong_with_research_fellow_Tang_Yuxin_and_PhD_student_Deng_Jiyang

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Hackers alegam possuir sete milhões de senhas do Dropbox

Foto: Reprodução.

Hackers disseram que conseguiram mais de sete milhões de logins e senhas de usuários do Dropbox, um dos mais populares serviços de computação em nuvem. Eles prometem soltar mais detalhes caso sejam pagos com Bitcoins.

O documento foi postado no Pastebin com uma lista de 400 e-mails e senhas, que eles dizem ser do Dropbox. Em entrevista ao site CNET, o Dropbox diz que não foi detectada nenhuma falha de segurança em seus servidores.

“O Dropbox não foi hackeado. Esses nomes de usuários e senhas foram, infelizmente, roubados de outros serviços e utilizados em tentativas de login em contas do Dropbox”, disse a empresa. A companhia alegou que detectou a tentativa de ataques anteriormente e que a maioria das senhas já expirou.

Verdade ou não, o momento é ideal para mudar sua senha no serviço e para lembrar da importância de trocá-las com regularidade. [Via Gizmodo e CNET]

 

Mundo Bit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Brasil fecha agosto com 277,41 mi de linhas de celulares

Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%) / Foto: AFP 

Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%)Foto: AFP

O Brasil encerrou o mês de agosto com 277,41 milhões de linhas ativas de celulares, informou nesta segunda-feira (13), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Do total de linhas em agosto, 212,86 milhões (76,73% do total) eram pré-pagos e 64,55 milhões eram pós-pagos (23,27%). Segundo o órgão, já são 136,7 acessos móveis a cada 100 habitantes. Em agosto, 1,26 milhão de linhas foram adicionadas ao sistema.

A Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%). Nextel ficou com 0,43%; Algar ficou com 0,41%; Portoseguro (autorizada de rede virtual), 0 04%; Sercomtel, 0,02%; e Terapar, 0%.

A tecnologia 2G ainda é a mais utilizada pelos consumidores. A participação de celulares 2G (GSM e CDMA) atingiu 48,54%; a dos 3G, 46,79%; e 4G, 1,33%. Os terminais de dados M2M (máquinas de cartões de crédito e débito habilitados nas redes das operadoras) atingiram 3,33%.O documento ressalta que os homossexuais “têm dons e qualidades para oferecer à comunidade cristã” e que a Igreja deve ser para eles “uma casa acolhedora”, embora seja contra a união de pessoas do mesmo sexo. O relatório refere-se ainda à necessidade de atenção especial às crianças que vivem com casais homossexuais e lembra que, em primeiro lugar, devem vir sempre as exigências e direitos das crianças.

Dom Forte enfatiza que a Igreja não concorda que o termo ‘família’ possa ser aplicado tanto à união entre homossexuais quanto ao casamento de um homem e uma mulher. No entanto, ele diz ser evidente que as pessoas humanas envolvidas nesses vários tipos de experiência têm direitos que devem ser tutelados.

Para o bispo e teólogo italiano, o problema não é a equiparação pura e simples, inclusive terminológica, dessas famílias. “É preciso buscar uma codificação de direitos que possam ser assegurados a pessoas que vivem em uniões homossexuais. É uma questão de civilidade e de respeito à dignidade das pessoas”, disse ele.

O Sínodo Desafios Pastorais da Família, que termina no próximo domingo (19), reúne 191 padres. A partir de quinta-feira (16), uma equipe formada por nove bispos redigirá o documento final do encontro que, depois de votado, será apresentado ao papa e enviado às conferências episcopais de todo o mundo para discussão pelas dioceses. Estas, por sua vez, deverão elaborar um informe que servirá para preparar o instrumento de trabalho para o Sínodo Ordinário sobre a Família, marcado para outubro do ano que vem.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google testa consultas com médicos via videoconferência

O Google começou a testar consultas a médicos via bate-papo para quem busca na internet por sintomas de doenças. O novo serviço foi notado por um usuário do fórum de discussão on-line Reddit, que publicou nesta sexta-feira (10) uma imagem de como a opção surge na ferramenta de busca da empresa.

Google testa consultas a médicos via videoconferência para quem busca por termos médicos. (Foto: Reprodução/Reddit.com)

Google testa consultas a médicos via videoconferência para quem busca por termos médicos. (Foto: Reprodução/Reddit.com)

Em seu smartphone Android, o indivíduo buscava informações para “dores de joelho” (knee pain) na página de busca móvel do Google. Na lista de resultados, surgiu a sugestão: “Fale com um doutor agora” (Talk with a doctor now).

Ao clicar no ícone, o sujeito não foi direcionado a um bate-papo mas foi apresentado a ele uma caixa de informações, o que sugere que a forma mais adequada de conectar usuários e médicos reais ainda está sendo arquitetada pelo Google. Não há informações sobre se os testes são conduzidos apenas para buscas realizadas nos Estados Unidos ou se são feitos também em outros países.

Nesses informativos, o Google informa que “baseado na sua pesquisa, nós acreditamos que você está tentando uma situação médica”. “Aqui você pode encontrar provedores de cuidados médicos, a quem você pode consultar via chat de vídeo”, continua a empresa.

Ao site “Engadget”, o Google confirmou que a iniciativa irá funcionar nos moldes dos Helpouts, vídeos gravados por usuários que ensinar desde a trocar pneus de bicicleta a como tocar guitarra. Apesar de ainda não haver maiores informações, as mensagens exibidas pelo Google dão a entender que o serviço será pago. “Todas os custos das visitas serão cobertos pelo Google durante esse teste limitado”, afirma a empresa no informativo.

Ao site “Gizmodo”, o Google informa que a iniciativa visa facilitar a entrega de informações sobre saúde. “Quando você está pesquisando informações básicas de saúde –desde condições como insônia ou intoxicação alimentar –nosso objetivo é abastecer você com as informações disponíveis que mais o ajudem. Nós estamos testando essa nova ferramenta para ver se é útil às pessoas.”

 

 

 

 

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

4G no Brasil: Como funciona e qual a situação no Brasil após os leilões

Foto: Reprodução/Wikimedia.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) promoveu, no fim de setembro, leilão da frequência de 700 mega-hertz (MHz), que será usada para ampliar a tecnologia de quarta geração de banda larga móvel (4G). O leilão arrecadou quase R$ 10 bilhões. De acordo com o Ministério das Comunicações, o governo, no entanto, ficará com pouco mais da metade desse dinheiro, o caixa do Tesouro Nacional receberá reforço de R$ 5,43 bilhões no fim do processo.

Mas, afinal, você sabe o que é a tecnologia 4G? Preparamos uma lista com cinco pontos para te ajudar a entender.

Confira:

1) O que é a tecnologia 4G?
Segundo a Anatel, a tecnologia 4G é uma evolução das redes 2G e 3G. O padrão tecnológico adotado para a tecnologia 4G é o LTE (Long Term Evolution), enquanto o padrão 2G foi o GSM (Global System for Mobile Communications)e o 3G o UMTS (Universal Mobile Telecommunication System).

O 4G traz consigo aspectos relevantes que o tornam o principal sucessor das tecnologias existentes, tais como maior eficiência no uso do espectro de radiofrequência, redução da latência, que é o tempo entre o clique ou comando e a resposta, taxas de transmissão de dados elevadas, melhorias de capacidade e de cobertura e redução dos custos.

2) Qual a diferença entre 4G e 3G?
A principal diferença está na velocidade de transmissão de dados. Enquanto o padrão mais avançado do 3G permite downloads de até 21Mbps, o 4G chega 100Mbps.

3) O que são as faixas de frequência?
No Brasil, já está em uso a tecnologia 4G na faixa de 2,5Ghz, licitada em 2012. Nesse mês de outubro, foi licitada uma outra faixa (700MHz) para uso da tecnologia 4G. A faixa de 700Mhz é considerada melhor para as transmissões e é a mesma utilizada em outros países como os Estados Unidos. Por ser uma frequência mais baixa que a de 2,5Ghz, tem maior propagação e exige menos torres para se atingir a mesma cobertura e isso pode reduzir os custos.

4) Quem levou os lotes leiloados?
As empresas Claro, Vivo e Tim adquiram, cada uma, lotes nacionais para a prestação de serviços móveis na faixa de 700MHz. Cada lote correspondia a um pedaço de 20Mhz na faixa de 700Mhz. Já a operadora Algar adquiriu um lote regional, para prestação em cidades do interior de São Paulo, Minas, Goiás e Mato Grosso do sul.

O edital do leilão permite que os vencedores paguem a outorga de duas formas: 10% na assinatura do contrato, com parcelamento do restante, ou 100% do valor arrematado à vista.

5) Quando a tecnologia estará efetivamente disponível para os cidadãos adquirirem?
A utilização da faixa de 700Mhz depende da desocupação da faixa pelos radiodifusores (TV Analógica), conforme cronograma do Ministério das Comunicações. A expectativa é que o serviço comece a operar em 2017. [Portal EBC]

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia será aberta hoje

O evento traz como proposta estimular as instituições a abordarem a ciência e a tecnologia como instrumento de desenvolvimento humano. / Foto: Divulgação

O evento traz como proposta estimular as instituições a abordarem a ciência e a tecnologia como instrumento de desenvolvimento humano.Foto: Divulgação

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2014) começa nesta segunda-feira (13), em todo o país, com o tema Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social. O evento deve ser aberto pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

A 11ª edição da SNCT – que vai até o próximo domingo (19) – busca popularizar a ciência e mostrar sua importância no desenvolvimento do país, além de incentivar a atitude científica e a inovação. Traz ainda como proposta estimular as instituições a abordarem a ciência e a tecnologia em uma dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação e desenvolvimento humano.

Oito temas principais serão abordados ao longo da SNCT 2014: segurança alimentar e nutricional, tecnologia, biodiversidade, tecnologia da informação e da comunicação, energia renovável, centros e museus, difusão e popularização da ciência e centros vocacionais tecnológicos.

Aventura pelo corpo humano é o nome da exposição que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) traz este ano para a 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O estande da Fiocruz tem o formato do Castelo Mourisco, que abriga a presidência da instituição, no Rio de Janeiro, e que foi construído em 1905 pelo arquiteto português Luiz de Moraes Júnior. Além da exposição, a Fiocruz também apresentará uma cena de teatro chamada Conferência Sinistra, que promove encontro inusitado entre a febre amarela, a varíola e peste bubônica.

 

 

Da Agência Brasil

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google vai ligar Brasil e EUA com cabo submarino de 10 mil km até 2016

Cabo submarino que será instalado até o fim de 2016 por Google, Algar Telecom, Antel e Angola Cables terá 10,5 mil km. (Foto: Divulgação/Google)

Cabo submarino que será instalado até o fim de 2016 por Google, Algar Telecom, Antel e Angola Cables terá 10,5 mil km. (Foto: Divulgação/Google)

Ao lado de companhias de telecomunicações, o Google instalará um cabo submarino que ligará o Brasil aos Estados Unidos para turbinar a infraestrutura necessária para as conexões de internet na América Latina.

Os planos foram divulgados nesta quinta-feira (9) pelo grupo de empresas que conduzem o projeto. Além do Google, são elas: Algar Telecom, do Brasil, Angola Cables, de Angola, e a estatal Antel, do Uruguai.

O cabo ligará as cidades brasileiras de Santos (SP) e Fortaleza (CE) à de Boca Raton, na Flórida (EUA). Com seis pares de fibra, o cabo terá extensão de 10,5 mil km. A expectativa do grupo é que essa instalação amplie a largura de banda dos cabos submarinos já existentes em 64 Terabits por segundo (Tbps).Todas as companhias participarão da construção e financiamento do cabo. Segund

o o governo uruguaio, controlador da Antel, o projeto deverá receber o investimento de US$ 400 milhões. A previsão é que fique pronto no fim de 2016. “Este investimento faz parte de um esforço conjunto para construir a malha da Internet, preparando nosso país e a região para o aumento da demanda”, disse o governo uruguaio em comunicado.

A execução ficará a cargo da TE Connectivity SubCom, especializada em telecomunicações submarinas. Projetando e instalando cabos submarinos em todo mundo, a companhia já implantou 490 mil km de linhas, o suficiente para 12 voltas em torno da linha do Equador.

Segundo o Google, o intuito da ligação Brasil-EUA é ampliar a estrutura necessária à conexão entre os usuários latinos, quase 300 milhões, e a sede das maiores centrais de dados acessadas no mundo.

Além de a região apresentar rápido crescimento na penetração de internet, o aumento da implantação das redes LTE (tecnologia da internet de quarta geração, o 4G) e das redes de fibra ótica podem impulsionar o aumento da demanda. Contam também conteúdo de alta qualidade de imagem (HD, 4K) e serviços baseados na nuvem (não instalados no dispositivo dos usuários e acessados pela internet).

Também parte do grupo, a Angola Cables consegue com esse projeto definitivamente desembarcar no Brasil. A empresa colombiana possuía um projeto conjunto com a estatal brasileira Telebrás. Enquanto a angolana esperava que a parceria poderia render um cabo submarino entre Brasil e Angola, a brasileira informou que o entendimento entre as duas compreendia apenas a cessão de um ponto de ancoragem na costa do Brasil. Isso ocorreu porque a prioridade da Telebrás é construir um cabo Brasi-Europa.

 

Do G1 São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Imagens vazadas do novo iPad mostram aparelho mais fino e leitor de digitais

Foto: Reprodução.

Novas supostas imagens do novo iPad aparecem online. Segundo o blog vietnamita Tinhte o novo modelo terá apenas 7 milímetros de espessura, quase tão fino quanto os novos modelos de iPhones, que ficam entre 6.9 e 7.1.

O blog diz que o modelo divulgado é um protótipo e não o modelo final que será montado na Ásia. As fotos indicam que o novo modelo do iPad será praticamente idêntico ao atual iPad Air, com a diferença de trazer botões de volume parecidos com os novos iPhones e o leitor de impressão digital.

A Bloomberg diz que o novo iPad terá uma tela antirreflexo, o que vai ajudar na leitura de livros e revistas. Ele também poderá vir com uma tela Safira de alta dureza.

 

 

do MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Astronautas fazem caminhada de seis horas para fazer reparos na ISS

Foto: AFP.

O astronauta americano Reid Wiseman e o alemão Alexander Gerst realizaram nesta terça-feira uma caminhada orbital fora da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) para fazer reparos, anunciou a NASA.

Esta caminhada espacial, iniciada às 09h30 de Brasília, se prolongou por mais de seis horas. Uma segunda saída orbital para concluir estes trabalhos está prevista para 15 de outubro e será realizada por Wiseman e outro astronauta americano, Barry Wilmore.

Na terça-feira, os dois mecânicos espaciais deslocarão uma bomba defeituosa do sistema de refrigeração, substituída em dezembro passado, para armazená-la em uma plataforma externa, situada perto do módulo Quest. Alexander Gerst, da Agência Espacial Europeia (ESA), deve também substituir um foco de luz sobre uma câmera de TV (ETVCG), situada no módulo Destiny.

Depois, os dois astronautas instalarão um novo sistema elétrico no de transporte externo da estação (Mobile Servicing System ou MSS), que permite transportar equipamentos e peças de reposição entre os diferentes postos de trabalho da ISS. [Da AFP]

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Facebook irá lançar app que permite anonimato de usuários, diz jornal

Facebook permite em alguns países que usuários escolham entre 54 gêneros (Foto: BBC)

Facebook irá lançar aplicativo que permite anonimato de usuários, diz jornal (Foto: BBC)

O Facebook irá lançar um aplicativo para smartphones e tablets que permite que seus usuários interajam uns com os outros sem se identificar, segundo reportagem do jornal “The New York Times”, que conversou com duas pessoas familiarizadas com o assunto. O app deve chegar nas próximas semanas. Ainda não se sabe como ele irá funcionar e se ele irá usar de alguma forma a rede social da empresa.

O objetivo do aplicativo, de acordo com as fontes ouvidas pelo jornal, é permitir que os usuários do Facebook se mantenham sob anonimato e “usem pseudônimos para discutir abertamente sobre tópicos que talvez eles não estejam confortáveis em conectar a seus nomes reais”.

Segundo o “NYT”, o novo aplicativo é uma prova de que a rede social, por mais que tenha se dedicado a servir como identidade digital e um mapa de conexões dos usuários, está disposta a explorar alternativas de comunicação.

A possibilidade de anonimato vem de encontro com duas polêmicas envolvendo o assunto na internet. Nas últimas semanas, o Facebook cancelou as contas de usuários que não usavam seu nome de batismo. A questão repercutiu fortemente entre a comunidade LGBT e até causou uma debandada de pessoas à rede social Ello.

No Brasil, o aplicativo Secret, que promove o compartilhamento de forma anônima de frases e imagens, bombou, causou polêmica e chegou a ser proibido. Posteriormente, a Justiça liberou o app a pedido do Google.

Procurado pelo jornal, o Facebook afirmou que não comenta rumores. Atualmente, a rede social de Mark Zuckerberg tem mais de 1 bilhão de usuários.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com