Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Google planeja oferecer banda larga ultrarrápida para usuários

Foto: AFP.

O Google anunciou que está preparando uma nova tecnologia de internet sem fio que vai permitir conexões ultravelozes. Um relatório público enviado à Comissão Federal de Comunicações (FCC, em inglês) pediu aval da agência para administrar testes em diferentes frequências de onda.

Uma das frequências inclui uma faixa raramente utilizada para transmissão de dados. O Google não revela detalhes da empreitada, mas a empresa já admitiu que planeja popularizar um serviço que leva banda larga ultrarrápida para residências. Uma versão de testes foi iniciada em algumas poucas cidades dos EUA no ano passado.

O Google Fiber já funciona em modo beta. (Divulgação).

Cabos submarinos

Nessa semana, o Google deu uma coletiva durante a Futurecom, em São Paulo, onde falou dos seus planos com a instalação dos cabos submarinos no litoral brasileiro. A gigante de internet vai investir 250 milhões de dólares. Outras três empresas fazem parte do empreendimento, a Angola Cables, Algar Telecom e Antel. Ao todo o investimento chega a US$ 500 milhões.

A estrutura vai permitir uma largura de banda de 64 Tbps. Os cabos ligarão Santos, em São Paulo, Fortaleza, no Ceará e Miami, nos EUA. [Via Reuters]

 

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple lança iPad Air 2 com leitor de digitais e processador 40% mais veloz

Foto: AFP.

A Apple anunciou nesta quinta (16) os novos iPads. O CEO da empresa Tim Cook apresentou em um evento em São Francisco nos EUA o que chamou do “tablet mais fino do mundo”. Ele tem 6.1 milímetros de espessura.

O primeiro modelo, o iPad Air 2 tem leitor de impressões digitais, o Touch ID, já presente em iPhones, sensor biométrico, barômetro, um novo chip A8X 64 bit. Isso dá um processamento 40% mais rápido. Em relação ao primeiro iPad, o crescimento em performance foi de 180x.

Ele ainda tem a mesma autonomia de bateria do modelo anterior, de 10 horas, mas agora com um processamento bem maior.

A câmera é de 8 megapixels, com iSight. Ela faz vídeos em HD com 1080 pixels de resolução. Como aconteceu nos novos iPhones 6, a câmera chega cheia de recursos, como melhoria na detecção de rostos, vídeos em HDR, timelapse e slow motion.

Tim Cook segura o novo iPad Air 2. (Foto: AFP).

iPad Mini 3

A Apple também anunciou o novo iPad Mini 3. Ele também tem leitor de impressões digitais Touch ID, tela de 7,9 polegadas e câmera de 5MP iSight.

O novo iPad Air 2 começa em 499 dólares na versão Wi-Fi. Já o Mini 3 sai por 529 dólares. Com isso os modelos antigos caem de preço. O iPad Mini básico vai sair por 249. A pré-venda começa nesta sexta (17) nos EUA e a chegada às lojas está prevista para semana que vem.

A empresa tirou onda com os recentes vazamentos que saíram na empresa, fazendo menção com humor a um suposto time de segurança para segredos, o que levantou risadas do público.

A Apple vendeu 225 milhões de iPads até hoje e, segundo Tim Cook, tem um índice de satisfação do consumidor de 100%.

Os preços dos novos iPads. (AFP).

ipad-

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple renova linha de tablets e lança novo iMac

O lançamento foi feito durante um evento na sede da Apple, em Cupertino, Califórnia.  / Foto: AFPO lançamento foi feito durante um evento na sede da Apple, em Cupertino, Califórnia.Foto: AFP

A Apple anunciou nessa quinta-feira (16) novos produtos da marca com destaque para os novos iPads e um novo iMac com tela de altíssima resolução. O lançamento foi feito durante um evento em sua sede em Cupertino, Califórnia.

A empresa anunciou o iPad Air 2, “o tablet mais fino do mundo”. A nova versão tem 6,1 milímetros de espessura, 18% menos que o modelo anterior. Para se ter ideia, ao colocar dois iPads Air 2 juntos, ainda assim eles são mais finos que o iPad original, da primeira geração, lançado em 2010.

Como esperado, o novo iPad ganhou a cor dourada, assim como o relógio Apple Watch e últimos iPhones, lançados no mês passado. A tela de LCD tem uma proteção que diminui reflexos em 56%. Já seu processador é o A8X, de 64 bits, uma nova e mais avançada versão do chip presente no iPhone 6 e no 6 Plus.

O iPad Air 2 tem bateria com duração de 10 horas e sensor de leitura de digitais para desbloqueio do aparelho. A câmera tem 8 megapixels (MP) e grava vídeos em full HD (1080p), além de fazer gravações em slowmotion.

O tablet é compatível com o sistema de pagamentos Apple Pay, implementado no sistema operacional iOS 8, que permite o cadastro virtual de cartões de crédito, transformando o dispositivo em uma espécie de carteira digital, que começa a funcionar na próxima segunda-feira.

O iPad Air 2 com conexão apenas por Wi-Fi custará a parti de US$ 499 (na versão de 16GB de armazenamento). As versões com conexão 3G/4G custarão a partir de US$ 629 (16GB). Não há previsão de preços ou lançamento no Brasil.

A Apple apresentou ainda seu novo sistema operacional para computadores OS X 10.10 Yosemite, o novo iPad Mini 3 (com tela de 7,9 polegadas, vendido por US$ 399) e nova versão do seu computador de mesa, chamado iMac. O destaque do eletrônico é sua tela, com resolução 5K (5210 x 2800 pixels), totalizando 17,4 milhões de pixels, 67% mais do que a resolução 4K.

Trata-se, assim, do monitor com a “maior resolução do mundo”, diz a Apple. O produto será vendido nos EUA a partir de US$ 2.499. No Brasil, o preço será de R$ 13.999,00.

Outra novidade foi o Mac Mini, que agora usa a quarta geração de processadores Intel Core e custará a partir de US$ 499 nos EUA, e R$ 2.799 no Brasil.

MERCADO – As vendas de tablets devem aumentar apenas 11% este ano, de acordo com projeções da Gartner, chegando a 229 milhões de unidades. O número é menor se comparado ao crescimento do ano passado, que chegou a 55%. Em paralelo, as vendas de smartphones continuam a subir, e as vendas de computadores pessoais terão um ano de queda, mas devem se recuperar no ano que vem.

As vendas de tablets da Apple, que definiu a categoria com o iPad há apenas quatro anos, têm caído por dois trimestres consecutivos. Os investidores permanecem focados no iPhone, principal gerador de receita da Apple, mas uma recessão prolongada nas vendas de iPads ameaçaria cerca de 15% da receita da empresa.

Além da Apple, a tendência em relação aos tablets é ruim também para Samsung, Amazon.com e Microsoft, que investiram pesadamente no desenvolvimento de tablets e estão fazendo suas próprias ofertas para a próxima temporada de festas.

A categoria tem ao menos dois fatores que dificultam seu forte desempenho nas vendas. O primeiro é o surgimento de diversos smartphones com telas maiores do que o antigo padrão. A própria Apple, com seu iPhone 6 Plus, de 5,5 polegadas é prova desse novo momento. Nesta semana, seu concorrente Google lançou um novo modelo do seu smartphone Nexus , dessa vez com 5,9 polegadas.

Outro fator é o maior período de vida útil dos tablets. Assim, a troca de aparelhos por versões mais novas do mesmo modelos é menor, o que leva a um ritmo menor de mercado. A Gartner projeta redução de 90 milhões de novos compradores de tablets até 2018, bem como redução de 155 milhões de substituições de modelos antigos.

 

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Anatel homologa venda do iPhone 6 no Brasil

Foto: Reprodução/BlogdoiPhone.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nessa terça (14) a homologação para venda do novo iPhone 6 Plus no Brasil. O documento para o modelo iPhone 6, de 4,7 polegadas, ainda não foi divulgado, mas deve acontecer em breve.

Os modelos divulgados pela Anatel foram o A1549 para o iPhone 6 e o A1522 do iPhone 6 Plus. É o mesmo vendido nos EUA e outros países da América.

Segundo o BlogdoIphone, que teve acesso aos documentos da homologação, o iPhone 6 Plus não será fabricado no Brasil, como aconteceu com outros modelos. Fábricas na Ásia serão responsáveis pela montagem. Não sabemos, no entanto, se o modelo mais simples será feito na subsidiária da Foxconn, em Jundiaí (SP).

Apesar de homologado, os novos iPhones 6 ainda não tem prazo de lançamento no Brasil. O aparelho já é vendido em diversos países desde o mês passado.

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google apresenta o Android 5.0 Lollipop com nova interface

Sistema tem como foco o usuário multitelas. (Foto: Divulgação).

Depois de meses de especulação, o Google anunciou a nova versão do seu sistema operacional, o Android 5.0, batizado de Lollipop (pirulito).

A nova versão traz um novo design, chamado de “Material Design” e mais de 5.000 APIs para serem usados por desenvolvedores. O Google anunciou que há uma maior integração com os sistemas Android Wear, para dispositivos vestíveis e o Android Auto, para carros.

A ideia deste novo Android é refletir o dinamismo das pessoas hoje em dia, que passeiam entre diferentes telas ao longo do dia, seja celular, PC, TV e até relógios. Este foco multiplataforma era um antigo desejo do Google e agora, enfim, parece que o feito foi alcançado. Nas demonstrações, um único dispositivo será capaz de acessar todos os outros Androids que o usuário possua.

O Material Design, que já tinha sido apresentado, traz uma navegação mais intuitiva com destaque para as cores. É uma das maiores mudanças na interface do sistema desde que o Android 4.0 Ice Cream foi lançado em 2011.

Os primeiros smartphones com o Lollipop. (Divulgação).

Bateria

O Google anunciou consideráveis melhorias no consumo de bateria. Dispositivos que contarem com o novo sistema terão uma extensão de durabilidade para até 90 minutos antes de precisar recarregar.

Customização

O Android 5.0 dá ainda mais destaque para a customização do dispositivo, bem mais que seus concorrentes. O usuário poderá mudar diversos recursos e funções na tela de bloqueio em um nível muito sofisticado. Por exemplo, será possível definir quais contatos poderão aparecer em determinado aplicativo em um espaço definido de tempo. Durante o trabalho será possível escolher receber avisos de mensagens e ligações apenas da sua mãe ou marido. Já em uma festa o usuário pode configurar as notificações para ser avisado apenas de amigos convidados, etc.

Esta é a maior mudança na interface desde 2011. (Divulgação).

Segurança

No que diz respeito à segurança, o Google aumentou o cerco a quem consegue desbloquear celulares furtados. Um smartphone bloqueado, de agora em diante, será inútil para quem não souber a senha. O Android 5.0, garante a empresa, está mais rigoroso em relação a isso.

O mesmo vale para a encriptação de conteúdo, que visa coibir acesso indevido de hackers e espiões.

O Android 5.0 coincide com o lançamento dos novos dispositivos da linha Nexus, o Nexus 6 e o Nexus 9, além do Nexus Player, fabricado em parceria com a ASUS. Os aparelhos entrarão em pré-venda no próximo dia 17 de outubro e chegam às lojas dia 3 de novembro. Segundo o Google, o novo sistema chega para o Nexus 4, 5, 7, 10 e edições Google Play nas próximas semanas.

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

5 smartphones que valem a pena por menos de R$ 1.000

Com a proximidade das compras do final de ano selecionamos uma lista de smartphones que valem a pena o investimento. São aparelhos tidos como medianos por estarem em uma faixa de preço abaixo dos mil reais. No entanto é possível garimpar boas opções e adaptar às necessidades de cada um.

Marcas como Sony, Nokia e Motorola investem em câmeras potentes apostando no desejo do usuário em tirar fotos com o celular. Já outras como a LG coloca um bom processador em um aparelho tido como “barato” por muitos. A maior novidade nesta lista é o chinês Xiaomi, um dos melhores aparelhos de baixo custo com Android, mas ainda pouco conhecido por aqui.

Decidimos apostar em aparelhos não muito antigos para efeitos de comparação com os celulares mais potentes. Por isso não colocamos o iPhone 4S, que poderia entrar nessa faixa de preço abaixo dos R$ 1.000. Veja abaixo nossa lista:

motog

MOTO G 2014 – R$ 799

Considerado um dos melhores dispositivos Android, a linha Moto, da Motorola, possui um bom custo-benefício. Este modelo 2014 do Moto G é ideal para quem quer boas funcionalidades, aparelho resistente e facilidade de uso. Não supera seus irmãos topo de linha, mas pode ser um smartphone de entrada para muita gente.

Ele tem uma boa resolução em sua tela de 5 polegadas, com 1280×720 pixels, espaço interno de 16GB, videoconferência e bluetooth. A câmera de 8 megapixel possibilita resolução de 3264×2448 pixels e gravação de vídeos em HD (1280×720 pixels). Outra vantagem é seu design, que tem um corpo de 11 milímetros de espessura. O sistema operacional é o Android 4.4.4 KitKat e o sistema operacional é o Qualcomm MSM8226 Snapdragon 400, de 1,2 Ghz. O ponto fraco é que não funciona para o 4G LTE.

sony

SONY XPERIA M2 – R$ 699

O Sony Xperia M2 é uma boa opção para quem busca um Android com muitas funções. A versão customizada conta com dezenas de aplicativos instalados, o que ajuda àqueles sem muita paciência para customizar o aparelho. Outra vantagem é que o aparelho vem com conectividade para a rede LTE 4G.

Com uma resolução de tela razoável de 960×540 pixels, o smartphone não é ideal para jogos e outros apps que usam muitos gráficos. No entanto, sua câmera compensa qualquer outro defeito. Com os 8 megapixels dela é possível fazer fotos com resolução de 3264x2448p e vídeos em Full HD com 1920×1080 pixels.

O sistema operacional é o Android 4.4.2 Kit Kat. Ele tem ainda memória de 8GB expansível para cartão de memória e processador Qualcomm MSM8226 Snapdragon 400 1.2 Ghz.

lumia

NOKIA LUMIA 630 – R$ 539

Considerado um dos maiores rivais do Moto G, o Lumia 630 vem com o novo Windows Phone 8.1 e 4.5 polegadas de tela que trazem 854×480 pixels de resolução. Não é muito comparado com outros aparelhos Android, mas a câmera é poderosa. Apesar de ter apenas 5 megapixels, ela faz registros com resolução de 2592×1944 pixels e vídeos em HD.

Ele se vale também pelo design, com um corpo de 9.2 milímetros, o que torna o Lumia um dos mais elegantes smartphones em uma faixa de preço considerado baixo no Brasil. Já vi operadoras e lojas vendendo o celular por menos de R$ 400. Há outros defeitos, como não possuir uma câmera frontal nem flash traseiro.

lg-l65-d285-2

LG L65 Dual – R$ 499

O smartphone L65 Dual da LG é uma das melhores opções de celulares duplo-chip com Android dentro dessa faixa de preço. Não espanta com suas configurações medianas, mas seu forte é mesmo o custo-benefício. Com 126 gramas e uma tela de 4.3 polegadas, ele vem com o Android 4.4.2 Kit Kat, videoconferência, bluetooth e leitor multimídia.

A resolução é mediana, com 800×400 pixels, mas a câmera de 5 megapixels faz registros em 2592×1944 pixels e grava vídeos em HD. Um ponto fraco é seu espaço interno de apenas 4GB. Vem com Qualcomm MSM8210 Snapdragon 200 de 1.2 GHz Dual Core. Há também uma opção com único chip.

xiaomi

XIAOMI REDMI NOTE – R$ 899

Para finalizar realmente um smartphone para se impressionar. O Redmi Note tem tela de 5.5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels, algo bem difícil de encontrar em um smartphone desta faixa de preço. A capacidade interna é de 8GB com possibilidade de expansão por cartão de memória. Ele ainda vem com leitor multimídia, videoconferência e bluetooth.

O que chama atenção é a câmera de 13 megapixels, que faz imagens com incríveis 4128×3096 e vídeos em full HD. Com 9,5 milímetros de espessura, é também um dos mais finos de sua categoria. Um dos pontos fracos é o Android 4.2 Jelly Bean. Com 3GB de RAM, ele vem com o processador MediaTek MT6592 Cortex-A7 de 1.7 GHz 8 Core.

 

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Cientistas criam bateria que recarrega em três minutos e dura 20 anos

Novidade deve chegar ao mercado em dois anos. (Foto: Divulgação).

Cientistas da Nanyang Technological University (NTU), de Singapura, criaram uma bateria que demora apenas três minutos para ser recarregada. A novidade abre novas possibilidades para um dos principais calos na indústria de smartphones e outros dispositivos, que é a autonomia de uso.

Os pesquisadores Cheng Xiaodong, Deng Jiyang e Tang Yuxin conseguiram recuperar 70% da carga total da bateria em meros dois minutos. Segundo eles, a bateria teria uma vida útil de 20 anos, bem superior às atuais, que são de dois a três anos.

A super-bateria funciona com nanotubos de dióxido de titânio, que têm um diâmetro milhares de vezes menor do que um fio de cabelo. Além disso, ele é abundante na natureza. A recarga se torna mais rápida por causa das reações químicas aceleraddas pelo dióxido.

As baterias atuais usam um polo negativo revestido de grafite.

A bateria criada pelos cientistas do NTU também irão ajudar a dominuir a quantidade de substâncias tóxicas geradas pelas baterias usadas, uma vez que são mais duráveis.

A expectativa é que essa nova bateria esteja pronta para chegar ao mercado em dois anos. Além dos smartphones e outros dispositivos móveis, os cientistas esperam que ela seja usada em carros elétricos.

size_590_NTU_Assoc_Prof_Chen_Xiaodong_with_research_fellow_Tang_Yuxin_and_PhD_student_Deng_Jiyang

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Hackers alegam possuir sete milhões de senhas do Dropbox

Foto: Reprodução.

Hackers disseram que conseguiram mais de sete milhões de logins e senhas de usuários do Dropbox, um dos mais populares serviços de computação em nuvem. Eles prometem soltar mais detalhes caso sejam pagos com Bitcoins.

O documento foi postado no Pastebin com uma lista de 400 e-mails e senhas, que eles dizem ser do Dropbox. Em entrevista ao site CNET, o Dropbox diz que não foi detectada nenhuma falha de segurança em seus servidores.

“O Dropbox não foi hackeado. Esses nomes de usuários e senhas foram, infelizmente, roubados de outros serviços e utilizados em tentativas de login em contas do Dropbox”, disse a empresa. A companhia alegou que detectou a tentativa de ataques anteriormente e que a maioria das senhas já expirou.

Verdade ou não, o momento é ideal para mudar sua senha no serviço e para lembrar da importância de trocá-las com regularidade. [Via Gizmodo e CNET]

 

Mundo Bit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Brasil fecha agosto com 277,41 mi de linhas de celulares

Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%) / Foto: AFP 

Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%)Foto: AFP

O Brasil encerrou o mês de agosto com 277,41 milhões de linhas ativas de celulares, informou nesta segunda-feira (13), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Do total de linhas em agosto, 212,86 milhões (76,73% do total) eram pré-pagos e 64,55 milhões eram pós-pagos (23,27%). Segundo o órgão, já são 136,7 acessos móveis a cada 100 habitantes. Em agosto, 1,26 milhão de linhas foram adicionadas ao sistema.

A Vivo continua líder entre as operadoras de telefonia celular, com 28,85% de participação no mercado, seguida por TIM (27,05%), Claro (25,10%) e Oi (18,56%). Nextel ficou com 0,43%; Algar ficou com 0,41%; Portoseguro (autorizada de rede virtual), 0 04%; Sercomtel, 0,02%; e Terapar, 0%.

A tecnologia 2G ainda é a mais utilizada pelos consumidores. A participação de celulares 2G (GSM e CDMA) atingiu 48,54%; a dos 3G, 46,79%; e 4G, 1,33%. Os terminais de dados M2M (máquinas de cartões de crédito e débito habilitados nas redes das operadoras) atingiram 3,33%.O documento ressalta que os homossexuais “têm dons e qualidades para oferecer à comunidade cristã” e que a Igreja deve ser para eles “uma casa acolhedora”, embora seja contra a união de pessoas do mesmo sexo. O relatório refere-se ainda à necessidade de atenção especial às crianças que vivem com casais homossexuais e lembra que, em primeiro lugar, devem vir sempre as exigências e direitos das crianças.

Dom Forte enfatiza que a Igreja não concorda que o termo ‘família’ possa ser aplicado tanto à união entre homossexuais quanto ao casamento de um homem e uma mulher. No entanto, ele diz ser evidente que as pessoas humanas envolvidas nesses vários tipos de experiência têm direitos que devem ser tutelados.

Para o bispo e teólogo italiano, o problema não é a equiparação pura e simples, inclusive terminológica, dessas famílias. “É preciso buscar uma codificação de direitos que possam ser assegurados a pessoas que vivem em uniões homossexuais. É uma questão de civilidade e de respeito à dignidade das pessoas”, disse ele.

O Sínodo Desafios Pastorais da Família, que termina no próximo domingo (19), reúne 191 padres. A partir de quinta-feira (16), uma equipe formada por nove bispos redigirá o documento final do encontro que, depois de votado, será apresentado ao papa e enviado às conferências episcopais de todo o mundo para discussão pelas dioceses. Estas, por sua vez, deverão elaborar um informe que servirá para preparar o instrumento de trabalho para o Sínodo Ordinário sobre a Família, marcado para outubro do ano que vem.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google testa consultas com médicos via videoconferência

O Google começou a testar consultas a médicos via bate-papo para quem busca na internet por sintomas de doenças. O novo serviço foi notado por um usuário do fórum de discussão on-line Reddit, que publicou nesta sexta-feira (10) uma imagem de como a opção surge na ferramenta de busca da empresa.

Google testa consultas a médicos via videoconferência para quem busca por termos médicos. (Foto: Reprodução/Reddit.com)

Google testa consultas a médicos via videoconferência para quem busca por termos médicos. (Foto: Reprodução/Reddit.com)

Em seu smartphone Android, o indivíduo buscava informações para “dores de joelho” (knee pain) na página de busca móvel do Google. Na lista de resultados, surgiu a sugestão: “Fale com um doutor agora” (Talk with a doctor now).

Ao clicar no ícone, o sujeito não foi direcionado a um bate-papo mas foi apresentado a ele uma caixa de informações, o que sugere que a forma mais adequada de conectar usuários e médicos reais ainda está sendo arquitetada pelo Google. Não há informações sobre se os testes são conduzidos apenas para buscas realizadas nos Estados Unidos ou se são feitos também em outros países.

Nesses informativos, o Google informa que “baseado na sua pesquisa, nós acreditamos que você está tentando uma situação médica”. “Aqui você pode encontrar provedores de cuidados médicos, a quem você pode consultar via chat de vídeo”, continua a empresa.

Ao site “Engadget”, o Google confirmou que a iniciativa irá funcionar nos moldes dos Helpouts, vídeos gravados por usuários que ensinar desde a trocar pneus de bicicleta a como tocar guitarra. Apesar de ainda não haver maiores informações, as mensagens exibidas pelo Google dão a entender que o serviço será pago. “Todas os custos das visitas serão cobertos pelo Google durante esse teste limitado”, afirma a empresa no informativo.

Ao site “Gizmodo”, o Google informa que a iniciativa visa facilitar a entrega de informações sobre saúde. “Quando você está pesquisando informações básicas de saúde –desde condições como insônia ou intoxicação alimentar –nosso objetivo é abastecer você com as informações disponíveis que mais o ajudem. Nós estamos testando essa nova ferramenta para ver se é útil às pessoas.”

 

 

 

 

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com