Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Hacker expõe dados de 20 mil funcionários e agentes do FBI

por Altieres Rohr

G1 Segurança Digital

Um hacker publicou dados de nove mil colaboradores do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos e de 20 mil colaboradores do FBI nesta segunda-feira (8). O pacote inclui nomes, cargos, endereços de e-mail e números de telefone.

O invasor já havia comunicado o vazamento antecipadamente ao portal “Motherboard”, da “Vice”. A publicação tentou contato com diversos números de telefone inclusos no pacote e confirmou que muitos deles estavam corretos, conferindo legitimidade às informações. Alguns dos números, porém, não estavam corretos – o que indica que a informação pode estar desatualizada.

Os dados foram colocados na web por um usuário no Twitter. A conta é usada para ativismo político em favor da Palestina. O tuite inclui a hashtag “#FreePalestine” (liberte a Palestina).

O Departamento de Segurança Nacional informou que está investigando o vazamento, mas disse que até o momento o conjunto de dados parece não incluir informações pessoais dos colaboradores. Segundo o “Motherboard”, o arquivo contém o nome, o endereço de e-mail, o número de telefone e o cargo de cada servidor público.

Cerca de mil registros são de analistas de inteligência do FBI, de acordo com a publicação. Há também dados de agentes especiais e de diretores.

Segundo o hacker, os dados teriam sido obtidos de um computador de um funcionário do Departamento de Segurança Nacional. Após hackear o e-mail do colaborador, ele disse que telefonou para o setor responsável por um sistema interno do governo para burlar a proteção de senha única (token) adotada. Segundo o hacker, um dos funcionários teria fornecido uma senha para que ele usasse na autenticação após ele justificar que era novo no órgão e ainda não tinha o dispositivo.

Este é o segundo vazamento que afeta servidores públicos dos Estados Unidos em menos de um ano. Em abril do ano passado, invasores acessaram dados da Agência de Gerenciamento Pessoal e do Departamento do Interior, comprometendo registros aproximadamente quatro milhões de colaboradores do governo.

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Nasa mostra como será a vida em Marte

A Nasa divulgou nesta semana um vídeo que mostra como viverão as pessoas em Marte. As imagens mostram um futuro de décadas de exploração do planeta. No planeta vermelho, os astronautas vão viver e morar em uma espécie de “nave espacial” composta por uma série de módulos, incluindo um laboratório e uma estufa.

Toda a construção é autosuficiente, ou seja, produz toda a energia que consome.

Clima 
Para se protegerem do clima de Marte, que varia entre -62ºC e 21 ºC, as pessoas deverão usar vestes específicas, que ficam armazenadas em uma parte específica da estação espacial.

O espaço terá também uma impressora 3D, que pode ajudar a fabricar objetos e componentes específicos sem dificuldades. É possível até que os “projetos” sejam enviados diretamente da Terra.

Alimentação
Quem pensa que os moradores de Marte viverão de “comida de astronauta” está enganado. De acordo com a Nasa, o objetivo é que os astronautas plantem seus próprios alimentos. Para isso, a agência já estuda quais plantas e vegetais sobrevivem melhor ao clima.

Futuro próximo
De acordo com a Nasa, os primeiros moradores do planeta vermelho devem desembarcar por lá por volta de 2030. Já pensou como deve ser viver tão longe? Confira as imagens:

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Técnica pode aumentar em até 35% a expectativa de vida dos humanos

Pesquisadores da organização sem fins lucrativos Mayo Clinic conseguiram ampliar em 35% o tempo de vida de ratos geneticamente modificados. De acordo com Jan van Deursen, presidente da ONG, o segredo da longevidade é “remover células gastas que têm um efeito degenerativo sobre o corpo”.

Durante o estudo, os cientistas adicionaram um gene suicida aos animais, dando a eles uma droga que tinha como alvo as células envelhecidas – chamadas senescentes. Os testes mostraram que os ratos que foram tratados com a medicação viveram entre 25% e 35% mais, além de estarem mais saudáveis. Segundo os pesquisadores, eles se tornaram mais ativos e órgãos como o coração e os rins funcionaram melhor, em comparação com os animais tradicionais.

Nas cobaias, também notou-se a redução no crescimento de tumores. “Embora a senescência seja um processo importante, por impedir a divisão celular de células danificadas, ajudando a prevenir o câncer, há teorias de que uma vez que o processo foi iniciado, essas células não são mais necessárias”, explica van Dursen.

Segundo o biólogo molecular Darren Baker, que também participou do estudo, o efeito de um tratamento do tipo em seres humanos pode ter um efeito poderoso. “A droga poderia eliminar com eficiência e rapidez um número suficiente de células danificadas o suficiente para ter um impacto profundo na saúde e expectativa de vida das pessoas”. Segundo ele, em teoria, isso pode aumentar a expectativa de vida das pessoas para entre 95 e 100 anos.

Via Engadget 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Mozilla anuncia fim do desenvolvimento do Firefox OS

Olhar Digital

É oficial: o Firefox OS é um ex-sistema operacional, deixou de existir, descansa em paz, expirou e foi encontrar seu criador. A Mozilla anunciou que deixará de desenvolver o software, que visava ser uma alternativa ao duopólio de Android e iOS, mas não chegou a deixar sua marca no mercado.

A fundação já havia revelado o fim do desenvolvimento em dezembro, mas o anúncio oficial veio no formato de um e-mail enviado aos desenvolvedores, alertando que o desenvolvimento seria encerrado depois do lançamento da versão 2.6 do sistema.

“As circunstâncias de múltiplos sistemas operacionais e ecossistemas de apps estabelecidos significararam que estávamos sempre atrás, e as condições não existiam para que a Mozilla pudesse vencer nos smartphones comerciais”, diz o comunicado.

Assim, a partir de maio deste ano, a equipe responsável pelo Firefox OS não estará mais envolvida com o projeto, que está oficialmente cancelado a partir de então.

A Mozilla, no entanto, vê outras oportunidades além de seus produtos já consagrados como o Firefox. A empresa pode ter desistido do mobile, mas ela espera investir mais tempo e dinheiro na Internet das Coisas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Baterias de carros autônomos do Google poderão ter recargas sem fio

O Google está planejando instalar sistemas de recarga wireless ao longo de suas pistas de testes na Califórnia. A ideia é permitir que seus carros autônomos elétricos possam ter suas baterias recarregadas sem precisar parar durante os trajetos.

O sistema é parecido com aquele usado por smartphones e relógios inteligentes: transmissores usam campos eletromagnéticos para conectar a rede elétrica a receptores embutidos nos veículos. Esses receptores então redirecionam a energia para a bateria, abastecendo todo o carro.

A solução encontrada pelo Google pode acabar com um dos principais obstáculos na popularização de veículos elétricos: a complexidade das recargas. Empresas como a Qualcomm já haviam sugerido no passado a instalação de carregadores sem fio públicos na beira de estradas, fazendo com que os carros não precisem mais parar em postos específicos para isso.

Via The Verge

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

LinkedIn ultrapassa a marca de 400 milhões de usuários

O LinkedIn anunciou hoje que atingiu o número de 414 milhões de usuários no mundo todo. De acordo com os resultados do último trimestre, a rede social aumentou em 14% a base de cadastrados.

Apesar do número, nem todos são membros ativos no site. A média de visitantes únicos por mês marcou 100 milhões, aumento de 7% em relação aos anos anteriores.

Hoje, há mais de seis milhões de vagas de emprego disponíveis no LinkedIn, sendo que o engajamento dos usuários cresceu 80%. A empresa também divulgou que cerca de 57% das pessoas cadastradas usam o serviço a partir de dispositivos móveis.

Via AndroidHeadLines.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Atualização do iOS bloqueia iPhones consertados por terceiros

A versão mais recente do sistema operacional da Apple pode estar bloqueando dispositivos que tenham sido consertados por assistências não autorizadas. De acordo com o jornal The Guardian, milhares de usuários estão alegando que o iOS é capaz de detectar reparos realizados no dispositivos e os bloqueia automaticamente.

O bloqueio, que está sendo chamado por especialistas de “Erro 53” afeta os celulares que possuem a tecnologia de reconhecimento de digital, o Touch ID, e sofreram reparos no componente. A proibição de uso parece ser ativada apenas na versão mais recente do iOS. Segundo os usuários, depois disso o celular se torna inútil.

Rumores apontam ainda que a Apple sabe do problema, que acontece no hardware do dispositivo, mas não tem feito nada para alertar os usuários.

Como funciona?
O erro acontece porque o Touch ID contém um “enclave seguro” conectado ao sensor de impressões digitais. Ao substituí-lo, o telefone não reconhece o novo componente e o classifica como “malicioso”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Tráfego de internet global superará a marca de 1 zettabyte em 2016

Você sabe quanto é 1 zettabyte? Provavelmente não, mas tudo bem. Trata-se de um número absurdo de bytes, aproximadamente 1 sextilhão deles (ou 1 trilhão de gigabytes se facilitar a imaginação). Este número é importante porque 2016 marcará o ano em que a internet superará esta quantidade de dados usados ao longo do ano.

A pesquisa da Cisco projeta o crescimento do tráfego de internet até 2019, e traz este dado específico da internet já para este ano. A tendência observada pela empresa é que o o tráfego de dados continue crescendo em alto ritmo, dobrando nos próximos três anos, alcançando a marca de 2 zettabytes.

O estudo indica que nós poderemos passar a marca do zettabyte neste ano muito graças à popularização do smartphone, que multiplica o volume de dados circulando na rede. A expectativa é que até 2020 5,5 bilhões de pessoas estarão com um aparelho do tipo em seus bolsos. Os tablets e relógios inteligentes também elevarão o tráfego de dados online.

Durante o horário de pico, a Cisco também prevê um aumento significativo do tráfego de dados. A expectativa da empresa é que o volume de informação que circula durante os 60 minutos mais ativos do dia aumentará em 3,4 vezes em comparação com 2014, chegando a 1,7 petabits por segundo em 2019.

Também é importante observar que todas pessoas conectadas consumirão muito mais dados do que antigamente. Se em 2014, o volume era de 6 gigabytes per capita, a expectativa é que este número triplique até 2019, chegando a 18 GB por pessoa.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple pretende lançar mais aplicativos para Android

Tim Cook se reuniu com outros altos executivos da Apple nesta semana para discutir algumas das estratégias que nortearão a companhia ao longo de 2016. O evento também serviu para que o CEO fizesse algumas revelações sobre os caminhos da Apple.

O 9to5Mac ouviu “diversas” fontes que compareceram no evento, realizado em Cupertino. De acordo com essas pessoas, Cook deixou claro que pensa em diminuir ainda mais a exclusividade dos produtos da companhia.

A exemplo do que fez com o Apple Music, a empresa pensa em lançar mais softwares para outras plataformas, a fim de desbravar novos mercados. O CEO disse ainda que está usando o Apple Music para Android como uma espécie de abre-alas, pois ele servirá para abrir as portas a mais adaptações no futuro.

Outra declaração interessante do executivo foi a afirmação de que o Apple Watch fez mais sucesso durante sua primeira temporada de fim de ano do que o iPhone original, em 2007. Cook afirmou também que, apesar da descrença do mercado, as vendas de iPhones no último trimestre foram boas, lembrando que as 74,8 milhões de unidades entregues seriam suficientes para cobrir as populações de Nova York, Londres, Pequim e Shangai.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

WhatsApp Web chega ao Microsoft Edge

A versão para computadores do WhatsApp, o WhatsApp Web, agora funciona também com o Microsoft Edge, o novo navegador da Microsoft (que substituiu o Internet Explorer com o lançamento do Windows 10).

A extensão do WhatsApp para PCs anteriormente só funcionava com os navegadores Chrome, Opera, Safari e Firefox. Com a alteração, já é possível usar o WhatsApp Web com os principais navegadores e praticamente todos os sistemas operacionais de smartphone, incluindo iOS, Windows Phone e Blackberry.

Para utilizar o WhatsApp no seu computador, basta abrir o Edge, acessar web.whatsapp.com e seguir as instruções da tela. Normalmente, é necessário usar a câmera do seu smartphone conectado ao WhatsApp para escanear um código QR que aparece na tela e, com isso, validar sua conta para uso no PC.

Alguns usuários do Reddit ainda reportaram ter problemas com o uso do serviço no novo navegador da Microsoft. Isso possivelmente se deve ao fato de que a funcionalidade está sendo disponibilizada gradualmente para todos os usuários do Edge.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.