Crimes de informática custam cerca US$ 500 bi para economia mundial

19llllllllll43vr823475894v67v6430vvfOs crimes de informática alimentam uma indústria global que já chega a aproximadamente 500 bilhões de dólares e segue em crescimento, segundo um estudo divulgado nesta segunda-feira (9).

O relatório do Center for Strategic and International Studies em parceria com a empresa de segurança McAfee estimou que o custo dos ciberataques para a economia global situa-se entre 375 bilhões de dólares e 575 bilhões de dólares, com uma perda de cerca de 350 mil empregos nos Estados Unidos e na Europa.

Mas os autores afirmam que esses números são conservadores, considerando-se a ausência de dados de muitas partes do mundo.

“Os crimes cibernéticos são uma indústria crescente. Os benefícios são altos e os riscos, baixos”, indica o documento.

Os custos dos crimes de informática incluem o impacto das informações pessoais roubadas de centenas de milhões de pessoas, 40 milhões delas nos Estados Unidos no ano passado, 54 milhões na Turquia, 20 milhões na Coreia do Sul, 16 milhões na Alemanha e mais de 20 milhões na China, de acordo com o informe.

“Uma estimativa situa o total em mais de 800 milhões de pessoas com informações pessoais roubadas em 2013”, acrescenta.

“Somente isso pode custar até 160 bilhões de dólares anuais. Os criminosos ainda têm dificuldades para obter benefícios financeiros com as informações roubadas, mas o fluxo constante de informações contribui com a sensação de que os crimes de informática estão fora de controle.”

Fonte: AFP

Foto: Internet

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Recife terá encontro de robôs da rede pública de ensino esta semana

Na próxima quarta (11), às vésperas da abertura da Copa do Mundo de Futebol, Recife recebe um encontro de robôs no ritmo do Mundial.

A Prefeitura do Recife e a Zoom Education for Life, que é representante da Lego Education no Brasil, realizam o encontro de Robôs da Rede de Ensino do Recife. Será no pátio coberto do Centro de Tecnologia na Educação e Cidadania do Município (CETEC), nos turnos manhã e tarde, a partir das 9h.

O encontro reunirá 40 escolas da rede municipal de ensino, sendo 20 de anos iniciais (1º ao 5º ano), 10 de anos finais (6º ao 9º ano) e 10 escolas de ensino infantil. No turno da manhã, participarão 20 escolas no horário das 9h às 12h. Já à tarde, a visita será das 14h às 17h para as outras 20 escolas. São esperados cerca de dois mil alunos.

A Prefeitura do Recife fechou recentemente uma parceria com a Lego Zoom para levar o ensino de robótica à rede pública. O programa vai contemplar mais de 80 mil alunos da educação infantil até o ensino fundamental, segundo dados da secretaria de Educação. O investimento foi de R$ 24 milhões.

Entre as atividades prevista para o encontro de robôs estão demonstrações e jogos com diversas montagens usando LEGO Mindstorms, acessórios (Joysticks) e sensores avançados: como o Braço mecânico controlado por Joystick PC, Mini Estação de Trânsito (Cockpit) e Mini campo de futebol com blocos programáveis, com destaque para o Robô Chutador Lego Mindstorms NXT.

 

 

Do Mundo Bit

Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google traz ao Brasil aparelho que leva conteúdo de apps e de PCs à TV

O Google passa a vender a partir desta quinta-feira (4) no Brasil um aparelho do tamanho de um pen-drive que transmite às TVs o conteúdo de aplicativos instalados em celulares ou tablets, além de mostrar o que está na tela de computadores e notebooks.

Com o Chromecast, o Google quer um espaço na sala de estar das pessoas. Na briga, estão o Xbox (Microsoft), Apple TV (Apple), PlayStation (Sony). A atenção dessas gigantes da tecnologia ocorre porque a TV é o aparelho que mais possui usuários em todo o mundo, a despeito do avanço dos celulares inteligentes e dos tablets. Segundo a consultoria KPCB, são 5,5 bilhões de usuários, à frente dos smartphones (1,6 bilhão), dos notebooks (790 milhões), dos desktops (743 milhões) e dos tablets (439 milhões).

Mais simples que seus rivais, o Chromecast transforma TVs em aparelhos conectados. Ainda assim, o Google diz que não deve competir com as TVs inteligentes, mas oferecer um dispositivo complementar a elas.

Na TV
O Chromecast deve ser conectado à entrada HDMI das TVs e ser configurado com um aplicativo, disponível por enquanto para iOS e Android. Feito isso, é possível exibir na TV o conteúdo dos aplicativos para smartphone ou do tablet que forem compatíveis –no alto da tela, um ícone similar a uma TV indica aqueles que possuem suporte. Já é possível fazer essa transmissão, por exemplo, com os apps do Netflix, YouTube e Rdio. Celulares e tablets passam a funcionar como controle remoto: aumentam o volume e escolhem outros vídeos.

Para os computadores, o Chromecast funciona como um espelho: mostra o que estiver sendo exibido no Chrome. Como basta ter o navegador instalado, o dispositivo é compatível com os sistemas Windows (a partir do 7), Mac OS (a partir do 10.7) e Chrome OS. Antes, é preciso instalar uma extensão no browser.

Chromecast leva para a tela da TV o conteúdo de aplicativos e de PCs. (Foto: Helton Simões Gomes/G1)
Chromecast leva para a tela da TV o conteúdo de
aplicativos e de PCs. (Foto: Helton Simões
Gomes/G1)

Enquanto ocorre a transmissão, os usuários podem mexer em outros aplicativos presentes no celular ou tablet sem que isso comprometa a execução do filme ou da música na TV. Nos computadores, apenas o conteúdo de uma aba selecionada irá para a TV, o que permite que outros programas e sites sejam acessados normalmente.

O Chromecast será vendido pelos sites Ponto Frio, Extra e Casas Bahia por R$ 200. O preço é duas vezes e meia mais caro do que o cobrado nos Estados Unidos, onde o dispositivo sai por US$ 35, o equivalente a R$ 80. Segundo a empresa, a diferença ocorre porque o aparelho é importado.

Aplicativos
Nem todos os aplicativos hospedados nas lojas de Google e Apple possuem suporte ao Chromecast. Isso ocorre porque a criação ou adaptação dos aplicativos para o Cast começou em fevereiro deste ano, quando o kit de desenvolvedores foi liberado. O ciclo de criação de um app adaptado ao aparelho leva, em média, três meses, diz a companhia. Para o lançamento, o Google vai mostrar uma seleção dos apps compatíveis. O primeiro app brasileiro da lista deve ser o da Galinha Pintadinha, segundo o Google.

Agora, o Google quer que os desenvolvedores pensem também nas TVs quando criarem apps para smartphones e tablets. “Assim como criamos o ecossistema do Android, queremos construir um ecossistema para o ‘Cast’”, diz o gerente de parcerias do Google, Newton Neto. Por enquanto, são 3 mil desenvolvedores.

Chromecast leva para a tela da TV o conteúdo de aplicativos e de PCs. (Foto: Helton Simões Gomes/G1)
Chromecast leva para a tela da TV o conteúdo de aplicativos
e de PCs. (Foto: Helton Simões Gomes/G1)
Do G1, em São Paulo
Foto: Helton Simões Gomes/G1

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Google desenvolve protótipo de carro autônomo

O Google anunciou ter desenvolvido protótipos de carros autônomos. A companhia revelou, em vídeo promocional, um dos modelos: um veículo de dois assentos, lembrando uma gôndola sobre rodas. O automóvel não possui a direção nem os pedais para acelerar ou frear. Em vez disso, ele confia nos seus próprios sensores e softwares para fazer todo o trabalho.

19ooooofowofwebertg4v3563739202

O primeiro protótipo tem uma velocidade limitada a 25 milhas por hora (cerca de 40 km/h). Até o momento, a empresa havia equipado a tecnologia desenvolvida pela própria empresa em veículos existentes, argumentando que ela pode reduzir os acidentes nas ruas.

“Nós estamos planejando construir cerca de cem protótipos de veículos, e mais tarde neste verão nossos motoristas de segurança começarão a testar as versões iniciais desses carros, que têm controles manuais”, disse em um blog Chris Urmson, diretor do projeto responsável pelo desenvolvimento dos veículos. “Se tudo ocorrer bem, nós gostaríamos de implantar um pequeno programa piloto aqui na Califórnia nos próximos dois anos”.

Fonte: Agência Estado

Foto: pplware.sapo.pt

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Aplicativo para compartilhar segredos chega ao Brasil

19tttttttwefvrvrevb6nu57897k90o6

O aplicativo Secret enfim chega aos aparelhos Android e iTunes dos usuários brasileiros. Até então o app estava restrito aos EUA.

Com o Secret é possível compartilhar segredos de forma anônima através de texto e imagens.

Os segredos são compartilhados em uma espécie de “Timeline”. São textos e imagens publicados anonimamente por outras pessoas. Esses contatos podem ser vinculados ao Twitter, Facebook ou contatos da agenda telefônica. Ainda é possível ver segredos de desconhecidos em uma aba específica, “Explore”.

Os usuários podem compartilhar e comentar segredos de outras pessoas. Tudo é feito de forma anônima, sem perfil, foto ou qualquer outro detalhe que identifique o autor.

Do Mundo Bit

Foto: Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Samsung lança no Brasil TV de tela curva em ultra-definição

TV chega por R$ 17.500 ainda neste semestre. (Divulgação).

A Samsung anunciou a chegada ao Brasil da primeira TV UltraHD com tela curva. O aparelho tem entre 65 e 78 polegadas e deve chegar ainda neste primeiro semestre. O preço será de R$ 17.500.

As telas curvas proporciona um campo maior de visão e dá uma sensação de imersão. A impressão para o telespectador é que está em frente a uma tela maior. Além disso, a curvatura traz um campo de visão uniforme, com contrastes melhores nas bordas.

Fabricadas no Brasil, no Polo Industrial de Manaus, as primeiras TVs Ultra HD com tela curva da Samsung serão do modelo HU9000, com 65 e 78 polegadas. A empresa ainda traz no Brasil o Evolution Kit, que é vendido separadamente. O acessório traz conectores e garante um melhor desempenho das funções das TVs inteligentes. O preço não foi divulgado.

As TVs curvas e as UltraHD (4K) foram destaques em feiras de tecnologia do ano passado. A resolução é quatro vezes maior que as FullHD atuais (2K).

 

 

Mundo Bit

 

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vem aí oPhone, aparelho que permitirá mandar e receber odores por SMS

19iiiiiiii3it3i4ti34itg34ig3ib5ib4ib4bwwqq_05-20-2014Enviar e receber odores por SMS. Parece coisa de ficção científica, mas é o que promete o oPhone, aparelho que deve ser comercializado a partir do início de 2015, e já revela um potencial “importante”, segundo o idealizador do projeto, David Edwards, professor de Engenharia Biomédica da Universidade de Harvard.

“Há um grande interesse por parte do Vale do Silício, porque se trata concretamente de poder mudar a comunicação global da atualidade”, explicou à AFP em seu escritório no Laboratório, seu espaço aberto em 2007 em Paris, que tem por vocação conciliar arte e ciência.

Aparelho de forma cilíndrica acoplado a uma base, o oPhone é uma pequena caixa branca que gera sinais aromáticos complexos em rápida sucessão de pequenas emissões de vapor, como um telefone padrão transmite as informações de áudio.

Ele funciona graças à manipulação tecnológica de partículas de forma similar à tecnologia dos aerossóis médicos, que permitiu a esse filantropo, escritor e inventor em série fazer fortuna no final dos anos 1990.

Para explorar esta ideia, saída de um de seus cursos em Harvard, ele co-fundou a sociedade Vapor Communications.

A princípio limitado a usuários de iPhone por meio de um aplicativo gratuito chamado oSnap, disponível para download a partir de 17 de junho, o oPhone conta por enquanto com 32 odores originais.

Para criar seu próprio odor, o usuário o combina entre um e oito aromas, o que representa desde já 300 mil combinações possíveis.

Sendo o leque de odores muito amplo no mundo real, será necessário fazer uma escolha de fragrâncias para iniciar as experimentações.

“Escolhemos dois domínios, o do café, para o qual trabalhamos com os fundadores da Café Coutume (nr: uma torrefação parisiense) e, mais amplamente, e o da alimentação”, prosseguiu.

Quando o sistema estiver funcionando, uma pessoa poderá, por exemplo, tirar uma foto durante um passeio na floresta, à qual adicionará um ou vários odores para ‘ilustrar’ o ambiente olfativo do entorno.

CAMPO DE APLICAÇÕES QUASE INFINITO – Ele enviará, em seguida, um “oNote” – arquivo transmitido por SMS – ao destinatário, que visualizará a composição no site dedicado e, depois, se também estiver com um iPhone, fará o download pelo oPhone para sentir o aroma. Este será produzido por cartuchos denominados oChips.

Entre 19 e 31 de junho, o público terá oportunidade de assistir, no Laboratório, a uma demonstração do aparelho. Paralelamente, será lançada uma campanha de financiamento participativo no site Indiegogo entre 17 de junho a 31 de julho.

Os contribuintes poderão se beneficiar do produto em primeira mão a um preço preferencial de 149 euros, contra 199 euros quando for lançado no mercado.

“O mercado para nossa estrutura consistirá, em um primeiro momento, dos oChips, sobretudo, vendidos a US$ 20 cada quatro”, indicou Edwards.

“É apenas o lançamento, o preço deverá cair rapidamente sucessivamente e à medida que a produção se estender e o design, se miniaturizar”, prosseguiu.

“Em um segundo momento, haverá a possibilidade de tirar uma foto, da qual um software deduzirá o odor, ajustar os odores de base cujo número aumentará com outros domínios temáticos”, detalhou.

O campo de aplicações é quase infinito, seja na medicina, na indústria, mas com o SMS, o comércio online parece o setor mais promissor.

“Tivemos meses de conversações com representantes da indústria alimentícia, do cinema, dos perfumes, das viagens e dos automóveis”, confirmou David Edwards.

Prova deste interesse, a Vapor Communications contra entre seus “investidores anjos” com o fundador da Spark Capital, fundo de investimentos especializado em tecnologias móveis, que contribiu nos últimos anos com casos de sucesso, como Twitter, Foursquare e Tumblr.

Embora ainda não seja possível, hoje em dia, imaginar um dispositivo capaz de analisar um odor para retranscrevê-lo fielmente – “muito complicado por enquanto”, segundo o químico e matemático -, a emergência da mensagem olfativa poderá ter um impacto equivalente ao da impressão em 3D.

Fonte: AFP

Foto: Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Selfie e hashtag viram verbetes no dicionário Merriam-Webster

19iiigireigerigiegiegiiegieg_05-20-2014hashtag viram verbetes no dicionário Merriam-Webster Origem: Estados Unidos

“Selfie” e “hashtag” estão entre as mais de 150 novas palavras adicionadas ao dicionário Merriam-Webster, o mais vendido nos Estados Unidos, destacando a influência crescente da tecnologia na vida cotidiana.

“Muitas desdas palavras novas mostram o impacto da conectividade online nas nossas vidas e trabalho”, disse Peter Sokolowski, editor do Merriam-Webster.

“Selfie e hashtag dizem respeito às formas como nós nos comunicamos e compartilhamos informação como indivíduos”, acrescentou.

Surgida no mundo das redes sociais, “selfie” foi admitida na versão online do dicionário em inglês Oxford em 2013, que a elegeu a palavra do ano.

O Merriam-Webster definiu “”Selfie” e “hashtag” estão entre as mais de 150 novas palavras adicionadas ao dicionário Merriam-Webster, o mais vendido nos Estados Unidos, destacando a influência crescente da tecnologia na vida cotidiana.

“Muitas desdas palavras novas mostram o impacto da conectividade online nas nossas vidas e trabalho”, disse Peter Sokolowski, editor do Merriam-Webster.

“Selfie e hashtag dizem respeito às formas como nós nos comunicamos e compartilhamos informação como indivíduos”, acrescentou.

Surgida no mundo das redes sociais, “selfie” foi admitida na versão online do dicionário em inglês Oxford em 2013, que a elegeu a palavra do ano.

O Merriam-Webster definiu “selfie” como “uma imagem de si próprio, tirada por si próprio, usando uma câmera digital especialmente para postar em redes sociais”.

Outras palavras como “crowdfunding” (financiamento coletivo), “big data” (tecnologia usada para administrar dados digitais) e “gamification” (uso de elementos dos jogos em áreas como marketing, por exemplo) também foram adicionadas, demonstrando “como a tecnologia está sendo usada para entender e motivar o comportamento”, destacou o dicionário.

Outra ‘novata’ foi “catfish”, definida como a pessoa que cria um perfil falso numa rede social com o objetivo de enganar alguém..

Outras palavras como “crowdfunding” (financiamento coletivo), “big data” (tecnologia usada para administrar dados digitais) e “gamification” (uso de elementos dos jogos em áreas como marketing, por exemplo) também foram adicionadas, demonstrando “como a tecnologia está sendo usada para entender e motivar o comportamento”, destacou o dicionário.

Outra ‘novata’ foi “catfish”, definida como a pessoa que cria um perfil falso numa rede social com o objetivo de enganar alguém.

Fonte: AFP

Foto: Internet

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Hackers mudam placa e avisam motoristas sobre ‘ataque de Godzilla’

19iiiireigiergirtbinhimimiieieie32211Hackers pregaram uma peça em motoristas de São Francisco, na Califórnia (EUA) ao trocarem a mensagem de um painel de aviso pela mensagem “Godzilla Attack” (Ataque de Godzilla, em tradução livre).

Alguns usuários, no entanto, pensaram se tratar em uma ação de marketing, já que o novo longa com o monstro estreou no último dia 16.

Porém, de acordo com o jornal “SFGate, a mensagem original da placa informava a respeito de bloqueio de ruas durante a prova de corrida Bay to Breakers, realizada no domingo (18).

 

 

Do G1, em São Paulo

Foto: Reprodução/Twitter/‏Ethan_Anderton

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Microsoft venderá versão mais barata de Xbox One

A Microsoft indicou nesta terça-feira (13) que venderá uma versão mais barata do seu console Xbox One sem o sistema de detecção Kinect.

O anúncio acontece no momento em que a Microsoft trava uma batalha com a Sony, que lidera o mercado de consoles de games com sua próxima geração PlayStation 4.

O Xbox One sem Kinect começará a ser vendido no dia 9 de junho por 399 dólares, o mesmo preço do PS4, de acordo com a postagem no blog de Phil Spencer, chefe da divisão Xbox.

“A sua opinião é importante para nós e molda os produtos e os serviços que fazemos”, indicou Spender, acrescentando que o console também “dará acesso aos jogos de maior sucesso” e a uma variedade de outros conteúdos.

Em abril, a Microsoft afirmou ter vendido cinco milhões de consoles Xbox One desde o lançamento no ano passado, número bem mais baixo que os sete milhões de PS4 vendidos pela Sony.

Uma das explicações apontadas por analistas foi a diferença de 100 dólares no preço dos modelos das duas marcas.

O Xbox One com o controle de voz Kinect e detecção de movimento continua sendo vendido por 499 dólares.

“Temos ouvido que vocês querem mais opções do Xbox One”, disse Spender.

“Você deseja ampla variedade de opções em seus jogos e em experiências de entretenimento e também quer opções na sua escolha de hardware.”

Spender diz que a companhia oferecerá o sensor Kinect como um adicional para os compradores que decidirem ter essa opção depois.

O Xbox One é vendido em 39 países e deve começar a ser vendido na China até o final deste ano.

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.