Empresa de Israel desenvolve menor bíblia do mundo

Bíblia de menos de meio centímetro é vista em pingente em Israel (Foto: Amir Cohen/Reuters)

Bíblia de menos de meio centímetro é vista em pingente em Israel (Foto: Amir Cohen/Reuters)

Uma edição do Novo Testamento desenvolvida em tamanho nano foi nomeada pelo Guinness Book, o livro dos recordes, como a menor bíblia do mundo, informou a companhia israelense que desenvolveu o item nesta terça-feira (9).

A empresa Jerusalem nano Bible disse ter desenvolvido um chip com tamanho menor que cinco milímetros que contém a versão original em grego do Novo Testamento.

O pequeno chip quadrado, que tem 4,76 milímetros em casa lado, pode ser colocado dentro de relógios ou pingentes e tem aplicações “infinitas” na indústria das joias, informou a companhia, segundo o jornal “Jerusalém Post”.

O produto foi validado por um especialista que determinou que o texto em grego contido no chip, apresentado a ele com um microscópio, de fato continha os 27 livros do Novo Testamento.

Nos planos futuros da companhia está desenvolver também uma versão nano do Velho Testamento.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

YouTube avisa se música usada em vídeo é protegida por direito autoral

YouTube passa a avisar de música usada em vídeo infringe direitos autorais. (Foto: Divulgação/Youtube)

YouTube passa a avisar de música usada em vídeo infringe direitos autorais. (Foto: Divulgação/Youtube)

 

O YouTube criou um recurso para avisar produtores de conteúdo o que pode acontecer se utilizarem músicas protegidas por direitos autorais em vídeos publicados na plataforma do Google. A novidade foi anunciada nesta segunda-feira (8).

Chamada de “Content ID”, a ferramenta atua no ato do upload do vídeo. Caso possua trilha sonora, a música utilizada é identificada a partir de uma pesquisa na livraria de áudios do YouTube. A partir daí são mostradas informações se é possível utilizar aquele título em todo o mundo, se é possível exibir anúncios no vídeo e, principalmente, se os proprietários dos direitos autorais da obra podem entrar com recursos para inviabilizar sua utilização no vídeo.

“Até agora não havia como saber o que poderia acontecer se você usasse uma faixa específica até que você subisse o vídeo”, afirmou Tim Grow, diretor do YouTube, em post do blog direcionado a publicadores de conteúdo.

O YouTube informa ainda que se o desejo do produtor de conteúdo é ganhar dinheiro com seu vídeo, é possível baixar sons e outros efeitos sonos da livraria da própria plataforma. Essas faixas não têm restrições e são gratuitas, diz o site.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Golpistas usam internet para tirar dinheiro de mulheres apaixonadas

Um alerta às mulheres que procuram um parceiro na internet. Por trás de promessas de amor e declarações apaixonadas, pode estar um golpista querendo dinheiro fácil.

Mulheres bem-sucedidas, profissionais respeitadas, inteligentes, e com mais uma coisa em comum: caíram no golpe do estrangeiro apaixonado.

“Eu vi uma foto de um homem que deixou uma mensagem em português. E eu achei interessante. Se identificou sendo de Londres. Ele me achou uma pessoa muito bonita. Ele também era bonito, atraente. Começamos a nos relacionar como se estivéssemos namorando mesmo”, conta uma das vítimas.

Essas duas psicólogas, vítimas do golpe, não querem se identificar. Têm vergonha de terem sido enganadas. Mas os golpistas são envolventes.

Nós vamos chamá-las, nesta reportagem, de Ana e Marina – dois nomes fictícios.

“Chegava aquela hora, eu já ligava o computador e ele já estava me esperando, dizendo: ‘Minha querida, meu anjo, que saudade de você, você é a mulher da minha vida, não vejo a hora de te conhecer pessoalmente’”, relata Ana.

“O perfil dessas pessoas que acabam se envolvendo pela internet já vem desse perfil de pessoas que desejam e que têm essa vontade de ter esses relacionamentos onde nada é imperfeito”, afirma a psicóloga Andrea Jotta.

“Ele colocava a filha dele também para falar comigo pelo telefone. Alguma criança que ele dizia que era filha”, lembra Ana.

Marina: Conversei duas vezes com a menina. Ela perguntou se ia ser minha filha.
Fantástico: Isso te tocou, né?
Marina: Isso me tocou. Possibilidade de ter uma filha, me tocou, sim. Ele soube envolver.

Por trás do tal inglês apaixonado, está uma quadrilha especializada em extorquir dinheiro de mulheres. Para se comunicar em português, eles usam a ferramenta de tradução da própria internet.  Depois que percebem que a vítima está envolvida, inventam uma história qualquer para pedir um adiantamento e prometem vir ao Brasil e devolver o dinheiro.

“Ele me contou que ele tinha uma herança para receber do pai dele, mas a condição é que ele fosse casado.  Ele me pediu em casamento e aí começou a processo”, explica Marina.

Ana: Aí, eu fiz…
Fantástico: Você fez a primeira remessa?
Ana: Fiz a primeira remessa de US$ 1 mil que ele havia me pedido. Eu mandei mais uma remessa de 4 mil e poucos dólares para ele e para filha dele. Aí, no dia seguinte, ele falou: ‘Olha, eu preciso de mais dinheiro’. Então, acabei mandando mais uma remessa de US$ 3,8 mil. Eu sei que, no total, foram US$ 11,4 mil.

Fantástico: Quanto você transferiu no total?
Marina: Em torno de R$ 102 mil.

“Algumas de certa forma acabam pagando ou entregando por medo ou receio de que aquele ser do outro lado, de repente, desapareça. Existe uma lacuna aí nesse emocional que não quer acreditar que aquilo vai deixar de existir”, comenta a psicóloga Andrea Jotta.

No interior de São Paulo, Luiza – que também usa nome fictício – foi procurada por um golpista, mas desconfiou.

“Eu percebi na rede social que ele buscava mulheres maduras e não jovenzinhas. Então, eu já liguei os fatos”, explica Luiza.

Ela pediu ajuda a um especialista em segurança na internet.

Os dois prepararam uma armadilha para o golpista: ele teria que dar o endereço de um e-mail para ser rastreado, mas o falso pretendente não caiu e perguntou se ela queria levá-lo à polícia.

Fantástico: Quantos casos desse tipo você já teve em mãos? De mulheres que sofrem esse tipo de extorsão?
Wanderson Castilho (perito em segurança digital): Já tive mais de 200 casos. Eles têm muito conhecimento tecnológico e têm muito conhecimento também sobre a relação humana. E aí ele consegue criar esse elo sentimental. Deixa a vítima cega e eles pedem tudo o que eles querem.

“Manda flores, manda presentes. Qual mulher que não gosta de ganhar flores ou presentes?”, argumenta Luiza.

Fantástico: De onde são essas quadrilhas?
Wanderson Castilho: Existem várias quadrilhas espalhadas pelo mundo, mas as mais focadas estão na África. Nigéria especificamente. Esse e-mail aqui partiu dos suspeitos para uma vítima. Se dizia ser de Londres. O que a gente vai fazer agora é rastrear este e-mail. O e-mail dizia sair de Londres. Na verdade está saindo da Nigéria, Lagos. Aqui é a localização da onde saiu esse e-mail verdadeiramente.
Fantástico: Adianta procurar a polícia num caso desses?
Wanderson Castilho: Desconheço qualquer autoridade que conseguiu fazer um tipo de prisão disso aqui.

Para não cair no golpe, é preciso estar atenta a algumas dicas:
– Identifique de onde partiu o convite de amizade, se ele conhece alguém na sua rede social.
– Desconfie de quem não quer aparecer na câmera nem falar ao telefone.
– Guarde todas as mensagens e releia com atenção o histórico em busca de alguma mentira ou contradição.

Fantástico: Quer dizer, afetou sua vida afetiva, emocional, tudo…
Ana: Uhum
Fantástico: Financeira…
Ana: Financeira, emocional…
Fantástico: Profissional, tudo…
Ana: Profissional. Todos os meses eu pago essa dívida, porque os juros bancários são muito altos.

“Eu não acreditava que um ser humano chegar a esse ponto, de te envolver a esse ponto, de mexer com os seus sonhos. Então, eu fiquei muito mal”, diz Marina.

 

Do Fantástico

Foto: Reprodução

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Start-up cria tampão de ouvido para dormir que filtra ‘sons importantes’

Da Folhapress

Acessório se conecta via Bluetooth ao smartphone e permite ao usuário ouvir certas notificações, como um alarme / Foto: DivulgaçãoAcessório se conecta via Bluetooth ao smartphone e permite ao usuário ouvir certas notificações, como um alarmeFoto: Divulgação

Uma equipe de três engenheiros de San Diego (EUA) desenvolveu um tampão de ouvido, que permite que apenas sons importantes incomodem o sono do usuário. O projeto busca financiamento via Kickstarter. O Hush tem cancelador de ruídos, como outros fones disponíveis no mercado, e pode ser útil para viajantes de avião ou para quem tem parceiros que roncam alto.

A diferença é que ele pode ser programado para que o som do despertador seja escutado, um perigo para quem decide fechar os ouvidos. O acessório se conecta via Bluetooth ao smartphone e permite ao usuário ouvir certas notificações. Além do alarme, dá para escutar quando chega um e-mail ou uma ligação importante.

O tampão também transmite sons de relaxamento, que, segundo os engenheiros, ajudam a cair no sono. Todos os recursos são comandados por um app disponível para Android e iOS. A duração da bateria, promete a equipe, é de mais de dez horas. A meta da campanha de US$ 100 mil já foi ultrapassada ­-até a última sexta-feira (5) tinha ultrapassado US$ 400 mil. A data de entrega está marcada para junho de 2015.

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple registra sistema que protege tela do iPhone antes de cair no chão

(Foto: Reprodução/Youtube)

A Apple patenteou a tecnologia chamada de “Mecanismo de Proteção para Dispositivos Eletrônicos”, que previne que os iPhones caiam no chão com a tela virada para baixo. O sistema é capaz de detectar quando o celular está caindo e movê-lo, por meio de vibração, evitando, assim, a quebra de sua tela.

A tecnologia funcionará com componentes que já existem nos iPhones, que são o GPS, o acelerômetro e o giroscópio. A empresa diz que é possível que o sistema funcione com os aparelhos existentes, mas antes é preciso que sejam feitas modificações nos sensores de vibração.

Ainda não há previsão para que o mecanismo comece a ser implantado pela Apple.

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Positivo supera Lenovo e volta a ser líder em computadores no Brasil

Linha de montagem da fabricante brasileira Positivo Informática, líder em computadores no Brasil. (Foto: Divulgação/Positivo)

Linha de montagem da fabricante brasileira Positivo Informática, líder em computadores no Brasil. (Foto: Divulgação/Positivo)

 

A Positivo Informática voltou a ser líder no segmento brasileiro de computadores no terceiro trimestre de 2014 após amargar seis meses atrás da chinesa Lenovo. Segundo a consultoria IDC, a companhia é a única fabricante local e focada no mercado nacional de um dos maiores mercados de PCs a desbancar multinacionais.

À frente nas vendas dentro do Brasil, a brasileira enfrenta forte competição da asiática, que entrou no Brasil em 2013, após comprar a fabricante local CCE. A estratégia de preços baixos associada ao foco em micro e pequenos negócios rendeu frutos. Esteve à frente da Positivo durante nove dos últimos 15 meses encerrados neste terceiro trimestre. Antes disso, a brasileira que domina as vendas no Brasil há dez anos desde que começou a fabricar PCs só havia perdido a dianteira entre janeiro e março de 2011 para a HP.

“A gente depende muito do Brasil, diferente de multinacionais que podem dar passos mais agressivos rumo à conquista de liderança e que tentaram ao longo do tempo”, afirmou ao G1 o presidente da Positivo, Hélio Rotenberg. A fabricante vendeu 554,4 mil computadores e 111,2 mil tablets entre julho e setembro deste ano. Nesse período, foi responsável por 16,6% das vendas do país (17,1% de todos os desktops comercializados e 15,6% dos notebooks).

Desejo brasileiro
“A gente entende profundamente o consumidor brasileiro”, diz o executivo. “Continuamos fazendo o que a gente sempre fez. Talvez os nossos concorrentes tenham recuado um pouco porque não conseguem sustentar a operação sem lucro durante muito tempo”, diz Rotenberg, explica a retomada da liderança e provocando a rival chinesa. Contatada pelo G1, a Lenovo informou que não comentaria as declarações.

A indústria da informática recebe benefícios fiscais para produzir no país. “Assim como a indústria automobilística, você só é competitivo se você produz no Brasil, mas você não tem um incentivo maior por ser brasileiro do que por ser multinacional”, diz, acrescentando que “no caso dos computadores, a líder é uma brasileira, mas todas as outras produzem no brasil: Lenovo, HP, Dell, Acer, Asus, Samsung. Mas não desenvolvendo computador no Brasil. Nós projetamos, desenvolvemos e produzindo computador no Brasi”.

Como exemplos desse esforço de atingir em cheio o desejo do brasileiro, Rotenberg cita o lançamento do PCTV, em 2005. “Quando a gente lançou o PCTV há alguns anos a gente mostra que as famílias que compram o primeiro computador também querem comprar a segunda televisão.” A retomada da liderança ocorre em um momento controverso. Apesar de registrar lucro de R$ 13,5 milhões no terceiro trimestre, a companhia viu as vendas de computadores caírem 3%. O ambiente ruim é compartilhado com os outros fabricantes, já que a indústria enfrenta em 2014 um de seus piores anos. De julho a agosto, a venda desabou 31%, segundo a IDC.

Hélio Rotenberg, presidente da Positivo, fabricante brasileira de computadores. (Foto: Divulgação/Positivo)
Hélio Rotenberg, presidente da Positivo, fabricante brasileira de computadores. (Foto: Divulgação/Positivo)

Internacional
Para ampliar seus horizontes, a Positivo aposta na internacionalização. Depois de chegar a Argentina e Uruguai há três anos e meio, anunciou na semana passada a entrada na África, onde instalará uma fábrica em Ruanda. Já vendeu ao governo desse país 750 mil tablets e PCs que serão entregues dentro de cinco anos. De acordo com Rotenberg, a expansão rumo à África também servirá para ampliar o foco da empresa na diversificação de produtos já que a planta local fabricará tablets também. No sentido de diminuir a dependência dos computadores, a Positivo amplia sua atuação entre os smartphones junto às operadoras –TIM e Oi passam a vender os aparelhos. Entre os tablets, a companhia já é a quinta, o que a coloca, por exemplo, à frente da Apple no país.

O último lançamento da empresa vai nessa toada. O Positivo Duo é computador cuja tela se destaca do teclado para ser usada como tablet. “Deixamos de ser uma empresa de computador, para ser uma empresa de dispositivo”, resume o presidente da Positivo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Falha no Whatsapp pode travar app de celulares com Android

(Foto: Mayra Cavalcanti/NE10)

(Foto: Mayra Cavalcanti/NE10)

Dois jovens indianos de 17 anos de idade descobriram uma falha no Whatsapp, de smartphones com sistema operacional Android, que pode travar o aplicativo. A dupla demonstrou o erro através de um vídeo. O bug acontece quando a pessoa recebe uma mensagem com uma sequência de caracteres especiais.

Após o erro, para que o app volte a funcionar, é preciso que a pessoa o reinicie e apague o histórico de conversa com a pessoa que enviou a mensagem. A falha foi detectada apenas em celulares com Android, incluindo o Kitkat e versões anteriores. Já nos smartphones com iOS e Windows Phone, nada foi registrado.

Anteriormente, já havia sido registrado um erro em que mensagens maiores que 7 MB poderiam afetar o funcionamento do Whatsapp em celulares com Android. A empresa não se pronunciou em relação à falha.

 

MundoBit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Grandes distribuidoras da Austrália retiram videogame da venda

Da AFP

Decisão foi tomada após uma petição lançada por ex-prostitutas que recolheu 40.000 adesões / Foto: Reprodução 

Decisão foi tomada após uma petição lançada por ex-prostitutas que recolheu 40.000 adesõesFoto: Reprodução

Os gigantes australianos da grande distribuição Target e Kmart anunciaram nesta quinta-feira que retiraram de suas prateleiras Grand Theft Auto V – videogame de renome mundial no qual é preciso matar e trapacear para vencer – porque fomenta a violência contra as mulheres.

Target e Kmart, integrantes do holding Wesfarmers, tomaram a decisão de não vender a quinta versão do GTA após uma petição lançada por ex-prostitutas que recolheu 40.000 adesões.

“Jogos como esse preparam mais uma vez uma nova geração de meninos a tolerar a violência contra as mulheres”, afirma o texto da petição.

“Fomenta a epidemia de violência sofrida por tantas meninas e mulheres na Austrália e em todo o mundo”, acrescenta o documento, que fala de um jogo “repugnante”.

A Target, com 300 lojas na Austrália, afirmou que o grupo deseja levar em consideração as inquietações da sociedade australiana. No entanto, continuará vendendo outros videogames proibidos para menores de 18 anos.

O GTA, lançado em 1997 em uma versão que provocou polêmica desde o início, e que tem legiões de fãs em todo o mundo, coloca em cena um trio muito particular que atua em uma cidade chamada Los Santos, em uma referência a Los Angeles.

As novas aventuras do trio não ajudam a aliviar o debate, já que há diversas cenas de relações sexuais com prostitutas, de condução de veículos em estado de embriaguez ou assassinatos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Apple lança novo iPad com leitor de impressões digitais no Brasil

(Foto: Divulgação)

A Apple começou a vender no Brasil nessa terça o iPad Air 2 e o iPad mini 3, nova geração de seus tablets, por preços a partir de R$ 2.049 e de R$ 1.729, respectivamente.

Os novos dispositivos têm como principal novidade o leitor de impressões digitais. O novo iPad Air (versão maior) ganhou também um novo processador, mais potente, e ficou mais fino e leve que seu antecessor.

O iPad mini 3 tem praticamente nenhuma mudança, salvo o identificador de digital. Os aparelhos foram apresentados no dia 16 de outubro. Esses preços são para as versões básicas dos aparelhos, com 16 Gbytes e sem entrada para chip celular.

Os modelos anteriores iPad Air, iPad mini 2 e iPad mini continuam sendo vendidos, respectivamente por a partir de R$ 1.599, R$ 1.399 e R$ 1.249. O preço de lançamento do iPad Air foi de R$ 1.749, e, o do iPad mini 2, de R$ 1.499 (versões com 16 Gbytes). [Da Folhapress]

 

 

Mundo Bit

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Twitter vai tomar medidas para evitar mensagens abusivas ou violentas

Foto: Divulgação.

O Twitter anunciou que reforçará as medidas de precaução para evitar que a rede social seja usada com fins de perseguição ou sirva para a publicação de mensagens abusivas ou violentas.

O serviço de mensagens instantâneas destacou que está melhorando os procedimentos que permitirão denunciar este tipo de comportamento com um telefone celular.

“E, para permitir reações mais rápidas, realizamos várias melhorias nas ferramentas e procedimentos que permitem verificar os tuítes e as contas”, escreveu em um blog Shreyas Doshi, diretor de gestão de produtos de segurança de usuários.

As atualizações estão disponíveis para uma quantidade reduzida de usuários no momento, mas ficarão para todos os usuários nas próximas semanas.

“Estamos longe de ter terminado com este tipo de mudanças. Nos próximos meses, poderá encontrar mais parâmetros de uso, outras melhorias no procedimento de denúncia e novas medidas contra as contas de usuários que cometem abusos”, acrescentou Doshi. [Da AFP]

– See more at: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2014/12/03/twitter-vai-tomar-medidas-para-evitar-mensagens-abusivas-ou-violentas/#sthash.1cOyS9Ay.dpuf

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.