Homem com três mandados de prisão é preso em Agrestina.

Na terça-feira (18), operação conjunta entre policiais civis da Delegacia de Agrestina, equipe Malhas da Lei de Caruaru e polícia militar resultou na prisão de um homem, vulgo “Pipa”, de 33 anos. Contra ele constava três mandados de prisão, todos expedidos pela Justiça Pública da Comarca de Arcoverde, sob a acusação de cometer roubos e furtos na cidade, além de cometer os mesmos crimes na cidade de Agrestina.
O suspeito foi recolhido para o Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, onde permanece à disposição da Justiça.
EncartNoticias.com

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem é preso em Palmares acusado de tentar vender monitor e teclado de computadores do Ministério da Educação.

Policiais civis da Delegacia de Palmares prenderam em flagrante delito, na tarde de quinta-feira (20) um homem de, 23 anos, acusado de tentar comercializar com populares um monitor de computador e um teclado, ambos adquiridos pelo Ministério da Educação, em pregão realizado.
Segundo as investigações e as próprias declarações do suspeito, os bens teriam sido furtados por um conhecido seu, de uma escola estadual do município de Água Preta.
O mesmo foi autuado pelo crime de receptação qualificada e recolhido para o Presídio Dr. Rorenildo da Rocha Leão, na cidade de Palmares.
EncartNoticias.com

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PF prende último integrante de quadrilha responsável por tráfico de drogas interestatual

A Polícia Federal e o DENARC-PE concluíram as investigações de um caso de tráfico de drogas interestadual ao prender, na última quarta-feira (19), o úlimo traficante da quadrilha, que estava foragido desde novembro do ano passado. O preso era responsável por articular a vinda de traficantes de outros estados para comerciar a droga na capital pernambucana, bem como providenciar a distribuição para diversos criminosos da cidade.

José Carlos Casturino, 42 anos, é de Santa Helena, no Paraná, e residia no Bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. O traficante, conhecido pelo apelido “Bile”, deixou de ser preso no ano passado, quando outros três integrantes da quadrilha foram detidos na praia de Maria Farinha, onde foram apreendidos 40 quilos de pasta base de cocaína.

Ele foi preso quando estava em um bar no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, próximo ao Shopping RioMar, e foi levado para a sede da PF, onde informou que só irá se pronunciar em juízo perante o magistrado. José Carlos foi indiciado por tráfico interestadual de entorpecentes e associação para o tráfico. Se for condenado, poderá pegar penas que somam 25 anos de reclusão.

 

NE10

Foto: Polícia Federal/Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Mulher é suspeita de matar mãe no Rio e concretar corpo embaixo da pia

A polícia está à procura de um casal, foragido da Justiça por suspeita de matar a mãe da mulher e enterrar o corpo dela dentro de casa em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. De acordo com a Polícia Civil, Samile Pinto da Fonseca, de 39 anos, e o namorado, Fábio de Oliveira Furtado, de 18, mataram a vítima e usaram concreto para ocultar o cadáver, sob a pia da cozinha da residência da família.

Fotos do casal estampam cartaz do Disque-Denúncia. Samile e Fábio tiveram a prisão temporária decretada pelo Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O desaparecimento da idosa de 62 anos teria sido denunciado à polícia por vizinhos da família. O cadáver foi encontrado na quarta-feira (19).

O crime, ocorrido na casa da família na comunidade conhecida como Largo do Cristiano, é investigado pela Delegacia de Homicídios da capital fluminense. A expectativa da polícia é que, com a divulgação dos rostos dos procurados, a população colabore com a investigação repassando informações que ajudem a descobrir o paradeiro do casal.

O anonimato é garantido e as denúncias podem ser feitas pelo whatsapp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, ou por meio do telefone do Disque-Denúncia (21) 2253-1177.

 

 

Do G1 Rio

Foto: Divulgação / Disque-Denúncia

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Jovem é assassinado a tiros em Escada

Um jovem de 21 anos foi morto a tiros na noite da última quinta-feira (20) no município de Escada, na Zona da Mata Sul do Estado. Segundo informações preliminares, o crime teria acontecido por volta das 19h de ontem. A polícia acredita que o homicídio tenha sido motivado pelo suposto envolvimento do rapaz com drogas.

De acordo com a polícia, a vítima, identificada como José Guilherme de Lyra, 21 anos, estaria na Academia da Cidade, localizada no bairro do Atalaia, no Centro de Escada, quando foi alvejada por vários disparos de arma de fogo. José Guilherme chegou a ser socorrido para o Hospital Regional do município, mas já chegou ao local sem vida. O corpo do rapaz foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

O local onde aconteceu o crime fica próximo à beira do rio, com mato alto e bastante deserto no período da noite. Segundo a polícia, por ser assim, escuro, alguns indivíduos utilizam o local para o consumo de drogas.

Pelas caraterísticas do crime, os policias acreditam que se trata de uma execução. José Guilherme deve ser enterrado na tarde de hoje, no cemitério Santo Amaro, em Escada. O caso foi registrado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

 

JC Online

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Autor de disparos no Totó diz que menino de 6 anos não foi usado como escudo humano

O adolescente autor dos disparos que mataram o menino Miguel Almeida de Lima Freitas, de 6 anos, no sábado (8), na comunidade do Totó, zona oeste do Recife, foi à polícia e disse que o menino não foi usado como escudo humano.

O garoto prestou depoimento no DHPP nessa segunda-feira (18), no bairro da Imbiribeira, e saiu pela porta da frente da delegacia. Ele confirmou a versão de que iria matar Walter Gutemberg Ribeiro da Cunha, de 19 anos, com quem tinha brigado em “um brega”.

Testemunhas contaram que o menino acabou sendo utilizado como escudo humano, o que gerou uma comoção popular. O comparsa do acusado, identificado apenas como Bruno, deve prestar depoimento nesta quarta (19), às 10h.

O delegado Ivaldo Pereira, responsável pelo inquérito, vai solicitar a apreensão do adolescente e a prisão preventiva do maior de idade. Ele afirma que o jovem negou a versão de escudo humano, amplamente divulgada pelos familiares da vítima.

 

 

Rádio Jornal

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Polícia Civil de Taquaritinga do Norte apreende quase 1,5kg de maconha e prende duas pessoas em flagrante.

Policiais civis da Delegacia de Taquaritinga do Norte, na última quarta-feira (12), após denúncia de que no Loteamento Capibaribe funcionava ponto de vendas de drogas, dirigiram-se à localidade e prenderam em flagrante delito dois homens, um de 33 anos e outro de 21 anos, no momento em que os dois estavam embalando a maconha. Na residência foram encontrados 136 papelotes de maconha prontos para comercialização e uma grande quantidade da mesma droga em um invólucro, totalizando tudo 1.455 kg da droga. Ainda foram apreendidas uma pedra de crack e vários DVD´s e CD´s piratas e uma motocicleta.

Ainda em diligências, os policiais civis se dirigiram até a casa de um menor de idade e lá também encontraram 33 papelotes de maconha prontos para comercialização, somando 274 gramas da droga.

Os dois homens, foram recolhidos para a Cadeia Pública de Taquaritinga do Norte e contra o menor de idade foi instaurado um Procedimento Especial de Menor.

 

EncartNoticias.com

Foto: Divulgação Polícia

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PF prende homem que desviou 14 toneladas de cimento em Salgueiro

A Polícia Federal prendeu um homem acusado de desviar cargas de cimento em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. A prisão ocorreu no dia 13 de fevereiro, quando a PF descobriu o local onde Manoel Pereira Angelo, 59 anos, descarregava o material. No dia da operação, que aconteceu em parceria com a Polícia Militar, foram encontradas 14 toneladas de cimento no Sítio Malícia, na zona rural da cidade sertaneja.

Manoel Angelo é dentista e empresário do ramo de pneus e da construção civil, que atua no município de Penaforte, no Ceará. A 30 quilômetros, na cidade pernambucana de Salgueiro, Manoel mantinha um esquema de desvio de cimento.

Caminhões de uma empresa de concreto sediadas em Petrolina descarregavam no Sítio Malícia, dentro da casa alugada pelo dentista. Segundo ele, os próprios motoristas da empresa é que faziam a proposta do negócio. Por cada 50 quilos de cimento, Manoel pagava R$ 12 e revendia o saco por R$ 20. Com as 14 toneladas que foram apreendidas, o suspeito poderia faturar R$ 5,6 mil, gastando R$ 3.360, um lucro de R$ 2.240.

Foto: Divulgação/PF

No dia 13 deste mês, a PF e a PM foram ao sítio com 10 policiais e encontraram apenas dois ajudantes, que esperavam um caminhão, para ensacar e despachar o cimento. Interrogados, eles acabaram entregando Manoel Angelo, que foi detido no mesmo dia. Ele foi autuado em flagrante por receptação qualificada e se for condenado, o empresário pode pegar de 3 a 8 anos de prisão. No momento, o suspeito se encontra no Presídio de Salgueiro, onde fica a disposição da justiça.

 

 

Do JC Online

Foto: Divulgação/PF

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ex-presidiário suspeito de matar delegado é assassinado em Caruaru

Um ex-presidiário de 33 anos foi assassinado com pelo menos 15 tiros em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O crime ocorreu na noite dessa quarta-feira (19) na rua João Gomes, no bairro Vila Kennedy. A vítima era suspeita de ter assassinado um delegado na Bahia.

Segundo a Polícia Militar, dois homens desconhecidos se aproximaram da vítima, identificada como Reinaldo Santos Silva, e efetuaram os disparos contra o ex-detento. Reinaldo foi atingido no tórax, abdômen, costas, no braço esquerdo e no rosto. Em um dos bolsos da roupa da vítima, os policiais encontraram cerca de R$ 4 mil.

Os suspeitos pelo homicídio ainda não foram localizados e a Polícia Civil investiga a motivação do assassinato.

PRIMEIRO CRIME – Ainda nessa quarta-feira, pela manhã, no bairro Nova Caruaru, um servente de pedreiro de 25 anos e também ex-presidiário foi executado a tiros. Segundo a polícia, a vítima estava no trabalho quando foi abordada por dois homens armados e um deles efetuou os disparos. O caso é investigado e os autores do crime estão foragidos.

Os corpos das vítimas dos dois homicídios foram levados ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru, ainda no Agreste.

 

 

NE10

Foto: Blog Adeilson Galvão

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Palestrante sobre pedofilia é preso por polícia do DF por abusar da filha

Um eletricista de 26 anos, que ministrava palestras em escolas sobre prevenção de violência sexual e combate à pedofilia, foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal na manhã desta quarta-feira (19) por abusar da própria filha e incluí-la em orgias com a companheira, entre 2012 e 2013. A madrasta da menina não foi detida porque era menor de idade na época dos crimes, mas vai responder por infração análoga a estupro de vulnerável, segundo a corporação.

A polícia chegou até o suspeito depois de uma denúncia da mãe da vítima. Segundo o delegado que chefiou as investigações, Marcelo Zago, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a filha foi morar com o pai porque a mulher não tinha condições financeiras de cuidar da menina.

A criança, hoje com 8 anos, voltou a viver com a mãe em dezembro último, depois de se queixar de maus tratos por parte do pai e da madrasta. O agressor e a mãe da vítima possuem outro filho, de 6 anos. Ele estava morando com o pai há dois meses. Segundo a polícia, o garoto não sofreu violência do eletricista e da companheira dele.

“A mãe afirmou que desconfiou quando estava assistindo TV e passou uma reportagem sobre camisinha. A criança ficou interessada, e ela começou a perguntar mais coisas. A menina acabou dizendo que já conhecia aquilo, que já tinha visto o pai usando”, afirma Zago.

A prisão aconteceu no Entorno do DF. A polícia não divulgou a cidade. Computadores e mídias eletrônicas foram apreendidos, mas nada de ilegal foi encontrado, segundo o delegado.

Zago informou que no depoimento a criança relatou onde ficavam guardados os preservativos e uma ducha íntima utilizada pelo casal durante as relações. “Ela disse exatamente onde ficavam os objetos, o que só reforça que houve o crime”, diz o delegado.

Segundo a polícia, a vítima relatou que fazia sexo oral com o casal. O exame do Instituto Médico Legal (IML) comprovou que houve penetração durante a prática sexual.

Na delegacia, o agressor afirmou que estava arrependido e que cometeu o abuso por “fraqueza”. “Ele justificou que já tinha sido abusado também, e que isso pode ter contribuído. Ele chegou a dizer ‘como eu fiz isso? Logo eu que fazia palestras sobre pedofilia’”, diz Zago.

Ainda no depoimento, o suspeito afirmou que cometeu o crime quatro vezes. Segundo a polícia, a vítima diz que os casos ocorriam sempre que o casal mantinha relações ao longo de 2012 e 2013.

O casal também obrigava a menina a executar diariamente diversos serviços domésticos, como cozinhar e limpar a casa. A vítima disse que apanhava de chinelo e de cinta, segundo o delegado.

O eletricista foi levado para uma penitenciária de uma cidade do Entorno. Segundo a polícia, ele não tem ficha criminal no DF. “Ele é suspeito de um caso de roubo em Alagoas, mas sem comprovação”, diz Zago. Caso seja condenado, ele pode pegar até 15 anos de prisão. A madrasta da vítima, hoje com 18 anos, pode ser internada por até três anos.

 

 

Do G1 DF

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com