Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

PRF prende homem procurado por homicídio em Serra Talhada

Segundo a PRF, o foragido conduzia uma motocicleta quando recebeu ordem de parada dos policiais.

Por g1 Caruaru

Um homem procurado por homicídio no estado de Alagoas, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, no domingo (23).

Segundo a PRF, o foragido conduzia uma motocicleta quando recebeu ordem de parada dos policiais.

O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis. A motocicleta foi recolhida ao pátio conveniado após ficar constato licenciamento vencido.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Jovem de 21 anos é estuprada dentro de banheiro de clube em Garanhuns

Polícia Civil está investigando o caso.

Por g1 Caruaru

Uma jovem de 21 anos foi estuprada na zona rural de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, no domingo (23).

De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu dentro de um banheiro de um clube de piscina. A Polícia não passou detalhes do suspeito de cometer o crime.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, onde o caso está sendo investigado.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem é morto a faca em Belo Jardim

Um homem foi morto a facadas na madrugada deste domingo (23), no bairro Bom Conselho, no município de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco.

O crime aconteceu em um bar, Jakson Eduardo de Siqueira Liberal, de 39 anos, estava no local, quando a suspeita que é sua irmã lhe pediu dinheiro, Jakson não deu e ela o golpeou com uma faca.

Jakson chegou a ser socorrido e morreu no hospital local, a autora conseguiu fugir e está sendo procurada pela polícia.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru.

Do Agreste Violento

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Acidente deixa duas vítimas fatais em Arcoverde

De acordo com informações preliminares, um acidente envolvendo uma moto deixou duas vítimas fatais na noite do Domingo (23/10/22), na BR 232 em Arcoverde, Sertão de Pernambuco.

Segundo informes, as vítimas um homem de 21 anos e uma adolescente de 17, estavam em uma moto, quando vieram a cair no asfalto e provavelmente foram atropelados por um veículo.

A PRF, o I.C. e a Polícia Civil estiveram no local, os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

As causas do acidente serão investigadas pela autoridade competente.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Polícia Civil registra homicídios em Caruaru, Garanhuns e Cachoeirinha

Nos três casos as vítimas foram homens. Polícia Civil está investigando o caso.

Por g1 Caruaru

Um homem foi assassinado na noite da quinta-feira (20), no bairro Cohab 3, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

Segundo a Polícia Civil, Janaino Lourenço de Souza, de 32 anos, foi encontrado com várias marcas de tiros na Rua Anibal Paes de Lira. Ele foi socorrido para o Hospital Regional Dom Moura, mas não resistiu aos ferimentos. Dois suspeitos de cometer o crime foram presos e levados para Delegacia de Polícia Civil. O corpo da vítima foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Um outro crime também foi registrado em Cachoeirinha, no Agreste. De acordo com a polícia, José Augusto de Lira, de 38 anos, estava em uma praça quando foi atingido por golpes de faca. Ele não resistiu e morreu no local. Uma jovem de 18 anos é suspeita de cometer o crime. A Polícia Civil está investigando o caso.

Em Caruaru, um jovem de 19 anos foi morto a tiros no Residencial Alto do Moura, na noite da quinta-feira (20). De acordo com a Polícia Civil, Gleidison Henrique da Silva, de 19 anos, estava dentro de um apartamento quando foi assassinado. Ele não resistiu e morreu no local. A polícia está investigando a motivação e a autoria do crime.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PF quebra muros de clube de tiro em operação contra uso de CACs falsas para vender armas

Em Maceió, os policiais federais quebraram as paredes de um clube de tiros.

Por g1 AL

A Polícia Federal faz nesta sexta-feira (21) uma operação contra investigados por falsidade ideológica para comércio e porte ilegal de armas e abertura de clubes de tiros. As ações acontece em Alagoas, Pernambuco e São Paulo.

Segundo a PF, os investigados fraudavam o registro de Colecionador, Atirador desportivo e Caçador (CAC) para aquisição e comércio de armas irregulares. Os nomes dos investigados não foram divulgados pela Polícia Federal.

No total, foram expedidos quatro mandados de prisão preventiva, 37 mandados de busca e apreensão, 11 ordens de suspensão das atividades de natureza econômica de pessoas jurídicas, sequestro de bens adquiridos a partir de 2019 e bloqueio de valores.

Em Maceió, a ação ocorre em um clube de tiros localizado no bairro da Serraria, em Maceió, que funciona de forma regular. A reportagem da TV Gazeta acompanha a ação da PF no local. Os agentes usam marretas para quebrar as paredes do clube.

Na ação, a justiça ainda pediu o bloqueio de 14 páginas, entre perfis e canais de disseminação de conteúdo ilegal sobre armas na internet.

A operação é feita a pedido da justiça de Caruaru, no Pernambuco, após representação da Polícia Federal e manifestação favorável do Ministério Público Federal.

Esquema

Ainda segundo a PF, o grupo utilizava pessoas jurídicas como instrumentos para produzir entrevistas, vídeos e outros conteúdos e difundir em nome delas, principalmente na internet, publicidades ilegais para a venda, estimulando o uso indiscriminado de armas de fogo e incitando a prática de crimes.

Os investigados podem responder pelos crimes de pertencimento a organização criminosa, falsidade ideológica, uso de documento falso, porte ilegal de arma de fogo, comércio ilegal de arma de fogo, dentre outros crimes. As penas somadas podem alcançar 30 anos de reclusão e multa.

Esta reportagem está em atualização.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Servidores públicos estão entre alvos de ações contra fraudes investigadas em provas de concursos de polícias

Operações Pitonisa e Múltipla escolha foram deflagradas, nesta quinta (20), em Pernambuco, mais três estados e Distrito Federal. Foram cumpridos dez mandados de captura e 30 de buscas.

Por g1 PE

Operações prendem suspeitos de fraudar concursos públicos e cumprem mandados em quatro estados e no DF

Servidores públicos estão entre os alvos de duas operações deflagradas, nesta quinta (20), contra fraudes em concursos públicos realizados paras as polícias de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, integravam a organização policiais civis e militares, além de bombeiros e funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) .

Ainda de acordo com a polícia pernambucana, foram cumpridos dez mandados de prisão e 30 de busca e apreensão. Além do estado, as ações aconteceram em Alagoas, Paraíba, Distrito Federal e Espírito Santo.

Em entrevista coletiva concedida, nesta quinta, na sede da Polícia Civil, no Centro do Recife, os delegados das equipes de combate à corrupção detalharam as ações das operações Pitonisa e Múltipla Escolha.

Elas investigaram crimes praticados em seleções públicas para as Polícias Civil e Militar de Pernambuco, em 2016.

A delegada Viviane Santa Cruz afirmou que vários dos investigados possuem cargos públicos. Não são mas policiais, mas pessoas de outros órgãos estaduais e federais. “Tem gente que participa do Detran e da Universidade Federal”, declarou.

Itens apreendidos em operações da Polícia Civil de Pernambuco — Foto: Divulgação/PCPE

Itens apreendidos em operações da Polícia Civil de Pernambuco — Foto: Divulgação/PCPE

A delegada disse também que há indícios de que alguns desses servidores entraram no serviço público “mediante meio fraudulento”.

A corporação não esclareceu quantos são os servidores públicos envolvidos nem conduta de cada um deles.

Santa Cruz disse, ainda, que a grande maioria reside em Pernambuco, mas alguns, por terem passado em concursos, migraram para outros locais.

“Existem alvos em outros locais, porque há um núcleo da organização que atuava em vários estados da federação. Existe um núcleo específico que comandava a operação em Pernambuco”, declarou.

Viviane Santa Cruz disse também que, ao serem interrogados, envolvidos negaram a participação nas fraudes, embora a polícia tenha acumulado muito material para comprovar a relação deles com a organização.

A policial disse que, agora, a meta é retirar do serviço público funcionários que entraram por meio de fraudes nos concursos.

“A polícia vai compartilhar os resultados das investigações com a corregedoria para fazer o procedimento administrativo. É para a pessoa ser retirada do serviço público. Alguns foram identificados. Queremos identificar outras pessoas”, informou.

Documentações apreendidas em operações da Polícia Civil — Foto: Divulgação/PCPE

Documentações apreendidas em operações da Polícia Civil — Foto: Divulgação/PCPE

Ainda segundo a delegada, há, atualmente, pessoas envolvidas nas fraudes dento do serviço público. “Vamos informar isso para a corregedoria. Para que não tenhamos mais essas pessoas prestando serviços para a população”, declarou.

O delegado Diogo Vitor afirmou que a polícia pernambucana tem, agora, dez dias para concluir o inquérito policial.

“Foram realizados diversas oitivas, interrogatórios e foram apreendidos materiais. A gente precisa analisar esse material para concluir. Há indicativo deles terem praticado outros concursos públicos”, afirmou.

Nas operações foram apreendidos computadores, celulares, armas de fogo, munições e documentos.

Como a quadrilha atuava

Operações prendem suspeitos de fraudar concursos públicos

As investigações quem embasaram as operações Pitonisa e Múltipla Escolha começaram em junho de 2018. Segundo a s apurações, os candidatos aos concursos tinham que pagar para entrar no esquema.

Ainda de acordo com a polícia, nas avaliações dos concursos, especialistas nas matérias faziam as provas e transmitiam o gabarito por meio de micropontos e microcelulares, colocados em relógios.

“Trata-se de uma organização criminosa com expertise em fraude de concurso público. Pessoas eram contratadas para fazer a prova. Em seguida, essas pessoas repassavam o gabarito para pessoas que aceitavam pagar por esse serviço”, afirmou o delegado.

Segundo ele, são pessoas acostumadas com essa prática. “Alguns, inclusive, já foram alvo de ação da Polícia Civil de Alagoas, da Polícia Civil da Paraíba, também no combate a essas fraudes”, afirmou Diogo Vitor.

A delegada Viviane santa Cruz disse que o grupo atuava em fraudes em concurso público no Brasil inteiro.

“A gente também identificou que eles criavam microcélulas para participar de concursos diversos e tinham alguns alvos em comum, que atuavam no Brasil todo”, afirmou.

A policial observou que a organização cooptava a clientela. Quem entrasse no esquema pagava um determinado valor para participar da fraude.

“Caso houvesse um resultado positivo no final do concurso, se a pessoa ingressasse, tinha que arcar com um valor a mais, posteriormente”, acrescentou.

A delegada disseque não foi detectada a participação de organizadores ou componentes de bancas examinadoras nas fraudes dos concursos.

“Os integrantes da organização usavam táticas para treinar as pessoas a entrar nas salas e passar pelos detectores de metal. O processo era feito sem conhecimento dos órgãos operativos”, comentou.

Viviane Santa Cruz afirmou também que foram investigadas outras ações a organização, como compra de diplomas legais e Fichas 19, documentos que comprovam a conclusão do ensino médio.

‘Era para a pessoa ter os requisitos exigidos e poder ter condições de fazer os concursos”, acrescentou.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Dois jovens são mortos a tiros em Palmares, na Mata Sul

Eduardo Antônio Silva de Mendonça e Gilberto Silvanio da Silva Filho estavam no Engenho Sumidouro quando assassinados.

Por g1 Caruaru

Um adolescente de 16 anos, e um jovem de 24 anos, foram assassinados na zona rural de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, Eduardo Antônio Silva de Mendonça e Gilberto Silvanio da Silva Filho estavam no Engenho Sumidouro quando foram atingido por tiros. O adolescente morreu no local, já o homem chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Palmares, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil está investigando a motivação e a autoria do crime. Os corpos foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Motorista perde controle, invade calçada e capota com carro em Caruaru

Acidente aconteceu em avenida do bairro Vassoural, na noite da quarta-feira (19).

Por g1 Caruaru

Um motorista perdeu o controle do veículo e invadiu uma calçada no bairro Vassoural, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O caso aconteceu na noite da quarta-feira (19). (veja abaixo)

Motorista perde controle, invade calçada e capota com carro em Caruaru

Os moradores disseram que o condutor também derrubou uma motocicleta que estava no local e capotou com o carro. Ele ficou ferido e foi socorrido por pessoas que estavam no local.

A Polícia Civil está investigando a causa do acidente.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Quatro pessoas são presas após comprar veículo com falso pix em Caruaru

Vítima acionou a polícia e os suspeitos foram presos e levados para Delegacia de Plantão para as medidas cabíveis.

Por g1 Caruaru

Quatro pessoas foram presas após comprar um veículo com um falso pix em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, na quarta-feira (19).

Segundo a Polícia Militar, a vítima anunciou nas redes sociais que estava vendendo um carro. Um dos suspeitos entrou em contato com a vítima e negociou a compra do veículo. Na hora do pagamento foi feito uma transação de um pix falso.

A vítima acionou a polícia e os suspeitos foram presos e levados para Delegacia de Plantão para as medidas cabíveis.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.