Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Março registrou 10 mortes por dia no Estado

Pernambuco ultrapassou a marca de 300 assassinatos em março, último mês de Eduardo Campos como governador do Estado. É o pior desempenho do Pacto pela Vida, programa de combate à violência, desde dezembro de 2012, quando foram contabilizados 315 crimes violentos letais intencionais (CVLIs), terminologia para designar homicídios.

Os dados ainda não foram concluídos oficialmente. Mas o Comitê Gestor do Pacto trabalha com o registro de 310 assassinatos. Uma média de dez por dia. O mês que terminou na última segunda-feira (31) também apresentou um aumento de 8,7%, pelo menos, em relação aos homicídios registrados no mesmo período do ano passado. Em março de 2013, foram 285 assassinatos.

O Pacto pela Vida é a maior vitrine da gestão Eduardo Campos. E será a principal bandeira do presidenciável na eleição deste ano, quando disputará com a presidente Dilma Rousseff. A partir de sexta-feira, o programa será comandado pelo futuro governador João Lyra Neto.

Nos últimos dias, voltaram a ocorrer casos que chocaram a população e a opinião pública pela brutalidade dos crimes. No domingo (30), no município de Xexéu, na Mata Sul pernambucana, uma menina de 7 anos foi abusada sexualmente e estrangulada. A garota foi sequestrada à tarde, enquanto brincava no quintal de casa. O irmão da vítima, um menino de 12 anos, foi quem encontrou o corpo num canavial. O suspeito do crime já está detido.

Na segunda-feira (31), a Mata Sul presenciou outra morte violenta. Grávida de sete meses, Gabriela Maria da Cunha, 25, estava jogando dominó com duas amigas, em Barra de Sirinhaém, quando foi alvejada na barriga por um tiro disparado por um homem. Mulher e feto não resistiram. O pai da vítima, o pescador Ivanildo da Cunha, reclamou dos problemas gerados pelo tráfico. “Assim como minha filha, outro rapaz foi morto há menos de dois meses. Tudo por causa de droga.”

A marca de 300 homicídios por mês serve como uma espécie de balizador nas estatísticas da violência em Pernambuco. Desde o início de 2007, quando o Pacto foi lançado, era regra o Estado ultrapassar esse patamar. Foi assim durante todos os dois primeiros anos do programa. Em 2009, Pernambuco conseguiu a exceção de ficar abaixo das três centenas em um único mês, setembro, quando 273 assassinatos foram registrados.

Em 2010, o Comitê Gestor do Pacto comemorou o feito – até então inédito – de fechar seis dos 12 meses do ano sem passar a marcar de 300 assassinatos.

Em 2011, janeiro, fevereiro, março e abril foram os meses em que as estatísticas ultrapassaram o balizador. Contexto que só voltaria a ocorrer em setembro do ano seguinte. O “teto” foi rompido novamente em dezembro de 2012. Nos últimos 15 meses, só em março de 2014 o balanço registrou mais que 300 homicídios em todo o Estado.

 

 

Do Jornal do Commercio

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

TRE dá mais um mês para eleitor regularizar o título

Quem teve o título de eleitor cancelado por não ter realizado o recadastramento biométrico até ontem, tem até o dia 7 de maio para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral. Quem não procurar reativar o documento dentro deste prazo, só poderá fazê-lo depois das eleições de outubro. Também neste mesmo período, serão atendidos aqueles que desejarem trocar de domicílio eleitoral ou tirar a primeira ou a segunda via do título. Em todos os casos, é necessário levar a carteira de identidade e um comprovante de residência no nome do eleitor.

Os locais de atendimento serão os mesmos, exceto o posto que funcionava na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O sistema de agendamento também permanece e deve ser feito pelo site do TRE-PE ou pelo telefone (81) 3194-9400.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE), desembargador José Fernandes de Lemos, faz questão de lembrar que quem não fez o procedimento dentro do prazo estabelecido já se encontra com o título cancelado. Porém, de acordo com ele, o cidadão terá até o próximo mês para procurar um cartório eleitoral, revalidar o documento e depois agendar o recadastramento biométrico.

A decisão foi tomada diante da impossibilidade de o tribunal atender todos os eleitores dentro do prazo. Até o último sábado (29), foram recadastrados mais de 1 milhão de eleitores no Recife, algo em torno de 85% do eleitorado da capital. Ontem, ainda restavam mais de 160 mil eleitores para serem recadastrados. Destes, nove mil já estavam agendados e a capacidade de atendimento diário é de até 12 mil eleitores, segundo o TRE.

“O TRE não têm condição de atender mais do que essa quantidade de eleitores por dia. Portanto, muita gente vai ficar de fora hoje (ontem). Não adianta ficar na fila que não vai ser atendida. Entretanto, os que perderam o prazo podem ficar tranquilos que terão mais uma chance de fazer a biometria”, afirmou o desembargador José Fernandes de Lemos.

Sem o título eleitoral, não se pode tirar passaporte, participar de concurso público, se matricular em instituições de ensino, entre outras penalidades.

 

 

 

 

Jornal do Commercio

Bobby Fabisak/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Boa notícia. Carnaval de Pernambuco bate recorde de visitantes

Mais de 1.300.000 turistas e excursionistas brincaram a Folia de Momo nas principais cidades polo do Estado, o que representa um crescimento de 11% em relação a 2013, quando 1.222.000 visitantes participaram do Carnaval de Pernambuco.

O aumento do público impactou positivamente na receita turística da festa.

Em 2014, os turistas e excursionistas injetaram na economia pernambucana R$ 1.079 bilhão, um incremento de 7,3% em relação ao ano passado, quando eles deixaram R$ 1.005 bilhão no Estado.

A ocupação hoteleira ficou em torno de 88% com destaque para a Região Metropolitana do Recife – RMR (93%) e para os municípios de Bonito, Camaragibe, Goiana, Moreno e Nazaré da Mata que tiveram 100% de ocupação. O gasto médio individual diário foi de R$ 165,00 e a permanência média ficou em nove dias.

“Nesse ano, a taxa de ocupação hoteleira do interior saltou de 75% para 82%. Esse crescimento demonstra a força do Carnaval do interior do Estado, que tem atraído cada vez mais turistas, movimentando assim a rede hoteleira dessas cidades”, comemora o secretário de Turismo de Pernambuco, Adailton Feitosa.

Os dados são resultado da pesquisa da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), que revelou ainda o perfil do turista da RMR. São Paulo continua sendo o principal emissor de turistas nacionais (26,26%), seguido do Rio de Janeiro (14,93%), Paraíba (9,84%) e Bahia (7,70%). Entre os estrangeiros, os principais mercados emissores foram Estados Unidos (14,91%), Alemanha (13,90%), Argentina (8,56%) e França (8,42%).

O Carnaval de Pernambuco foi aprovado por 92% dos entrevistados, que avaliaram os atrativos, os equipamentos, os serviços e a infraestrutura turística. Prova disso é que 98% deles afirmaram que recomendariam o Carnaval para outras pessoas.

A pesquisa do Carnaval 2014 foi realizada pela Setur-PE, através da Unidade de Gestão da Informação da Empetur, que realizou uma pesquisa entre os dias 1º e 09 de março, no Aeroporto do Recife, Terminal Integrado de Passageiros, BR 101, BR 232, PE 60, nos polos de Águas Belas, Arcoverde, Barreiros, Belém do São Francisco, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Fernando de Noronha, Goiana, Gravatá, Igarassu, Ipojuca, Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Nazaré da Mata, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife, Salgueiro, Serra Talhada, Surubim, Tamandaré, Timbaúba, Trindade, Triunfo, Vitória de Santo Antão, além de Garanhuns em virtude do Festival de Jazz. Além da pesquisa presencial, a Empetur também fez um levantamento em toda rede hoteleira pelo telefone.

 

Blog de Jamildo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Usina fecha na Mata Sul e cerca de 2 mil funcionários ficam sem emprego

A crise pela qual vem passando o setor sucroalcooleiro atingiu mais uma usina em Pernambuco: a Unaçúcar anunciou nesta segunda-feira (31) que fechará as portas. Localizada na cidade de Água Preta, Zona da Mata Sul, a crise já provocou a demissão de cerca de 2 mil funcionários. Nos últimos cinco anos, mais de cinco usinas no Estado encerraram suas atividades.

De acordo com a Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), o motivo da crise é a política do Governo Federal que desonera a gasolina e faz o preço do etanol subir. O presidente da associação, Alexandre Andrade, afirmou que acordos foram feitos com o Governo Federal para tentar reverter a situação do etanol mas a desoneração proposta não surtiu efeito. Ele também comentou que a política da Petrobras de comprar gasolina mais cara no exterior e vender mais barata no País é injusta, causando concorrência desleal.

O ETANOL NÃO FOI O ÚNICO PREJUDICADO

O açúcar, outro derivado da cana, passa pelo mesmo problema. Usineiros, que antes produziam etanol, viram no açúcar uma solução, mas a produção nacional criou uma grande quantidade de excedente e, mesmo o Brasil sendo um grande exportador da matéria-prima – 50% do açúcar de todo o mundo é brasileiro – não foi possível reverter o problema. O preço caiu e, só neste ano, 9 milhões de toneladas de açúcar deixarão de ser produzidas em Pernambuco.

Na tentativa de atenuar o problema, o Governo do Estado visa estimular a criação de cooperativas de produtores de cana, retomando o funcionamento de usinas que estão fechadas. A AFCP acredita que o governador assinará ainda nesta semana o convênio, que criará duas cooperativas, uma na Usina Cruangi, no município de Timbaúba, Zona da Mata Norte; e outra na Usina Pumaty, em Palmares, Mata Sul do Estado.

OUTRO LADO DA MOEDA – A Federação Trabalhadores Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape) se opõe, em parte, ao convênio. De acordo com o presidente da federação, Doriel Barros, os “trabalhadores não podem ser esquecidos”, pois muitos foram demitidos com o fechamento das usinas nos últimos anos.

A reivindicação não visa apenas ajudar, através do programa Chapéu de Palha, os assalariados que foram demitidos, mas também desapropriar as terras das usinas para a reforma agrária.

 

 

 

NE10

Foto: Especial para NE10

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Campanha para prevenir casos de dengue no Recife

A Campanha 2014 de prevenção e controle da dengue, da Secretaria de Saúde do Recife, foi lançada na tarde deste segunda-feira (31). “Vapt Vupt – Contra a Dengue” é o nome da campanha da Vigilância de Saúde que pretende evitar principalmente os criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

A vigilância listou uma série de ações, como notificação e investigação de casos e mortes pela doença; mapeamento das áreas; uso de larvicida em casas, oficinas, construções e cemitérios e aquisição de 88 mil capas para vedação das caixas d’água. As medidas serão realizadas junto com a Emlurb, que recolherá pneus e colocará as armadilhas para os mosquitos, chamadas de ovitrampas.

Os exames laboratoriais que diagnosticam a doença podem ser feitos nas unidades de saúde báscia e especializadas do Recife, com o tratamentos mais simples e para os casos mais graves.

“Queremos mostrar às pessoas que não precisam mais do que um ‘Vapt Vupt’ para eliminar possíveis nascedouros e evitar que a cidade venha a ter um surto da doença. Embora o número de casos confirmados neste ano seja 60% inferior em relação ao mesmo período de 2013, não podemos nos descuidar”, disse o secretário de Saúde da cidade, Jailson Correia.

A vigilância capacitou toos os 958 agentes comunitários de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces) para realizar o combate a dengue no começo do período chuvoso. De acordo com o índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti, o risco de surto da doença é de 22%. Os bairros mais propícios são Cohab, Várzea, Casa Amarela e Boa Viagem.

 

 

 

Do JC Online

Foto: Rodrigo Lôbo/Acervo JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Agências do Banco do Brasil e do Bradesco são interditadas pelo Procon em Jaboatão

Mais duas agências bancárias em Jaboatão dos Guararapes foram interditas na manhã desta segunda-feira (31). Desta vez, a ação do Procon do município fechou a unidade do Banco do Brasil, localizada na Avenidade Bernardo Vieira de Melo, no bairro de Piedade, e o estabelecimento do Bradesco, que fica na Estrada da Batalha, em Prazeres.Ambas as agências foram interdidatas pelo descumprimento da lei municipal 395/2010, conhecida como “lei das filas”. A norma desrespeitada determina que os usuários devem ser atendidos pelos caixas em até 15 minutos, a contar pela impressão do bilhete.

A medidade de interdição foi tomada depois do Procon já ter aplicado várias multas ao estabelecimentos que até agora não foram pagas.Com as notificações realizadas hoje, o Banco do Brasil acumula uma dívida de R$ 160 mil, já a unidade do Bradesco precisa pagar um valor de R$ 80 mil. As agências devem permaner fechadas por 48 horas e têm um prazo de 10 dias para recorrer da multa.

Nas últimas ficalizações o Procon já havia interditado as agências do Itaú em Jaboatão Centro e na Bernardo Vieira de Melo, e o Santander, também na Bernardo Vieira.

SERVIÇO – Para solicitar o serviço do Procon de Jaboatão dos Guararapes, o consumidor deve entrar em contato pelos números 3476-2951 e 3476.2912. O órgão está localizado na Rua Emiliano Ribeiro, nº 389, em Piedade e realiza atendimentos de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

 

 

 

Do JC Online

Foto: Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PIB de Pernambuco cresce 3,5% em 2013 e soma R$ 125,7 bi, diz agência

A economia de Pernambuco fechou 2013 com crescimento de 3,5% em comparação a 2012. O Produto Interno Bruto (PIB) estadual ficou acima da média nacional, que foi de 2,3%, porém não alcançou a meta estabelecida para o estado no ano passado, que era entre 4% e 4,5%. Os dados foram divulgados pela Agência Condepe/Fidem, nesta segunda-feira (31).

O levantamento mostra  que houve crescimento nos três setores analisados – agropecuário (4,9%), indústria (3,1%) e serviços (3,9%). Com esse resultado, o dado preliminar é que o PIB de 2013 somou R$ 125,7 bilhões.

O diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Agência Condepe/Fidem, Rodolfo Guimarães, comentou o índice. “No início de 2013, a gente tinha um conjunto de expectativas [de crescer entre 4% e 4,5%) que não se confirmaram em sua totalidade. O terceiro semestre foi atípico, com o resultado mais fraco, coincidentemente logo após as manifestações, que podem ter mexido com a expectativa dos empresários, mas depois teve uma recuperação no quarto trimestre”, disse.

O diretor ressaltou que a economia do Brasil está crescendo pouco, numa média 2% nos últimos três anos, fato que também influencia o cenário local. Ele ainda informou que a meta para 2014 é crescer entre 3,5% e 4%.

Detalhando os números
A agropecuária apresentou decréscimo de 5,4% no quarto trimestre de 2013 por conta das reduções de 7,4% na pecuária e de 4,4% na agricultura, influenciada pelo comportamento da produção de manga, banana, mandioca, milho e arroz.

No entanto, no acumulado anual, a agropecuária apresentou crescimento de 4,9% por causa das safras no primeiro semestre de 2013, principalmente, nas áreas sertanejas do Pajeú, Araripe e extremo norte da região de Petrolina, onde ocorreram melhores condições climáticas.

O desempenho positivo da construção civil, impulsionada pelas obras de infraestrutura e de mobilidade urbana vinculadas à Copa do Mundo, ampliou o crescimento da indústria pernambucana em 3,1% no acumulado do ano. A continuidade de grandes empreendimentos e o incremento do programa “Minha Casa, Minha Vida”, principalmente no interior do estado, também influenciaram no índice.

O aumento na produção dos setores de produtos químicos, de metal, minerais não metálicos e metalurgia básica foi predominante para alcançar um crescimento de 2,1% no quarto trimestre. Em sentido contrário, os serviços de utilidade pública apresentaram redução de 6,1%, desempenho associado à queda na geração de energia hidroelétrica.

A agência também revelou que o setor de alimentos e bebidas foi impactado negativamente pela diminuição na produção de açúcar, em decorrência do menor rendimento industrial da cana de açúcar, por influência de fatores climáticos na safra 2012/2013.

Em 2013, o setor de serviços cresceu 3,9%, em decorrência do melhor desempenho no primeiro semestre, recuperando-se ao final do ano após desaceleração observada no terceiro trimestre. A recuperação foi impulsionada pelo crescimento do comércio e pelo conjunto das atividades da administração pública, defesa e seguridade social.

Esse comportamento ao longo do ano resultou de maior dinamismo nas atividades do comércio (7,8%) e dos serviços de transporte (5,6%).

 

 

 

Do G1 PE

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Temporal causa estragos em Serra Talhada e prefeitura decreta estado de emergência

O município de Serra Talhada, no Serão de Pernambuco, decretou estado de emergência por 90 dias em virtude dos estragos provocados pela chuva que caiu na cidade na última sexta-feira (28). Quase 80 famílias tiveram suas moradias alagadas.

De acordo com a prefeitura da cidade, choveu 68 mm na última sexta, o que foi suficiente para deixar aproximadamente 78 famílias desabrigadas. Os bairros mais afetados pelo temporal foram Mutirão, Ipsep e São Cristóvão.

Ainda segundo o município, a defesa civil local disponibilizou abrigo para os moradores atingidos, mas as famílias preferiram se abrigar em casas de parentes. A prefeitura garante que a população afetada pelo temporal vai receber assistência e também será cadastrada para o recebimento de auxílio aluguel.

O anúncio de estado emergência foi feito por meio do decreto nº 1.782, assinado pelo prefeito Luciano Duque (PT).

 

 

 

NE10

Foto: internauta/ Farol de Notícias/ reprodução

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Programa Pernambuco Tridimensional vai realizar mapeamento digital do território do Estado

O projeto Pernambuco Tridimensional será lançado nesta segunda-feira (31). O programa do Governo do Estado vai realizar o mapeamento digital a laser, em alta resolução, dos 98 mil  km² do território pernambucano.

O programa  que faz parte da ação do Projeto de Sustentabilidade Hídrica (PSHPE) usa a metodologia de aerofotogrametria. O trabalho vai permitir conhecer cada metro quadrado de Pernambuco com detalhes.O mapeamento do estado pernambucano usará a escalas de 1:1.000 e 1:5.000, único território do Hemisfério Sul com esta qualidade.

Os dados obtidos com a tecnologia vão ajudar em uma série de futuras ações dos governos estadual, municipal e federal. Além de áreas de drenagem e redes de água e de esgoto, também serão beneficiados projetos voltados para os planejamentos urbano e ambiental, para a construção de estradas, para a geração de energia e para as telecomunicações.

Os serviços foram iniciados em Fevereiro de 2014 e devem ser concluídos em 15 meses. O custo estimado é de cerca de R$ 19 milhões, financiado com recursos do PSHPE via Banco Mundial.

As informações obtidas disponibilizados pela internet de forma irrestrita, para uso em todas as áreas de conhecimento nos quais esses dados possam ser aplicados tais como em pesquisas, projetos, empreendimentos públicos e privados.

 

 

 

Do JC Online

Foto: Divulgaçãp

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Após cerca de 3 horas, acabam protestos nas BRs 101 e 232

Após mais de três horas, integrantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape) acabaram os protestos que bloquearam trechos da BR-101 Sul e Norte e na BR-232. Por causa da manifestação, grandes congestionamentos se formaram na manhã desta segunda-feira (31) nas vias que ligavam pontos do Grande Recife às rodovias federais. O trânsito no entorno dos locais bloqueados nesta manhã volta a normalizar, com alguns pontos de retenção.

Dois pontos da BR-101 foram interditados: km 4 da rodovia Norte, próximo à usina Maravilha em Goiana, e no km 83 da via Sul, em frente à fábrica da Vitarella, no Cabo de Santo Agostinho. Na BR-232, os manifestantes bloquearem o km 28 da rodovia, próximo ao Moreno Park Aquático. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-PE), tanto em Goiana como na BR-232, as negociações já foram finalizadas e o acesso liberado. Já próximo à Vitarella, agentes continuam no local para monitorar os manifestantes, que já começaram a se dispersar.

No trecho em Goiana, apesar do protesto ter acabado, cerca de dois mil manifestantes, segundo a Fetape, seguem em passeata pela via, no sentido Recife. O grupo pretende parar em um posto de combustíveis na entrada de Goiana, onde realizarão uma assembleia para definir os rumos da manifestação.

http://produtos.ne10.uol.com.br/saojoao/wp-content/uploads/2014/03/montagem_transito_470.jpg
Trânsito ficou completamente parado na BR-101 e imediações (Fotos: @Josenildodinho; @DavidsonYves; @andrelyra2; @gusttavojnunes / Twitter) 

No Recife, O grupo realizou no começo desta manhã ato na praça do Derby, área central da capital pernambucana, com distribuição de toneladas de alimentos produzidos pela agricultura camponesa e panfletagem. Segundo a organização, o objetivo é chamar a atenção da sociedade para as questões reivindicadas pelos movimentos. O trânsito no local não foi bloqueado.

http://produtos.ne10.uol.com.br/saojoao/wp-content/uploads/2014/03/br_232_470.jpg
Na BR-232, manifestantes ocuparam trecho próximo ao Moreno Park Aquático e trânsito ficou complicado (Foto: @RevMatias / Twitter)

REIVINDICAÇÕES – 
A mobilização reivindica melhores condições de vida para a população que vive e trabalha no campo. Diversos movimentos participam dos protestos. São eles: CPT, MST, Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da Zona da Mata, Contag, CUT, CTB, Sabiá, Serta, Fase, Centro Josué de Castro, LecGeo/UFPE, ICN, Assocene, Coopagel, Coopag e Centro das Mulheres do Cabo.

Os trabalhadores querem medidas emergenciais e estruturante para a região, assalariamento rural, sistema produtivo, agroecologia, segurança e soberania alimentar. Políticas públicas e programas sociais também estão na pauta de reivindicações. As cobranças – total de 85 propostas – estão listadas no documento ‘Diretrizes para reestruturação socioprodutiva da Zona da Mata’, entregue em agosto de 2013 aos governos Estadual e Federal. Segundo a Fetape, os órgãos estatais ainda não apresentaram propostas.

 

 

 

Do JC Trânsito

Foto: @tujura / Twitter

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.