Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Policiais são os maiores infratores da Lei Seca, diz coordenador das operações

O médico João Veiga, coordenador da Lei Seca na Secretaria de Saúde, ficou indignado com a denúncia do Sindicato dos Servidores do Detran, nas redes sociais e no Blog de Jamildo, dando conta que ‘chegados’ do governo estariam tendo acesso privilegiado aos horários e locais das operações, no Recife.

“Isto é um absurdo”, reagiu.

Buscando dar exemplo de que a blitz vale para todos, o médico contou como exemplo que até a filha do governador foi parada, ao voltar de um evento no Litoral Sul, em Tamandaré, mas como não havia bebido e estava com a documentação em dia foi liberada sem problemas.

“Até o carro do secretário estadual de Saúde, Antônio Figueira, foi fiscalizado recentemente. O motorista fez o teste do bafômetro e foi liberado”, contou.

“Nesta semana que passou, Waldemar Borges (líder do governo) foi parado duas vezes em um mesmo dia. Fez o teste duas vezes e foi liberado”.

Ao conceder entrevista ao Blog de Jamildo sobre a operação, o médico João Veiga fez uma revelação impactante.

“Você sabe quem são os maiores infratores pegos na operação Lei Seca? Quem são as pessoas mais multadas e presas (por alcoolismo)? Os policiais”, revelou.

No ano passado, um policial chegou a matar uma ciclista com seu veículo, ao voltar de uma festa. Depois de seis horas, fez o teste de alcoolemia e não deu nada. No entanto, responde a processo na Justiça.

“Na semana passada, tivemos três casos de três oficiais bêbados e eles foram presos. Recebemos pressão de todos os lados. Todo dia eu recebo ligação, mas não adianta nada”, garante.

João Veiga conta ainda que tem um orgulho pessoal. “Já contamos com mais de 360 mil abordagens e não se fala em extorsão”, observa, numa referência indireta ao tempo em que as equipes não eram formadas por três equipes (Detran, PM e Saúde, dificultando achaques aos cidadãos)

A operação vai além da questão da educação para o trânsito. “Já pegamos dez sequestros em andamento, já pegamos vários fugitivos da Justiça”, revela.

Sobre as denúncias de vazamento feitas pelo Sindicato dos Servidores do Detran, o médico acredita que pode ter havido dolo eventualmente. “Sempre existe a possibilidade de alguém pegar e mandar para outro”, disse.

Na nota do sindicato, a categoria critica o programa Waze. Contudo, o coordenador das blitz na Saúde vê como positivo o efeito causado aplicativo. “É bom. Muita gente fica com medo e não bebe. Outro dia, eles estavam apontando 14 pontos de fiscalização e a gente estava apenas com seis”.

“Temos nove equipes e seis pontos fixos. Todo mundo sabe, pois a intenção não é emboscar o cidadão, mas sim educar”.

Tragédia em Petrolina – Quando atendeu a reportagem do Blog de Jamildo, João Veiga estava em Petrolina, onde uma blitz foi montada neste final de semana. A cidade é conhecida por sua tolerância com a bebida e a direção. “Foi uma tragédia. Em menos de duas horas, tivemos que suspender a operação porque já não havia mais espaço para apreensões. Mais de 40 carros e motos foram pegos. No meio, havia até vereadores da cidade”.

Mais rigor no Carnaval – João Veiga adianta que, no Carnaval, o rigor será maior ainda, especialmente em Olinda. A Operação Lei Seca vai colocar blitze na entrada e nas duas saídas da cidade. Indo e voltando da cidade patrimônio. “Eu recomendo as pessoas que vão brincar que aluguem táxi ou vans. Só assim para não cair na Lei Seca.”

 

 

Blog do Jamildo

Foto: reprodução Facebook

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Carteira de estudante 2014 já pode ser solicitada

Desde esta segunda-feira (17/2), já podem ser solicitadas as novas carteiras de estudante 2014 da Região Metropolitana do Recife. O processo está mais moderno, segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, e por isso o documento está sendo chamado de carteira de estudante mais prática. As carteiras podem ser pedidas pela internet, no link que está disponível no site do órgão (www.granderecife.pe.gov.br).

Entre as novidades da versão 2014 está a inclusão de mais um banco para o pagamento do boleto, o Santander, além dos já existentes: Banco do Brasil e Caixa Econômica. Outra melhoria que merece destaque é que nesse novo sistema o estudante poderá acompanhar passo a passo a confecção do documento. Outro benefício é que agora a 2ª via do documento poderá ser solicitada através do site. Até 2014, era necessário ir pessoalmente à sede da gerência comercial do Grande Recife Consórcio, responsável pela emissão das carteiras.

A solicitação poderá ser feita pelos mais de 700 mil estudantes do ensino infantil, fundamental, médio, técnico e de cursinhos pré-vestibulares. Esses alunos precisam estar matriculados em instituições de ensino localizadas na Região Metropolitana do Recife e em curso regular com duração mínima de um ano, além de frequentar a escola regularmente.

Para solicitar o documento, é necessário o preenchimento correto dos dados do estudante no sistema com informações sem abreviações e de acordo com a certidão de nascimento ou carteira de identidade. Também deve ser anexada uma foto 3×4, igual à utilizada para emissão de RG, Carteira de Trabalho ou Passaporte.

O pagamento do boleto poderá ser realizado nos bancos do Brasil (nas seguintes redes de atendimento: agências bancárias, Internet, Autoatendimento, Correspondente MaisBB, Banco Postal nas agências dos Correios); Caixa Econômica Federal (nas redes de atendimento: Agências lotéricas, Internet, Autoatendimento, Correspondente Caixa Aqui) ou Santander (Agência bancária, Internet, Caixas Eletrônicos, Central de Atendimento).

O documento é confeccionado em até 30 dias corridos, após o pagamento. A taxa para aquisição da carteira é de R$ 9,00. Outro dado importante é que as solicitações poderão ser efetuadas até o dia 31 de dezembro desse ano, portanto todos os boletos deverão ser pagos, impreterivelmente, até esta data. A CIE 2013 tem validade até o dia 30 de abril de 2014.

 

Jornal do Commercio

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Foi preso o homem que matou professora e filho a facadas em Olinda

Foi preso em sua casa, em Maranguape 1, em Paulista na Região Metropolitana do Recife, Marcos Aurélio Batista da Silva de 23 anos,acusado de ter matado à facadas a professora, Sandra Lúcia Fernandes, de 48 anos, e o filho Icauã Rodrigues de 8 anos.

Em depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito confessou ter assassinado a professora e o seu filho. O crime ocorreu na madrugada desta, segunda-feira (17), no apartamento da vítima, no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda. Marcos namorava com Sandra e alegou que o motivo do crime foi por ciúmes.

De acordo com amigos, a vítima não havia relatado nenhum tipo de desentendimento com Marcos. Valéria Félix, amiga pessoal e militante dos direitos da mulher acredita que a professora teria denunciado agressões.

Por mais de uma hora o delegado da força tarefa de homicídios, João Gaspar ouviu o suspeito que não se arrependeu dos crimes. Os policiais conversaram com vizinhos que denunciaram outras brigas entre o casal.  O outro filho de Sandra, de 20 anos não aprovava e relação.

Marcos foi autuado por homicídio duplo triplamente qualificado, motivo torpe, motivo fútil e morte cruel. A faca utilizada foi apreendida e encaminhada para o Instituto de Criminalística (IC).

O velório da professora e do filho vai ser realizado a partir das 3h da tarde no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, também na região metropolitana.

 

 

Rádio Jornal

Foto; Arquivo Pessoal

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vídeo: Distrito Industrial de Caruaru vai ganhar 90 novas empresas

O Distrito Industrial de Caruaru, no Agreste pernambucano, passa por um período de ampliação territorial. A expansão é de quase 100 hectares e contará com mais três módulos, entre eles, um chamado de distrito têxtil. Todos os módulos juntos vão atender mais de 90 novas indústrias.

 

NE10

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

A partir desta segunda, 17, motoristas não poderão estacionar no entorno da Feira da Sulanca

A partir de segunda, 17, os motoristas que vierem para a Feira da Sulanca de Caruaru, não poderão estacionar no entorno do Parque 18 de Maio. A medida vai afetar diretamente os motoristas que trazem compradores de outras cidade.
Nos novos espaços, taxas serão cobradas. O valor varia de R$15 a R$20 para estacionar. A ação visa aumentar o fluxo de veículos durante os dias de comércio.
Confira os locais credenciados e indicados pela Destra
Algaroba; da Viúva; da antiga Fundac; e o da Escola Professor Machadinho. O custo fica em torno de R$ 15 a R$ 20, que será revertido em uma refeição (café da manhã ou almoço) para esse motorista.
Com informações da Assessoria
Da redação Caruaru360Graus

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Professora e filho assassinados a facadas em Olinda

Uma mulher e uma criança foram brutalmente mortos a facadas na madrugada desta segunda-feira (17) em Jardim Atlântico, Olinda, Região Metropolitana do Recife. A professora Sandra Lúcia Fernandes, de 40 anos, e o filho dela, Icauã Rodrigues, 8, foram assassinados e o suspeito é o namorado da professora, Marcos Aurélio Barbosa da Silva, de 23 anos. O crime aconteceu por volta de 1h, no apartamento dela, no Edifício Jardim, nº 101 da Rua José Mariano. Marcos foi detido e levado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Sandra havia passado o último domingo (16) no bloco “As Virgens Abraça Brasil” com o filho e o namorado. Segundo testemunhas, Marcos estava bastante embriagado. Chegando no prédio, o casal começou a brigar desde a garagem até o apartamento. Em depoimento ao DHPP, o suspeito revelou que brigou com a namorada porque a havia visto beijando outro homem. Neste momento, faltava energia na comunidade. Os vizinhos disseram que o garoto gritava sem parar “minha mãe não!”. Depois disso, o apartamento ficou em silêncio.

O homem desceu e pediu que os vizinhos fossem no apartamento, porque ele achava que o menino teria quebrado o pé. Marcos estava com uma camisa listrada verde e branca, bastante suja de sangue. Quando abordado, ele fez gestos para insinuar que estava armado. Depois seguiu andando para a Avenida Fagundes Varela e dobrou para a Avenida Pedro Álvares Cabral.

Quando os vizinhos subiram, encontraram mãe e filho mortos. A professora estava na sala e a criança no quarto. O garoto ficou mais ferido que a mãe. Marcos contou a polícia que só matou a criança porque ela se abraçou à professora no momento do crime.

Após incursões, a polícia conseguiu prender o suspeito, que é morador do bairro de Maranguape, em Paulista. Ele foi levado ao DHPP, na Imbiribeira, no Recife e já prestou depoimento. O corpo da professora e do filho foram levados ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro.

Os moradores do Edifício Jardim disseram que a professora tinha outro filho chamado Ítalo, de 20 anos, que não se dava bem com o namorado da mãe. Sandra Lúcia estava namorando com Marcos Aurélio há aproximadamente 4 meses.

Sandra era bastante ligada ao movimento pelo direito dos professores, através do Sindicato dos Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife (Simpere) e trabalhava em escolas de Recife e Igarassu. Ela era natural do município de Caruaru, no Agreste pernambucano. Sobre Marcos, sabe-se apenas que ele também tem um filho de outro relacionamento.

 

 

Do JC Online

Foto: Arquivo Pessoal

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vereadores de Caruaru podem pegar até 29 anos e 3 meses de prisão, diz polícia

Teve início por volta das 8h30 desta sexta-feira (14) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a coletiva concedida à imprensa sobre a conclusão do inquérito policial da Operação Ponto Final 2. Durante explanação, o delegado de Polícia Civil Erick Lessa detalhou os passos da investigação que indiciou pelos crimes de corrupção ativa/passiva e organização criminosa os vereadores Jadiel Nascimento e Val das Rendeiras (ambos do PROS), Val (DEM), Neto (PMN) e Evandro Silva (PMDB). A pena para os parlamentares pode chegar a até 29 anos e três meses de prisão, caso eles sejam condenados.

Iniciada a coletiva, o diretor Integrado de Polícia do Interior 1, Salustiano Albuquerque, abriu a explanação comentando sobre a realização da Ponto Final 2. “É uma operação importante não só para o interior 1, mas como para todo o Estado de Pernambuco”, enfatizou. Albuquerque ainda aproveitou para parabenizar todos os policiais e delegados envolvidos na ação. Passa a palavra para o delegado Erick Lessa, ele lembrou que todo o procedimento investigativo foi iniciado em setembro do ano passado e constatou “a compra e venda de assinaturas para abertura de CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito]”.

Segundo o delegado, Evandro Silva, Neto e Val pagaram aos vereadores Val das Rendeiras e Jadiel Nascimento para que eles assinassem o requerimento deinstalação da (CPI) que iria investigar possíveis irregularidades apontadas em relatório da Controladoria-Geral da União (CGU). O valor ofertado para cada um dos parlamentares foi de R$ 30 mil dividido em duas parcelas, sendo a primeira paga antes da assinatura e a segunda depois da abertura da CPI. Questionado quanto uma possível nova investigação policial envolvendo o legislativo caruaruense, o delegado enfatizou que sobre “operações futuras” a Polícia Civil não comenta.

Foram indiciados, segundo Lessa, por corrupção ativa e organização criminosa os vereadores Evandro Silva, Val e Neto. Já os outros dois envolvidos, Val das Rendeiras e Jadiel Nascimento, foram enquadrados nos crimes de corrupção passiva e organização criminosa. Se condenados, eles podem cumprir pena de até 29 anos e três meses de reclusão. Todos os cinco parlamentares permanecem afastados do legislativo por tempo indeterminado.

Ainda de acordo com o delegado, as 600 páginas do documento com a conclusão do inquérito policial foram entregues no final da tarde dessa quinta-feira (13) ao Ministério Publico de Pernambuco (MPPE). Quinze dias é o prazo que o MP tem para apresentar denúncia ao Judiciário, que pode ou não acatar . Foram colhidos 22 depoimentos de vereadores, secretários municipais, presidentes de partidos políticos e outras testemunhas. Segundo Lessa, durante a operação também foi protocolado pedido de quebra dos sigilos fiscal e bancário, além de extratos reversos dos investigados. Constam ainda no inquérito 410 horas de provas cautelares.

ENCONTRO – Em reunião na manhã desta sexta-feira, a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Caruaru inicia o processo de apuração sobre a conduta dos vereadores envolvidos nas Operações Ponto Final 1 e 2. O procedimento acontece em seguimento ao regimento interno do legislativo local, que prevê punição para o parlamentar que cometa ato contrário ao Decoro Parlamentar ou que afete a dignidade do mandato.

 

NE190

Foto: Izabela Barbosa/ TV Jornal Caruaru

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Em Caruaru, Câmara Municipal abre processo de apuração contra vereadores pela Operação Final

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Caruaru se reuniu,  nesta sexta-feira (14), na Sala de Reuniões Vereador Wanderley Francisco, para implantar a abertura do processo de apuração de conduta referente aos vereadores envolvidos na “Operação Ponto Final”.

O vereador Ricardo Liberato (PSC), presidente da comissão, disse que o procedimento de apuração requer um período de tempo.

“São 10 parlamentares e cada caso será avaliado com responsabilidade, ética e sem fazer juízo de valor de ninguém. A comissão seguirá todas as etapas e normas estabelecidas no regimento interno da casa legislativa e no Código de Ética e Decoro Parlamentar. Regimentalmente, os procedimentos para esta finalidade são de até 60 dias, dependendo da penalidade se estenderá até 90 dias. Com certeza cumpriremos em tempo hábil”, disse.

A comissão é ainda composta pelos vereadores José Ailton (PDT), Marcelo Gomes (PSB), Demóstenes Veras (PROS) e Rozael do Divinópolis (PROS) e os suplentes vereadores Edjailson da Caru Forró (PTdoB), Edmilson do Salgado (PCdoB), Ranilson Enfermeiro (PTB), Lula Tôrres (PR) e Romildo Oscar (PTN).

 

 

Blog do Jamido

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Após rebelião com dois mortos, PAISJ já tem novo diretor

Menos de 24 horas depois de ser deflagrada a rebelião que deixou dois presos mortos e outros oito feridos, o governo já decidiu quem será o novo diretor da Penitenciária Agroindustrial São João, em Itamaracá. Roger Moury volta ao comando da unidade depois de três meses. Ele havia sido substituído por Ricardo Pereira, que caiu ontem mesmo por causa do desgaste provocado pelo motim. Uma faixa com a inscrição “o diretor matou 5” chegou a ser estendida por detentos numa das grades. A Secretaria de Ressocialização, a Seres, já confirma a troca de comando e a escolha pelo ex-diretor. Roger Moury e Ricardo Pereira são agentes penitenciários de carreira.

A rebelião foi causada pela insatisfação dos presos com a atual direção do presídio. Eles reclamam que o atual diretor da unidade, Ricardo Luiz Pereira, trata mal presidiários e familiares, oferece alimentação de péssima qualidade e não permite a entrada de comida trazida por parentes. Familiares comentaram que os presos já chegaram a pagar a quantia de R$ 0,50 para utilizar o banheiro. Um efetivo de 50 policiais do Batalhão de Choque foi ao local. Com a chegada do BP Choque, o clima da manifestação foi amenizado, mas ainda está sendo negociado o fim do tumulto. O CB informou que quatro viaturas foram enviadas para Itamaracá e uma pessoa já foi socorrida.

Do lado de fora do presídio, era possível ouvir os manifestantes gritarem palavras de ordem, como: Fora o diretor! Fora o diretor! Alguns detentos subiram no telhado da penitenciária, armados com pedaços de madeira. Familiares dos presos já estão na portaria, mas não foi permitida a entrada de ninguém.

 

Do JC Online

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Com vistoria, OAB chama atenção para superlotação na Colônia Penal Feminina do Recife

No mesmo dia em que explodiu uma rebelião, com mortes, em Itamaracá, a  OAB-PE deu continuidade às vistorias nas unidades prisionais de Pernambuco. Desta vez, os representantes da Ordem estiveram na Colônia Penal Feminina do Recife, conhecida como Bom Pastor, no bairro do Engenho do Meio.

A visita aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 13. Todo o prédio foi vistoriado.

No comando da comitiva, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PE, João Olímpio.

Também estiveram presentes o presidente da Comissão de Prerrogativas dos Advogados, Maurício Bezerra, e o conselheiro seccional Denivaldo Batista.

Na ocasião, o grupo da OAB foi recebido pela diretora da unidade, Charisma Tomé, e pelo superintendente de capacitação do sistema penitenciário, coronel Geovane Melo.

Como nas visitas feitas as outras unidades prisionais, a OAB-PE constatou o problema da superpopulação dentro das celas.

O Bom Pastor abriga hoje 897 mulheres, três vezes mais que a sua capacidade, que é de 270 detentas.

A colônia conta também com 56 agentes penitenciários e uma escola estadual dentro da unidade. Cerca de 30% das mulheres que cumprem pena estão estudando. Nos corredores, muitas reclamações.

A equipe da OAB ouviu vários casos onde as presas denunciam maus tratos, problemas com higiene e também com a comida.

A OAB-PE encerra o cronograma de visitas na sexta-feira, dia 21, quando estará no Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares, litoral Sul do Estado.

Encerradas as vistorias, a OAB-PE irá elaborar um relatório a ser concluído e apresentado em março, para encaminhar aos setores competentes. Também será realizada audiência pública para discussão do tema.

Bom Pastor (DSC_1363) - Foto de Liniker Xavier

 

 

Blog do Jamildo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com