Governo do Estado de Pernambuco anuncia construção de Barragem em Moreno

O governador Eduardo Campos assina, nesta segunda-feira (21), a ordem de serviço para construção da Barragem Engenho Pereira, em Moreno. O empreendimento, que terá capacidade de acumulação de 46 milhões de metros cúbicos de água, tem a obra orçada em R$ 35,7 bilhões.

Localizada no Rio Jaboatão, a barragem Engenho Pereira cumprirá a função de controle de cheias nos municípios de Moreno e Jaboatão, além de ser utilizada também para reforçar o abastecimento de água para a população da região.

A represa será complementar ao Plano de Contenção de Enchentes, que visa controlar as cheias na Zona da Mata Sul, sobretudo nas áreas das bacias hidrográficas dos Rios Una e Sirinhaém. Ao todo, o sistema contará com seis barragens, cujo investimento total está estimado em R$ 650 milhões.

 

SERVIÇO:

Pauta: Ordem de serviço para construção da Barragem Engenho Pereira, em Moreno

Data: Segunda-feira (21/01)

Hora: 15h30

Local: Casarão Catende, Moreno

 

EncartNoticias.com

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Governo do Estado entrega 15° terminal integrado de ônibus da RMR e anuncia construção de nova unidade em Jaboatão

Tarifas mais baratas, novos itinerários, linhas de ônibus e metrô integradas e, sobretudo, um ganho na qualidade e na agilidade do serviço de Transporte Público de Passageiros (TPP) para a população da Região Metropolitana do Recife (RMR). Todas essas mudanças já poderão ser conferidas a partir deste sábado (19), quando entra em operação o Terminal Integrado Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, servindo a mais de 50 mil usuários.

A inauguração do 15° equipamento do Sistema Estrutural Integrado (SEI) aconteceu na manhã desta sexta-feira (18), pelas mãos do governador Eduardo Campos.  Outra boa notícia trazida pelo governador foi o início das obras do TI de Prazeres e entrega até o final deste ano. Coube ainda a Eduardo dar, em primeira mão, a informação de que estes e outros terminais terão “a partir de 1° de fevereiro a presença de dois policiais militares nos horários de pico responsáveis pela disciplina das filas”.

Pelo novo TI de Cajueiro Seco, os passageiros terão acesso a 13 linhas de ônibus, conectadas com a linha sul do metrô. Onze destas linhas vão operar com tarifa do Anel A (R$ 2,25). As comunidades beneficiadas diretamente são: Cajueiro Seco, Conjunto Marcos Freire, Prazeres, Muribeca dos Guararapes, Cohab, Pontezinha, Ponte dos Carvalhos, Gaibu, Centro do Cabo, Nossa Senhora do Ó, Camela, Centro de Ipojuca e Suape, além de Curcurana e Comporta, que até então não tinham acesso ao SEI e à integração com o metrô.

Líder comunitário de Comporta, José Cipriano dos Santos estava bastante satisfeito com as mudanças. Ele explicou que antes do TI, os moradores dispunham apenas de quatro ou cinco carros de linha alternativa que os levavam a Prazeres. De lá, precisavam tomar um novo ônibus para as demais localidades. “Além da longa espera, nos causava um prejuízo financeiro dobrado. Era uma dificuldade quando íamos procurar emprego, já que as empresas não querem pagar duas passagens”, exemplificou.

Para Eduardo Campos, a grande vantagem desse equipamento é a redução de tarifas com a ligação direta para diversos destinos da RMR. “Os usuários que gastavam R$ 3,45 para ir ao centro da cidade e a mesma quantia para voltar, agora, virão até este terminal pagando R$ 2,25, integrando-se como metrô. E na volta, pagam ainda menos, R$ 1,60. Ou seja, é uma economia em torno de R$ 70 por mês, o que já ajuda a pagar uma prestação de um eletrodoméstico na casa de muitas famílias”, comemorou. O terminal de Cajueiro Seco irá interligar-se a outros dois: o do Cabo e o do Barro.

A princípio, sua operação contará com oito linhas alimentadoras, que transportarão os usuários do subúrbio para o terminal; duas linhas circulares (uma atendendo aos usuários do próprio bairro de Cajueiro Seco e outra com destino ao Shopping Center Recife); uma linha troncal e uma outra linha fazendo ligações com outros terminais integrados (TI Cabo e TI Barro).  Para maiores detalhes sobre a operação das linhas, os usuários podem entrar com a Central de Atendimento ao Cliente (0800. 0810158) ou acessar o site www.granderecife.pe.gov.br.

A estrutura física do TI de Cajueiro Seco conta com uma área de 7.819,27m², com uma lanchonete e três boxes, além de dois vestiários com banheiros para funcionários e banheiros acessíveis ao público. Ao chegar ao local, Eduardo visitou toda a estrutura moderna do TI, cujo investimento foi de cerca de R$ 9 milhões. Já depois da inauguração, entrou num ônibus que estava estacionado na plataforma de embarque, ligou o motor e buzinou para o público que lhe assistia.

Ao todo, serão 25 terminais na RMR, entre eles o TI de Prazeres, também localizado em Jaboatão dos Guararapes, e cuja ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira pelo governador. “Até 2014, temos um compromisso de entregar mais 11 Terminais de Integração. No decorrer deste ano, já para a Copa das Confederações, teremos a entrega do Tancredo Neves, Barro, TIP, Joana Bezerra e Santa Luzia”, revelou o secretário das Cidades, Danilo Cabral.

Orçado em R$ 3,8 milhões, o TI de Prazeres terá seis linhas de ônibus e transportará diariamente de 17 mil passageiros. Será erguido em um terreno de 4.080,11 m², tendo 1.683,03 m² de área construída e 1.412,81 m² para a plataforma. A empresa Trópicos Engenharia e Comercio LTDA está responsável pela construção do TI de Prazeres.

 

 

 

EncartNoticias.com

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Rio Capibaribe será canal de transporte no Recife a partir de março de 2014

Se tudo ocorrer como previsto, a partir de março de 2014 os recifenses poderão utilizar o Rio Capibaribe como canal de transporte público. Após superar um tropeço com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), foi iniciada nesta quinta-feira (17) a dragagem do curso. Avaliado em R$ 101 milhóes, o serviço de remoção de restrições à navegabilidade – como lixo, escombros e parte da vegetação – deverá durar 18 meses. Quando o projeto estiver pronto, 12 embarcações deverão transportar cerca de 335 mil passageiros por mês, com a realização de 156 viagens diárias, desafogando as vias terrestres.

Em novembro do ano passado, a promotora de Justiça Belize Câmara recomendou a suspensão da autorização ambiental de dragagem, argumentando que não foi produzido o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para a obra e que uma mera autorização não substituia aqueles documentos, exigidos por lei e por resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Entretanto, em uma reunião entre representantes do MPPE e da Agência de Meio Ambiente (CPRH) nessa terça (15), ficou acordado que promotores vão analisar um Plano de Controle Ambiental elaborado pela CPRH para ver se seu conteúdo equivale a um Estudo de Impacto Ambiental e o início da dragagem foi “liberado”.

O trabalho será realizado pelo consórcio ETC&Brasília Guaíba, vencedor do processo licitatório Nº 009/2012, realizado em novembro do ano passado, e será dividido em duas etapas. Primeiro, será retirado o material contaminado (como metais pesados e esgoto) da camada inicial, que será levado para um terreno localizado na BR-101, onde passarão por análise da bacia de contenção e, em seguida, seguem para um aterro sanitário. Em seguida, será feita a retirada dos objetos não contaminados com uma escavadeira, os quais serão despejados no bota-fora oceânico, a uma distância de seis milhas báutica da costa litorânea.

Moradora do entorno do Parque de Santana, na Zona Norte da capital, onde ocorreu a cerimônia de início da dragagem, a jornalista Adriana Areias, 24 anos, demonstrou otimismo com o projeto. “Vai desafogar bastante o trânsito e melhorar o meio ambiente, já que as pessoas vão deixar os carros em casa. Hoje, eu demoro uma hora e meia para ir ao Centro. Já vi que tem uma estação lá, então acho que vou otimizar o tempo”, contou.

Ao mesmo tempo, ela observou que o varredor responsável pela limpeza do parque próximo à área onde foi montado um palco para os discursos do governador Eduardo Campos (PSB) e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), estava jogando os entulhos na direção do rio. “Só porque o governador vem aqui tem que jogar o lixo no rio?”, reclamou.

Já o líder comunitário da Vila Santa Luzia, 35 anos, alertou para o fato de que a população que mora em palafitas da terceita etapa da comunidade Abençoada por Deus, às margens do Capibaribe, espera ser retirada da área para um habitacional, cujo projeto sequer foi elaborado. “As família da primeira etapa já estão em um habitacional. As da segunda estão esperando o habitacional ficar pronto, mas pelo menos estão recebendo auxílio-moradia”, explicou.

Ele também disse que pleiteia com a Secretaria das Cidades para que os trabalhadores recrutados para as obras das estações sejam das comunidades do entorno. O projeto abrangerá oito áreas da capital pernambucana: Santo Antônio, São José, Boa Vista, Santo Amaro, Centro, Derby, Torre e Apipucos.

No próximo mês, o Governo do Estado começará o processo de licitação para a construção das sete estações de embarque e desembarque de passageiros. Os terminais serão construídos em locais que permitam a integração com os sistemas de ônibus e metrô e terão guichês para emissão de bilhetes, banheiros, estacionamento e bicicletário.

Veja as estações:

Rota Norte

Correios (Rua do Sol) – Integra com corredor de TRO Norte-Sul
Tacaruna – Integra com corredor de TRO Norte-Sul

Rota Oeste

Estação Recife – Integra com o metrô e com o TRO Norte-Sul
Estação Derby – Integra com corredor de TRO Norte-Sul
Estação Torre – Integra com as linhas troncais do SEI que passam pela II Perimetral
Estação Santana – Integra com as linhas troncais do SEI que passam pela III Perimetral
Estação BR-101 – Integra com as linhas que passam pela IV Perimetral

Saiba mais sobre o projeto:

Serão 12 barcos e sete estações de embarque e desembarque
Cada barco cabe 86 passageiros
18 km será a velocidade de navegação
Ao todo, 156 viagens ocorrerão por dia
335 mil  pessoas deverão ser transportadas por mês
O canal de navegação do Rio terá 13,9 km

Se tudo ocorrer como previsto, a partir de março de 2014 os recifenses poderão utilizar o Rio Capibaribe como canal de transporte público. Após superar um tropeço com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), foi iniciada nesta quinta-feira (17) a dragagem do curso. Avaliado em R$ 101 milhóes, o serviço de remoção de restrições à navegabilidade – como lixo, escombros e parte da vegetação – deverá durar 18 meses. Quando o projeto estiver pronto, 12 embarcações deverão transportar cerca de 335 mil passageiros por mês, com a realização de 156 viagens diárias, desafogando as vias terrestres.

Em novembro do ano passado, a promotora de Justiça Belize Câmara recomendou a suspensão da autorização ambiental de dragagem, argumentando que não foi produzido o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para a obra e que uma mera autorização não substituia aqueles documentos, exigidos por lei e por resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Entretanto, em uma reunião entre representantes do MPPE e da Agência de Meio Ambiente (CPRH) nessa terça (15), ficou acordado que promotores vão analisar um Plano de Controle Ambiental elaborado pela CPRH para ver se seu conteúdo equivale a um Estudo de Impacto Ambiental e o início da dragagem foi “liberado”.

O trabalho será realizado pelo consórcio ETC&Brasília Guaíba, vencedor do processo licitatório Nº 009/2012, realizado em novembro do ano passado, e será dividido em duas etapas. Primeiro, será retirado o material contaminado (como metais pesados e esgoto) da camada inicial, que será levado para um terreno localizado na BR-101, onde passarão por análise da bacia de contenção e, em seguida, seguem para um aterro sanitário. Em seguida, será feita a retirada dos objetos não contaminados com uma escavadeira, os quais serão despejados no bota-fora oceânico, a uma distância de seis milhas báutica da costa litorânea.

Moradora do entorno do Parque de Santana, na Zona Norte da capital, onde ocorreu a cerimônia de início da dragagem, a jornalista Adriana Areias, 24 anos, demonstrou otimismo com o projeto. “Vai desafogar bastante o trânsito e melhorar o meio ambiente, já que as pessoas vão deixar os carros em casa. Hoje, eu demoro uma hora e meia para ir ao Centro. Já vi que tem uma estação lá, então acho que vou otimizar o tempo”, contou.

Ao mesmo tempo, ela observou que o varredor responsável pela limpeza do parque próximo à área onde foi montado um palco para os discursos do governador Eduardo Campos (PSB) e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), estava jogando os entulhos na direção do rio. “Só porque o governador vem aqui tem que jogar o lixo no rio?”, reclamou.

Já o líder comunitário da Vila Santa Luzia, 35 anos, alertou para o fato de que a população que mora em palafitas da terceita etapa da comunidade Abençoada por Deus, às margens do Capibaribe, espera ser retirada da área para um habitacional, cujo projeto sequer foi elaborado. “As família da primeira etapa já estão em um habitacional. As da segunda estão esperando o habitacional ficar pronto, mas pelo menos estão recebendo auxílio-moradia”, explicou.

Ele também disse que pleiteia com a Secretaria das Cidades para que os trabalhadores recrutados para as obras das estações sejam das comunidades do entorno. O projeto abrangerá oito áreas da capital pernambucana: Santo Antônio, São José, Boa Vista, Santo Amaro, Centro, Derby, Torre e Apipucos.

No próximo mês, o Governo do Estado começará o processo de licitação para a construção das sete estações de embarque e desembarque de passageiros. Os terminais serão construídos em locais que permitam a integração com os sistemas de ônibus e metrô e terão guichês para emissão de bilhetes, banheiros, estacionamento e bicicletário.

Veja as estações:

Rota Norte

Correios (Rua do Sol) – Integra com corredor de TRO Norte-Sul
Tacaruna – Integra com corredor de TRO Norte-Sul

Rota Oeste

Estação Recife – Integra com o metrô e com o TRO Norte-Sul
Estação Derby – Integra com corredor de TRO Norte-Sul
Estação Torre – Integra com as linhas troncais do SEI que passam pela II Perimetral
Estação Santana – Integra com as linhas troncais do SEI que passam pela III Perimetral
Estação BR-101 – Integra com as linhas que passam pela IV Perimetral

Saiba mais sobre o projeto:

Serão 12 barcos e sete estações de embarque e desembarque
Cada barco cabe 86 passageiros
18 km será a velocidade de navegação
Ao todo, 156 viagens ocorrerão por dia
335 mil  pessoas deverão ser transportadas por mês
O canal de navegação do Rio terá 13,9 km

 

 

 

 

Blog do Jammildo

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem)

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Aplicativo para celular é guia do Carnaval pernambucano

O Carnaval do Estado a um clique. E de onde você estiver. O aplicativo para celular PE no Carnaval, do portal homônimo parceiro do NE10, reúne notícias, mapas da folia e informações sobre todas as prévias e festas dos dias de Momo. O destaque do produto é a função geolocalização, que acessa o GPS para informar como chegar a uma festa ou bloco de qualquer lugar em que o usuário estiver.

“Tanto para o folião que mora em Pernambuco e não conhece os locais da festa como para turistas, a geolocalização será útil”, diz Jorge Gaudêncio, diretor da Safari Studio que, junto com a Boca Conteúdo, desenvolveu o aplicativo. A ferramenta é gratuita e está compatível com os sistemas IOS (Iphone) e Android.

A atualização das festas não se restringe ao Carnaval de Recife e Olinda. Municípios do interior, como Bezerros e Nazaré da Mata, também têm sua agenda divulgada. Uma busca segmentada por dia, tipo de festa e cidade facilita o acesso do usuário, que também pode digitar o nome de uma prévia e ver na tela do seu celular o serviço completo.

Baixe o app:

GooglePlay
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.safaristudio.carnaval

App Store
https://itunes.apple.com/br/app/pe-no-carnaval/id592140113

 

 

 

NE10

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

A volta do maestro agredido na Espanha

O maestro pernambucano Israel França foi recebido ao som de frevo ao desembarcar na noite de ontem no aeroporto do Recife. Amigos e familiares aguardavam o músico que sofreu uma agressão na cidade de Granada, na Espanha, onde reside há 22 anos. O músico ficou bastante emocionado ao ver a recepção. A chegada foi na melodia da música “Voltei Recife”, com a Orquestra do Maestro Adelmo Apolônio. Israel apresenta-se no dia 26 no Teatro de Santa Isabel e tocará no Galo da Madrugada.

“É uma alegria muito grande ver meus familiares e meus amigos. Não posso esconder essa emoção”, disse o maestro. A permanência em Pernambuco será de um mês e, além das apresentações, Israel irá trabalhar com incentivo musical junto a crianças.

Israel França voltou a afirmar que foi vítima de racismo na Espanha. “O colega que estava comigo também é brasileiro e ele é branco e não fizeram nada com ele. Quero chegar até o final para saber o que aconteceu, de fato”, afirmou. O maestro informou que participou de uma reunião no consulado brasileiro onde ele e a polícia espanhola apresentaram suas versões.

Depois da agressão, o maestro pensa em voltar ao Brasil. “Meu trabalho está lá, minha vida está lá, mas não descarto essa possibilidade. É algo que vou pensar e analisar”, acrescentou.
O filho do maestro, o estudante Marlos França, 25 anos, disse que falava constantemente com o pai e que vinha dando apoio a ele. “Agora só quero abraçá-lo e tentar esquecer o que aconteceu”, disse. Marlos morou 10 anos com o pai na Espanha e disse que nunca passou por nada parecido.

O músico Marrom Brasileiro, amigo de Israel, também foi recepcioná-lo. “Acredito que como cidadão ele não vai esquecer. Nada justifica o que ele passou”, pontuou. O ex-professor de Israel, o maestro Ademir Araújo, também estava no aeroporto e disse que a Espanha tem muito a prender com o Brasil. “Pernambuco vai receber a seleção espanhola com todo o carinho”, comentou.

CASO – Israel França afirma ter sido espancado por policiais na saída de um restaurante na Espanha no dia 23 de dezembro de 2012. Segundo o músico, a agressão teria sido motivada por racismo. A Embaixada da Espanha no Brasil afirmou que a polícia local informou que Israel estava embriagado na ocasião, que portava uma faca e agrediu os agentes. O músico nega as acusações.

 

 

 

 

JC Online
Foto: Guga Matos/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Carreta tomba na BR-232 e complica trânsito

Por volta das 4h desta quinta-feira (17), uma carreta Volkswagen (placa JVZ-6489/PE) tombou no quilômetro 23 da BR-232, em Moreno, no sentido interior/Recife.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor Cícero Lenildo da Silva, 44 anos, teve apenas ferimentos leves. Não há informações de como ocorreu o acidente.

A carreta permanece tombada na pista, ocupando uma das faixas e, por isso, o trânsito está bastante lento para que segue em direção à capital pernambucana. Ainda segundo a PRF, não há previsão de retirada da carreta, pois é de responsabilidade da seguradora do veículo.

Para fugir do congestionamento, os motoristas estão seguindo pela PE-007, em Moreno, e deixando o fluxo intenso na rodovia, no sentido Jaboatão Centro.

 

JC Trânsito

Foto: @dioramalho/Twitter

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Seca acentua o êxodo rural no interior de Pernambuco

Em Pernambuco, a seca atinge mais de 1,2 milhão de pessoas. Cento e trinta municípios decretaram situação de emergência. Com a pouca perspectiva de chuva, muitas famílias abandonaram as casas à procura de trabalho nas grandes cidades.
A agricultura Zefinha Vieira da Silva ficou com os quatro filhos em um pequeno sítio em Paranatama, no Agreste de Pernambuco, enquanto o marido tenta ganhar a vida em São Paulo. É a ajuda que ele manda há quase um ano que garante a sobrevivência da família. “Ele trabalha numa chácara criando porco. Quando ele recebe lá, ele manda, 200, 150, 100 reais”, contou.
A casa em frente foi abandonada. No local vivia o irmão caçula de Jucivânio da Silva Ferreira, que não conseguia arrumar trabalho. “É difícil porque a pessoa nasceu e se criou aqui. A pessoa gosta do lugar, mas a seca está obrigando a pessoa a ir embora e tem que ir mesmo”, disse.
Casas vazias se multiplicam na área rural do município repetindo um drama antigo dos nordestinos expulsos do campo por causa da seca. O agricultor Edgard Aristides é o guardião da casa do filho e da nora, que ficou mobiliada à espera dos donos.
A decisão de deixar tudo para trás é muito difícil e só é registrada em casos extremos, típicos de secas históricas. O casal de agricultores que vivia nesta casa forrou os móveis com plástico e lençóis pra tentar proteger o pequeno patrimônio e foi arriscar a sorte em São Paulo, fugindo da seca e das adversidades.
José Genildo e a mulher Poliana estão em São Paulo há dois meses. Ela já arrumou um emprego em um mercadinho. Ele está fazendo bicos. “Cada um que vai embora é uma dor, é dureza, é sofrimento para os pais e para os filhos que vão também”, afirmou Aristides.
São dias difíceis, de muitas perdas na região e de uma fuga que não para de crescer. “Há décadas que a gente não vê uma situação dessa, o pessoal deixando suas propriedades para procurar emprego lá no sul do Brasil e a gente vê que a perspectiva de chuva está pouca. A gente está vendo mais acentuado agora esse êxodo rural hoje”, comentou Adelvanda de Almeida, secretária de Agricultura de Paranatama.
Em Águas Belas, numa vila de pescadores, aos poucos vão ficando só as mulheres e as crianças. O Rio Ipanema, onde as famílias encontravam fartura, agora está totalmente seco.
Na vila de pescadores e em muitos sítios do Nordeste, seca virou sinônimo de saudade. “Em setembro começou a ir embora. Foi Francival, meu filho, e José Girlânio, e Manoel Pereira da Silva, que é meu marido. Acostumada ter gente em casa, fica difícil”, disse a agricultora Maria Madalena Pereira.

 

 

 

 

G1 PE

Foto: Reprodução

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Assaltantes arrombam igreja em Olinda e levam eletrodomésticos

Em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, ladrões invadiram uma igreja, roubaram eletrodomésticos e danificaram a imagem de um santo. A ação dos bandidos foi na Capela de São Benedito, no bairro de Peixinhos. O roubo foi percebido por um dos conselheiros da capela no início da manhã desta quarta-feira (16).

Os assaltantes levaram dois ventiladores e uma caixa de som. Eles quebraram uma imagem de Santo Antônio. Em um ano e meio, esta é a oitava vez que a capela é arrombada. A Delegacia de Peixinhos deve investigar o caso.

 

 

 

 

G1 PE

Foto: reprodução NETV

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Barcos naufragam em Noronha depois de ondas gigantes

No lugar da areia, o que predomina nas praias próximas ao Porto de Santo Antônio, no Arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (16), são os pedaços das embarcações destruídas pelas ondas gigantes que atingem as ilhas desde a noite de terça (15).

Cinco barcos que estavam mais longe da costa naufragaram. A perda é considerada total. Já três embarcações que se soltaram com o agito do mar conseguiram ser recuperadas.

A boia da Marinha que marcava um ponto de mergulho em um navio grego naufragado na ilha voou e foi parar na beira da praia.
Nem o esforço de afastar aproximadamente outros 10 barcos do local para evitar que novas ondas gigantes causassem mais danos conseguiu evitar a destruição. Muitos deles ficaram entulhados.

Duas barracas também foram atingidas e os proprietários, ainda durante a noite, tentavam resgatar o pouco que se salvou.

A previsão é que novas ondas de cinco a seis metros sejam registradas por volta das 13h30 desta quarta (16). O fenômeno, chamado swell, é comum no Arquipélago nesta época do ano.

 

 

NE10

Foto: Internet

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Carro capota na BR-101 e três pessoas ficam feridas

Um carro modelo Palio capotou na madrugada desta quarta-feira (16), por volta das 4h15, na BR-101 Norte, em Paulista.

O condutor do veículo perdeu a direção do carro após uma curva e capotou, em frente à fábrica da Bombril. O motorista e outros dois ocupantes tiveram apenas ferimentos leves.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou as vítimas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Igarassu.

 

 

 

JC Trânsito

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.