Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Pernambuco registra 272 novos casos de Covid-19 e oito mortes

Com as confirmações desta terça-feira (4), o estado passou a totalizar 646.276 infecções e 20.473 óbitos.

Por g1 PE e TV Globo

Pernambuco registrou mais 272 casos de Covid-19 e oito mortes de pessoas com a doença, nesta terça-feira (4), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Com as novas confirmações, o estado passou a totalizar 646.276 infecções e 20.473 óbitos, contabilizados desde março de 2020.

Do total de novos casos, segundo o estado, 11 (4%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Outros 261 (96%) são leves, de pessoas que não precisaram ser internadas, que foram assintomáticas ou que descobriram a infecção após curadas.

Com isso, o estado passou a totalizar 55.382 casos graves e 590.894 leves. As mortes confirmadas nesta terça-feira ocorreram entre o dia 21 de maio de 2021 e o domingo (2).

Os casos do novo coronavírus estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Mortes

Nesta terça, o governo confirmou também cinco mortes de mulheres e três de homens.

Essas pessoas moravam em Olinda (1), Petrolina (1), Recife (5) e Sairé (1).

Os pacientes tinham entre 40 e 86 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1), 60 a 69 (1), 70 a 79 (3), 80 e mais (3). Sete tinham doenças preexistentes: diabetes (4), obesidade (2), hipertensão (2), doença respiratória (2), câncer (2), doença cardiovascular (2), doença renal (1), imunossupressão (1), histórico de tabagismo (1) e doença de Alzheimer (1). Um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Vacinação

Desde 18 de janeiro de 2021, Pernambuco aplicou 14.881.025 doses de vacinas contra a Covid.

Com relação às primeiras doses, foram 7.284.989 aplicações. A cobertura chegou a 94,70% do público elegível.

Do total, 6.304.909 pessoas, ou 81,96% do público-alvo, completaram seus esquemas vacinais, sendo 6.131.808 vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outras 173.101 que foram contempladas com vacina aplicada em dose única.

Em relação às doses de reforço, foram aplicadas 1.291.127. A cobertura chegou a 19,55% nessa fase da campanha)

Outras informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal.

Leitos

Nesta terça, a taxa global de ocupação de leitos na rede pública de Pernambuco era de 76%, de um total de 1.646 vagas abertas.

Nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos ficou em 79%. Havia 845 unidades disponíveis. Nas enfermarias, eram 801 leitos e 73% deles estavam ocupados.

Na rede privada, a taxa global de ocupação de leitos ficou em 44%, de um total de 271 vagas abertas. Nas UTIs, havia 156 unidades disponíveis e 56% delas estavam com pacientes de Covid.

Nas enfermarias, a taxa de ocupação de leitos ficou em 27%, de um total de 115 vagas abertas.

Testes

Desde março de 2020, Pernambuco realizou 2.865.144 testes para detectar Covid.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Terreiro de religiões de matrizes africanas é destruído por incêndio e representantes denunciam ‘forma brutal de racismo religioso’

Terreiro das Salinas foi alvo de incêndio, no sábado ( 1º), em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco. Nesta segunda (3), polícia informou que investiga a denúncia.

Por g1 PE

Terreiro das Salinas, em São José da Cora Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, foi destruído pelo fogo e representantes denunciaram que foi criminoso  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Terreiro das Salinas, em São José da Cora Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, foi destruído pelo fogo e representantes denunciaram que foi criminoso — Foto: Reprodução/WhatsApp

Um espaço mantido por seguidores de religiões de matrizes africanas foi destruído pelo fogo, em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco. Representantes do Terreiro das Salinas denunciaram pelas redes sociais e prestaram queixa na delegacia, afirmando que o incêndio foi uma “forma brutal do racismo religioso”. O caso está sendo está sendo investigado pela polícia.

Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram a destruição do terreiro, frequentado por adeptos do candomblé. Nas fotos, é possível observar uma construção feita de barro danificada pelo fogo e objetos jogados no chão.

Segundo Gilmara Santana, uma das frequentadoras do Terreiros das Salinas, o incêndio aconteceu na manhã de 1º de janeiro. Segundo ela, os pontos incendiados foram bem específicos, “dando indícios de que foi um incêndio criminoso”.

Gilmara disse que o terreiro existe há três anos. São realizadas ações sociais na comunidade de Abreu do Una, que fica na área, como distribuição de sopão e reforço escolar. Além disso, são promovidos a limpeza do meio ambiente e consultas espirituais.

Terreiro das Salinas, em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, foi alvo de incêndio — Foto: Reprodução/WhatsApp

Terreiro das Salinas, em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, foi alvo de incêndio — Foto: Reprodução/WhatsApp

“Registramos um boletim de ocorrência e também denunciamos ao Ministério Público“, afirmou, em entrevista à TV Globo, nesta segunda (3).

Nas redes sociais, os representantes do terreiro postaram um texto para denunciar a intolerância religiosa.

“Fomos surpreendidos com a notícia que o Terreiro das Salinas, de tradição Jeje-nagô, fundado pelo babalorixá Lívio Martins, estava sendo incendiado”, aponta a postagem no Instagram.

Ainda segundo o texto, o terreiro já tinha sido alvo de problemas anteriores, que “interromperam os rituais”.

Foram, segundo os representantes do Salinas, “situações que acreditamos contornar”, por causa do trabalho social, que também conta com distribuição de alimentos.

“Não é de hoje que os terreiros das religiões de matriz africana, afro-brasileira e afro-indígena têm sido alvo constante das violências, intolerâncias e racismo religioso que tenta impedir a realização de nossos rituais, da adoração aos nossos orixás e entidades sagradas. No entanto, ver a nossa casa de axé, nosso local sagrado, onde depositamos nossa fé, onde construímos cada canto com nosso suor e devoção em chamas é violento e perturbador.

Os representantes do terreiro afirmaram também que o que aconteceu “foi uma tentativa de apagamento, de silenciamento e opressão”, mas que “não nos impedirá de continuar a cultuar nosso sagrado”.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que registrou a ocorrência na manhã desta segunda. “Todas as providências estão sendo tomadas para a elucidação do ocorrido”, afirmou a corporação.

Coletivos

Por meio de nota, a Articulação Negra de Pernambuco, organização formada por cerca de 20 coletivos, entidades e instituições negras e antirracistas pernambucanas, manifestou solidariedade ao Terreiro das Salinas.

“Exigimos que o governo do estado coloque seu aparato institucional para apurar com todo o rigor esse caso de racismo religioso e identificar e punir os responsáveis pelo incêndio criminoso”, afirmou a nota postada nas redes sociais.

A Anepe afirmou que “se mantém à disposição para contribuir com todo suporte institucional de que dispõe, inclusive para articular colaborações para a reconstrução do terreiro”

Ainda na nota, o coletivo afirmou que todo o suporte jurídico e psicossocial está sendo garantido através do Projeto Oxé, que é o atendimento jurídico e psicossocial contra o racismo, iniciativa da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco, do Gajop e da Articulação Negra de Pernambuco.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Caminhão de lixo tem falha mecânica, desce ladeira e atinge portão e parte de muro de casa no Recife

Acidente ocorreu na tarde desta segunda (3), no Vasco da Gama, perto do local onde um micro-ônibus de transporte complementar tombou, no início da manhã.

Por g1 PE

Caminhão perde controle em ladeira e atinge muro de casa no Recife

Um caminhão de lixo destruiu o portão de ferro e parte do muro de uma casa, na tarde desta segunda (3), na Zona Norte do Recife. Segundo moradores, o motorista perdeu o controle em uma ladeira, no Vasco da Gama. Não houve feridos.

Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram o caminhão de lixo e o muro destruído. Por causa do acidente, a via ficou bloqueada, permitindo apenas passagem de motos.

O acidente ocorreu por volta das 16h30, na Rua Dois de Fevereiro. O motorista teria percebido falha no freio e optou por jogar o caminhão no muro para não descer a ladeira de forma desgovernada.

Ainda de acordo com os moradores, esse acidente aconteceu bem perto do local onde um micro-ônibus tombou, no início da manhã desta segunda .

O caso do coletivo de transporte complementar ocorreu na Rua Nordeste, no Alto da Esperança, também no Vasco da Gama.

Micro-ônibus tomba e assusta moradores em rua do Vasco da Gama, no Recife

No momento do acidente, que aconteceu por volta das 5h15, estavam dentro do veículo o motorista e um passageiro.

Providências

Por meio de nota, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) informou que o acidente com o caminhão de lixo foi provocado por falha mecânica.

A Emlurb disse, ainda, que acionou a empresa terceirizada responsável pelo veículo para “prestar toda a assistência necessária” aos donos do imóvel atingido.

“A empresa já se prontificou em fazer a retirada do veículo o mais rápido possível e arcar com os custos de reparo”, disse.

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) informou, também por nota, que foi acionada às 17h15 para a ocorrência.

“Agentes e orientadores de trânsito seguiram imediatamente ao local para auxiliar na mobilidade e permanecerão até que o veículo seja retirado da via”, informou. O caminhão começou a ser retirado do local por volta das 20h.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Rodovias federais de PE registram mais acidentes e feridos e menos mortes no feriadão da virada do ano

PRF registrou 34 acidentes, com 47 feridos e sete mortes, entre 30 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022. No feriadão anterior de réveillon, foram 31 sinistros, com 33 feridos e oito óbitos.

Por g1 PE

No feriadão do réveillon 2022, as rodovias federais que cortam Pernambuco registraram mais acidentes e feridos e menos mortes, em relação ao período anterior de festejos, entre o fim de 2020 e começo de 2021. O balanço da Operação Ano Novo foi divulgado, nesta segunda (3), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Por meio de nota, a PRF informou que, entre 30 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022, ocorreram 34 acidentes, com 47 feridos e sete mortes. No feriadão anterior, foram 31 sinistros, com 33 pessoas feridas e oito óbitos.

Ainda segundo a PRF, três mortes ocorreram após atropelamentos. Entre as colisões, o caso mais grave ocorreu em Salgueiro, no Sertão, no domingo (2), no quilômetro 528 da BR 232.

O motorista de um carro fez uma conversão à esquerda para pegar o trevo de acesso ao povoado de Umãs, quando foi atingido na lateral por uma caminhonete.

Duas mulheres e uma menina de 6 anos que estavam no banco de trás do carro foram arremessadas para fora do veículo, não resistiram aos ferimentos e morreram. O motorista e o passageiro do carro ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital de Salgueiro.

A corporação disse que os condutores dos veículos realizaram o teste do bafômetro e o resultado indicou que eles não haviam consumido bebida alcoólica. A motorista da caminhonete foi encaminhada para a delegacia, que vai investigar o caso.

Abordagens

O balanço apontou, ainda, que em quatro dias, foram abordados 2.983 veículos e 4.042 pessoas.

Os policiais rodoviários federais emitiram 1.931 autos de infrações, sendo 267 por ultrapassagens em local proibido, 134 pelo não uso do cinto de segurança, 44 pela falta da cadeirinha e 29 pela ausência do capacete.

No feriadão, foram realizados 1.114 testes de bafômetro e emitidas 19 autuações, sendo 15 por recusa e quatro por constatação, além de ser detido um motorista que estava sob efeito de álcool.

Além da multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o motorista poderá ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses.

Ao todo, foram registradas 40 toneladas de excesso de peso, com 25 autuações emitidas por desrespeito à Lei do Descanso do Motorista e dez por irregularidades no exame toxicológico.

Foram retirados 75 animais de grande porte das rodovias e prestados 53 auxílios a motoristas, que tiveram problemas com os veículos.

A fiscalização também recolheu 128 veículos irregulares e 259 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs).

Cinco veículos foram recuperados e 12 pessoas acabaram sendo detidas por crimes ambientais, com mandado de prisão em aberto ou por crimes de trânsito.

Estradas com pedágio

De acordo com o balanço das concessionárias Rota do Atlântico e Rota dos Coqueiros, 23 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022, cerca de 275 mil veículos trafegaram pelo Complexo Viário de Suape e pelo Sistema Viário do Paiva, vias de acesso a Muro Alto, Porto de Galinhas e Tamandaré.

Durante o período, foram registrados três acidentes, sem vítimas, na PE-09, sob gestão da Rota do Atlântico. Dois deles aconteceram no dia 23 de dezembro, sendo uma colisão lateral no quilômetro 44, sentido norte, na Curva do Boi.

O outro incidente foi ocasionado por uma carreta que ficou atravessada no viaduto localizado no quilômetro 35,6 da via.

No dia 26, um veículo bateu na barreira de proteção do viaduto, no quilômetro 35,2, perto da praça do pedágio, no sentido Sul.

A partir da 0h de terça (4) passa a vigorar o reajuste de pedágio da Rota do Atlântico. O novo valor, de R$ 9,60, representa o arredondamento da variação do Índice de Preço ao Consumidor (IPCA) dos últimos 12 meses. Isso corresponde a um aumento de 10,35% . Até esta segunda (3), a tarifa básica é R$ 8,70.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pernambuco confirma mais 58 casos e cinco mortes por Covid-19

Com os registros desta segunda-feira (3), o estado passou a totalizar 646.004 confirmações e 20.465 óbitos ocasionados pela doença.

Por g1 PE

Pernambuco confirmou mais 58 casos e cinco mortes por Covid-19, nesta segunda-feira (3), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Com os novos registros, o estado passou a totalizar 646.004 confirmações e 20.465 óbitos ocasionados pela doença.

A SES informou que, dos 58 novos casos, sete (12%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 51 (88%) são leves. Ao todo, o estado tem 55.371 registros graves e 590.633 leves.

Mortes

As mortes confirmadas nesta segunda-feira ocorreram entre o dia 10 de novembro de 2020, há mais de um ano, e o sábado (1º). Foram cinco homens residentes dos municípios de Aliança (1), Pedra (1), Quipapá (1), Recife (1) e Serra Talhada (1).

Os pacientes tinham entre 32 e 84 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 50 a 59 (1), 70 a 79 (1), 80 e mais (1). Quatro tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (1), doença respiratória (1), histórico de etilismo (1), doença neurológica (1) e imunosupressão (1). Um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Vacinação

Desde 18 de janeiro de 2021, quando começou a campanha de imunização, Pernambuco aplicou 14.837.562 doses de vacinas contra a Covid-19. Foram 7.284.929 primeiras doses, número equivalente a cobertura de 94,70% da população.

Do total, 6.292.205 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, número que equivale a 81,80% das pessoas que vivem no estado. Destas pessoas, 6.119.104 foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outras 173.101 com vacina aplicada em dose única.

Também foram aplicadas 1.260.428 terceiras doses, de reforço, número equivalente a 19,08% da população.

Testes

Desde março de 2020, quando começou a pandemia em Pernambuco, o estado realizou 2.858.766 testes para detectar a Covid-19.

Leitos

Nesta segunda, a taxa global de ocupação de leitos para Covid na rede pública de Pernambuco era de 72%. Havia 1.535 leitos disponíveis.

Nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos ficou em 77%, de um total de 780 unidades abertas. Nas enfermarias, eram 755 vagas e 67% delas estavam com doentes.

Na rede particular, a taxa de ocupação global dos leitos para Covid ficou em 44%, de um total de 271 vagas.

Nas UTIs, eram 156 leitos e 56% deles estavam com pacientes. Nas enfermarias, havia 115 unidades e a taxa de ocupação desses leitos ficou em 27%.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Três bolivianos são presos no Recife tentando embarcar para a Espanha com passaportes falsos

Uma mulher foi detida no sábado (1º) e um casal foi preso, no domingo (2), no aeroporto da capital pernambucana, com indícios de falsificação nos passaportes, de acordo com a Polícia Federal.

Por g1 PE

Três bolivianos foram presos pela Polícia Federal (PF) tentando embarcar de forma ilegal para a Europa, no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital. Segundo a corporação, nos três casos havia indícios de falsificação nos passaportes dos viajantes.

A primeira prisão foi de uma mulher, na madrugada do sábado (1º). Um dia depois, no domingo (2), outras duas pessoas também foram detidas em situação bastante semelhante, de acordo com a PF.

No primeiro caso, a mulher tentava embarcar para a Espanha com um passaporte espanhol com indícios de falsificação. Funcionários da companhia aérea constataram que o carimbo que estava no documento de viagem não era original.

Por isso, ela foi detida e levada para uma sala reservada da PF no aeroporto. A mulher informou que possui dupla nacionalidade e que os filhos ainda moram na Espanha.

Ela também foi flagrada com outro documento de identidade escondido no sapato. Ao ser questionada, ela afirmou que o documento era de uma irmã dela.

“A Adidância da Polícia Federal em Madri fez contato com a Polícia Nacional da Espanha e confirmou que os dados no sistema de passaportes são autênticos, porém as digitais não coincidem com a pessoa que se apresentou para embarque”, afirmou a PF, por meio de nota.

No domingo, as outras duas pessoas foram detidas também com passaportes espanhóis, tentando entrar na Espanha. Elas disseram ser naturais de Cochabamba, na Bolívia, e que iriam à cidade espanhola de Málaga para trabalhar e viver.

Os três bolivianos detidos foram indiciados pelo crime de falsidade ideológica e foram liberados em audiência de custódia, para responder pelo delito em liberdade.

Análise

PF acredita que exista grupo criminoso no caso de presos pela fiscalização de emigrantes em Pernambuco

Segundo a delegada da PF Luciana Martorelli de Carvalho, tudo aponta para que sejam casos de impostores. Ou seja, pessoas portando documentos válidos, mas que não são as titulares desses documentos.

Ela disse que essas pessoas tentaram se passar pelos titulares verdadeiros dos documentos durante o processo de saída do Brasil.

A delegada afirmou, ainda, que a dificuldade crescente de falsificação dos passaportes provocou o aumento do número de impostores.

“Como o passaporte é um documento seguro e muito difícil e caro de se falsificar, é mais barato utilizar um passaporte verdadeiro, mas que a pessoa não é a titular, do que falsificar uma caderneta de passaporte”, afirmou.

Ainda segundo a delegada Luciana Martorelli de Carvalho, o passaporte brasileiro tem mais de 30 itens de segurança, difíceis de falsificar.

Para a policial, é muito possível que haja uma organização criminosa por trás dessa operação, tendo em vista a recorrência da utilização de passaportes da mesma nacionalidade e pelo fato de que os três presos também são de mesma nacionalidade.

“Tudo indica que há por trás desses fatos uma organização criminosa dedicada ao contrabando de migrantes a promover a imigração ilegal”, declarou.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Fogo em canavial por pouco não atinge carros estacionados em condomínio em Muro Alto, em Ipojuca

Moradores denunciaram que incêndio ocorreu neste sábado (1º), bem perto de conjunto de prédios localizados na rodovia PE-60.

Por g1 PE e TV Globo

Fogo em canavial por pouco não atinge carros estacionados em condomínio em Muro Alto

Moradores e pessoas que foram passar a virada do ano em um condomínio na praia de Muro Alto, em Ipojuca, no Grande Recife, levaram um susto neste sábado (1º). Um incêndio em uma área de canavial por pouco não atingiu carros que estavam no estacionamento dos prédios

Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram as chamas fortes bem perto do estacionamento do Condomínio Muro alto, na Reserva Ipojuca. O conjunto de prédios fica no quilômetro 14,3 da rodovia PE-60.

O fogo começou por volta das 16h deste sábado. Os moradores contam que as queimadas são frequentes, mas que foi a primeira vez que as chamas chegam tão perto dos imóveis. Eles ficaram com medo de que a alta temperatura prejudicasse os veículos.

Outros problemas relatados pelos condôminos são a fumaça e a fuligem, que prejudicam principalmente a saúde das crianças.

Ana Catarina Falcão, que tem um apartamento no condomínio, disse à TV Globo que a filha de cinco meses foi prejudicada pela fumaça.

Ela não soube dizer se o Corpo de Bombeiros foi acionado pelo síndico ou pelos moradores do condomínio.

Fogo em canavial por pouco não atinge carros estacionados em condomínio em Muro Alto, em Ipojuca, no Grande Recife  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Fogo em canavial por pouco não atinge carros estacionados em condomínio em Muro Alto, em Ipojuca, no Grande Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

O Corpo de Bombeiros, por meio da assessoria de imprensa, informou que não recebeu o registro do chamado.

Procurada pelo g1, a assessoria de comunicação da prefeitura entrou em contato com a Secretaria de Meio Ambiente do município.

Ainda segundo a prefeitura, quem deve autorizar a queimada é a Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH). Os funcionários das usinas devem fazer o controle do fogo.

A administração municipal informou que a queimada é uma prática adotada por usinas da região para facilitar o corte da cana-de-açúcar.

g1 entrou em contato com a CPRH, neste sábado, e a agência disse que as usinas devem fazer a queimada de forma controlada.

Existem várias restrições e uma delas aponta que o fogo não pode chegar a menos de um quilômetro dos imóveis. A CPRH disse, ainda, que vai enviar uma equipe ao local para avaliar a situação.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PE confirma mais 206 casos e sete mortes por Covid; estado totaliza 645.887 infectados e 20.454 óbitos

Dados foram divulgados neste sábado (1º) pelo governo de Pernambuco, no boletim de acompanhamento da pandemia.

Por g1 PE

O governo de Pernambuco confirmou, neste sábado (1º), mais 206 casos da Covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) também notificou oficialmente sete mortes provocadas pela doença.

Com os dados divulgados no boletim de acompanhamento da pandemia neste sábado, Pernambuco passou a totalizar 645.887 casos confirmados da doença, sendo 55.354 graves e 590.533 leves.

Desde março de 2020, quando começou a pandemia em Pernambuco, o estado contabiliza 20.454 mortes pela Covid-19. Entre os casos confirmados neste sábado,10 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 196 (95%) são leves.

As mortes confirmadas no boletim desta quinta ocorreram entre 18 de novembro e o domingo (30).

Os casos do novo coronavírus estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Mortes

Neste sábado, o boletim confirmou seis mortes de mulheres e uma de homem. Esses óbitos ocorreram entre os dias 18 de novembro de 2020 e 30 de dezembro de 2021.

Essas pessoas moravam em Olinda (1), Recife (5) e Paulista (1). Os pacientes tinham entre 31 e 83 anos.

As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 60 a 69 (3), 70 a 79 (1), 80 e mais (2). Os sete tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (2), doença respiratória (1), diabetes (4), doença renal (1), obesidade (1), doenças cromossômicas (1), neoplasia (1). Um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Vacinação

Desde janeiro de 2021, Pernambuco aplicou 14.806.269 doses de vacinas contra a Covid.

Com relação às primeiras doses, foram 7.283.286 aplicações. A cobertura chegou a 94,68% nessa etapa da campanha.

Do total, 6.274.410 pessoas, ou 81,57%, completaram seus esquemas vacinais. Foram 6.101.309 vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outras 173.101 contempladas com vacina aplicada em dose única.

Em relação às doses de reforço, foram aplicadas 1.248.573. A cobertura chegou 18,90% nessa etapa da campanha.

Leitos

Neste sábado, a taxa global de ocupação de leitos para Covid na rede pública de Pernambuco era de 71%. Havia 1.515 leitos disponíveis.

Nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos ficou em 77%, de um total de 760 unidades abertas. Nas enfermarias, eram 755 vagas e 65% delas estavam com doentes.

Na rede particular, a taxa de ocupação global dos leitos para Covid ficou em 43%, de um total de 264 vagas.

Nas UTIs, eram 150 leitos e 56% deles estavam com pacientes. Nas enfermarias, havia 114 unidades e a taxa de ocupação desses leitos ficou em 26%.

Testes

Desde março de 2020, quando começou a pandemia em Pernambuco, o estado realizou 2.855.205 testes para detectar a Covid.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Motorista de carro adaptado para deficiente é assassinado a facadas após colisão com outro veículo

Segundo polícia, crime ocorreu na manhã deste sábado (1º), em Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Homem saiu de caminhonete e atingiu vítima que estava em veículo de passeio.

Por g1 PE

Vítima estava em um carro com adaptações destinadas à pessoa com deficiência motora  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Vítima estava em um carro com adaptações destinadas à pessoa com deficiência motora — Foto: Reprodução/WhatsApp

Um homem de 44 anos foi assassinado, neste sábado (1º), em Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, ele estava dirigindo um automóvel de passeio, quando uma caminhonete bateu na traseira do seu veículo. O criminoso desferiu na vítima vários golpes de arma branca, como faca ou punhal. A vítima morreu no local.

A vítima estava em um carro adaptado para pessoa com deficiência motora e tinha cortes no rosto e perfurações na parte de trás do pescoço.

O corpo foi achado dentro do veículo. O criminoso, disse a polícia, saiu da caminhonete e desferiu os golpes.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que a equipe encontrou a vítima no banco do motorista de um Fiat Uno.

“No local, também se encontrava um Nissan Frontier, que teria sido abandonado pelo suspeito do crime”, informou a PM.

Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram a caminhonete com danos na parte dianteira. Havia uma peça no chão.

O crime, que aconteceu na Travessa Mendes Martins, no bairro de Santo Antônio, é investigado pela 11ª Delegacia Seccional de Goiana. Os nomes da vítima e do criminoso não foram divulgados pela polícia.

Em áudios enviados para o WhatsApp da TV Globo, pessoas ligadas a familiares do homem assassinado afirmaram que ele era paralítico. A polícia não confirmou a informação.

A corporação disse que o criminoso e a vítima tinham um desentendimento anterior, mas não detalhou o que teria motivado o assassinato.

Um inquérito policial foi instaurado e, segundo a polícia, outras informações poderão ser fornecidas “após a completa elucidação do caso”.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Com epidemia de gripe, Recife reforça 13 unidades de saúde e atendimento remoto com contratação de novos 126 profissionais

Anúncio foi feito neste sábado (1º) pelo prefeito João Campos, pelas rede sociais. Serão chamados médicos e outros trabalhadores aprovados em outras seleções.

Por g1 PE

O ano de 2022 começou com a preocupação com a epidemia de gripe. No Recife, a prefeitura anunciou, neste sábado (1º), o reforço de serviço em 13 unidades da rede municipal e do atendimento remoto. Serão contratados novos 126 profissionais de saúde já aprovados em seleções para cuidar de pacientes problemas respiratórios, além de outros trabalhadores (veja relação das unidades no fim da matéria).

O anúncio da prefeitura foi feito dois dias depois de o secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, afirmar que o estado vive “uma epidemia de H3N2 dentro da pandemia de Covid-19”.

No estado, foram registradas 11 mortes provocados pela influenza. Por causa dos casos em alta da doença, o governo autorizou a abertura de 193 novos leitos.

Segundo a prefeitura do Recife, esse 126 profissionais, entre médicos e outras especialidades, foram aprovados em outras seleções.

Agora, vão ser convocados para atuar nos casos de doenças respiratórias. Também serão chamados vigilantes e pessoal administrativo.

Neste sábado, o prefeito João Campos (PSB) visitou a Maternidade Barros Lima , em casa Amarela, na Zona Norte.

Durante essa visita, ele disse que os novos profissionais de saúde vão atuar na rede básica, média e alta complexidades e Atende em Casa, serviço de atendimento remoto.

O gestor afirmou que a prefeitura vai investir R$ 1 milhão por mês para expandir a rede de atendimento por causa dos casos de problemas respiratórios.

“Estamos registrando mais casos, que não são graves, na maioria. Mas a rede tem que estar preparada para isso”, afirmou, por meio das redes sociais.

Segundo Campos, também será ampliada a quantidade de profissionais para fazer testes de Influenza e de Covid-19.

Detalhes

Para atender na atenção básica do Recife, serão contratados 12 médicos, dez enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem, todos plantonistas.

Além disso, outras 13 pessoas serão convocadas para atuar na área administrativa, totalizando 50 contratados.

Para a média e alta complexidades, vão ser contratados oito vigilantes diurnos e um vigilante noturno, um total de nove plantonistas.

Para os postos de testagem, a prefeitura vai convocar 12 enfermeiros, 36 de técnicos de enfermagem, todos plantonistas.

Mais quatro pessoas, diaristas, serão chamadas para a área administrativa. O total é de 52 convocados.

Além disso, o Atende em Casa terá um reforço de 15 trabalhadores: dez médicos plantonistas e cinco enfermeiros plantonistas.

Na segunda-feira (27), Campos determinou a renovação por mais três meses do decreto de calamidade pública relacionado à pandemia.

O objetivo foi garantir o reforço das estruturas de atendimento para que os recifenses que estejam com sintomas gripais possam receber a assistência adequada de forma mais rápida e eficiente.

Veja as unidades com reforço

Serviços de pronto atendimento para doenças respiratórias

  • 1- Policlínica Agamenon Magalhães
  • 2- Policlínica Amaury Coutinho
  • 3- Policlínica e Maternidade Arnaldo Marques
  • 4- Policlínica e Maternidade Barros Lima
  • 5- Hospital Helena Moura

Oito pontos fixos de testagem mediante agendamento pela internet

  • Policlínicas Waldemar de Oliveira e Arnaldo Marques
  • Upinhas Eduardo Campos, Vila Arraes e Moacyr André Gomes
  • Centros de Saúde Professor Mário Ramos e Romero Marques
  • CSU Afrânio Godoy

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.