Operação apreende 649 quilos de carnes impróprias para o consumo

Por G1 PE

Carnes foram apreendidas em estabelecimentos de Goiana, no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Carnes foram apreendidas em estabelecimentos de Goiana, no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma operação realizada pelo Procon de Pernambuco e Vigilância Sanitária de Goiana, no Grande Recife, apreendeu 649 quilos de carnes impróprias para o consumo. Na ação, ocorrida nesta segunda-feira (1º), foram encontrados produtos acondicionados de forma irregular, manipulados por pessoas que não tinham condições ideais de higiene ou sem data de validade.

Segundo o Procon, todo o material apreendido foi prensado em um caminhão de lixo e encaminhado para incineração. Ao todo, quatro estabelecimentos foram fiscalizados e três terminaram sendo autuados.

De acordo com o Procon, a maior apreensão ocorreu no Açougue do Povo, no Centro da cidade. Os fiscais recolheram, ao todo, 594,5 quilos de diversos tipos de carnes

Carnes impróprias para o consumo foram apreendidas em Goiana, no Grande Recife — Foto: Prcon Pernambuco/Divulgação

Carnes impróprias para o consumo foram apreendidas em Goiana, no Grande Recife — Foto: Prcon Pernambuco/Divulgação

Foram apreendidos 271,2 quilos de carnes de boi e porco, 137,9 quilos de peixe,131,5 quilos de frango e 54,8 quilos de linguiça.

A gerente de fiscalização do Procon, Danyelle Sena, informou que os produtos estavam mal condicionados e eram vendidos de maneira imprópria.

Segundo ela, as carnes estavam expostas, os consumidores faziam a manipulação sem cuidado com a higiene e muitos peixes encontravam-se descongelados.

Os fiscais também recolheram passas, frutas cristalizadas, ameixa, salsichas e mortadelas. De acordo com o Procon, esses produtos, vendidos a granel, estavam sem embalagem e, por isso, o consumidor não tinha condições de saber as datas de fabricação e de validade.

No Frigorífico São José, foram recolhidos 54,7 quilos de carnes de boi, ave e peixe. No Supermercado Borbão os fiscais descartaram doces que estavam sendo expostos para a venda, mesmo depois do fim do prazo de validade.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Bandidos sequestram tesoureiro, mulher e filha e tentam assaltar agência de banco

Por G1 PE

Policiais foram até a agência do Banco do Brasil, em Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Policiais foram até a agência do Banco do Brasil, em Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco — Foto: Reprodução/WhatsApp

O tesoureiro do Banco do Brasil de Aliança, na Zona da Mata Norte, a mulher e uma filha de 5 anos foram sequestrados de dentro de casa, na manhã desta segunda-feira (1º), em Carpina, na mesma região. Os bandidos, segundo o delegado Paulo Berenguer, fizeram a família refém como estratégia para praticar um assalto à agência. Acionada, a Polícia Militar evitou a ação da quadrilha, que não conseguiu levar dinheiro.

O delegado informou ao G1, por telefone, que o funcionário do banco, a mulher e a filha não sofreram ferimentos e foram libertados pelos bandidos horas depois do sequestro. As Polícias Militar e Civil, segundo o delegado, deslocaram equipes para a região para tentar encontrar os bandidos, mas ninguém tinha sido preso até as 15h.

Policiais fazem buscas em Aliança, na Zona da Mata Norte, depois de sequestro de funcionário do Banco do Brasil  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Policiais fazem buscas em Aliança, na Zona da Mata Norte, depois de sequestro de funcionário do Banco do Brasil — Foto: Reprodução/WhatsApp

Ainda de acordo com o delgado, o sequestro ocorreu por volta das 7h30, quando os bandidos entraram na casa do funcionário do banco. “É um caso de extorsão mediante sequestro. Um grupo ficou com a mulher e a filha dele e o outro levou o trabalhador para a agência. A PM chegou antes ao banco e os assaltantes que estavam com o tesoureiro fugiram”, afirmou Berenguer.

Enquanto isso, a outra parte da quadrilha mantinha reféns a mulher a criança. Esse grupo, segundo a polícia, pretendia fazer contato com o tesoureiro por celular, para repassar orientações de como proceder no roubo.

“Como o grupo que estava com o tesoureiro não conseguiu entrar na agência, os bandidos que levaram a família libertaram a mulher e a menina na estação do metrô em Coqueiral, no Recife”, acrescentou o delegado.

O delegado ressaltou que, no primeiro momento, a equipe da Polícia Civil agiu para garantir a segurança da família do funcionário do banco. “O importante foi salvar as vidas dessas pessoas. Não podemos repassar mais informações, no momento, para não atrapalhar as investigações”, comentou.

Por meio de nota, a PM informou que dois dos acusados foram identificados por fotos. O caso está sendo investigado pelo Grupo de Operações Especiais (GOE). A Polícia Civil informou, em nota, que a equipe do GOE está “realizando diligências para identificar os principais suspeitos”.

Banco

Também por meio de nota, o Banco do Brasil informou que “colabora com o processo de investigação, mas ressalta que informações sobre o assunto são de responsabilidade da autoridade policial responsável pela condução do caso”.

A instituição financeira disse, ainda, que “presta todo apoio necessário à funcionário e a sua família por meio do programa interno de atendimento às vítimas de assaltos e sequestros.”

O banco explicou que a política interna “prioriza a adoção de procedimentos específicos para segurança de seus funcionários, com o objetivo de evitar situações de risco dessa natureza”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem cai da moto em pista molhada e morre atropelado por caminhão na BR-101, em Goiana

Por G1 PE

Caminhão passou por cima da moto que era conduzida pelo homem que morreu no acidente na BR-101, em Goiana — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Caminhão passou por cima da moto que era conduzida pelo homem que morreu no acidente na BR-101, em Goiana — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Um acidente de trânsito provocou a morte de um motociclista de 52 anos na madrugada desta segunda-feira (1º), na BR-101, em Goiana, no Grande Recife. A vítima foi identificada como Jaildo Alves da Silva pela Polícia Civil, que investiga o caso.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele caiu com a moto na rodovia e um caminhão passou por cima do veículo. A pista estava molhada no momento do acidente, que aconteceu por volta das 4h20 no Km 13,8 da BR-101, no sentido João Pessoa da rodovia, segundo a PRF.

Acidente entre caminhão e moto ocorreu no Km 13,8 da BR-101, no sentido João Pessoa da rodovia — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Acidente entre caminhão e moto ocorreu no Km 13,8 da BR-101, no sentido João Pessoa da rodovia — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Ainda de acordo com a PRF, o motorista do caminhão não se feriu no acidente e fez o teste do bafômetro, cujo resultado foi normal. “A Polícia Civil de Goiana esteve no local e vai investigar o acidente”, afirma a Polícia Rodoviária Federal em nota.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Gêmeas são presas em flagrante por matar homem a facadas em festa de aniversário

Por G1 PE

Gêmeas foram presas em flagrante por matar um homem a facadas durante uma festa de aniversário em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, a vítima do crime foi assassinada pelas irmãs Carmem Lucia dos Santos e Carmem Maisa dos Santos, ambas de 25 anos.

O crime ocorreu na noite do domingo (30), na Rua Professor Joaquim Amazonas, no bairro do Pacheco, e foi divulgado nesta segunda (1º). Segundo a Polícia Civil, uma discussão entre parentes provocou o assassinato de Danilo Manoel dos Santos Sampaio, de 32 anos.

A relação existente entre a vítima e as irmãs presas não foi divulgada pela polícia. O crime foi registrado pela Força-Tarefa de Homicídios do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

As duas irmãs foram encaminhadas para audiência de custódia, onde um juiz decide se elas respondem pelo crime em liberdade ou seguem para uma unidade prisional do estado. O G1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça de Pernambuco para saber o resultado e aguarda resposta.

Homicídios em Pernambuco

Entre janeiro e maio de 2019, foram registrados 1.505 casos de homicídios em Pernambuco, segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS). Houve uma redução de 22,7%, em comparação com o mesmo período em 2018, quando ocorreram 1.948 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).

Apenas no mês de maio de 2019, de acordo com a pasta, foram contabilizadas 299 mortes violentas. O número é 16% menor que maio de 2018, quando houve 356 assassinatos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Motorista perde controle de carro e atinge poste em Olinda

Por G1 PE e TV Globo

Um motorista perdeu o controle do veículo e bateu em um poste na Avenida Carlos de Lima Cavalcante, em Olinda, na madrugada desta segunda-feira (1º). O caso ocorreu no bairro de Rio Doce e causou retenção no trânsito da área, no sentido em direção ao município de Paulista, no Grande Recife.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o caso foi registrado à 1h49. No momento do acidente, havia uma mulher e um homem no carro. Ele sofreu escoriações e a mulher foi levada pelos bombeiros para um hospital particular no Centro do Recife, com dores na região lombar.

Poste teve que ser substituído após ser atingido por carro em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Poste teve que ser substituído após ser atingido por carro em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Como o nome das vítimas não foi divulgado, a reportagem não teve acesso a informações sobre o estado de saúde delas. O poste atingido pelo carro precisou ser substituído pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), que enviou uma equipe até o local.

Parte da região ficou sem energia elétrica por causa do serviço. Segundo a empresa, o abastecimento deve ser normalizado até o fim da manhã.

Carro bateu em poste em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Carro bateu em poste em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Adolescente mata tio a facadas após discussão em Jaboatão dos Guararapes, diz polícia

Por G1 PE

Crime ocorreu na Rua Dezessete, no bairro da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Reprodução/Google Street View

Crime ocorreu na Rua Dezessete, no bairro da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Reprodução/Google Street View

Um adolescente de 17 anos matou o tio a facadas em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O crime ocorreu na Rua Dezessete, no bairro da Muribeca, no domingo (30) e foi divulgado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (1º).

Uma discussão entre o sobrinho e o tio resultou no assassinato de Edimilson Ferreira da Silva, de 40 anos, de acordo com a polícia. A vítima tinha desavenças com o adolescente, ainda segundo a corporação.

O caso foi registrado pela Força-Tarefa do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

O adolescente foi apreendido por ato infracional equiparado a homicídio. Ele foi encaminhado para a Unidade de Atendimento Inicial (Uniai) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), localizada no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Câmeras flagram assalto a restaurante de entrega de comida em Olinda

Por Ronan Tardin, TV Globo

Câmeras de segurança de um restaurante de entrega de comida em Bairro Novo, em Olinda, flagraram um assalto ocorrido na noite da quinta-feira (27). As imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globomostram o momento em que os criminosos entram no estabelecimento. O de camisa cinza e boné preto está armado e ameaça os funcionários do local.

Os assaltantes pegam celulares e outros pertences e saem em menos de dois minutos, levando também duas motos de entrega de comida que estavam estacionadas no local. O dono do estabelecimento, que não quis se identificar, afirma que ficou assustado e com medo de passar novamente por uma situação dessas.

“Já é a terceira vez em menos de seis meses [que criminosos atacam o local]. Houve uma tentativa de arrombamento pelo telhado, que não foi concluída pelo simples fato de ser lajeado. O segundo furto foi de um refletor. E infelizmente teve esse episódio de ontem [quinta-feira, dia 27 de junho]. Levaram celulares, duas motos e uma chave de um carro. É impossível se sentir seguro”, conta.

Câmeras registraram assalto em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Câmeras registraram assalto em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma das vítimas é um motoboy, dono de uma das motocicletas que foram levadas pelos assaltantes. Ele, que também preferiu não se identificar, diz ter comprado a moto há menos de um mês e não sabe o que vai fazer para voltar ao trabalho.

“Trabalho duro há bastante tempo, querendo comprar uma moto dessas. Faz 22 dias que comprei e a pessoa sente, né? É um bem da pessoa, que quando eu consegui, aconteceu um assalto desses. Infelizmente, vou ter que ficar sem trabalhar”, afirma.

Questionada pela reportagem, a Polícia Militar informou que não localizou registro do caso. Sobre o policiamento na região, a corporação afirma que fazem rondas pelo local equipes de viaturas, moto patrulheiros e o Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati). O caso, segundo a PM, foi encaminhado para o comando do 1º Batalhão, que deve reforçar as rondas no local.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Administrador afirma que Forte dos Remédios continuará sendo de Fernando de Noronha

Por Ana Clara Marinho, G1 PE

O administrador Guilherme Rocha afirmou, nesta sexta-feira (28), que o Forte Nossa Senhora dos Remédios continuará sob os cuidados da administração de Fernando de Noronha.

Ele contestou a declaração que a representante do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Gisele Montenegro, deu ao Blog Viver Noronha, na quinta-feira (27), de que existe a possibilidade de a União passar a guarda da fortaleza ao Exército.

“Todos os imóveis públicos da ilha foram repassados para a posse de Pernambuco em 30 de dezembro de 1988”, diz Rocha. “Noronha é de Pernambuco, está no Constituição Federal, e não existe a menor possibilidade de nós passarmos o Forte dos Remédios para a União”, completou.

Bem tombado

O Forte Nossa Senhora dos Remédios foi construído pelos portugueses no século 18 e é tombado pelo Iphan. O imóvel faz parte do sistema fortificado da ilha, que conta com dez fortificações.

O Instituto do Patrimônio Histórico iniciou uma obra de requalificação do imóvel em janeiro de 2018. A previsão é concluir o trabalho até o início do setembro. Na reforma foram invertidos R$ 11 milhões, verba do governo federal.

“O forte é tombado pelo Iphan, qualquer obra ou melhoria a ser feita no Forte dos Remédios é de responsabilidade do Iphan, mas a posse é do governo de Pernambuco. O Alto da Sé [em Olinda] é da União porque é tombado? Isso não existe”, declara Guilherme Rocha.

Licitação

A Administração da Ilha pretende fazer uma licitação para escolher uma empresa que faça a gestão da fortaleza. “Vamos fazer uma licitação para encontrar a melhor empresa para administrar o Forte dos Remédios, dando possibilidade de [exploração] de comércio [nas instalações], inclusive para pessoas da ilha”, afirma o administrador.

Resposta do Iphan

Blog Viver Noronha procurou a responsável pelo Iphan na ilha, Gisele Montenegro, para avaliação das declarações do administrador, Guilherme Rocha. A técnica nos informou que o assunto será tratado pela direção do Instituto do Patrimônio Histórico, em Brasília. O blog fez contato com a assessoria de comunicação do Iphan, mas até a publicação desta reportagem não obtivemos resposta.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Prazo para regularização dos veículos que perderam placas em alagamentos chega ao fim

Por Danilo César, TV Globo

O prazo para regularizar o emplacamento dos veículos que perderam a placa durante o período de chuvas no Grande Recifetermina nesta sexta-feira (28). A partir do sábado (29), o motorista flagrado sem a placa dianteira ou traseira pode ser multado no valor de R$ 293,47.

A não regularização causa infração gravíssima, provoca a perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e causa a retenção do veículo até que o problema seja resolvido.

Diante do alto número de queixas de perdas das placas, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) anulou a a aplicação de multas aos condutores por um prazo de 10 dias úteis. Durante esse período, cerca de 1,4 mil placas foram solicitadas, segundo o órgão.

De acordo com o diretor-geral do Detran-PE, Sebastião Marinho, esse tempo foi suficiente para que as placas fossem recolocadas nos veículos que as perderam nos alagamentos.

“Se a chuva voltar, podemos reavaliar. Enquanto isso, mesmo sem agendamento, quem perdeu a placa deve ir ao órgão de trânsito pegar uma ordem de emplacamento e se dirigir a uma loja de placas para cumprir o serviço”, afirma.

Como solicitar

Para solicitar uma placa nova, o motorista deve ir até o posto do Detran no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife, ou às lojas de atendimento dos shoppings ou às Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), no interior do estado. Não é preciso agendar atendimento.

Nesses locais, o motorista deve solicitar uma ordem de emplacamento e pagar uma taxa de R$ 34,07. Com esse documento, pode ir até uma das lojas de placas credenciadas pelo Detran e realizar o emplacamento. O valor do serviço varia de acordo com cada estabelecimento.

Para os casos de perda da placa traseira, é preciso fazer uma vistoria no veículo. O serviço pode ser feito em qualquer posto do Detran sem agendamento.

IPVA

O prazo para veículos com final de placa 3, 4 e 5 circular com o documento do carro de 2018 termina no domingo (30). A partir do dia 1º de julho, é obrigatório que o motorista tenha o documento atualizado com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) quitado.

O licenciamento veicular exige o pagamento de taxas, multas vencidas ou em atraso, que devem ser impressas com valor atualizado pelo site do Detran.

O prazo de regularização para veículos com final de placa 6, 7 e 8 encerra no dia 31 de julho. Para veículos com final 9 e 0, a data limite é 31 de agosto.

Os motoristas que não regularizarem a situação do veículo podem pagar multa no valor de R$ 293,47 e perder sete pontos na CNH.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

‘Estou destruído por dentro’, diz pai de jovem torturada e morta por duas adolescentes em Paulista

Por G1 PE e TV Globo

Jovens apreendidas por morte de adolescente têm registro de roubo e tentativa de homicídio

Jovens apreendidas por morte de adolescente têm registro de roubo e tentativa de homicídio

Os pais da jovem de 14 anos que foi torturada e morta por duas adolescentes na Praia de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife, na manhã da terça (25), foram ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Centro da capital, para retirar o corpo de Raíssa Sotero Rezende, nesta quarta (26). “Estou destruído por dentro”, diz o pai, que prefere não se identificar.

“Não desabei ainda. Ainda tô inteiro aqui, mas estou destruído por dentro. Estou tentando me manter inteiro para dar continuidade a todo esse processo”, afirma, em referência ao velório e ao enterro da filha.

O que se sabe sobre o caso

  • Raíssa, a vítima, teve um relacionamento amoroso com uma das suspeitas do crime
  • Uma da linhas de investigação da polícia aponta para ciúmes como causa do homicídio
  • A ex-namorada de Raíssa já havia sido apreendida por roubo
  • A outra suspeita já havia respondido a um ato infracional por tentativa de homicídio

As duas garotas, segundo a polícia, agrediram a vítima com socos e pontapés, deram golpes de faca, e tentaram afogá-la no mar. As jovens, que têm 15 anos, ainda registraram as agressões com o celular e publicaram as imagens nas redes sociais.

De acordo com o pai de Raíssa, ela havia tido um relacionamento amoroso com uma das suspeitas. A relação era desaprovada pela família. “Não pelo fato de ser minha filha namorando com uma menina. Se fosse uma outra menina, uma pessoa de bem, não teria problema nenhum, mas pelo fato de caráter da pessoa”, conta.

Segundo o delegado Álvaro Muniz, a dupla apreendida tem registros de tentativa de homicídio e roubo. “Uma delas já afirmou que respondeu a um ato infracional de tentativa de homicídio. Ela estava na Funase [Fundação de Atendimento Socioeducativo] e conseguiu escapar, estava foragida. A outra, que estava mantendo contato íntimo com a vítima, já foi apreendida pela prática do crime de roubo”, diz.

Gerlane Sotero, mãe de vítima de homicídio, precisou receber atendimento médico no IML, no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Gerlane Sotero, mãe de vítima de homicídio, precisou receber atendimento médico no IML, no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

O pai de Raíssa conta que a ex-namorada da filha já havia apresentado problemas. “Ela já tinha um histórico de vivência na rua, de coisas desagradáveis que a rua ensina. Depois de um tempo, a minha filha percebeu e queria largar essa menina acusada [do crime]. Conheceu um garoto bom, sem envolvimento com coisas erradas e passou a namorar com ele, porém a outra continuava ameaçando. Foi aí onde veio a parte psicopata”, afirma o pai.

A mãe da jovem, Gerlane Sotero, precisou de atendimento médico no IML. Ao sair do local, ela precisou usar uma cadeira de rodas. “Eu quero justiça. O que fizeram com a minha filha foi uma crueldade. Ela não merecia isso”, declara.

Por volta das 14h desta quarta-feira (26), o corpo de Raíssa foi enterrado no Cemitério de Santo Amaro, no Centro do Recife. As duas jovens apreendidas foram encaminhadas a uma unidade da Funase.

Pedido de ajuda

Segundo o Conselho Tutelar, a mãe da vítima procurou o órgão, em junho de 2018, para pedir orientações sobre como proceder diante do comportamento da filha. De acordo com o conselheiro Thales Pitter, foi dada uma sugestão de acompanhamento psicológico, mas a jovem resistiu a essa ideia.

“No ano passado, fomos procurados pela sua genitora informando algumas quebras de regra, como horários para chegar [em casa] e ir à escola. Recebemos informações de que ela desaparecia e passava 20, 30 dias fora de casa”, afirma o conselheiro tutelar.

Em maio de 2019, segundo o conselheiro, Raíssa foi morar com a mãe, iniciou o relacionamento com um rapaz e apresentou melhoras na conduta. A ida à casa da mãe, segundo o pai da jovem, ocorreu depois que o relacionamento com uma das adolescentes apreendidas terminou.

Investigação

Segundo o delegado Álvaro Muniz, responsável pela investigação do caso, a Polícia Civil soube, inicialmente, que a jovem morta e a ex-namorada haviam marcado um encontro. “A vítima teria pedido para marcar um encontro quando chega a outra adolescente e passa a agredi-la fisicamente. Essa seria a atual companheira [da jovem que filma]”, conta.

O delegado afirma que a idade das adolescentes apreendidas, que têm 15 anos, chama a atenção. “E o fato, sobretudo, da violência que foi empreendida pelas adolescentes. Elas se mostram com um comportamento colocando o bem maior, que é a vida, sem nenhum valor”, afirma.

Jovens apreendidas

De acordo com a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), as duas adolescentes envolvidas no caso passaram 24 horas na Unidade de Atendimento Inicial (Uniai), no Centro do Recife, onde receberam acompanhamento de assistentes sociais, pedagogos e psicólogos. Por segurança, elas ficaram em alojamentos separados.

Na tarde desta quarta-feira (26), as duas foram apresentadas ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e à Justiça e tiveram a internação provisória decretada. Elas foram transferidas para um Centro de Internação Provisória (Cenip) da Funase, onde são mantidas em alojamentos separados.

No local, elas podem permanecer por até 45 dias, à espera da sentença da Justiça, como prevê a legislação. Nesse período, ambas serão acompanhadas por técnicos e serão inseridas em atividades pedagógicas com o intuito de prepará-las para um eventual cumprimento de medida socioeducativa de internação e reintegração social. Essa medida pode durar até três anos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.