Armazéns do Cais José Estelita começam a ser demolidos

Por G1 PE

A área dos armazéns no Cais José Estelita, próxima ao Largo do Cabanga, na Zona Sul do Recife, começou a ser demolida nesta segunda-feira (25). O alvará expedido pela Prefeitura do Recife autoriza a demolição de parte da área, de acordo com a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife. O projeto para a área é alvo de polêmicas desde 2012.

Por volta das 10h30 desta segunda, havia pelo menos quatro máquinas trabalhando na demolição das estruturas onde funcionavam armazéns de açúcar. A reportagem não teve acesso à área.

De acordo com a PCR, os outros 28 armazéns, próximos ao Viaduto das Cinco Pontas, serão preservados e restaurados pelo empreendedores. “O alvará de demolição concedido estava suspenso pela gestão municipal desde 2014, com o objetivo de rediscutir o projeto. Após amplo debate com a sociedade, o novo projeto, com 64.8% da área para uso público, foi aprovado em 2015”, apontou o governo em nota.

Procurada pelo G1, a construtora Moura Dubeux, responsável pelo Consórcio Novo Recife, informou ter iniciado a “requalificação do terreno do Cais”, iniciando pela área dos armazéns localizados próximo ao Cabanga.

Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o processo de tombamento do Pátio Ferroviário das Cinco Pontas foi arquivado no primeiro semestre de 2016, mas, na área do Cais José Estelita, havia um embargo referente ao Serviço de Arqueologia, que aguardava, até então, a complementação de documentações.

A reportagem procurou o órgão nesta segunda (25) para saber se o embargo se mantém e aguarda retorno.

O projeto contempla a construção de dois edifícios residenciais e, em seguida, a implantação de um parque. O empreendimento deve ser construído numa área de 14 mil metros quadrados.

As obras estão previstas para iniciar no segundo semestre de 2019, segundo a Moura Dubeux. A entrega, por sua vez, está prevista para 2024. A Semoc apontou que, para o início das obras de edificação, será necessário um outro alvará, desta vez de construção.

Segundo a construtora, os dois edifícios do Mirante do Cais terão, cada um 37 andares e dois apartamentos por pavimento, com áreas privadas de 226 a 268 metros quadrados.

Entenda o caso

O terreno do Pátio Ferroviário das Cinco Pontas, no Centro do Recife, foi arrematado em 2008 pelo Consórcio Novo Recife para construção do Projeto Novo Recife, que prevê 13 prédios residenciais e comerciais, no terreno no Cais José Estelita. Desde a sua criação, em 2012, o projeto é alvo de polêmicas.

Cinco ações questionaram o Novo Recife: uma civil pública do Ministério Público estadual, uma do Ministério Público federal e três ações populares. As ações populares pedem a nulidade do ato administrativo do Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU), que aprovou a proposta imobiliária no fim de 2012.

Em dezembro de 2013, a Prefeitura do Recife aprovou o projeto imobiliário, exigindo novas ações mitigadoras — aquelas tomadas para compensar os possíveis danos causados pela construção. O valor da compensação subiu de R$ 32 milhões para R$ 62,7 milhões, com a inclusão de biblioteca, túnel e um parque linear, entre outros itens.

Um termo de compromisso entre a gestão municipal e consórcio de construtoras responsável pelo Projeto Novo Recife foi assinado na ocasião.

Ocupe Estelita

Após o Consórcio Novo Recife ter iniciado a demolição dos armazéns do local no dia 21 de maio de 2014, um grupo de manifestantes iniciou um acampamento no Cais José Estelita no dia seguinte. Segundo os manifestantes, as máquinas pararam o serviço após uma advogada do grupo Direitos Urbanos, movimento que desde o começo do projeto pressiona a gestão municipal contra a construção, ter alegado que o alvará apresentado pelos seguranças era uma cópia do original.

Dentro do movimento, manifestantes chegaram a acampar na casa do prefeito Geraldo Julio (PSB). Cerca de 200 pessoas passaram a noite do dia 7 de maio de 2015 no local, pedindo reabertura de diálogo sobre o Plano Urbanístico para o local.

Durante a ocupação, o grupo do movimento Ocupe Estelita promoveu festas no local e, em outras ocasiões, houve confronto com a Polícia Militar para que o acampamento fosse retirado do local, devido a ordens de reintegração de posse.

Estelita na mira da PF

Em 2015, a Polícia Federal deflagrou uma operação para apurar fraudes no leilão ocorrido em 2008 que permitiu a compra do terreno do Cais José Estelita. A suspeita é de que o Consórcio Novo Recife tenha arrematado o terreno por um preço inferior ao do mercado em quase R$ 10 milhões. A operação se chama Lance Final.

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na sede do Consórcio Novo Recife, no bairro de Boa Viagem, e na Milan Leilões, em São Paulo. A PF informou que há evidência de crime previsto na lei de licitações (Artigo 90 da Lei 8.666/93), que trata sobre o caráter competitivo dos leilões.

Em novembro de 2015, a Justiça Federal anulou a compra do terreno do Cais José Estelita. A decisão também determinava a abstenção do poder público de autorizar todo e qualquer projeto no entorno do Forte das Cinco Pontas, incluindo o Cais, e que o Consórcio Novo Recife restabelecesse o estado anterior em que o local estava.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Banda Sinfônica do Recife apresenta trilha sonora de Frozen e Shrek no primeiro concerto do ano

Por G1 PE

A Banda Sinfônica do Recife abre na quarta-feira (27), às 20h, no Teatro de Santa Isabel, no bairro de Santo Antônio, a temporada de concertos deste ano. A apresentação é gratuita e, como é tradição, traz trilhas sonoras de filmes. Nesta edição, os desenhos infantis Shrek e Frozen são lembrados.

O repertório selecionado pelo maestro Nenéu Liberalquino inclui ainda clássicos eruditos e sucessos da música pop mundial e da música popular brasileira. A primeira peça da noite será A Jubilant Overture, de Alfred Reed, compositor neoclássico americano que assinou mais de duzentas peças para bandas sinfônicas, orquestras, coros e conjuntos de câmara.

A segunda celebra a obra de Guinga, Aldir Blanc e Jorge Ben Jor. Deles, serão tocadas as músicas Baião de Lacan e Mas que Nada. Entre os sucessos internacionais, o medley Big Band Tribute recebe arranjo de John Wasson.

Fazendo referência ao cinema, a Banda Sinfônica traz Hallelujah, de Leonard Cohen, que fez parte da trilha do filme Shrek. Depois, um medley com arranjo de Stephen Bulla lembrará os sucessos da animação Frozen.

Por fim, a peça The Symphonic Gershwin, reunindo as músicas An American in Paris, Rhapsody in Blue e Cuban Overture, de George Gershwin, arranjadas por Warren Barker, encerra o concerto. Os ingressos começam a ser distribuídos na bilheteria do teatro uma hora antes da apresentação.

Serviço

Primeiro Concerto da Temporada 2019 da Banda Sinfônica do Recife

Quarta-feira (27), às 20h

Teatro de Santa Isabel, Praça da República, s/n, bairro de Santo Antônio

Ingressos gratuitos na bilheteria do teatro, a partir das 19h

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Operação Manager busca suspeitos de homicídio e tráfico em Serra Talhada

Por G1 Caruaru

Foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (25) a Operação Manager em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a ação busca suspeitos de homicídio, tráfico e associação para o tráfico.

Ainda segundo a polícia, as investigações tiveram início em 2019 e visa cumprir quatro mandados de prisão e dois de busca e apreensão domiciliar.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Moradores têm casas alagadas após enchente no Rio Una em São Bento do Una

Por G1 Caruaru

Moradores de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, tiveram casas alagadas após fortes chuvas registradas na sexta-feira (22) e no sábado (23). As pessoas que moram perto do Rio Una precisaram evacuar da área após enchente no local na noite do sábado (23).

Através de nota, a Prefeitura de São Bento do Una informou que o Espaço Conviver das Almas Benditas conhecido como Casarão e a Casa de Apoio em frente a Câmara de Vereadores também estão sendo usados como abrigo temporário para quem precisar. A Prefeitura informou também que está à disposição de todos e reforçou que as águas já estão baixando. Os danos serão avaliadas e as providências serão tomadas para ajudar os que estão desabrigados e mais necessitados.

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), no município foi registrado uma média de 34 mm de chuva em um período de 24 horas. A média para o mês de março é de 100 mm em São Bento do Una.

Ainda conforme a Apac, a previsão do tempo para o domingo (24) é de tempo parcialmente nublado e sem chuva em toda região ao longo do dia.

Situação da rua e da residência após chuvas em São Bento do Una — Foto: WhatsApp/ Divulgação

Situação da rua e da residência após chuvas em São Bento do Una — Foto: WhatsApp/ Divulgação

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Procurado pela Interpol, foragido de penitenciária em Pernambuco é preso em resort no Rio Grande do Norte

Por G1 PE

Um homem de 33 anos procurado em Pernambuco e presente na Difusão Vermelha da Interpol foi preso na tarde da quinta-feira (21), em um resort em Natal, no Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Federal (PF), o preso é fundador de uma facção criminosa e estava envolvido na explosão do muro da Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, no Grande Recife, em 2016, para a fuga de detentos.

Segundo a PF, o preso vivia uma vida de luxo nos locais em que se hospedava. Gastando dinheiro com produtos de valor elevado, ele costumava alugar carros em nome de terceiros para dificultar a identificação de sua localização.

No momento em que foi preso, o homem usava um documento de identidade falso. Ao perceber a presença dos policiais, o homem reagiu e apontou uma arma para o efetivo policial, mas foi baleado na perna pelas equipes.

O preso foi levado a um hospital para receber atendimento médico e, na manhã desta sexta (22), está sob custódia na sede da PF no Rio Grande no Norte, onde fica à disposição da Justiça.

Envolvimento em crimes

De acordo com a PF, o preso já havia sido detido em março de 2007 por porte ilegal de armas e tráfico de drogas. Em abril de 2008, foi preso novamente por porte ilegal de armas, tráfico de drogas e resistência à prisão.

Em 2016, esteve envolvido na fuga de 53 presos da Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, onde havia uma embarcação esperando na maré para colaborar com a fuga de alguns dos detentos.

Em março de 2019, a Polícia Militar de Pernambuco prendeu seis integrantes da facção criminosa de que o homem fazia parte. Na ação, também foram apreendidos dois fuzis, uma metralhadora, sete pistolas de calibres restritos, carregadores e munições, além de 60 tabletes de maconha.

O preso, segundo a PF, é responsável pelo abastecimento de pasta base de cocaína e de maconha oriundas da Bolívia e do Paraguai, na Zona Sul do Recife.

Depois de fugir do Grande Recife, o preso firmou residência nos dois países em momentos distintos, onde conheceu fornecedores de drogas e, mensalmente, enviava 60kg de pasta base de cocaína e uma tonelada de maconha. A droga era descarregada no Ibura, na Zona Sul do Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Trio é preso no Recife por suspeita de integrar quadrilha que rouba e clona carros sob encomenda

Por G1 PE

Arma foi apreendida com o trio preso no Recife — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Arma foi apreendida com o trio preso no Recife — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Três homens foram presos no bairro do Jiquiá, na Zona Oeste do Recife, por suspeita de integrar uma quadrilha que roubava carros, clonavam os veículos e os enviavam para compradores no interior de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, o grupo era investigado há dois meses e tem a peculiaridade de atuar sob encomenda, roubando e clonado carros das marcas escolhidas previamente pelos compradores.

As prisões ocorreram na terça (19) e foram divulgadas nesta quinta (21). Segundo o delegado Igor Leite, todos os três presos têm antecedentes criminais.

Italo de Cássio Cavalcanti Silva, de 20 anos, já foi preso por receptação e adulteração de sinal de veículo; Herlon Alexandre do Nascimento, de 20 anos, já foi detido por tráfico de drogas e receptação de veículo; e Jean Marcos da Silva, de 18 anos, já tinha sido apreendido por receptação de veículo.

Carro foi roubado duas horas antes de os três homens serem presos no Recife — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Carro foi roubado duas horas antes de os três homens serem presos no Recife — Foto: Polícia Civil/Divulgação

“Eles recebem a encomenda de um veículo, o tomam de assalto e clonam antes de enviá-lo para o interior de Pernambuco. Duas horas antes de serem presos, eles assaltaram um carro no Engenho do Meio [na Zona Oeste do Recife]. No momento da prisão, estavam com um revólver utilizado no assalto do veículo e um carro usado no assalto, também roubado e clonado”, afirma o delegado.

Ainda de acordo com Igor Leite, a quadrilha realizada clonagens especializadas. “A clonagem só conseguia ser detectada através de equipamentos específicos de perícia, pois adulteravam o chassi dos vidros, dos bancos, de tudo”, conta.

O trio preso foi autuado por associação criminosa, roubo majorado, porte ilegal e arma de fogo, receptação e adulteração de sinal de veículos (clonagem). “Todos eles foram para a audiência de custódia e foram para o Cotel”, diz o delegado, referindo-se ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), localizado em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Tubarão é flagrado próximo à faixa de areia em praia de Noronha

Por Ana Clara Marinho, G1 PE

Um tubarão aproximou-se da areia em busca de sardinha para se alimentar, em Fernando de Noronha. O animal chegou a ficar preso no raso, na Praia do Sancho, e o registro foi feito pelo guia de turismo Pedro Oliveira, na quinta-feira (21). Segundo ele, o animal tinha cerca de 2 metros.

“Eu estava mergulhando no Sancho. Quando saí, eu vi o tubarão no meio da sardinha se alimentando, foi quando veio uma onda. Ele estava no raso e encalhou, eu me aproximei e filmei. O animal ficou tentando voltar até que veio uma onda o tubarão retornou para o mar”, conta Pedro Oliveira.

Além do tamanho do tubarão, chama atenção na imagem a presença da turista Camila Marinho, que correu para aparecer no registro. “A adrenalina na hora me fez perder o medo, eu queria aparecer na imagem, corri”, revela Camila.

A turista reconhece que correu risco. “Foi arriscado, mas foi uma cena marcante. Eu sabia que Noronha tinha tubarões grandes, eu arrisquei, fui lá na frente, bem pertinho”, lembra a visitante que é do Recife.

Essa não foi a primeira vez que o guia de turismo presenciou o encalhe de tubarão. “Eu já vi outras vezes, mas essa foi a primeira vez que consegui filmar, fiquei feliz , é um registro extraordinário”, comemora Pedro Oliveira.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Jaboatão apreende lençóis com suspeita de contaminação em loja

Por G1 PE

Fiscais localizaram lençóis com manchas e 'x' vermelho em loja de Jaboatão, no Grande Recife, nesta quinta-feira (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

Fiscais localizaram lençóis com manchas e ‘x’ vermelho em loja de Jaboatão, no Grande Recife, nesta quinta-feira (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

A Vigilância Sanitária e o Procon de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, encontrou lençóis com manchas e ‘x’ vermelhos em uma loja da Narciso Enxovais em Prazeres, nesta quinta-feira (21). Uma mulher, que havia comprado um lençol e encontrou um esparadrapo escrito ‘contaminado’, foi quem fez a denúncia.

O supervisor de vendas da Narciso, Samarone de Macedo, afirmou por telefone, que a marcação com um ‘X’ em vermelho indica peças com leves defeitos.

Segundo a Prefeitura de Jaboatão, durante a fiscalização foram apreendidos 20 lençóis de solteiro com suspeita de contaminação, que estavam à venda. O material ainda vai ser periciado.

Coordenador de Fiscalização do Procon, Erik Gondim explica que a mulher percebeu as manchas e ‘x’ vermelhos, além da fita, quando foi lavar o lençol. “O Procon recebeu a denúncia dessa senhora e acionou a Vigilância Sanitária para apurar a denúncia. Quando chegamos, constatamos que havia outros tecidos nas mesmas condições”, detalha.

Fiscais analisam lençóis em busca de materiais com marcas e manchas em Jaboatão, nesta quinta-feira (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

Fiscais analisam lençóis em busca de materiais com marcas e manchas em Jaboatão, nesta quinta-feira (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

O material apreendido vai ser encaminhado para o Instituto de Criminalística (IC). “Não temos como afirmar se há contaminação e o que são essas manchas sem a perícia. Cabe ao IC avaliar se essas substâncias [que causaram as manchas] apresentam risco ao consumidor e, caso a resposta seja afirmativa, que riscos são esse”, afirma Gondim.

A mulher relatou ao Procon preocupação de o material ser lixo hospital. Apesar da suspeita, os materiais não contém nomes de hospitais, como no caso do contêiner de lixo hospitalar apreendido em Suape, em 2011.

O supervisor de vendas da Narciso, Samarone de Macedo, afirma que a empresa aguarda o laudo “com tranquilidade e sem receio”.

“Trabalhamos com esse fornecedor há muito tempo, é 100% confiável. A marcação com um ‘X’ em vermelho indica peças com leves defeitos, apenas. E as manchas podem vir das caixas de papelão onde o produto vem acondicionado. Somente a fita crepe é que achamos estranho. A Vigilância Sanitária e o Procon não acharam nenhum outro produto com algo semelhante. A cliente diz que estava no produto. Vamos aguardar o laudo”, afirmou, por telefone.

A Prefeitura de Jaboatão informou que acionou a Polícia Civil para investigar o caso. O G1 entrou em contato com a polícia e aguarda resposta.

Lençol entregue por mulher ao Procon e Vigilância Sanitária de Jaboatão, nesta quinta (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

Lençol entregue por mulher ao Procon e Vigilância Sanitária de Jaboatão, nesta quinta (21) — Foto: Rafa Léo/Prefeitura de Jaboatão

Apreensão em Suape

Em outubro de 2011, a Receita Federal apreendeu dois contêineres com cerca de 46 toneladas de lixo hospitalar, vindos dos Estados Unidos. O destino da carga era uma empresa em Santa Cruz do Capibaribe, polo têxtil no Agreste de Pernambuco. Os materiais apreendidos foram enviados de volta para a origem no ano seguinte.

Depois dessa apreensão, lençóis e pedaços de tecidos, com nomes de hospitais americanos, foram encontrados em vários locais, inclusive em outros estados.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vereadores aprovam aumento de 70,8% no salário do próximo prefeito do Recife

Por G1 PE

Os vereadores aprovaram reajuste salarial para o próximo prefeito da cidade do Recife, vice e secretários municipais, em segunda votação, na quarta-feira (20), com valores entre R$ 18 mil e R$ 25 mil. O projeto de lei segue para o sanção do prefeito Geraldo Julio (PSB). Os aumentos são válidos a partir de 1º de janeiro de 2021.

A lei prevê que o salário do próximo prefeito do Recife seja de R$ 25 mil, um valor 70,8% maior que os R$ 14.635. O atual prefeito abriu mão, ainda no primeiro mandato, da remuneração do cargo, preferindo ficar com o salário de funcionário concursado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), após polêmica.

Para o vice-prefeito, o reajuste é de R$ 13,9 mil para R$ 22 mil, representando um aumento de 58,3%. Para os secretários municipais ou equivalentes, o valor sobe de R$ 12,9 para R$ 18 mil, ou sejam, 39,5% a mais.

A segunda votação contou com 22 votos favoráveis, três abstenções, sendo de André Régis (PSDB), João da Costa (PT) e Jairo Britto (PT), e dois votos contrários, de Renato Antunes (PSC) e Rinaldo Junior (PRB), segundo a assessoria da Câmara. A primeira votação havia acontecido na terça-feira (21).

Procurada pelo G1, a Prefeitura do Recife informou que a lei “é de autoria da Comissão Executiva da Câmara Municipal do Recife e tem validade apenas a partir de 2021, não interferindo nos vencimentos do atual prefeito e vice-prefeito”. Além disso, o projeto ainda não chegou na prefeitura.

Justificativa do aumento

Os valores atualizados estão disponíveis no site da Câmara Municipal do Recife. Na justificativa do documento, que é assinado pelo presidente da Câmara Eduardo Marques, considera-se que “(…) quando da instalação da legislatura 2021/2025 já estarão decorridos 8 anos sem nenhum acréscimo nessa remuneração, é dever deste legislativo realizar uma correção no seus valores”, diz.

O texto ainda aponta que, além do período e da inflação, os vereadores consideraram que o percentual precisa refletir “os valores das remunerações dos diversos executivos das empresas privadas ensejando, dessa forma, ao administrador municipal, condições de oferecer remuneração compatível aos interesses de pessoas capazes e qualificadas para o auxiliarem na administração municipal”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Operação contra tráfico de drogas cumpre mandados na Zona da Mata de PE

Por G1 PE

A Polícia Civil realizou, nesta quinta-feira (21), uma operação contra uma quadrilha ligada ao tráfico de drogas. Foram emitidos, pela Comarca de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco, cinco mandados de prisão. A polícia não informou quantos dos mandados são para pessoas já presas.

As investigações, que resultaram Operação Ponto Quente, começaram em maio de 2018. De acordo com o delegado José Rivelino, a estimativa é de que pelo menos dez inquéritos de homicídio estejam atribuídos ao grupo.

“Com a prisão, esperamos fechar os dez inquéritos. Nesses casos, as motivações geralmente são por disputa de território e dívidas no tráfico de drogas”, explica. A polícia não passou mais informações sobre cada suspeito.

Para cumprir os mandados da ação, foram escalados com 50 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A Operação é coordenada pela Diretoria Integrada do Interior e supervisionada diretamente pela Chefia de Polícia. Os presos foram encaminhados para o Complexo Policial de Vitória de Santo Antão.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.